Por Caroline Abrantes

Analista de Comunidade na Rock Content.

Publicado em 19/06/2020. | Atualizado em 24/06/2020


Traduzindo para o português, networking significa trabalho em rede. É uma atividade comum em qualquer negócio, na qual as conexões com outros profissionais são usadas para crescimento e geração de oportunidades. Confira como esta prática é aplicada pelos freelancers Rock Content.

Freelancers frequentemente comentam sobre a competitividade no mercado, até mesmo entre os próprios profissionais. 

Inclusive, muitos ficam surpresos quando descobrem que a Rock Content tem uma Comunidade onde os freelancers se ajudam. Trata-se de um espaço no qual os profissionais compartilham experiências, dicas úteis para a carreira e, até mesmo, recomendam colegas para novos trabalhos.

Foi por isso que, logo quando a nova plataforma da Comunidade foi inaugurada, no ano passado, perguntamos aos freelancers da Comunidade Rock Content quais os benefícios de ter esse relacionamento próximo com outros colegas

A resposta você descobre logo abaixo. Mas antes de continuar a leitura, proponho um exercício: 

1) Reflita sobre qual seria a vantagem para você. 

Qual benefício você acredita que teria, fazendo parte de uma comunidade de profissionais freelancers? Responda a pergunta mentalmente antes de ler as respostas, para não ser influenciado.

2) Pense em um momento em que você precisou de ajuda e não soube a quem recorrer. 

Talvez a situação teria sido mais fácil com um espaço para compartilhar e pedir ajuda, não é mesmo?

3) Por fim, pense em algo que você gostaria de compartilhar com outros freelancers, com o intuito de ajudar outros profissionais. 

Isso porque a Comunidade é um lugar de trocas e a melhor forma de retribuir a ajuda recebida é ajudando outra pessoa. Seja compartilhando uma dica, experiência ou até uma oportunidade de trabalho que você não pode atender.

Imagino que você tenha pensado em muitas possibilidades valiosas para a sua carreira freelancer, certo? Análise feita, vamos às respostas dos freelancers da Comunidade Rock Content. Algumas respostas foram editadas para melhor entendimento.

Networking que se transforma em amizade

“Além da vantagem de compartilhar nosso estilo de trabalho e experiências do universo freela, vejo como grande vantagem as amizades, já que trabalhamos isolados em nossos cafofos, sem aquela conversa na copa típica dos escritórios, hehehe.

Estou adorando conhecer o mundo de cada freela, suas histórias, vitórias e objetivos. São depoimentos tão lindos, tantos testemunhos de superação, de conquista, de satisfação. A comunidade trouxe esse grande presente para todos nós!”Viviane Tessaroto.

“Pra mim, tem um valor que vai além do trabalho: é ter um clubinho mesmo pra desabafar, rir, falar bobagem. Claro que ajuda muito a resolver os problemas que podem aparecer na hora de fazer um texto, mas acho que é mais do que isso, principalmente no meu caso, que fico muito sozinha.”Patricia Piacentinni.

Ter bons colegas/amigos de trabalho é uma coisa muito agregadora! Nem sempre eu tive esse privilégio. Até hoje dá um quentinho no coração pensar nas pessoas q me ajudaram a segurar as pontas e me sentir bem nos empregos que tive antes.

E isso é muito importante no home office também. Entrar aqui (na Comunidade) para trocar experiências é uma parte fundamental da vivência freelancer. Ajuda demais a manter a motivação e aprender um monte de coisas!

Sobre minha gangue, então, nem se fala! A gente troca dicas desde as primeiras candidaturas. Passamos modelo de post, revisamos textos das outras, falamos sobre projetos e compartilhamos angústias.”Aline Melo.

De freelancer para freelancer: networking pode gerar mais oportunidades

Eu vejo muito como colegas de trabalho mesmo, pelo estilo de vida e por trocar experiências com quem passa pelo mesmo processo que você é o que me atrai.

Não é a mesma coisa eu conversar sobre tarefas, clientes, prazos e candidaturas com meus amigos. Eles não entendem, hahaha. O que eu mais escuto deles é: nossa, eu não teria essa disciplina (essa resposta vale para qualquer assunto que eu fale).

Conversar com outros freelas é compartilhar o lado bom e também as dores com quem realmente vai te entender. É como conversar com os amigos, só que amigos profissionais e online.

Acho que o principal benefício é a motivação, tanto o que recebo, quanto saber que posso ajudar alguém.”Katiuscia Couto.

Eu gosto de conversar individualmente, por isso não participo de grupos, exceto aqui (na Comunidade), então volta e meia eu estou mandando mensagem para outros freelancers.

Como muitos disseram, nossa profissão é solitária, muitas vezes não conseguimos compartilhar tudo com quem está morando com a gente, ter alguém do lado de dentro e que sabe o que você está passando, que sabe que você precisa de um empurrão ou puxão de orelha, é tudo, faz diferença.

O lance legal é que não é a mesma coisa que um ambiente de trabalho corporativista, pois realmente não sinto competitividade. Volta e meia eu indico colegas para os analistas, assim como sou indicada por eles e todos crescem juntos.

Aqui dentro nós sabemos que cada um tem a própria competência e que pode brilhar conforme seu desempenho.

Valeu meninas, meninos e menines”Orquídea Martins.

Além dos inúmeros motivos que colocaram aqui, queria compartilhar que foi graças a essas trocas valiosíssimas de informações de grupos que conheci a Rock!

Eternamente grata”Sheila Ladeira.

Networking pode transformar a sua rotina freelancer

“Também acho importante para a gente não se isolar demais nessa nossa vida que já é bastante solitária, né?”Caroline Silva

“Nossa, eu acho um aprendizado tão grande esse grupo (a Comunidade). Eu, particularmente, aprendi tanta coisa vendo os relatos de vocês aqui.

Um exemplo simples: eu trabalhava no silêncio e vivia com sono. Aprendi com vocês a fazer playlists de trabalho e, acreditem, minha produtividade aumentou de forma linda.

Ah gente, é muita troca aqui, né! Muitas histórias inspiradoras… galera nível hard mesmo.”Nalva Amancio

Acho legal porque nos identificamos um pouco com cada um. Podemos trocar experiências, dar dicas, pegar dicas, ajudar, pedir ajuda. Acompanhamos histórias, nos inspiramos, vemos o outro lado da moeda. Criamos empatia, mudamos de opinião, enriquecemos nossa visão de mundo. Nos sentimos acolhidos. É algo mais humano.

Enfim, isso nos ajuda a crescer em vários sentidos, além do profissional”Isabela Sartor

Conversar com a turma aqui é o mesmo que conversar com os colegas no escritório. Quando eu estava no meu antigo emprego, teve uma época que eu trabalhava sozinho e passava o dia inteiro sem conversar com alguém.

Pra quem está com depressão, pressionado por metas e com medo de ser assaltado, isso fazia muito mal. Depois que eu ganhei um colega de trabalho, eu comecei a conversar bastante com ele e aquilo fazia muito bem.

Aqui é parecido. Só trabalhar o tempo todo sem conversar com quem está no mesmo barco faz nossos olhos perderem o brilho (filosofei!). Mas é sério. É como se a gente perdesse nossa identidade como parte de um propósito.

A verdade é que os marinheiros têm que parar o serviço um pouco pra fazer uma festa, contar histórias sobre brigas com tubarões, ter conversas nostálgicas e beber rum.”Mateus Pimenta

Para finalizar

E você, participa de alguma comunidade freelancer? Como ela tem te ajudado no seu desenvolvimento profissional? Compartilhe com a gente nos comentários.Para conferir mais dicas valiosas sobre a carreira freelancer, visite a página Freela Talks e escolha qual assunto quer aprender nos próximos 40 minutos.

Freela TalksPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *