Por Dimitri Vieira

Analista de Marketing na Rock Content e LinkedIn Top Voice.

Publicado em 23/10/2020. | Atualizado em 16/10/2020


Conheça a Ubersuggest! Ferramenta é adquirida por Neil Patel e disponibilizada gratuitamente para te ajudar nas pesquisas de palavras-chave.

Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

Há poucos anos, tivemos a divulgação de uma excelente notícia para todos os freelancers, redatores e produtores de conteúdo para web! Neil Patel, um dos maiores nomes do Marketing Digital no mundo, tinha adquirido a Ubersuggest.

Porém, a melhor parte é que ele decidiu aprimorar a ferramenta e disponibilizá-la de graça. Desde lá, a plataforma passou por várias atualizações, centralizando ainda mais informações de um jeito prático e intuitivo. Em dezembro de 2019, tivemos o lançamento do mais novo Ubersuggest 7.0.

Se quiser aprender ainda mais sobre escrever para SEO e palavras-chave, temos um material completíssimo para você entender melhor o tema.

Aqui, também listamos uma série de conteúdos que podem ser de utilidade:

Explicaremos com detalhes tudo o que você precisa saber sobre essa importante plataforma.

O novo Ubersuggest

Após adquirir a página, o Neil Patel decidiu combinar o Google Keyword Planner com o Google Suggest e integrar todos os dados no Ubersuggest. Com isso, tivemos as seguintes melhorias:

  1. mais sugestões de palavras-chave;
  2. disponibilização do CPC (custo por clique), competição e volume de pesquisa;
  3. opção de filtrar e exportar os dados facilmente;
  4. tudo isso liberado gratuitamente!

Saber como utilizar o Ubersuggest é a melhor parte. Falaremos disso a seguir.

Como usar o Ubersuggest

  1. Acesse a página do Ubersuggest;
  2. configure para português, ou o idioma que preferir;
  3. divirta-se!

Sim! O funcionamento dessa ferramenta é extremamente simples, intuitivo e eficaz, mas faremos um tutorial mesmo assim! Logo quando você criar a conta, vai se deparar com a seguinte página:

página inicial do Ubbersuggest

Na coluna de ferramenta ao lado, vamos em “Palavra-chave”, uma das opções do tópico “Analisador de tráfego”. Em seguida, pesquisaremos por “freelancer’ na barra de busca. Assim, teremos os seguintes resultados:

Página do Ubbersuggest
dashboard de palavras-chaves do Ubbersugegst
Visualização do Dashboard do Ubbersuggest

O primeiro resultado é composto por dados referentes às seguintes métricas: volume de busca, “SEO difficulty”, “Paid difficulty” e custo por clique (CPC).

A ferramenta mostra o volume de busca pela palavra-chave no intervalo de um mês. Para o termo “freelancer”, o resultado foi 90.500 — considerado alto.

A métrica “Seo difficulty” é o nível aproximado de concorrência na busca orgânica, enquanto o “Paid diffuculty” mostra o nível aproximado de concorrência na busca paga. Quanto maiores esses números, mais alta é a competitividade da palavra-chave.

Por último, a ferramenta mostra o valor médio pago pelos anunciantes para cada clique em um anúncio do Google, o custo por clique. O crescimento desse número significa que a palavra-chave está cada vez mais valiosa.

dados do Ubbersuggest

Em seguida, vemos um gráfico que demonstra o percentual de buscas feitas em dispositivos móveis e desktop. Para a palavra-chave “freelancer”, você pode ver que a maioria das buscas são feitas por meio do mobile.

gráfico do Ubbersuggest

Os gráficos seguintes são demais! O do lado esquerdo mostra o percentual de pessoas que sequer clicam nos resultados orgânicos e pagos de SEO. O do lado direito apresenta o percentual de buscas da palavra-chave por faixa etária.

Esses dados permitem que você faça uma análise mais apurada do que realmente funciona com a persona do seu cliente.

Ao pesquisar quais são as palavras-chave que mais geram cliques para a faixa etária da persona, você tem uma ideia melhor sobre em qual deles deve investir.

Como você pode ver abaixo, a palavra-chave “freelancer” tem um grande volume de buscar por pessoas entre 18 e 24 anos.

página de volume de busca

Em seguida, encontramos uma lista com variações e expressões que utilizam a palavra-chave “freelancer”, como “freelancers”, “freelancer 24 horas” e “freelancer o que é” .

lista de variações de palavras-chave

O mais legal dessas sugestões é que você pode acessá-las em diferentes formatos por meio dos filtros “relacionadas”, “perguntas”, “preposições” e “comparações”.

Por exemplo, clicando no filtro “perguntas”, encontramos como primeiro resultado “o que significa freelancer”, com volume de buscas muito maior que a palavra-chave “freelancer”.

lista de palavras-chave

O gráfico acima é um ótimo exemplo de uso da ferramenta para encontrar ideias para novos conteúdos com a pesquisa de palavra-chave.

O último resultado na análise de palavra-chave do Ubersuggest é uma lista com títulos que aparecem na SERP com o termo escolhido. Você é direcionado para a página do conteúdo clicando em cima de cada um.

Como você pode ver abaixo, encontramos algumas métricas para cada título. A primeira coluna do lado direito avalia o tráfego mensal que a página recebe do Google usando a palavra-chave.

A segunda se refere aos “backlinks“, a quantidade de links que vêm de outros sites para cada domínio. Por último, o volume de acesso oriundo do Facebook e do Pinterest.

gráfico de backlinks

Essa é uma ótima maneira de analisar os conteúdos que a concorrência publica para cada palavra-chave que você usa na estratégia do seu cliente.

As vantagens de usar a ferramenta

Com o Ubersuggest você consegue descobrir quais são os termos mais procurados por uma audiência e aquilo que mais desperta a atenção dos usuários. Porém, isso você já viu com o passo a passo que expliquei anteriormente, então vamos às vantagens de usar essa ferramenta na sua estratégia de marketing digital.

Primeiramente, o Ubersuggest permite que você faça pesquisas de palavras-chave e avalie os resultados com diferentes métricas de forma gratuita. Isso é importante, já que existem ferramentas tão boas quanto ela, mas que cobram pelas mesmas informações.

Além disso, a ferramenta está disponível em português e exige apenas um simples cadastro, que pode ser feito automaticamente com a sua conta do Google. Também não posso deixar de mencionar o fato de que a pesquisa de palavra-chave não pode ficar de fora de um planejamento de conteúdo.

Sempre que a audiência do seu cliente tem uma necessidade, ela vai ao Google. São as informações colocadas no buscador que são colhidas e analisadas no Ubersuggest. Portanto, sem uma ferramenta como essa, você corre o risco usar palavras-chave com baixo potencial de retorno em conteúdos e campanhas de anúncio.

Dicas para conseguir melhores resultados com o Ubersuggest

Separei logo abaixo algumas práticas que vão otimizar o uso que você faz da superferramenta do Neil Patel.

Crie uma lista de palavras-chave

Um exercício fundamental para qualquer campanha de marketing digital é colher algumas palavras-chave. Essa pesquisa inicial acontece de acordo com o produto que a empresa oferece e o conhecimento acerca da audiência.

Nesse momento, traga algumas hipóteses que podem atrair a atenção dos clientes da empresa. Criada a lista, pesquise cada uma das palavras-chave no Ubersuggest.

Essa análise vai gerar termos relacionados que podem ter um desempenho melhor que a palavra-chave pesquisada. Assim, você já tem ideia das expressões que devem ser usadas na estratégia de marketing da empresa.

Faça uma análise da concorrência

Aproveite o gráfico que demonstra os primeiros colocados na SERP para cada palavra-chave. Clique nos três primeiros títulos e faça uma análise de como os conteúdos estão estruturados. Considere, por exemplo, o tamanho do conteúdo, o tipo de formato (lista, dúvidas, guia etc.) e o uso de imagens.

Considere a persona na seleção das palavras-chave

Mesmo que determinada palavra-chave tenha grande volume de busca, isso não quer dizer que, com ela, você conseguirá muitos cliques. No Ubersuggest, considere a faixa etária da persona para comparar os termos semelhantes e saber quais apresentam mais cliques.

Então, o que você está esperando para experimentar essa ferramenta? Com o Ubersuggest, você define as palavras-chave mais eficazes para otimizar a sua produção de conteúdo e campanhas de links patrocinados. É uma maneira simples e útil de aumentar as chances de uma marca ser encontrada pelo seu público!

Se está procurando mais dicas para melhorar o planejamento dos seus conteúdos, não perca o nosso guia básico de técnicas de SEO.

Posts populares com esse assunto