Por Mariana González

redatora e revisora freelancer na Rock Content, crítica de cinema e apaixonada por histórias em todas as suas formas.

Publicado em 07/09/2017. | Atualizado em 29/07/2019


Os trava-línguas mais difíceis da língua portuguesa têm em comum o fato de serem exemplares perfeitos da característica definitiva dessas frases: a reunião de palavras com fonemas muito similares.

Quem não conhece a frase O rato roeu a roupa do rei de Roma?

Os trava-línguas fazem parte da nossa cultura e, durante a infância e até mesmo na vida adulta, são motivo de diversão e entretenimento. Originados na cultura popular, muitos deles vêm de rimas infantis, versos e prosas.

Entretanto, como produtos da língua portuguesa, nossos trava-línguas podem ser boas fontes de aprendizado. Isso vale também para outros idiomas, é claro — se você fala outras línguas, certamente já testou sua fluência com um deles!

Mas, apesar de bastante popular, o trava-línguas que mencionamos no primeiro parágrafo está longe de ser um desafio. Em nosso idioma, existem aqueles que são verdadeiros testes de velocidade, precisão e entendimento do português. Quer conhecer quais são eles e descobrir tudo o que eles têm a revelar? Então, continue a leitura!

Os trava-línguas mais difíceis do português

Para repetir bem rápido e quantas vezes você conseguir!

  1. O que é que Cacá quer? Cacá quer caqui. Qual caqui que Cacá quer? Cacá quer qualquer caqui.
  2. Sabia que a mãe do sabiá não sabia que o sabiá sabia assobiar?
  3.  Casa suja, chão sujo.
  4.  Atrás da pia tem um prato, um pinto e um gato. Pinga a pia, apara o prato, pia o pinto e mia o gato
  5.  Um ninho de mafagafos, tinha sete mafagafinhos. Quem desmafagar esses mafagafinhos bom desmagafigador será.
  6.  O desinquivincavacador das caravelarias desinquivincavacaria as cavidades que deveriam ser desinquivincavacadas.


Há, ainda, alguns mais elaborados. Será que você é capaz de dar conta deles?

  1.  Não confunda ornitorrinco com 0torrinolaringologista, ornitorrinco com ornitologista, ornitologista com otorrinolaringologista, porque ornitorrinco é ornitorrinco, ornitologista é ornitologista e otorrinolaringologista é otorrinolaringologista.
  2.  Disseram que na minha rua tem paralelepípedo feito de paralelogramos. Seis paralelogramos tem um paralelepípedo. Mil paralelepípedos tem uma paralelepipedovia. Uma paralelepipedovia tem mil paralelogramos. Então uma paralelepipedovia é uma paralelogramolandia?
  3.  Há quatro quadros três e três quadros quatro. Sendo que quatro destes quadros são quadrados, um dos quadros quatro e três dos quadros três. Os três quadros que não são quadrados, são dois dos quadros quatro e um dos quadros três.

E aí, como você se saiu? A título de curiosidade, vejamos também o trava-línguas mais difícil do mundo inteiro, criado por um grupo de pesquisadores do Massachusetts Institute of Technology (MIT). Trata-se de uma série de palavras em inglês que, apesar de não fazerem sentido juntas, representam um desafio interessante: Pad kid poured curd pulled cod.

O que esses trava-línguas podem nos ensinar

Como deu para perceber com a nossa lista, os trava-línguas mais difíceis da língua portuguesa têm em comum o fato de serem exemplares perfeitos da característica definitiva dessas frases: a reunião de palavras com fonemas muito similares.

Dessa maneira, pronunciá-las rapidamente torna-se um desafio porque nos embolamos com as palavras, trocando umas pelas outras ou mesmo trocando sílabas de lugar dentro de um mesmo termo. O resultado? Pode ser muito, muito difícil falar um trava-línguas inteiro sem errar!

Assim, eles são uma maneira de aperfeiçoarmos nossa pronúncia e até mesmo nossa capacidade de pensar rápido. Por isso eles são tão populares — e importantes! — durante a infância, pois ajudam os pequenos a pronunciar com mais exatidão certos sons e palavras.

Durante os estudos do MIT para elaborar o trava-línguas mais difícil do mundo, os pesquisadores perceberam que analisar essas frases pode ajudar a demonstrar a maneira como nosso cérebro assimila as palavras. Essa assimilação, segundos os cientistas, acontece de maneira diferente caso a frase lida seja bem construída ou, então, se as palavras aparecerem em uma lista sem sentido.

Além disso, como mencionamos na introdução, os trava-línguas são uma excelente maneira de estudantes de línguas estrangeiras treinarem sua pronúncia! Afinal, para lê-los, você deve saber exatamente como cada palavra é dita e, além disso, ser capaz de enunciá-las velozmente e sem hesitação.

Materiais e leituras que recomendamos para você:
Semântica: tudo que você precisa saber para acertar
Palavras persuasivas: os 21 termos mais convincentes do português!
Conheça o guia mais completo da internet: como usar vírgula!
Uso dos porquês: junto, separado ou com acento? Aprenda agora

Como curtir os trava-línguas

Como deu para perceber até agora, os trava-línguas são excelentes ferramentas para aprender com diversão. Veja agora algumas ideias de como curti-los!

1. Com as crianças

Se você tem contato constante com crianças, seja em sua família ou mesmo no trabalho, elas se divertirão muito com os trava-línguas, que ainda as ajudarão a desenvolver a fala e a pronúncia.

Então, providencie alguns cartões de papel e, em cada um, escreva um trava-línguas diferente. Na brincadeira, cada criança pega um cartão e fala seu trava-língua. Quem conseguir pronunciá-lo rapidamente e sem erros ganha um ponto! De acordo com o número de crianças e com o tempo disponível, estabeleça a quantidade de rodadas até eleger o vencedor.

Para os pequenos que ainda estão aprendendo a falar, os trava-línguas são especialmente importantes! Aqui, ainda não envolva pontuação ou vencedores, focando apenas em estimular a criança a aprender os trava-línguas.

Nessa fase, os livros infantis sobre o assunto são grandes aliados! Há obras divertidíssimas, muito lúdicas e ilustrativas, com trava-línguas pensados especialmente para crianças que estão aprendendo a falar ou a ler.

Para brincar junto com ela, fale um trava-língua (bem devagar!) e peça para a criança repeti-lo. Em seguida, o pequeno deve falá-lo de novo e de novo, cada vez mais rápido. Por enquanto, não chame a atenção para os erros cometidos; se um trava-línguas se mostrar muito difícil, apenas pule para o próximo. A criança vai rir enquanto aprende e, de quebra, vocês ainda passam bons momentos juntos.

Conheça alguns trava-línguas curtinhos e ideais para os menores:

  •  Fia, fio a fio, fino fio, frio a frio.
  •  O pelo do peito do pé do Pedro é preto.
  •  Luiza lustrava o lustre listrado; o lustre lustrado luzia.
  •  Fala, arara loura. A arara loura falará.
  •  Bote a bota no bote e tire o pote do bote.

2. Com os amigos

Para deixar a diversão mais complexa, a brincadeira entre amigos pode envolver a elaboração de seus próprios trava-línguas!

Cada um deve inventar o seu e escrevê-lo em um pedaço de papel. Depois, troquem os cartõezinhos entre si e repitam os trava-línguas uns dos outros. Vence quem elaborar o mais difícil! Como critérios, considere também tamanho, vocabulário e se a frase faz ou não sentido.

Viu só? Trava-línguas são sinônimos de diversão e aprendizado para todas as idades! Quer descobrir outros coeficientes do Português? Confira nosso Guia de Português e Gramática para web!

Guia de Português e Gramática para Produção de Conteúdo Web

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *