produtividade aumentando com técnicas para um trabalho mais fácil

O único método de produtividade que você precisa saber para tornar o seu trabalho 2x mais fácil!

Com este hack você aprenderá a:
organizar suas ideias;
documentar tudo sem muito esforço;
medir o tempo gasto em cada tarefa;
nem perceber que está fazendo tudo isso.
Imersão Freelancer - maior curso online gratuito do BrasilPowered by Rock Convert

Criar conteúdos para web não é fácil. Este é um ensinamento que transmitimos diariamente.

No entanto, falamos isso por uma razão simples: no mundo do copywriting, as barreiras de entrada são muito pequenas. Qualquer um pode exercer essa profissão.

No entanto, apenas alguns conseguem chegar ao topo e ter dinheiro e realizações do tamanho dos próprios sonhos.

Mesmo com tantas oportunidades de trabalho, você não vai chegar muito longe escrevendo um punhado de palavras desorientadas cheia de hyperlinks. Dessa forma, muitos profissionais se sentem iludidos e até se revoltam com a carreira.

Felizmente, nós estamos aqui para desvendar todos os mistérios e ensinar tudo o que aprendemos. De verdade.

Foi assim que eu descobri um método sensacional de produtividade, com o qual eu dobrei a quantidade de tarefas diárias terminadas, com um método simples e gratuito. Eu uso todos os dias e vou ensiná-lo aqui. Confira:

Passo #1 — Crie um quadro no Trello

Você não pode ter uma rotina decente de freelance sem algum tipo de organização ou, ao menos, alguma forma de centralizar o que você está fazendo.

Ao longo do dia nós fechamos vários compromissos e temos várias ideias. Porém, seus prazos e entregas podem virar um desastre se você não tomar nota dessas coisas.

Lembra quando você se esquecia de anotar o dever de casa na escola e, no outro dia, não tinha o que entregar? É a mesma sensação, só que todos os dias e para centenas de tarefas.

Por isso, vamos utilizar o Trello como ferramenta para tornar essa organização viável. Pense em um quadro no Trello como um daqueles onde você pode colocar pinos ou imãs para fixar suas anotações mais importantes.

Passo #2 — Defina uma rotina que se encaixe em todas as suas tarefas

Este é um método um pouco pessoal, pois depende muito de como você gosta de trabalhar. Por isso, eu tentei ser o mais simples possível e vou compartilhar a forma como eu organizo as minhas ideias.

Normalmente, eu tenho:

Uma vez que as colunas estão definidas, criamos cartões individuais para cada uma das tarefas a desempenhar.

À medida que cada tarefa for progredindo, basta trocá-las de coluna. Se começou uma nova tarefa, passe-a da guia “A Fazer” para a guia “Fazendo” e assim por diante.

No futuro, quando estiverem na coluna todas elas vão se tornar um registro de cada ação realizada por você.

Cumprir essas duas etapas já é um grande avanço. Esse é o coração da nossa organização diária e, a partir de agora, podemos documentar tudo o que deu certo e errado, o que saiu do prazo etc.

Sempre que você tiver tarefas parecidas com outras já realizadas, poderá consultar esses cartõezinhos para gerar insights.

Inclusive, há funcionalidades adicionais, como adicionar deadline (e ser notificado por email), compartilhar tarefas com um determinado parceiro, organizar por cores etc.

Passo #3 — Conte quanto tempo você gasta com suas tarefas

É óbvio, não vou pedir para você, à esta altura, pendurar um cronômetro no pescoço e calcular o tempo de término e de início de cada coisa. Estamos na web, não é mesmo? Nada disso é preciso (mas não se surpreenda se um dia vir alguém fazendo isso)! 🙂

Na verdade, você pode fazer isso de várias formas práticas. No entanto, já que estamos utilizando o Trello, vou recomendar uma ferramenta adicional: o Pomello.

O app se conecta automaticamente ao seus quadros no Trello.

É uma aplicação 2×1 muito simples. Essa janelinha, na verdade, se integra com o seu board no Trello e passa a calcular o tempo que você gasta em cada tarefa. Tudo automaticamente!

E, o melhor de tudo, ela sincroniza o tempo gasto com as suas tarefas com os tempos de trabalho e pausa da técnica Pomodoro.

Cada ciclo dura 25 minutos de trabalho focado.

Se você não conhece a técnica Pomodoro, é muito simples: ele sugere que você deve descansar 5 minutos após 25 de foco. Ao fim de quatro ciclos, um descanso maior, de 15 minutos.

Contagem de tempo por tarefa

O Pomello registra automaticamente o tempo gasto nos seus cartões de tarefas.

A ideia é muito simples e funcional — e mudou a minha vida. Mas, se você quer saber com detalhes como funciona o Pomodoro, é só conferir neste post.

Passo #5 — Bônus: um conselho para você

Sim, já terminamos. É muito simples, basta utilizar e integrar esses dois apps e você poderá criar uma rotina de organização automática. Sem perceber, você estará produzindo mais e melhor — com momentos de descanso bem definidos.

No entanto, esse último conselho é crucial para o sucesso da sua rotina de produção de conteúdo:

Se a sua tarefa é produzir conteúdo, não faça isso “em uma sentada”.

Se você quer uma entrega de qualidade, eliminar erros sem perder tempo e se cansar, é fundamental que você passe algum tempo distante do conteúdo que você está produzindo.

Isso pode ser feito através de uma pausa ou desviando o foco para outro assunto.

Lidar com situações diferentes, que se distanciem daquilo que você estava se concentrando, é uma maneira de deixar o cérebro “compilar” as ideias anteriores. Dessa forma, ao retomar a tarefa posteriormente, você enxergará erros e potenciais melhorias de outra maneira.

Há alguns meses decidi dar um salto na minha produtividade, parar com o desperdício de tempo e ter tudo documentado, esta técnica resolveu 90% do meu problema.

Estou certo de que ela pode ser útil para você também! Contudo, não se esqueça de adaptá-la para a sua realidade, seus hábitos e prioridades.

Você deve ter percebido que eu amo life hacks e técnicas de produtividade, não é mesmo? Por isso, se o artigo de hoje foi legal para você, tenho uma sugestão extra: o artigo sobre como aprender rápido e dominar qualquer assunto — até os que você mais odeia. Confira!

Até logo! 🙂