Por Samanta Jovana

Redatora da Comunidade Rock Content.

Publicado em 03/12/2017. | Atualizado em 07/08/2018


Entre desafios, oportunidades e realizações, o trabalho freelancer é opção para muitos, mas não é para todos. Confira os requisitos da carreira e as vantagens de optar pela vida de freelancer!

Muita gente sonha com um trabalho freelancer: fazer seus próprios horários, trabalhar de casa e nunca ter de dar satisfações a um chefe parece uma ótima ideia. Entretanto, esse é um daqueles casos em que a grama do vizinho, que já tem o dia a dia assim, parece mais verde.

Você deve estar se perguntando por quê. É que o trabalho freelancer, como qualquer outro, também apresenta suas dificuldades.

Por isso, hoje terá a oportunidade de descobrir se essa carreira é a ideal para você e verá o que deve ser levado em consideração antes de escolher segui-la.

Vantagens de ser freelancer

Primeiro, vamos falar sobre as vantagens de um trabalho freelancer. A primeira e maior delas é a liberdade. Trabalhando nesse modo, você pode escolher que clientes atender e com que frequência, definindo inclusive que tipos de projetos merecem a sua atenção.

Isso pode ser muito bom. Afinal, com o passar do tempo, você pode deixar de se dedicar a tarefas mais enfadonhas e passar a empenhar seu tempo apenas naquilo que gosta de fazer. O que jamais seria possível num escritório.

Mas não é só a liberdade de escolher com quem trabalhar que atrai no trabalho freelancer. Há outros quesitos que devemos considerar como um atrativo da profissão. Não estar preso a uma mesa é uma delas.

Freelancers são  donos de seus próprios negócios e não precisam atender a ninguém, exceto a seus clientes. O que isso significa que eles podem determinar seu ritmo de trabalho e os preços que cobrarão pelos serviços que executam.

Toda essa liberdade e autonomia se traduzem em outra grande vantagem, um equilíbrio maior entre a vida pessoal e profissional. Se você tem filhos, como freelancer poderá passar mais tempo com eles e vê-los crescer. Nunca mais terá de pegar um engarrafamento ou ficar preso no escritório, perdendo valiosos momentos com a sua família, o que é bastante positivo.

Outros benefícios

Se tudo isso ainda não lhe convenceu das vantagens de trabalhar como freelancer, temos ainda um argumento matador a favor desse regime. Como um profissional autônomo você sempre conseguirá ganhar mais do que em um escritório, mesmo por que quem define as suas taxas é você mesmo. Nunca mais será preciso pedir um aumento para o seu chefe, pois seu chefe é você mesmo.

Sem gastos com o transporte, a compra de roupas para trabalhar e os almoços fora você conseguirá poupar mais como freelancer. E isso se reflete numa melhoria da sua qualidade de vida.

Por último, você ainda aprenderá todas as particularidades envolvidas em administrar um negócio se optar pelo trabalho freelancer. Será sua função administrar o dinheiro, prospectar clientes e garantir as entregas. Ou seja, você adicionará um monte de competências ao seu currículo, dia após dia.

Todavia, há muitos outros aspectos que se considerar antes de optar pelo trabalho freelancer. Nem só de vantagens é constituída esse tipo de carreira e você precisará estar preparado para os desafios que virão por aí. As questões a seguir devem ser ponderadas antes de se ingressar de vez nessa carreira.

Demanda do mercado

Pensar na demanda no mercado antes de ingressar num trabalho freelancer pode fazer toda a diferença no seu sucesso. Afinal, você não quer se lançar nessa aventura e fracassar. Por isso, fazer uma boa pesquisa do ambiente em que você está entrando é uma ótima ideia.

Se não houver muitos negócios na sua área, é provável que a sua carreira como freelancer não vá prosperar. Por isso, encontrar um nicho de mercado para atender e pensar bem é necessário.

Competência para realizar o trabalho freelancer

Lembra que citamos a autonomia como uma das grandes vantagens da vida de freelancer? Entretanto, nem tudo são flores. Considerar o nível de competência que você tem no seu trabalho é algo importante a se fazer para garantir que você se dará bem nessa carreira.

O tipo de cliente que costuma buscar a sua mão de obra está a procura de um serviço mais completo ou pretende trabalhar com múltiplos freelas ao mesmo tempo? Responder essa pergunta é essencial. Mesmo porque, se em seu nicho de mercado as pessoas estão acostumadas com um nível alto de serviço, você deve no mínimo equipará-lo aos demais.

É aí que entram as competências capazes de tornar um freelancer autônomo. O ideal é buscar sempre o aperfeiçoamento, para poder prestar a seus clientes um serviço mais completo (e poder cobrar por isso).

Quanto mais diverso o seu portfólio de profissional freelancer, melhor. Assim, muito dificilmente você terá problemas em sua rotina de trabalho, como os atrasos e outras consequências de se trabalhar com um parceiro.

Tipo de capacitação que você tem

Embora esse tópico tenha muito a ver com o que abordamos no anterior, enquanto falávamos de autonomia, eles não tratam exatamente da mesma coisa. Porque no momento anterior o nosso foco era poder proporcionar o máximo possível ao seu cliente. Aqui, todavia, falamos do seu currículo em si e do que pode se mostrar como um diferencial para aqueles que contratarem o seu trabalho.

É o tipo de capacitação que você tem que muitas vezes definirá o teto de quanto é possível ganhar mensalmente. Principalmente quando se trabalha por conta própria, uma boa educação e bastante experiências costumam ser o seu cartão de visitas e definitivamente o seu diferencial.

Capacidade de gestão financeira

Considerar a sua capacidade de gestão financeira é outro aspecto importante a se compreender antes de escolher a vida de freela. A partir do momento em que você decide dizer adeus ao escritório, o mais provável é que você esteja sozinho. E isso significa lidar com as coisas boas e toda a burocracia dessa solidão.

O pagamento de impostos, a reserva de valores para um mês com menos jobs e, até mesmo, saber calcular quanto cobrar das pessoas são competências fundamentais. Um freelancer que não as domina está fadado ao fracasso.

Longe de um departamento financeiro para verificar o fluxo de caixa, atividades como projetar o número de tarefas que se deve prospectar para o próximo mês e fazer o pagamento de fornecedores, provavelmente, cairão em suas mãos. E é seu papel como profissional freelancer aprender a lidar com dinheiro o suficiente para conseguir manter um saldo positivo.

Então, antes de pensar em começar a trabalhar assim, você deve entender que estará sujeito a exercer todas as funções  administrativas daqui por diante. Embora esta consideração afaste muita gente da vida de freela, não precisa ser assim.

Há muitos cursos na internet que ensinam pessoas, como você, a lidar melhor com dinheiro, administrar entradas e saídas e ser mais responsável com as suas finanças. Compostos, em sua maioria, de recursos gratuitos, esses cursos, vídeos no YouTube e blogs costumam ser os grandes amigos do freelancer.

Caso você opte por formalizar o seu pequeno negócio, ainda pode contar com a ajuda de entidades como o SEBRAE. Elas dão todo o apoio ao pequeno produtor e podem ajudar alguém que está começando a entender os principais conceitos administrativos.

planilha de controle de gastos

Nível de exigência do seu mercado de atuação

Também é importante levar em conta, antes de optar pela vida de freelancer, o tipo de exigência que o mercado faz de um profissional da sua área. É muito fácil entender o porquê.

Um médico que instala seu consultório em uma nova cidade, por exemplo, deve conhecer previamente o mercado desse local. Isso determinará se ele conseguirá ser bem-sucedido. Se todos os especialistas em sua área tem diplomas de mestrado, atendem os principais convênios e oferecem estacionamento gratuito essas são coisas que deverão estar em seu planejamento.

Oferecer um tipo de serviço completamente diferente daquele com que as pessoas estão habituadas pode, definitivamente, enterrar sua carreira como freelancer. Veja que não estamos entrando no mérito da criação de um diferencial. Mas devemos frisar que o nível de exigência do seu mercado de atuação será o termômetro com que você deverá medir seu trabalho.

Desafio da prospecção de clientes

Há também que se considerar, antes de mergulhar de cabeça na ideia de ser seu próprio patrão, a sua capacidade de vender um trabalho. Se você já tem, por exemplo, um canal por meio do qual encontrar freelas, esse  não é um desafio tão gigantesco… isso é ótimo.

Caso ainda não participe de nenhum website de prospecção de clientes, tenha uma agenda cheia deles ou aprenda a vender seu peixe na internet, provavelmente, não terá sucesso em sua empreitada.

Um dos maiores desafios para qualquer profissional freelancer é encontrar trabalho com a frequência que se deseja. Por isso, participar de comunidades criativas na internet pode fazer toda a diferença. Se a tarefa de encontrar clientes for executada por terceiros e você puder concentrar melhor os seus esforços no seu trabalho, isso será de grande ajuda.

Motivação

Para muitas pessoas o trabalho freelancer simplesmente não é ideal por um motivo muito simples: a dificuldade de encontrar motivação para trabalhar todos os dias se estiver fora do ambiente de um escritório.

É muito fácil se distrair quando se trabalha dentro de casa. Afinal, há sempre alguma coisa acontecendo na internet, a televisão está recheada de programas que você gosta de assistir e o seu gato não para de subir em cima do teclado do computador. Com tanta atividade ao seu redor, pode ser complicado sentar-se na cadeira e colocar suas ideias para fluir.

Se você acha que teria dificuldades para manter-se disciplinado em uma carreira de freelancer, talvez essa não seja a melhor opção para você. É preciso ter muita concentração, boa vontade e encontrar um bom ritmo de trabalho para conseguir se dar bem nessa carreira.

Em alguns casos, todavia, o problema pode ser resolvido optando por trabalhar em um co-working ou em um café. Esses ambientes simularão o típico movimento de um escritório e farão com que você se sinta mais útil. Sair de casa para executar suas tarefas, muitas vezes, é o bastante para enganar o próprio cérebro.

Outros posts que podem te ajudar!
Como evitar as maiores distrações no trabalho freelancer?
Trabalho freelancer: todos os segredos desvendados!
Eu não sou uma fraude: como lidar com a síndrome do impostor
Motivação pessoal: 9 dicas para produtores de conteúdo!
Definição de metas: o guia passo a passo para começar ainda hoje!

Desafios versus Oportunidades

Como mencionamos em vários tópicos ao longo deste texto, a carreira de freelancer é um sonho para muitos, mas não necessariamente foi feita para todos.

Dedicação e empenho serão necessários para se dar bem nessa profissão e as pessoas que não têm costume de gerenciar seus próprios projetos podem enfrentar alguma dificuldade no início.

De qualquer modo, uma carreira como freelancer vai custar um bocado do seu tempo e quem sabe até um pouco do seu dinheiro. Todavia, ainda assim, trata-se de uma alternativa gratificante para aqueles que escolhem trilhar por este caminho.

Além daquilo que você faz profissionalmente, há muitos outros talentos que podem fazer a diferença na carreira de um freelancer. A capacidade de administrar bem seu tempo e seu dinheiro, a habilidade de prospectar clientes e fechar bons contratos e a motivação para continuar trabalhando dia após dia são alguns deles.

Se você depois de ler tudo isso estiver em dúvidas quanto à carreira de freelancer porque não sabe quanto poderá ganhar no final de cada mês, saiba que essa insegurança é normal. Entretanto, com um bom trabalho e número de clientes capazes de solicitar a sua ajuda com uma certa frequência, a tendência é que você ganhe muito mais do que costumava em um escritório.

Levando em consideração que ao administrar um pequeno escritório, provavelmente da sua casa, você não terá de arcar com os custos típicos de uma empresa, já dá para estimar quantos retornos serão realmente seus. E, sendo você o responsável por todas as decisões como freelancer, saber quanto e como cobrar é o que definirá o fluxo dos seus rendimentos.

E aí? Qual o resultado?

Trabalho freelancer, como qualquer outro, tem seus desafios e suas alegrias. Aqui citamos algumas das coisas que você deveria considerar antes de ingressar nessa carreira. Mesmo porque, quanto melhor informado você estiver, maiores são as chances de obter sucesso atuando nessa modalidade profissional.

Ficou interessado neste caminho e quer encontrar trabalho freelancer agora mesmo? Então aproveite e confira o nosso material exclusivo, que ensina você como se iniciar na carreira.

Posts populares com esse assunto