Por Autor Convidado

pelo blog da Comunidade Rock Content.

Publicado em 27/11/2017. | Atualizado em 27/11/2017


Textos de alta performance têm um valor fundamental para a sua estratégia, precisam de planejamento, boa redação, e métodos precisos para metrificá-los.

Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

Artigo produzido por Fábio Duran, da Hubify.

Quando somos contratados para escrever um texto para ser publicado no blog de um cliente, o que exatamente ele precisa? Por que esse cliente precisa de marketing? Mais precisamente, por que ele contratou o serviço de marketing de conteúdo?

A resposta não sai espontaneamente para a maioria dos redatores, simplesmente porque ela não é muito simples. Mas, eu posso adiantar que produzir textos de alta performance significa cobrar preços maiores para escrevê-los, já que eles geram mais resultados para as empresas. Veja:

Infográfico ROI do conteúdo versus Textos de Alta Performance

Quer publicar esse infográfico no seu blog ou site?

Copie e cole o código a seguir em seu post ou página.

<a href=”http://comunidade.rockcontent.com/textos-de-alta-performance/” target=”blank”><img alt=”[Infográfico blog da Comunidade Rock Content] ROI do Conteúdo versus Textos de Alta Performance” title=”[Infográfico blog da Comunidade Rock Content] ROI do Conteúdo versus Textos de Alta Performance” srcset=”https://comunidade.rockcontent.com/wp-content/uploads/2017/10/roi-de-conteudo-x-texto-de-alta-performance.png” /></a><p><small>Gostou deste infográfico? Conheça mais sobre produção de conteúdo no <a href=’http://comunidade.rockcontent.com’>blog da Comunidade Rock Content.</a></small></p>

E como nós da Hubify possuímos #DataDriven em nossa cultura e somos especialistas em marketing de resultado, fui convidado para compartilhar com vocês o que precisamos fazer para gerar conteúdo de alta performance.

Para que serve o marketing? O que seria marketing de performance?

Antes de qualquer coisa, precisamos entender para que serve o marketing, para então entender que tipo de resultado ele deve gerar.

Eu gosto muito de utilizar analogias para facilitar a compreensão de um assunto. Vamos imaginar um time de futebol, qual seria a posição do jogador “marketing”?

O marketing seria o camisa 10, ou seja, o armador de jogadas. O camisa 10 até pode fazer gols diretamente (vendas), mas seu principal papel no time é dar assistências, gerar oportunidade de gols (oportunidades de vendas) para o centroavante se tornar um verdadeiro artilheiro (vendedor que concretiza vendas).

Agora, falando em marketing digital especificamente, a principal métrica de sucesso é a conversão que gera leads qualificados para a equipe de vendas trabalhar. Assim sendo, alta performance nesse caso significa gerar muitos leads de qualidade com o melhor ROI (retorno sobre investimento) possível.

Como um bom artigo pode ajudar a gerar leads?

Bom, agora que nós já sabemos que o marketing serve para gerar oportunidade de vendas (leads), precisamos entender como um texto de alta performance pode ajudar nessa missão.

Mais visitas no blog. Se um artigo for bem escrito ele pode gerar muitas visitas no blog do seu cliente, seja por que esse artigo irá ranquear nas primeiras posições das buscas do Google, seja porque ele será bastante clicado quando compartilhado nas redes sociais ou por e-mail.

E, se o blog tiver estruturado com bons CTAs (Call to Action, ou chamadas para ação) mais visitas significarão mais conversões em leads.

Mais autoridade. Se os links relacionados a uma determinada empresa são vistos com frequência nas primeiras posições do Google quando uma pessoa pesquisa por determinado tema, isso gera o sentimento inicial de que aquela empresa é referência em seu segmento.

Esse sentimento fica ainda mais intenso quando a pessoa acessa o artigo e o blog da empresa e vê suas dúvidas 100% sanadas ou encontra dicas valiosas para aproveitar uma oportunidade.

Encurta o timing, educa e aumenta vendas improváveis. Segundo um estudo desenvolvido pelo americano Chet Holmes, autor do livro “The Ultimate Sales Machine”, apenas 3% do nosso público está ativamente querendo comprar, enquanto 97% se divide entre disposto a ouvir, não está pensando nisso, acredita não estar interessado ou tem certeza que não está interessado.

Nesse contexto, bons posts ajudam essas pessoas que não estão prontas para comprar (97% do seu público!) a andar pelo funil mais rapidamente, a ter a empresa dona do blog como referência no assunto e a lembrar da empresa quando o momento da compra chegar.

O que eu preciso saber para gerar textos matadores?

Para escrever um conteúdo que gere resultados, você deve começar entendendo quem é a persona que você quer atingir, ou seja, quais são as características e hábitos da pessoa que será a destinatária do post.

Uma vez que você entende a persona, você saberá qual a linguagem mais apropriada para o texto e principalmente como é a sua jornada de compra, como é que essa pessoa costuma lidar e reconhecer um problema ou oportunidade.

Tamanho do texto importa?

Há bastante discussão sobre o tamanho ideal de um blog post. A bem da verdade, não existe uma resposta padrão para todas as situações e existem posts que têm desde 300 palavras até 6 mil palavras.

Para saber qual o melhor tamanho de um artigo precisamos analisar seu propósito, se o autor quer apenas dar uma opinião curta ou se quer aprofundar sua tese sobre determinado assunto.

Muitos dizem que as pessoas estão cada vez mais preguiçosas e não leem textos grandes. Isso pode até ser verdade quando o tema é mais “banal”, mas muitas pessoas gostam de autores que aprofundam os seus artigos de forma a tirar todas as suas dúvidas.

Outro fator que pesa na hora de decidir o tamanho do texto é a concorrência pelo tema. Se você for falar de “cerveja” esse tema é bastante concorrido e você provavelmente terá que escrever um texto épico, com mais de 3 mil palavras para ter alguma chance nas buscas do Google.

Mas, se você optar por um termo cauda longa como “cerveja importada belga”, a concorrência será menor e, por consequência, o tamanho do seu post não precisará ser tão grande quanto o texto que falaria de “cerveja”.

Qual é a relevância do tempo de publicação para o Google?

http://expertdigital.net/wp-content/uploads/2016/09/Long-Tail-Marketing-Cauda-Longa-Marketing.png

Outro ponto que devemos observar na hora de decidir o tamanho de um texto é a idade do blog.

Blogs mais novos geralmente precisam de volume no início e também não há dados do passado para apontar quais temas ou palavras-chave fazem mais sucesso. Nesse caso, oito artigos por mês de 500 palavras pode fazer mais sentido do que quatro artigos de 1000 palavras cada.

Com o tempo, você passa a ter as métricas que vão mostrar a performance e potencial de performance dos seus artigos, aí é hora de re-otimizar e aumentar o tamanho de alguns deles.

Nós fizemos isso recentemente em nosso blog. Listamos os artigos que estavam em média entre a sexta e a décima quinta posição nas buscas do Google, re-otimizamos e aumentamos o número de palavras, aprofundando com qualidade o conteúdo que já estava lá.

Os resultados foram simplesmente fantásticos, todos os artigos rapidamente melhoraram seu posicionamento e alguns deles se tornaram Snippets como no exemplo da imagem abaixo.

Se você procurar “qualidades do empreendedor”, encontrará no próprio resultado da busca a definição do artigo publicado no nosso blog Hubify.

Por fim, como eu gosto muito de dados, não posso deixar de citar alguns dados que eu vi recentemente em um vídeo do Diego Gomes, co-fundador da Rock Content: textos com mais de mil palavras costumam gerar 3x mais tráfego e 60% mais compartilhamentos. Fica a dica.

Dicas para escrever um texto de alta performance

Por fim, separei aqui algumas dicas para escrever textos que gerem resultado para os seus clientes.

Dê atenção às dores da sua audiência

Inicie o texto falando de uma “dor”. Os primeiros segundos do leitor irão definir se ele vai ou não terminar de ler o texto e o que mais “prende” a atenção de um leitor é perceber logo de cara que o texto vai ajudá-lo a resolver um problema ou aproveitar uma oportunidade.

Fale sempre a verdade

Fundamente o texto com fatos. O número de notícias falsas cresceu muito nos últimos tempos, então as pessoas estão cada vez mais desconfiadas. Por isso, sempre fundamente os seus argumentos e não esqueça de citar e linkar a fonte.

Planeje seu link building

Saiba trabalhar hiperlinks. Linkar internamente palavras-chave para que o leitor clique e acesse um novo texto do seu blog e linkar externamente para indicar referências do que você citou no seu artigo são boas práticas que melhoram as chances do blog post brilhar nas buscas do Google.

Facilite a vida do leitor

Atente-se para a escaneabilidade do seu texto. “Escaneabilidade” significa deixar o texto “amigável” aos olhos dos leitores, ou seja, facilitar a vida do leitor escrevendo parágrafos curtos (4 linhas), trabalhando bullet points, negritando frases chave e assim por diante.

Faça uma boa pesquisa de temas e palavras-chave

Analise o tema antes e depois de escrever um texto. Escolher adequadamente um tema, suas palavra-chave e o tamanho do artigo será fundamental para gerar resultados. Utilize ferramentas como o Google Trends, Google Analytics e o SEMrush.

Mantenha seu blog em ordem

Utilize uma boa plataforma para o blog. De nada adiante fazer tudo o que explicamos aqui nesse artigo se você publicar um baita texto em uma ferramenta que não siga as melhores práticas de SEO e, portanto, prejudique a performance do artigo nas buscas do Google.

Compreenda como otimizar e gerenciar as métricas abaixo, muitas delas você poderá acompanhar pelo próprio Google Analytics:

  • Visitas
  • Conversão em leads
  • Compartilhamentos
  • Comentários
  • Ranking médio dos artigos
  • Tamanho do texto
  • Tempo de permanência no texto
  • Sessões do blog visitadas pelo leitor após a primeira sessão
  • Novos visitantes x Visitantes recorrentes
  • Canais de geração de tráfego do blog

Olhar para os dados certos é fundamental para o sucesso de uma estratégia. Por isso, observando essas métricas você terá um conjunto de dados interessantíssimo e, com o tempo, poderá ter insights incríveis para criar a sua presença online!

Gostou deste post? Agora você já pode seguir um passo adiante e começar a calcular a performance dos seus conteúdos corretamente, e o Retorno Sobre Investimento é um método interessante. Saiba mais agora.

Ebook sobre Texto Perfeito

Posts populares com esse assunto