Por Redator Rock Content

um dos freelancers da Comunidade. Seja também um redator!

Publicado em 09/03/2017. | Atualizado em 16/06/2017


Powered by Rock ConvertDiversos aspectos devem ser levados em conta para garantir o sucesso de um conteúdo web. E um dos mais importantes é a escaneabilidade da redação. Já abordamos muito esse assunto aqui em nosso blog. Escaneabilidade é, basicamente, a forma como os olhos do usuário percorrem o texto durante a leitura. Sendo assim, por […]

Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

Diversos aspectos devem ser levados em conta para garantir o sucesso de um conteúdo web. E um dos mais importantes é a escaneabilidade da redação.

Já abordamos muito esse assunto aqui em nosso blog. Escaneabilidade é, basicamente, a forma como os olhos do usuário percorrem o texto durante a leitura.

Sendo assim, por melhor que seja seu conteúdo, sua mensagem não será transmitida em sua totalidade caso o usuário abandone a leitura pela metade, não é mesmo?

Portanto, no post de hoje, mostramos quais são os princípios da escaneabilidade e porque eles fazem com que seu texto torne-se mais envolvente para o leitor.

Além disso, apresentamos excelentes ferramentas para você medir a escaneabilidade de seus conteúdos de maneira prática e confiável.

Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

As características de um texto com boa escaneabilidade

Antes de mostrarmos como você pode medir a escaneabilidade do seu texto, é necessário entender melhor o que é um conteúdo com boa escaneabilidade.

Para melhorar a experiência do visitante do seu blog, conheça características que você precisa desenvolver em sua redação web:

1. Tamanho do texto

A complexidade das informações levadas ao leitor é algo muito importante. Naturalmente, assuntos complexos demandam textos maiores. Entretanto, isso não quer dizer, necessariamente, que textos longos são melhores.

A chave é conhecer sua persona e entender o momento em que ela está acessando seu blog. Dessa maneira, você garante que seu site sempre terá o conteúdo ideal para ela, tanto para momentos de leitura mais aprofundada quanto para tirar uma dúvida rápida.

No caso dos textos maiores, a atenção aos testes de escaneabilidade torna-se ainda mais fundamental, pois é imprescindível garantir o dinamismo e a fluidez do texto para que o leitor não se canse antes de chegar ao fim.

2. Intertítulos

Os intertítulos organizam a leitura e permitem que o leitor “respire” durante a experiência, pois separam cada bloco de informações em seu próprio espaço.

Segundo especialistas, textos com pelo menos 3 intertítulos a cada 500 palavras seguem uma estrutura bem aceita pelos leitores. Por outro lado, um excesso de intertítulos “trava” a leitura, tornando-a maçante.

Tome cuidado também para manter uma lógica entre os intertítulos, com um levando naturalmente ao próximo, e assim por diante.

Além disso, outra vantagem dos intertítulos é permitir ao leitor uma visão geral do que seu conteúdo aborda antes mesmo de ele iniciar a leitura. Assim, caso ele esteja com pouco tempo disponível ou não se interesse por algum tópico, ele pode ir direto para o intertítulo que lhe chamou mais atenção.

3. Parágrafos

Parágrafos entre 2 e 4 linhas apresentam o tamanho ideal para que o leitor tenha a sensação de uma leitura fluida.

Blocos enormes de texto, com mais de 10 linhas, por exemplo, tornam a leitura muito pesada, confundindo os olhos do leitor.

4. Imagens

Inserir uma ou duas imagens ao longo do texto pode ser interessante para ilustrar o conteúdo e dar um espaço de respiro para o leitor antes de ele seguir adiante. Além disso, as próprias imagens podem ilustrar e/ou resumir informações fundamentais de maneira clara e didática.

Segundo a Buffer, o Twitter entende bem o poder das imagens: na rede social, tweets com imagens recebem 150% retweets a mais do que aqueles apenas com textos.

A tendência também é percebida no Facebook, onde 87% das postagens mais compartilhadas trazem imagens.

Como fazer testes de escaneabilidade

Como vimos até agora, a escaneabilidade é fundamental para que seu conteúdo efetivamente atinja o leitor.

Sem ela, por melhores que sejam seus textos e independentemente da qualidade e da importância de suas informações para o leitor, ele simplesmente não concluirá a leitura e não retornará para seu site.

Mas entender como construir um texto de boa escaneabilidade não é o suficiente.

Ao colocar em prática as características demonstradas aqui, é necessário fazer uso de ferramentas que avaliarão a escaneabilidade do seu texto. Afinal, cada conteúdo tem suas características particulares e, portanto, diferentes exigências de escaneabilidade.

Portanto, agora, apresentamos algumas ferramentas online práticas e muito eficientes para que você entenda exatamente qual é a escaneabilidade de seus conteúdos.

Cada uma delas mede diferentes característica do texto e, assim, analisa diferentes fatores que afetam a escaneabilidade. Acompanhe:

1. Test Document Redability

A ferramenta foi desenvolvida para textos em inglês, mas funciona também com outras línguas. Sua função principal é mostrar o quão complexa é sua linguagem.

Ou seja, qual é o nível de educação e conhecimento que seu leitor precisa ter para compreender o texto.

Assim, fique atento para verificar se essa complexidade está de acordo com sua persona, ou seja, se ela necessita de textos mais simples ou mais “avançados”.

Quando a ferramenta identifica linguagem excessivamente complexa ou frases complicadas, são feitas sugestões de mudanças para facilitar a leitura.

2. Yoast Content & SEO Analysis Tool

O famigerado plugin para WordPress Yoast SEO permite que você verifique a escaneabilidade de seu texto enquanto ele é produzido, em tempo real. Além disso, a ferramenta também faz a análise de SEO, característica fundamental para que seu texto seja encontrado na internet.

A ferramenta analisa o tamanho do texto, o tamanho dos parágrafos e frases, a complexidade da gramática e a presença de intertítulos.

É avaliado, também, o uso e repetição de determinados tempos verbais e construções gramaticais que, em excesso, dificultam a leitura.

Assim, o plugin gera um relatório em tempo real, mostrando os pontos fortes e também o que pode ser alterado.

3. Clarity Grader

O Clarity Grader utiliza um dos métodos mais tradicionais de análise de escaneabilidade: o teste de Flesch-Kincaid.

A fórmula analisa a quantidade média de palavras por frase e a quantidade média de sílabas por palavra. Diante dessas informações, a equação de Flesh-Kincaid retorna como resultado o grau de dificuldade de leitura do seu texto.

Assim, você pode facilmente verificar se seu texto está excessivamente complexo ou muito simples para seu leitor.

Mais uma vez, aqui, é fundamental conhecer sua persona, para entender qual nível de complexidade ela espera/deseja dos conteúdos que consome.

Viu só? A escaneabilidade é fundamental para que seu conteúdo realmente atinja o leitor e, assim, você alcance o resultado esperado com suas estratégias.

Fazendo uso das dicas e dos testes de escaneabilidade apresentados aqui, você poderá revolucionar a forma com que produz conteúdo voltado especialmente para sua persona.

Quer entender melhor a importância e o poder da escaneabilidade? Então, não perca nosso post especial sobre o assunto!

Posts populares com esse assunto