Por Thaís Costa

Publicado em 22/09/2018. | Atualizado em 03/04/2019


Para ter sucesso nas redes sociais, é preciso caprichar na parte textual e persuadir o leitor. Confira como fazer isso!

O que é preciso para fazer sucesso nas redes sociais?

Estar presente nas redes sociais tornou-se essencial para grande parte das marcas que querem ter bons resultados online. Para isso, investir em uma boa produção de conteúdo nessas plataformas é fundamental e inclui, é claro, as chamadas das postagens.

As chamadas para redes sociais podem ser o elemento principal ou coadjuvante da postagem e, independente disso, têm o papel de passar uma mensagem com clareza e engajar o usuário. Assim, são elementos estruturais de uma postagem e não podem ser ignoradas.

Embora existam várias recomendações em relação às chamadas, uma boa ideia sempre é performar testes. Eles permitem entender o que pode ou não funcionar em estratégias de diferentes marcas, trazendo insights valiosos e aprimorando os resultados.

Por isso, neste post vamos mostrar alguns testes que você pode realizar ao produzir chamadas para redes sociais! Mas antes, é preciso esclarecer um ponto:

Como fazer testes em chamadas para as redes sociais?

Primeiro, é tenha em mente que, independente do teste, você deve sempre documentar o processo e mensurar os resultados. Só assim é possível uma análise dos resultados para replicar o que funciona e melhorar o que não deu certo.

O segundo ponto é que você sempre deve fazer um número relevante de testes. Não adianta nada analisar um tipo de chamada uma vez, ver resultados positivos e achar que aquilo vai funcionar para tudo. Apesar de experimentos pontuais serem válidos, testes exigem que vários experimentos sejam conduzidos.

Por fim, lembre-se sempre de fazer apenas um teste por vez! Se você testar mais de um elemento, nunca vai saber o que foi responsável pelo sucesso ou fracasso do teste. Assim, além de um grupo controle, aplique apenas uma variação por teste.

Tendo esses pontos entendidos, vamos ao que interessa:

7 testes para performar em chamadas para redes sociais

1. Tamanho do texto

Esse é o primeiro elemento que você pode testar nas suas chamadas para as redes sociais. Existem boas recomendações quanto ao tamanho ideal de postagem para cada uma delas, mas os números não são engessados e apresentam variações dependendo do mercado de atuação, do tipo de postagem e do público.

Por isso, testar o número de caracteres da postagem pode ser uma boa ideia. Mesmo com a recomendação geral de textos menores nas redes sociais, algumas postagens podem exigir textos maiores que serão bem recebidos pela audiência.

Nem todas as chamadas precisam ter um número certo de palavras: o ideal é entender o que é necessário para aquele conteúdo que está sendo postado.

Por exemplo: no Instagram, a recomendação é de textos menores, já que a imagem é o elemento de destaque. No entanto, uma postagem sobre uma receita culinária pode ter uma legenda grande com a receita descrita cuidadosamente, pois é exatamente o que a audiência espera, como podemos ver a seguir:

2. Emojis

Alguns estudos mostram que o uso de emojis de forma estratégica podem aumentar o engajamento nos posts. Então, por que não usá-los nas chamadas?

Eles podem funcionar para chamar a atenção para a mensagem da chamada, atuando como elementos visuais com os quais o público pode identificar-se. É claro que o emoji deve sempre ter relação com a postagem como um todo para cumprir o objetivo de aumentar o engajamento.

No exemplo ao lado, veja como o emoji combina com o assunto do anúncio e com a chamada em tom promocional:

Estratégias de Redes Sociais para FreelancersPowered by Rock Convert

3. Tipo de CTA

O CTA é um elemento essencial da postagem. Afinal, ele vai direcionar o usuário a tomar uma ação e, para que essa ação atinja os objetivos do negócio, é necessário que a postagem e o CTA estejam bem coordenados.

Pense em CTAs para cada tipo de postagem e qual o objetivo que aquela chamada para a ação vai entregar para o negócio. Além disso, é necessário considerar se ele terá efetividade com aquela postagem e ressonância com o público.

Se você, por exemplo, é um freelancer, e quer fazer uma postagem no LinkedIn vendendo seu peixe, vale a pena deixar como CTA sua informação de contato (email e/ou telefone) explícita, por exemplo. No entanto, se quer que as pessoas conheçam seu trabalho, o CTA será o portfólio.

4. URL usada

A URL que você usa para postagens ou CTAs também pode fazer diferença, especialmente nas redes em que a URL fica evidente, como o Twitter e o Instagram.

Existem diferentes formas de inserir a URL em uma postagem (ou na bio): você pode usar encurtadores de link (Bitly, Google Shortener), criar variações com esses encurtadores (uso de números, maiúsculas, hifens), inserir a URL integralmente… Fazer esse teste pode mostrar o potencial de cliques de um detalhe simples, mas fácil de aplicar.

5. Hashtags

As hashtags surgiram no Twitter e hoje já dominam o Instagram e estão presentes também no Facebook. Três redes sociais tão grandes já mostram que elas podem e devem ser elementos de testes nas chamadas, certo?

Tente usar hashtags nas chamadas e observe o impacto que elas trazem para o engajamento. Como ponto de partida, uma boa ideia é usar hashtags do momento ou criar a sua própria, como a HubSpot fez com suas perguntas de marketing:

6. Menções

Assim como as hashtags, as menções são amplamente usadas em diferentes redes sociais atualmente. Seja como uma marcação (caso do Facebook e LinkedIn) ou com uso de @ (Instagram e Twitter), as menções tem grande potencial de trazer outras pessoas para engajarem com a postagem. É uma estratégia muito usada por influenciadores digitais, por exemplo.

Em um teste, você pode convidar uma ou mais pessoas a interagirem com o conteúdo do post ou até mesmo desafiá-las a marcas outras pessoas.

7. Perguntas

Um outro elemento para testar que pode fazer a diferença no engajamento que uma chamada promove são as perguntas.

Elas incentivam de forma bastante direta que as pessoas interajam com a postagem, sendo bons elementos para aumentar o engajamento, como você pode conferir no exemplo a seguir:

Lembre-se: essa é apenas uma lista para ajudar você a dar os primeiros passos nos testes que performar em chamadas para redes sociais. É importante sempre pensar em novos avaliações para os posts em redes sociais que sejam pertinentes à realidade do negócio.

Para executar uma boa estratégia de redes sociais, no entanto, é preciso entender outros pontos importantes sobre a produção de conteúdo nelas. Por isso, não deixe de conferir as melhores práticas no LinkedIn — a rede social do momento!

guia de boas práticas no linkedin

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *