Por Guilherme Pimenta

Designer e escritor, percebi que era melhor desenhando com palavras.

Publicado em 01/12/2020. | Atualizado em 04/11/2020


Designers que sabem utilizar o Indesign têm grandes oportunidades de criação de conteúdo rico para marketing digital e de conteúdo. Veja como os templates do Indesign podem agilizar ainda mais o seu trabalho.

Embora nenhuma ferramenta faça sozinha o trabalho criativo de um designer, saber utilizar as melhores no mercado é uma forma de aumentar a eficiência e a qualidade do seu trabalho para consolidar uma carreira a longo prazo.

Um desses exemplos são os templates do Indesign. Veja como trabalhar com essa funcionalidade poderosa e o que isso significa para a organização e produção diária das suas peças impressas e digitais. Acompanhe!

Como templates do Indesign facilitam o seu trabalho

O Indesign é um dos programas mais famosos da Adobe, criado para a diagramação de peças impressas como livros, jornais, flyers, cartões etc.

Muita gente pode pensar que a demanda para esse trabalho impresso vem diminuindo ao longo do tempo, mas isso não é verdade. E, mesmo que fosse, não significa que a relevância do software esteja acabando.

Muito pelo contrário! O crescimento do marketing digital, principalmente de conteúdo, criou uma nova oportunidade para quem tem talento e gosta de trabalhar nesse tipo de peça.

A única diferença é que o foco desse conteúdo passou do papel para as telas. E-books, infográficos, whitepapers, lookbooks, portfólios e cartões virtuais são alguns exemplos de formatos buscados por agências e clientes que exigem um trabalho especializado de layout, diagramação e tipografia.

Quando entram os templates?

E é aí que entram os templates de Indesign. Com tanta demanda no mercado, designers precisam de maneiras rápidas e eficientes de entregar produtos de qualidade com prazos apertados e objetivos específicos.

Os templates são modelos pré-definidos que já podem conter em sua configuração a diagramação padrão de um produto, a identidade visual de uma marca, as dimensões e composições de um material dinâmico.

É uma estrutura para que você construa em cima sem precisar sempre começar do zero — seja criada por você ou por terceiros.

O template serve também como um protótipo para que você mostre a um cliente a ideia da formatação de um conteúdo e faça ajustes ainda na fase de concepção, diminuindo consideravelmente o retrabalho e o vai e vem de diferentes versões.

Ou seja, templates ajudam na otimização do trabalho de uma empresa ou de um freelancer. Como a flexibilidade de prazos sem perder qualidade é uma necessidade para consolidar uma carreira, utilizar bem esse tipo de funcionalidade garante mais clientes e um maior retorno do seu esforço na sua rotina.

Como utilizar templates do Indesign

O processo de utilização de templates no Indesign é muito simples. Vamos apresentar para você todos os passos relacionados à busca e utilização desses modelos para que sejam de fácil acesso na sua rotina. Confira.

Escolhendo um template

Para criar um novo arquivo a partir de um template, basta ir em Arquivo>Novo>Documento. A tela para predefinição abrirá em seguida demonstrando algumas opções de formatos e também os templates disponíveis.

Ao clicar no template desejado, todas as outras configurações do documento serão automaticamente ajustadas para se encaixar no que foi definido para o modelo. Basta clicar em Criar e começar a trabalhar.

Criando um novo template

Existem duas maneiras de ter novos templates na sua biblioteca do Indesign. A primeira delas é a mais adequada para designers experientes e que têm clientes mais constantes, que exigem materiais com a mesma cara e formato por muito tempo.

Estamos falando de criar o próprio template para usar no futuro. Para fazer isso, é muito simples. Quando você chega a uma estrutura ideal para aquele material específico, basta salvar o arquivo como modelo do Indesign — extensão .indt.

A partir daí, todas as predefinições do documento estarão salvas e poderão ser abertas como template nos próximos trabalhos. 

Buscando novos templates para a sua biblioteca

Muitas vezes não é preciso começar um documento do zero, ainda mais quando o trabalho é pontual ou com um prazo apertado. Por que não usar modelos prontos?

Como templates do Indesign são estruturas base, eles podem ser modificados de todas as formas para dar a sua assinatura visual e refletir os valores da marca do cliente sem necessariamente copiar o trabalho já feito.

O Indesign por padrão já vem com algumas sugestões de modelos, mas existem duas maneiras de encontrar por conta própria.

Templates do Stock

O Adobe Stock é o grande marketplace da empresa para todo tipo de recurso envolvendo o uso de sua suíte da Creative Cloud. Estão disponíveis inclusive modelos para Indesign.

Você pode fazer essa busca na própria janela de novo documento do programa ou acessar o site Adobe Stock.

A maioria dos modelos são pagos, mas alguns podem ser utilizados com a mesma licença que você já tem da CC.

Templates de terceiros

Existem também sites de terceiros na internet que fornecem modelos grátis ou pagos dependendo da complexidade e uso. Nesse caso, geralmente, você baixa uma pasta com os arquivos necessários — além do documento em si, fontes, imagens e outros recursos.

A partir daí, basta abrir o arquivo e salvar como template, da mesma maneira que mostrei ali em cima.

Como utilizar features do Indesign como ferramenta de aprendizado

Quando analisamos o caminho de todos os softwares da Adobe, traçamos com eles uma evolução nas ferramentas e técnicas de design nas últimas décadas. É uma carreira dinâmica, sempre em transformação.

Por isso é tão importante dominar esses programas. Eles são uma fonte de otimização para seu trabalho ao mesmo tempo que servem como aprendizado para o próprio ofício.

Os modelos são um grande exemplo disso. Algo que deixamos para citar no final é como utilizar essas estruturas predefinidas pode servir de escola para designers. Entender como um conteúdo é pensado, como o design é muito mais do que a forma, precisa evidenciar informação de maneira criativa e atraente.

Portanto, faça um esforço para usar mais templates do Indesign na sua rotina de trabalho. Crie seus próprios para atender clientes recorrentes com mais velocidade. Busque de terceiros para aprender novas técnicas de design e agilizar o trabalho sem perder a qualidade.

Não é por que você não começou do zero que não está imprimindo a sua identidade em tudo que faz. Continue sempre estudando!

Posts populares com esse assunto

Os comentários estão desativados.