Por Nathália Panicali

Formada em comunicação pela PUC Minas, analista de planejamento na Rock Content e apaixonada por Marketing e Bodybuilding ?

Publicado em 28/09/2016. | Atualizado em 16/06/2017


Nos últimos artigos, insistimos na importância da pauta para a criação de um conteúdo de sucesso. E pensar em um tema para uma pauta de um texto não é uma tarefa tão fácil quanto você pensa! Aliás, se você acha que realmente é muito fácil, pode estar fazendo isso errado. No post de hoje, vamos mostrar […]

Nos últimos artigos, insistimos na importância da pauta para a criação de um conteúdo de sucesso. E pensar em um tema para uma pauta de um texto não é uma tarefa tão fácil quanto você pensa! Aliás, se você acha que realmente é muito fácil, pode estar fazendo isso errado.

No post de hoje, vamos mostrar quais são os passos fundamentais para escolher o assunto de uma pauta e ter a certeza de que ele será relevante para a estratégia de marketing de conteúdo do cliente e, principalmente, para o leitor do blog.

Vem com a gente!

Analise a estratégia do cliente

O primeiro passo para definir o tema de pauta de um texto é a leitura da estratégia do cliente. Nela, iremos encontrar informações sobre o business do cliente, objetivos que ele deseja alcançar com o marketing de conteúdo, temas que devem ser abordados, além de referências de linguagem e de conteúdo.

É importante analisar atentamente a estratégia do cliente, para entender o que ele vende, quais tipos de problemas é capaz de solucionar, qual é o seu público-alvo e qual é a maneira mais pertinente de abordar cada assunto, tomando muito cuidado para não fugir dos temas que sejam relacionados à sua área e propor pautas que não façam o menor sentido para os seus leitores e o seu mercado de atuação.

Pense nas dores e interesses da persona

As personas são fundamentais na hora de escolher a temática de uma pauta, pois a partir das suas dores e dúvidas comuns, podemos ter várias ideias de temas que sejam relevantes para a resolução dos seus problemas.

Por isso, é interessante analisar quais são seus principais interesses, quais tipos de desafios enfrentam na sua rotina, quais são seus hábitos de consumo, como buscam e consomem informação, qual nível de entendimento possuem sobre o business do cliente e qual solução se encaixaria melhor dentro das suas necessidades e exigências.

Dessa forma, fica muito mais fácil definir qual tema e tipo de pauta é do interesse ou não da persona.

Entenda o mercado de atuação do cliente

Conhecer a área na qual o cliente atua é fundamental, sobretudo para entender quais assuntos são os mais relevantes e discutidos no mercado.

Ficar por dentro das últimas tendências, conhecer termos técnicos e jargões, são requisitos essenciais para fazer uma escolha de temas assertiva e evitar gafes. Afinal, como impactar um nicho de mercado sem apresentar uma abordagem familiar à persona?

Portanto, lembre-se de que um conteúdo perde o seu valor quando não demonstra autoridade,  argumenta superficialmente ou apresenta questões obsoletas.

Pesquise portais e blogs que são referência na área

Para ter inspiração na escolha de temáticas para a criação de pautas é muito importante buscar nomes, sites, portais e blogs que sejam referência na área. Buscar por especialistas, pesquisar referências estrangeiras e, até mesmo, dar uma espiada nos blogs de concorrentes, pode ser ótimo para ter insights e novas ideias de pautas!

Porém, é preciso tomar cuidado para não dar a mesma abordagem que o concorrente para o tema. Analise o que ele está abordando e de qual forma e proponha uma discussão diferente, mais completa, rica e até mesmo controversa. O importante é pensar num conteúdo que seja mais aprofundado e relevante para o leitor.

Faça uma pesquisa de palavras-chave

A pesquisa de palavra-chave é uma ótima forma, não só de ter insights de temas, mas também, de analisar a concorrência, saber quais assuntos são os mais buscados pelas personas, além de embasar a estratégia de SEO do artigo que será produzido.

Utilizando ferramentas como o Keyword Planner do Adwords e o SEMRush, é possível analisar para quais palavras-chave os concorrentes estão ranqueando e qual é o volume médio de busca de cada uma delas.

Dessa forma, além da escolha tema, pode-se também definir qual é a melhor palavra para ser utilizada no título e, até mesmo, o melhor tamanho para aquele conteúdo.

Caso já existam muitos posts sobre o assunto ou o concorrente já tenha um artigo bem completo sobre ele, essas ferramentas são úteis para que você descubra como se destacar nas buscas online.

A ideia é fazer um conteúdo maior e mais rico para tentar ranquear organicamente para o termo e superar a concorrência nos mecanismos de buscas.

Avalie o que já foi publicado no blog do cliente

Outro passo importante para definir o que será tratado em uma pauta, é dar uma olhada no blog do cliente para avaliar o que já foi abordado nas publicações e de qual maneira.

É preciso tomar cuidado para não escolher temas repetidos. Mas nada impede de dar abordagens diferentes para assuntos que já tenham sido tratados e, até mesmo, complementá-los.

Além disso, é interessante definir temas que tenham uma relação entre eles e que sejam complementares, para que o leitor passe mais tempo no blog do cliente, se aprofundando mais sobre o mercado e avançando pelas etapas do funil de vendas.

Defina o estágio do funil para o qual deseja produzir

Você já deve saber as diferenças entre as etapas do topo, meio e fundo do funil e do tipo de conteúdo que deve ser produzido em cada uma delas.

Por isso, ao definir o que será abordado em uma pauta é preciso considerar em qual fase do funil ele irá se encaixar. Esse é o primeiro passo para estabelecer a proporção ideal para um ciclo inteiro de pautas.

Se um cliente possui, por exemplo, 8 pautas por ciclo, é interessante que pelo menos 1 ou 2 delas sejam voltadas para o meio do funil. O ideal é manter uma proporção de 80% de conteúdo de topo e 20% de meio ou fundo.

Mas é claro que este número pode variar de acordo com o business do cliente, se ele, por exemplo, atua em um mercado mais específico ou se tem uma quantidade muito grande conteúdos de topo no blog e pouquíssimos de meio e fundo.

Definir o assunto foco de uma pauta, não é mesmo tão fácil quanto parece, existe todo um trabalho de pesquisa envolvido, para que a escolha seja assertiva e, jamais, deve ser feito na base do “achismo”.

[call_to_action color=”gray” button_text=”Quero ser um planejador freelancer Rock Content!” button_url=”http://plataforma.rockcontent.com/user/sign_up/”] Agora que você já sabe o caminho a ser percorrido para escolher os temas ideais para suas pautas, que tal colocar todas essas dicas em prática e nos contar qual foi o resultado?
[/call_to_action]

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *