Por Dimitri Vieira

Editor-chefe do blog Comunidade Rock Content.

Publicado em 05/07/2018. | Atualizado em 09/01/2019


Superar o bloqueio criativo pode ser um desafio e tanto. Por isso, perguntamos à nossa Comunidade e listamos as 13 melhores dicas dos nossos redatores freelancers. Confira!

O bloqueio criativo é uma das maiores dificuldades de quem trabalha com redação e produção de conteúdo. E se você é redator freelancer, saber enfrentá-lo é fundamental para garantir sua fonte de renda.Por ser uma das maiores dores da nossa Comunidade, já fizemos até um webinar sobre o assunto, que contou com a participação da Letícia Nonato, editora-chefe do Marketing de Conteúdo.Caso queira assisti-lo, é só preencher o form abaixo antes de prosseguir com a leitura. 😉E também perguntamos à nossa Comunidade de redatores sobre o que eles fazem para superar o bloqueio criativo e as respostas foram as mais variadas possíveis. Confira agora: 1. Faça uma pausa Como essa com certeza é uma dica que você já está cansado de ouvir, vamos começar por ela e ver algumas atividades que nossa Comunidade de freelas gosta de fazer durante a pausa:“Levo o cachorro para passear ou passo um café.”- Paulo Mateus“Tomo um café, verifico e-mails e quando volto ao texto tudo fica mais claro.”- Cida Godoy“ Eu ando de ônibus. Nada mais estimulante.”- Rafael Antônio“Eu simplesmente deixo o texto de lado e vou fazendo outras coisas até me sentir motivada pra escrever de novo.”- Larissa Sarmento“Eu faço o basicão mesmo. Levanto, estico um pouco, faço alguma coisa de casa. As vezes tomo um banho.”- Liandra Cordeiro2. Ligar o modo dono de casa também pode ajudarPelo menos essa foi a dica do Renato, olha só:“Arrumo a casa. Lavo a louça, varro o chão, jogo um cheirinho, deixo tudo no seu devido lugar. Pode parecer algo bobo, mas isso me traz paz e um sentimento de realização enorme! :D”- Renato Augusto Ribeiro 3. Escute música para ajudar na motivação Essa é a tática que mais recomendo e que funciona melhor para mim. Eu escuto música em duas condições diferentes:Quando faço uma pausa para relaxar, tenho recorrido muito à discografia do Passenger; e quando vou escrever, venho escutando músicas de rock progressivo instrumentais, como a banda russa I am Waiting for you Last Summer, que vem fazendo milagres com minha produtividade.E nossa Comunidade também recomenda!“Eu ouço música triste, para abaixar a adrenalina.”- Suzana Costa“Eu coloco uma playlist de música animada, fecho todos os aplicativos e começo a escrever umas palavras-chave e frases soltas. Isso me ajuda a engrenar e logo o bloqueio passa.”- Bruna Moreira4. Assista algo que te distraia ou te motive Seguindo as recomendações de fazer pausas para espairecer, outra coisa que pode ajudar bastante é recorrer ao entretenimento:“Eu costumo parar para assistir programas de reforma no Home & Health ou tirar um bom cochilo.”- Janaína Camposhttps://www.youtube.com/watch?v=nL8hVXSDmNM“Assisto a esta cena. Não há nada mais motivacional ou inspirador.”- Arthur Sala Minoves“Se não sai nada, assisto um anime ou um seriado, depois volto e tento novamente. Não há um padrão, cada hora invento uma coisa diferente.”- Cristoferson Vila Nova Fontes 5. Jogue algo que te entretenha E quem foi que disse que entretenimento fica restrito apenas a séries e filmes? Nossa comunidade também é gamer!“Se o prazo está tranquilo, vou pro WoW jogar um pouquinho ou assisto alguma série pra descansar.”- Joanna Nandi“Bom, a minha tática é bem simples: jogo city building ou farming games. Não há nada mais relaxante na minha opinião. Quando não estou no meu computador, vale buscar algumas gameplays no YouTube. Meus favoritos são Banished e Stardew Valley.”- Lucas Amaral6. Pesquise para saber mais sobre o assunto“Eu busco referências do tema em inglês, colocando o filtro "notícias" para encontrar conteúdos mais recentes. Minha estratégia tem duas lógicas:1 - Eu, eu mesma e Amanda que habitam dentro da minha cabeça debatem e chegam a conclusão que posso encontrar algo novo que ficará topíssimo no conteúdo, então sentimos que não é uma pesquisa em vão, que estamos sendo úteis para a tarefa;2 - Ler em inglês me faz exercitar a atenção/concentração, então parece que dá uma chacoalhada no cérebro e ele pega no tranco criativo.O problema é quando eu, eu mesma e a Amanda não chegamos em uma conclusão e cada uma quer fazer/falar sobre uma coisa...mas aí, esse papo fica pro boteco dos freelas...ou psicanalista...temos um na casa, produção?”- Amanda Gusmão“Eu tento ler textos sobre o assunto pra me inspirar ou se estiver crítico mesmo eu faço um lanche.”- Agnes Rabelo 7. Escreva algo que não tenha nada a ver com o tema“Em algumas situações, compensa tentar escrever um texto sobre outro tema COMPLETAMENTE diferente. Pode parecer estranho, mas funciona comigo. As ideias fluem com mais facilidade.”- Gabriel Nascimento Martins 8. Comece logo a escrever Muitas vezes, o bloqueio criativo é apenas um disfarce da procrastinação. E assim, a melhor forma de vencê-lo é encarar logo a preguiça e começar a escrever, mesmo que você ache que a qualidade do texto não está boa.Escreva sem vergonha de ser feliz e sem julgar suas próprias palavras. Com um tempo, suas ideias irão se encaixar e, caso isso demore para acontecer, é só testar uma das outras 12 dicas.“Bom, não sei vocês, mas eu sofro de "pânico da página em branco" como eu carinhosamente apelidei esse fato. Se eu tô sem criatividade e vejo minha page do Word vazia, bate um desespero. Então o que faço é sempre escrever algo qualquer, seja o título, frases aleatórias, ou mesmo colar o briefing, só pra confortar meu cérebro e dizer pra mim mesma 'Agora tá tudo bem miga, você já começou a escrever'. Ai acaba fluindo naturalmente.”- Ana Paula Maia Latini“Dou um tempo, vou comer alguma coisa, assistir algo leve, aí volto pro texto e começo a escrever mesmo que ainda não esteja inspirada, haha. Daí flui, porque o mais difícil é justamente começar!”- Mariana González"Se o prazo já tá apertado ligo o modo desespero e faço a criatividade aparecer na marra. Vou escrevendo o que surge na mente, mal escrito e desorganizado mesmo, e depois vou reformando pra ficar decente. Dá o dobro de trabalho, mas fica pronto no prazo pelo menos (Olhar a fatura do cartão de crédito também funciona).”- Joanna Nandi 9. Monte a estrutura geral do seu texto Ter o esqueleto do seu texto definido ajuda demais a te orientar sobre o que você vai escrever em cada parte. E quando você já sabe onde quer chegar em cada tópico, fica bem mais fácil conectar um ponto ao outro e seu texto vai ganhando corpo.“Sempre começo com os H2 e H3 e, depois, basta fazer o primeiro parágrafo para engrenar. Mas, quando preciso escrever um texto mais criativo, eu procuro me inspirar com outras leituras! :)”- Paula Cé Martins“Deixo sempre a introdução, conclusão e CTA por último. Foco primeiro nos intertítulos.”- Cristoferson Vila Nova Fontes 10. Escreva as partes que você já tem prontas em mente Comece anotando as partes que você já pensou, pode ser uma CTA, a conclusão ou um tópico solto, por exemplo. Ou como recomendou a Aline, faça como o Edward Mãos de Tesoura:“Eu dou uma de Edward Mãos de Tesoura: vou deixando tudo picadinho! Deixo uma introdução picada ali, uma conclusão picada aqui, um intertítulo picado acolá... Depois vou costurando os pedaços e montando meu Frankenstein. Depois disso o block passa e entro no ritmo, aí é só passar uma maquiagem pra esconder as cicatrizes, ou seja, fazer as ligações necessárias e melhorar os trechos truncados. No fim, o bicho fica mais bonito do que o logo da Warner nas aberturas de Harry Potter.”- Aline Gonçalves 11. Recorra à inspiração de último minuto“Deixo o prazo ficar bem apertado.”- Danielle Menezes 12. Confira sua carteira que a inspiração aparece“Eu abro o aplicativo do banco, confiro o valor do boleto do cartão de crédito e entro em desespero. O bloqueio criativo vai embora rapidinho.”- Natália Passos [Bônus] 13. O prazo está estourando e não tem tempo de conferir todo o post?Separei para você dois depoimentos que funcionam quase como um resumo deste post. Veja, por exemplo, o combo sugerido pela Katiuscia: ela faz pausa, escuta música (som do mar, na verdade), monta a estrutura geral do texto, pesquisa e, se necessário, ainda inclui um banho na pausa.“Alguém me indicou por aqui esses dias o site Noisli, eu coloco o som do mar e fico uns segundos só encarando a página em branco, depois escrevo o objetivo geral, os pontos que quero abordar, pesquiso outros textos sobre o tema e releio um 'manual' que fiz resumindo as dicas de redação web da rock. Outras vezes eu tomo um banho pra relaxar, aproveito e penso nos tópicos que quero abordar ou ideias para o texto, volto, anoto tudo e começo o ritual citado anteriormente.”- Katiuscia CoutoA Sílvia, então, até conversa com suas plantas sobre pautas!“Para desbloquear, um pouco de tudo que já foi dito aqui: música, fatura do cartão de crédito, inventar um lanchinho diferente, conversar com as minhas plantas sobre o tema da pauta, pedalar, transformar o direcionamento da pauta em tópicos que depois se tornarão intertítulos, focar em outras tarefas, escrever um e-mail pro analista da tarefa (que quase nunca chega a ser enviado) listando todas as dúvidas que me impedem de escrever, depois releio o e-mail, e normalmente, eu mesma consigo me responder e resolver o problema, entre outras coisinhas. Porém, para me bloquear a criatividade e me fazer procrastinar qualquer tarefa até o último segundo, não existe nada mais eficiente do que a imagem abaixo. Saber que não terei uma nova tarefa quando terminar a que está em andamento parece que me causa um certo apego a ela.”- Sílvia SecoGostou de conhecer as recomendações da nossa Comunidade para superar o bloqueio criativo? Se você utiliza alguma técnica que não mencionamos aqui, conta para a gente nos comentários!E se você ainda está buscando uma fonte de inspiração para vencer o bloqueio, visite a página do Freela Talks e escolha o que você quer aprender nos próximos 40 minutos.

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *