substantivo comum

Substantivo Comum: o que você precisa saber para usar corretamente

Como o nome já indica, Substantivos Comuns são os mais usuais e apontam para palavras genéricas. Para saber mais, é só continuar a leitura!
Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

O processo de criação de um conteúdo envolve pesquisa de referências, planejamento dos intertítulos, cuidados com a escaneabilidade e erros de escrita mais comuns como o uso correto da pontuação, concordância verbal e grafia das palavras. Mas quase ninguém pensa no tal do substantivo comum.

E, por que agimos assim? Uma das hipóteses é que falar e escrever é tão intuitivo que elementos como os substantivos são relegados para o time “arroz com feijão” do conteúdo e não podem ser os diferenciais de um conteúdo épico.

Bom, adivinha só? Nós não pensamos assim e, neste post, te daremos dicas de como usar o substantivo comum como uma das suas armas mais estratégicas do Inbound Marketing. Cola aqui.

Qual o conceito de substantivo comum e próprio

O substantivo comum é a classificação das palavras que nomeiam um ser, animado ou inanimado de forma genérica.

Já o substantivo próprio destaca um elemento dentre os demais do mesmo gênero, como nosso nome em relação aos demais profissionais que trabalham conosco.

E é verdade, até podemos usar os substantivos de forma automática na hora de escrever textos, mas o fato é que eles são um dos objetos de estudos mais abordados na Língua Portuguesa, especialmente no ramo da Morfologia.

Podem ser estudados segundo suas formações e elementos que nomeiam, como:

  • primitivo: não deriva de nenhuma outra palavra da língua portuguesa. Ex.: pedra, papel e tesoura.
  • derivado: obviamente, deriva de outra palavra. Ex.: pedreira, papelaria e tesourada.
  • simples: formado por apenas um radical, que é o elemento que dá a base do significado. Ex.: flor e mão.
  • composto: formados por mais de um radical. Ex.: Couve-flor, girassol

Comum sugere comunidade, ou, conjunto de elementos da mesma espécie. Então, também estão entre seus exemplos: criança, animais, rio, cardume, alegria, tristeza etc.

Nesses casos, são denominados ainda como substantivos concretos (crianças, animais, rios e sereias), coletivos (cardume) e abstratos (alegria e tristeza).

Outra coisa interessante sobre os substantivos é que nem sempre eles traduzem a funcionalidade do elemento que eles dão nome, mas sim, obedecem uma convenção. Porque um “sofá” se chama assim?

Os principais erros na escrita

Ao analisar seu conceito, fica ainda mais claro como usamos os substantivos de maneira frequente, sem porém, dar importância ao seu entendimento, afinal de contas, suas classificações não afetam a qualidade do texto.

Mas, a forma correta de utilizá-los sim, e em escritas para a web, é muito comum encontrar erros como estes a seguir:

Não designar corretamente o gênero

Na escrita para a web, é muito importante deixar o conteúdo sem um direcionamento exclusivo para um gênero, exceto quando explicitamente solicitado pelo cliente. Nesse caso, a persona de seus produtos serão exclusivamente de um sexo.

Nesse momento entram os substantivos comuns de dois gêneros e os sobrecomuns.

“A assistente cumpriu todas as etapas do processo.”

Assistente, nesse caso, é um substantivo de dois gêneros, pois ao trocar o artigo “a” por “o” no início, o sentido da frase e a concordância não serão prejudicadas.

“A criança levantou do balanço e decidiu brincar com os colegas”

Nesta frase, “criança” é um substantivo sobrecomum que tem o gênero fixo, porém, pode ser utilizado para mencionar meninos ou meninas.

Estes exemplos parecem simples, mas, quando consideramos substantivos usados com pouca frequência ou recentemente incorporados em nosso vocabulário, até mesmo dicionários como o Aurélio e referências como o Volp se contradizem.

O que seria mais correto, um selfie ou uma selfie? Um champagne ou uma champagne?

Usar a letra maiúscula incorretamente

Apenas os nomes próprios recebem a primeira letra maiúscula quando não estão no início da frase, os substantivos comuns são grafados com todas as letras minúsculas nesse caso.

Assim, podemos exemplicar:

“Alunos do quarto ano terão aula no próximo sábado, por isso, deverão se dirigir a Secretaria para receber o crachá de entrada”

O substantivo aluno está no início da frase, portanto, deve ser escrito com a primeira letra em maiúsculo. Porém, a palavra secretaria dispensa o uso deste recurso.

Usar derivativos inexistentes ou errados

Em uma escrita livre e criativa, criar novos derivativos é permitido, ou, aceito. Porém, na escrita formal, e considerando que na redação para a web uma mensagem deve ser transmitida corretamente, eles precisam ser utilizados corretamente.

Os aumentativos são bons exemplos: “A empresa utilizou uma salona para fazer o encontro de investidores.”

O correto seria usar salão, ou ainda, outras variações como “grande sala” e “a maior sala”.

Para não escorregar nestes erros, alguns hacks podem ajudar. Vamos lá:

5 hacks para o uso correto do substantivo comum

Uma boa revisão do conteúdo sempre salva e ajuda a identificar estes deslizes. Então, elementos que precisam ser observados.

1. Atenção às variações de gênero

Escreva as estruturas textuais com atenção e procure utilizar substantivos sobrecomuns ou dobrar a atenção ao adotar um dos gêneros. Se possível, utilize o mesmo do início ao fim, e obedecendo à escolha do cliente.

2. Colocação dentro de uma oração

Fique atento à grafia correta dos substantivos e sua concordância com os demais elementos da frase. Se ela estiver no plural, não esqueça de fazer a devida conjugação.

3. Variação de medidas

Dizem respeito a aumentativo ou diminutivo dos substantivos comuns. Uma escrita formal exige que eles sejam corretamente escritos, e na informal, utilizados com moderação.

Ao utilizar muitas palavras no diminutivo, por exemplo, o texto pode receber uma conotação infantil ou que sugira que a persona conheça pouco ou nada sobre o assunto.

4. Uso de sinônimos para evitar repetições

Não é porque eles são comuns que podem ser utilizados sem critérios. Para que um texto fique agradável, é preciso que as repetições na mesma frase sejam evitadas.

Uma boa dica é usar os sinônimos para fazer variações. Aliás, nesse ponto, os substantivos comuns também dão uma grande contribuição para os denominados próprios, pois podem transmitir a mesma ideia sem que eles precisem ser repetidos diversas vezes no mesmo texto.

5. Cuidados com o Acordo Ortográfico

O Acordo Ortográfico trouxe algumas inovações para nossa língua, e entre elas, algumas variações nos substantivos comuns com formação composta.

Se atentar para as palavras de uso mais frequente pode evitar que algumas delas sejam escritas de forma incorreta.

Claro que, além do substantivo comum, outros elementos da língua portuguesa podem compor sua estratégia de conteúdo quando usadas corretamente. Em outras palavras, é preciso estar sempre estudando e visitando conteúdos educativos e as amadas gramáticas.

Um destes conteúdos é o nosso Guia de Português e Gramática atualizado. Já guardou ele no lado direito do seu computador? Vale a pena, viu?! Acesse ele por aqui e, sempre que puder, não deixe de consultá-lo.

Guia de Português e Gramática para Produção de Conteúdo Web