substantivo coletivo

Substantivo coletivo: qual é o segredo para o uso correto?

Você utiliza mais substantivos coletivos que imagina. Confira aqui alguns exemplos e por que eles foram criados!
Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

Você sabe o que é o substantivo coletivo? Chamamos, na língua portuguesa, de substantivo coletivo todos aqueles que designam uma categoria inteira ou um agrupamento de coisas de uma mesma categoria. Há substantivos coletivos de pessoas, de espécies, de seres e de objetos, por exemplo.

Utilizar corretamente o substantivo coletivo é uma das formas de evitar a repetição nos seus textos e faz toda a diferença na criação de conteúdos que demonstram autoridade. Afinal, quando sabemos do que estamos falando nada mais natural que conheçamos, com precisão, o substantivo coletivo que se refere aquele grupo de coisas, não é mesmo?

Hoje vamos lhe mostrar os segredos do uso correto do substantivo coletivo. Com algumas dicas simples você poderá ter a certeza de que estará aplicando essa parte da gramática com precisão. Vamos lá?

Quais são os substantivos coletivos?

Para aprender e utilizar bem os substantivos coletivos você vai precisar decorar algumas coisas. É que, pelo menos a maioria deles, não parece exatamente com aquilo a que se referem ou inicialmente nos soam tão comuns que temos dificuldade de identificá-los como substantivos coletivos. Ampliar o seu vocabulário é uma das partes fundamentais de dominar o substantivo coletivo.

Para ajudá-lo com isso selecionamos alguns dos principais substantivos coletivos na língua portuguesa. Atente-se a eles e seus respectivos significados.

  • Assembleia: coletivo de pessoas
  • Banca: coletivo de examinadores
  • Banda: coletivo de instrumentistas
  • Bando: coletivo de desordeiros
  • Batalhão: coletivo de soldados
  • Caravana: coletivo de viajantes
  • Cavalgada: coletivo de cavaleiros
  • Comunidade: coletivo de cidadãos
  • Corja ou Choldra: coletivo de malandros
  • Chusma: coletivo de gente
  • Concílio: coletivo de bispos
  • Conclave: coletivo de cardeais reunidos para eleger o papa
  • Congresso: coletivo de parlamentares
  • Corpo docente: coletivo de professores
  • Elenco: coletivo de atores, artistas
  • Exército: coletivo de soldados
  • Alcateia: coletivo de lobos
  • Bando: coletivo de pássaros
  • Boiada: coletivo de bois
  • Burricada: coletivo de burros
  • Cáfila: coletivo de camelos e dromedários
  • Capela: coletivo de macacos
  • Cardume: coletivo de peixes
  • Colmeia ou Enxame: coletivo de abelhas
  • Escola: coletivo de cetáceos
  • Fato: coletivo de cabras
  • Fauna: coletivo de animais de uma região
  • Arvoredo: coletivo de árvores
  • Bosque: coletivo de árvores
  • Buquê: coletivo de flores
  • Cacho ou Penca: coletivo de frutas
  • Carvalhal ou Reboredo: coletivo de carvalhos
  • Cabidela: coletivo de moedas
  • Cerca: coletivo de cerquinhos
  • Flora: coletivo de plantas de uma região

Parece muita coisa? Há no português centenas de palavras para se referir aos coletivos. Uma simples busca no Google pode ajudá-lo ao escrever seus textos.

Para que servem os substantivos coletivos?

O principal motivo que um redator tem para aplicar substantivos coletivos é evitar a repetição. Todos nós lutamos contra esse problema que pode transformar uma redação interessante e curiosa em um amontoado das mesmas palavras, maçante e difícil de se entender. Por isso coletivos existem: para que não precisamos nos referir, repetidamente, a um conjunto de coisas com as exatas mesmas palavras.

Associado a um dicionário de sinônimos, o conhecimento do coletivo dos mais diversos termos pode ajudá-lo a se transformar em um redator muito melhor.

Entretanto há outros momentos em que o uso de coletivos é adequado. Digamos que você esteja fazendo a prova de redação de um concurso: ali a norma culta é fundamental. E falar “coletivo de abelhas” em vez de utilizar o termo correto (enxame) pode contar pontos e comprometer a sua aprovação.

Fique atento para esses dois casos de uso dos coletivos. E, sempre que precisar de um e não souber qual é faça uma pesquisa por ele. O convívio com essas palavras as tornará mais fáceis de lembrar no futuro.

Como descobrir o coletivo de uma palavra?

Caso o Google não seja a sua primeira opção, há uma alternativa mais tradicional para descobrir o substantivo coletivo adequado em cada caso. Os dicionários, além de contar com a explicação de cada palavra que neles pesquisamos têm também várias ferramentas gramaticais que podem ajudá-lo no dia a dia. Eles explicam a categoria do vocábulo e, sempre que identificam que o termo em questão possui um substantivo coletivo o disponibilizam.

É com auxílio de um bom e velho dicionário que você poderá descobrir que o substantivo coletivo de faculdade é universidade e o de mapa é atlas. Todas essas informações estão lá.

Em que outros casos é boa ideia usar substantivos coletivos?

Além de usar os substantivos coletivos para evitar a repetição podemos fazer deles nossos auxiliares em muitos outros momentos. Para o redator web, substantivos coletivos são a melhor maneira de se ater ao limite de palavras e evitar a prolixidade, por exemplo.

Quando você precisa transformar frases em versões mais curtas delas ter uma palavra que significa um montão de uma determinada coisa vem a calhar. Por isso comece a estudar o substantivo coletivo dos objetos, os mais comuns de serem utilizados no nosso cotidiano.

Você verá que falar fornada é muito melhor do que “um monte de pães” e que usar os termos homeroteca, pinacoteca, discoteca e videoteca poupam um monte de palavras na contagem final dos seus artigos. Como benefício adicional temos ainda que os substantivos coletivos deixam nossa linguagem mais formal enquanto, simultaneamente, ajudam a simplificá-la. Frases curtas e perfeitas para os textos feitos para a internet são facilmente atingíveis quando você domina esse aspecto do idioma.

Como usar substantivos coletivos em uma frase?

Outra dificuldade que as pessoas costumam ter é de visualizar os substantivos coletivos em uma frase. Como, na linguagem coloquial, muitas vezes ignoramos esses substantivos para garantir que seremos entendidos, perdemos a prática e ficamos em dúvida com relação a sua utilização.

Abaixo, mostramos alguns exemplos dos substantivos coletivos na prática:

  • A chegada do novo milênio foi ansiada por todos.
  • Agora que tem uma colmeia no quintal da minha casa estou planejando aprender apicultura.
  • Sempre tive medo de alcateias, mas aqueles lobos me pareciam personagens de desenho animado.
  • As religiões organizadas muitas vezes se referem aos fiéis como rebanhos, mas isso me parece pejorativo.
  • Você nunca teve plateia.
  • Observar as constelações é muito mais fácil ao lado de alguém que as conhece bem.

Gostou de entender melhor o substantivo coletivo? Continue aprendendo e aperfeiçoando o seu domínio da língua portuguesa conosco. Confira agora nosso Guia de Português e Gramática Atualizado e tire as suas dúvidas a respeito de uma vez por todas!

Guia de Português e Gramática para Produção de Conteúdo Web