Por Katiuscia Couto

Jornalista que troca séries por livros. Apaixonada pelo universo da escrita.

Publicado em 21/05/2019. | Atualizado em 16/05/2019


Para contar e fazer grandes histórias, nada é melhor do que uma boa referência. Neste post, você vai aprender com Storytellers de Sucesso como Steve Jobs e Oprah!

Você pode conhecer outras versões das histórias destes storytellers de sucesso de outros lugares, mas vou contá-las apenas a partir do livro Storytelling: Aprenda a Contar Histórias com Steve Jobs, Papa Francisco, Churchill e Outras Lendas da Liderança, pois, como já mencionei em outro artigo, o produtor de conteúdo tem muito a aprender com esse livro.

Ao mesmo tempo em que a carreira de freelancer se torna realidade, junto dela, estão as incertezas e medos, sendo preciso ter um objetivo muito claro para seguir em busca de um sonho. É possível se ver soterrado de boletos atrasados muito mais do que se imaginar ter qualidade de vida e uma caixa de entrada cheia de novas tarefas para produzir.

Com o objetivo de ajudar nesse despertar, vou mostrar agora algumas histórias com as quais você vai se identificar. Continue a leitura!

Steve Jobs e a sua paixão por fazer

Você quer vender água com açúcar pelo resto da sua vida ou ter a chance de mudar o mundo? — Steve Jobs

Acreditar é o verbo que definiu a carreira de Steve Jobs. Ele tinha paixão pelo que fazia e acreditava que a tecnologia podia ajudar. Também tinha a crença de que o design é capaz de encantar as pessoas já que, em vez de focar o produto, ele almejava alcançar o coração dos consumidores.

Mas o que a história de Steve Jobs tem a ver com a sua? Já pensou em trocar a pergunta “o que dá dinheiro?” pelo questionamento-chave de Steve Jobs: “o que alegra o meu coração?”. Acreditar foi o que motivou um dos grandes storytellers de sucesso a largar a faculdade aos 17 anos.

Mas apenas crer que tudo daria certo não é o bastante. É preciso também agir, passar por sacrifícios, dias difíceis e chegar aos dias bons, assim como a vida adulta de qualquer profissional.

Os dias como freelancer são assim: movidos pela paixão e por acreditar que vai dar certo, acordando todos os dias dispostos a ter êxito. Nem sempre a criatividade está alinhada com nossos objetivos, mas, então, a razão faz morada e a realidade nos força a batalhar, porque, no fundo, acreditamos naquele sonho.

Uma das últimas presenças públicas de Jobs foi em uma solenidade de formatura, na qual, com 15 minutos e 2.250 palavras, pôde mostrar a sua história de vida. Ele encantou o público com seu grande domínio do storytelling. Que história você está criando agora? Ela pode lhe transformar em um storyteller de sucesso?

Para aprender mais sobre Storytelling!
O que é Storytelling? Tudo sobre a arte de contar histórias inesquecíveis
Exemplos de Storytelling: 7 cases de sucesso de grandes marcas
Jornada do Herói: as 12 etapas de Joseph Campbell para uma boa história
O que é Storydoing? Aprenda agora a diferenciá-lo do Storytelling
Storytelling para Vendas: aprenda a fechar negócios contando boas histórias

Oprah e a busca da sua lenda pessoal

A história de Oprah como storyteller de sucesso começou quando ainda era uma menina e escutava as histórias de seus avós sobre a guerra, e se consolidou já na fase adulta, inspirando milhares de mulheres pelo mundo.

Do mesmo modo que Steve Jobs, a carreira que escolhera na faculdade não lhe dava paixão. Oprah começou sua ocupação como repórter e sentia que era algo natural, nada que fizesse seu coração vibrar. 

Foi apenas quando foi rebaixada de cargo na televisão, em sua primeira entrevista com um vendedor de sorvetes, que encontrou sua verdadeira satisfação profissional. É o que o escritor Paulo Coelho chama de “lenda pessoal”.

Você já passou por alguma situação em que lhe disseram que não conseguiria? Não foi diferente com Oprah. Quando decidiu aceitar o emprego em Chicago, quase todos à sua volta falaram que ela não conseguiria.

No início da construção de sua lenda pessoal, Oprah passou por acontecimentos que a deixavam distante das suas metas, como uma entrevista em que teve de expor uma mulher que acabara de receber a notícia de que a amante de seu marido estava grávida. Depois desse dia, decidiu tomar o controle da sua vida e impôs a mudança em seu trabalho.

Ter claros os objetivos que quer para a sua carreira facilita toda a sua jornada. Se conectar com a sua voz interior e acreditar em seu propósito faz você chegar mais longe. Quando algo sai seus planos, como quando Oprah foi rebaixada de cargo, qual é o seu modo de agir?

A todo momento, acontecem imprevistos com quem decide levar a vida de autônomo, e saber compreender qual o aprendizado se tem com aquele evento é fundamental para seguir seus sonhos, em vez de se deixar abater na primeira adversidade.

Saber que você voltou mais sábio e mais forte de contratempos significa que, para sempre, estará certo de sua capacidade de viver — Carmine Gallo.

Confira outros conteúdos que combinam Storytelling e Entretenimento! 😜📚
Storytelling no lado sombrio da força: o que nos faz torcer pelo vilão?
Homem de ferro: jornada do herói ou do idiota?
This is Us: um dos melhores cases de Storytelling da indústria pop atual!
Peixe Grande: o filme que te ensina na prática o poder do storytelling

Malala, sinônimo de determinação e resiliência

Converter fraqueza em força foi o que essa storyteller de sucesso fez. Considerada símbolo de resiliência e coragem, aos 15 anos, Malala foi atingida com 3 tiros enquanto ia para a escola, em 9 de outubro de 2012.

Sua história comoveu o mundo, mas foi a sua superação que trouxe a proximidade com pessoas comuns. Desde então, continua a inspirar por onde passa. Em uma cultura em que as mulheres são proibidas de estudar, ela venceu terroristas do Paquistão.

Não é preciso passar por um evento tão forte como esse para trabalhar com resiliência. A todo tempo, nos colocamos metas e objetivos. Quais são as suas superações diárias? Vencer a procrastinação? Receber um feedback positivo ao final de uma tarefa?

Comunidade Rock Content no Facebook

Engana-se quem pensa que, ao inciar a vida de freelancer, vai estar sozinho. Essa nova forma de trabalhar está crescendo cada vez mais e não é por acaso que a Rock Content está aí.

Você pode até trabalhar em home office sozinho, mas, se souber usar o networking a seu favor, vai contar com uma legião de colegas dos mais diferentes lugares, assim como a Rock Content faz com seu grupo no Facebook.

Por lá, há uma diversidade de profissionais formados (ou não) em diferentes áreas, como Fisioterapia, Direito, Economia, Psicologia, e por aí vai. São exatamente esses contrastes que geram o coleguismo, com ajuda que inclui desde depoimentos em comum até dúvidas sobre trabalho.

Além desses grupos, é preciso se conectar por meio de eventos e cursos presenciais, algo essencial para troca de experiência e fortalecimento dos seus objetivos de profissional autônomo. Afinal, ao contar a sua história como um dos storytellers de sucesso, é preciso se conectar.

Qual é o seu case de sucesso hoje como freelancer? Ainda não tem um? Aprenda agora mesmo como se tornar um storyteller com este minicurso da Rock Content!

Mini-curso de Storytelling: Conquiste sua audiência contando boas históriasPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *