Por Autor Convidado

pelo blog da Comunidade Rock Content.

Publicado em 27/08/2017. | Atualizado em 09/01/2019


Criar as suas aulas na internet e ganhar dinheiro com isso não é nenhum mistério. No entanto, você deve planejar tudo muito bem, e nós ensinamos tudo neste artigo! ;)

Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

Post produzido pela equipe Hotmart.

Há algum tempo, temos presenciado a mudança na maneira como as pessoas consomem diversos tipos de conteúdo, e isso não é diferente no cenário educacional. A nova geração tem acesso a várias tecnologias, o que permite que a informação seja compartilhada rapidamente, principalmente quando falamos de internet.

Não importa se você já está inserido no mercado digital há muito tempo ou se está apenas começando, temos certeza de que você sabe a importância de entregar os melhores conteúdos possíveis.

Quando pensamos em maneiras efetivas para melhorar a experiência dos usuários, vídeos são ótimos formatos para conseguir atingir esse objetivo. Por isso, no post de hoje, mostraremos como você pode fazer um bom roteiro para videoaulas, para que sua estratégia com vídeos fique ainda melhor! Acompanhe!

A importância de uma estratégia de vídeos

Como dissemos no início deste post, a maneira como as pessoas têm consumido informações mudou muito. Antes, não era possível escolher o que você queria assistir, afinal, as programações dos canais televisivos eram fixas e definidas pelas emissoras. Assim, quem queria essa forma de entretenimento tinha apenas a opção de trocar de canal, mas mesmo assim tinha que assistir o que já estava programado.

Porém, com a internet, as pessoas passaram a ter mais controle sobre as formas de entretenimento que consomem. Hoje, não é mais necessário assistir aquilo que já está nos canais televisivos. Com as plataformas de vídeos disponíveis, como o YouTube, por exemplo, os usuários podem procurar aquilo que mais lhes interessam e assistir apenas conteúdos que eles realmente gostam.

Na educação, essa forma de adquirir conhecimento também não está muito diferente, e isso pode ser percebido pela quantidade de vagas para cursos a distância ofertadas pelo Ministério da Educação (MEC).

Apenas em 2017 o MEC disponibilizou 500 mil vagas gratuitas para a modalidade de ensino a distância. Isso nos mostra que a procura por cursos online tem crescido cada vez mais. Afinal, se há abertura de vagas é porque as pessoas têm escolhido esse tipo de educação.

Como você pode perceber, vídeos são formatos muito consumidos, seja para entretenimento ou como forma de adquirir mais conhecimento. É por isso que se você pensa maneiras de gerar receita na internet, eles são fundamentais.

É claro que já existem várias pessoas que utilizam essa estratégia para alavancar seus negócios. É por isso que você precisa se destacar, e uma forma excelente de fazer isso é criando videoaulas atraentes, que chamem a atenção do seu público. Pensando nisso, ter um roteiro bem definido e que possa te guiar durante a gravação dos seus vídeos ajudará a criar um material bem organizado e completo.

O que é um roteiro para videoaulas?

O roteiro é um dos primeiros passos que você precisa tomar antes mesmo de começar a gravar seus vídeos. É nele que você prepara tudo o que você quer mostrar na sua videoaula, além de colocar todo o conteúdo que você gravará.

Ele apresenta desde o cenário, as roupas, os recursos digitais e as cenas que você fará até as falas que serão colocadas em seu vídeo. Em suma, o roteiro para videoaulas é a compilação das ideias que você tem para seu material.

Então, depois de ter o tema definido, você precisa pensar na maneira como seu vídeo será estruturado para que, no momento em que estiver gravando, você não precise se preocupar com o que será feito e possa dedicar-se a ter uma boa desenvoltura frente às câmeras.

O que um bom roteiro precisa ter?

Você já entendeu que para ter um vídeo completo precisa ter ao seu alcance tudo o que você quer mostrar, assim, não se esquecerá de nada importante. Sabe também que o roteiro é fundamental nessa etapa, pois é nele que você colocará tudo que precisa para gravar sua videoaula.

Mas você sabe o que um bom roteiro precisa ter?

A partir de agora, vamos te mostrar os principais tópicos que você precisa colocar em seu roteiro!

1. Espelho de roteiro

Não existe um formato pré-estabelecido para escrever um roteiro para videoaulas. A maneira como você construirá o seu depende do que te deixa mais confortável quando você grava um vídeo. Porém, há um modelo básico que é bastante utilizado e que você pode testar para ver se funciona também em sua estratégia com vídeos.

Você deve dividir o documento em duas colunas:
Na primeira coluna, na parte esquerda da folha, nós colocamos tudo aquilo que queremos que apareça nas imagens da videoaula. Por exemplo:

  • os efeitos visuais;
  • a trilha sonora;
  • as legendas;
  • e as animações das cenas.

Já na segunda coluna, do lado direito, escrevemos todas as falas que serão ditas no vídeo. Assim, sabemos exatamente o que precisa ser acrescentado em cada cena de acordo com as falas de quem apresentará a videoaula. E essa coluna da direita é o próximo tópico que não pode faltar em seu roteiro para videoaulas.

2. Falas do apresentador do vídeo

O roteiro serve para guiar todas as pessoas que estão envolvidas com o vídeo. Isso significa que ele é útil para o videomaker, o editor e até mesmo para quem irá protagonizar aquela videoaula.

É por isso que a coluna do lado direito do seu roteiro precisa ter as falas exatas de quem apresentará o conteúdo que você definiu. É claro que existem vídeos espontâneos, nos quais os apresentadores falam sem ter todas as falas pré-determinadas. Mas se você não quer se esquecer de nada, organize os tópicos que você falará em ordem de relevância.

Se você quiser, pode escrever um texto com tudo o que você precisa dizer em seu vídeo. Lembre-se de colocar a sua personalidade nas falas.

Mesmo que você leia enquanto grava uma videoaula, tente mostrar-se o mais natural possível, por isso, escreva o seu roteiro para videoaulas da mesma forma que você conversa.

3. Descrição das cenas

Agora que você já definiu bem o que falará durante sua videoaula, está na hora de pensar como serão as cenas que complementarão o seu tema. Pode ser que você queira fazer cenas apenas em um estúdio ou então que você opte em acrescentar cenas externas para dar mais dinâmica ao seu vídeo. Independentemente de qual seja a sua escolha, é importante acrescentar essas informações no seu roteiro para videoaulas.

Descreva de forma breve, na coluna do lado esquerdo do seu roteiro, as cenas que serão executadas de acordo com cada fala. Assim, você terá controle sobre o que acontecerá em cada parte do seu vídeo.

Se você estiver pensando em fazer cenas externas, lembre-se de acrescentar a localização no seu roteiro. Dessa forma, quando você for gravar, não perderá tempo pensando em onde poderia fazer determinadas partes do vídeo. Isso te ajudará a otimizar o seu tempo e organizar melhor o que você precisa levar para gravar as cenas em cada local escolhido.

Além disso, lembre-se também de descrever o seu cenário, seja ele dentro ou fora do estúdio. Anote tudo o que você precisará para compor suas cenas para não se esquecer de separar nada no dia da gravação.

4. Detalhamento da trilha sonora

É muito importante pensar em uma trilha sonora para colocar em sua videoaula, e recomendamos este vídeo para te ensinar como escolher e baixar músicas de fundo.

Coloque no seu roteiro a música que você quer utilizar para que você não se esqueça de inseri-la em seu vídeo quando estiver editando. É muito importante acrescentar todas as informações essenciais para sua videoaula, porque essa é uma forma de ter certeza de que você não está se esquecendo de nada.

Além disso, você pode escrever também outros sons que aparecerão em algumas cenas do seu vídeo. Pode ser que seja necessário e interessante colocar efeitos sonoros ao longo das falas do apresentador, ou até mesmo fazer uma narração para B-roll (ou cenas B), que são as partes em que a pessoa que fala no vídeo não aparece.

5. Sugestões de encenação

Se não é você que vai gravar, mas foi você quem imaginou como será todo o seu vídeo e definiu o tema e as falas, é muito importante sugerir a encenação para aqueles que estarão no vídeo.

Pense em como você quer que as pessoas apareçam nas cenas. Descreva a posição que o apresentador do seu vídeo deveria estar, dê sugestões de movimentos que ele possa fazer com as mãos e o corpo, indique a posição que a câmera poderia estar.

Detalhar no seu roteiro para videoaulas o comportamento que as pessoas deveriam ter frente às câmeras pode ajudá-las na hora de gravar, pois elas saberão o que você pretende passar com cada cena.

6. Indicações de edição

Mesmo que você seja o próprio editor da sua videoaula, é interessante anotar em seu roteiro as indicações de edições que você pretende fazer nas cenas.

Se você tem uma cena gravada externamente, por exemplo, poderia anotar a informação de onde no seu texto ela será encaixada, para que você não tenha nenhuma dúvida enquanto estiver editando seu vídeo.

Indique também se haverá algum corte de uma imagem para a outra, se você precisa inserir legendas, animações e quais serão as palavras-chave destacadas em seu vídeo (você pode acrescentá-las nas imagens).

7. Revisão

Depois de ter tudo estruturado, você precisa revisar seu roteiro para videoaulas. Veja se você conseguiu reunir as informações principais para gravar seu vídeo com excelência.

Repasse as falas do seu roteiro em voz alta e tente cronometrar para ver quanto tempo, em média, você gastará com aquele vídeo. Tenha certeza de que seu roteiro está completo, mas, ao mesmo tempo, não muito demorado, para que as pessoas possam assisti-lo até o final.

Como dissemos no início deste post, criar um roteiro para videoaulas é ter a descrição completa de todos os fatos que acontecerão em seu material. Porém, cada roteiro é feito de uma maneira, e a forma correta para você dependerá dos testes que você fizer e que deram certo.

O principal agora é você conseguir começar a gravar seus vídeos para utilizar esse formato de conteúdo a seu favor. E para mais informações sobre vídeos, leia nosso post sobre Como fazer um vídeo de vendas que converte.

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *