Por Samanta Jovana

Redatora da Comunidade Rock Content.

Publicado em 21/02/2019. | Atualizado em 06/02/2019


A revisão literária atende a projetos de múltiplas áreas do conhecimento. De artigos a teses e dissertações, ela pode ser aplicada a qualquer produção textual acadêmica que exija uma conceituação formal e bibliografia.

Revisão literária ou revisão da literatura é um tipo de correção textual bastante diferente da que um revisor faz para textos jornalísticos ou de blogs. Voltado para publicações acadêmicas, esse tipo de trabalho é muito mais técnico do que você imagina.

Ele começa com a avaliação da fundamentação teórica de um texto e termina na estruturação da bibliografia de acordo com as normas da ABNT. Um campo no qual há sempre demanda por profissionais, principalmente nos finais de semestre, a revisão literária é uma opção atraente para quem quer diversificar os serviços que oferece e manter um fluxo de renda contínuo.

Entenda o que é preciso saber para começar a fazê-la e por que você deve se especializar!

Quais são os objetivos da revisão literária?

A revisão literária atende a projetos de múltiplas áreas do conhecimento. De artigos a teses e dissertações, ela pode ser aplicada a qualquer produção textual acadêmica que exija uma conceituação formal e bibliografia. Por isso é mais comum vermos a atuação do revisor literário em cursos como o Direito e a Medicina.

Em profissões nas quais a formação prioriza a prática em detrimento da teoria, como o Design e a Publicidade, a revisão literária é mais pertinente aos trabalhos de conclusão e às pós-graduações.

Os objetivos da revisão literária são:

  • garantir que o projeto aborda bem o tema que propõe;
  • delimitar essa abordagem para que o projeto não fuja de seu escopo;
  • apresentar claramente o problema da pesquisa;
  • substanciar o objetivo dela;
  • evidenciar a justificativa do projeto e sua orientação teórica;
  • informar o leitor da metodologia que foi utilizada pelo pesquisador; e
  • estruturar capítulos e bibliografia de acordo com a normas estabelecidas pela instituição de ensino.

Para que uma revisão literária funcione e contemple todos esses pontos ela necessariamente envolve a correção ortográfica e gramatical. Sem a garantia de que o texto está bem escrito, completar o checklist acima é impossível. Por causa disso, o trabalho do revisor literário é bastante complexo e costuma ser bem remunerado.

Um revisor da área atua como um acadêmico, ou seja, deve dominar os princípios que são utilizados pelos professores para avaliar a pertinência de um trabalho. Portanto, quanto mais qualificado é o revisor literário, melhor é a sua atuação profissional.

O que é preciso para começar?

Entender o que é feito na revisão literária é fundamental para determinar que tipos de conhecimento deve adquirir para entrar nesse mercado. O papel do revisor é trabalhar o texto depois de escrito, então mesmo que ele atue pontuando os erros que podem prejudicar uma pesquisa, esse profissional não deve entrar nas atribuições do responsável pelo artigo ou TCC.

Seu trabalho precisa ser invisível. O que ele fará é uma limpeza nos desvios e inadequações que podem acontecer ao longo de uma pesquisa extensa, como as realizadas na confecção de artigos para a faculdade.

Dentre as habilidades que você precisa desenvolver na área, temos:

Repertório teórico

Para fazer a revisão literária você precisará conhecer bem os textos acadêmicos. Da mesma forma como faria para entender a linguagem utilizada pela publicidade ou por um jornal, o revisor deve acostumar-se com os termos e a linguagem aplicados pelos pesquisadores. Caso contrário, terá muita dificuldade de fazer um bom trabalho.

Ler pesquisas, TCCs, artigos e publicações em revistas acadêmicas vai ajudá-lo a desenvolver repertório o bastante para a revisão literária.

Leitura crítica

Um bom revisor literário não faz apenas uma leitura superficial do texto para detectar anomalias que prejudiquem a sua compreensão. Ele deve ser capaz, por exemplo, de identificar que o autor incluiu em uma etapa do projeto a informação errada.

É muito comum que, ao longo da escrita de textos acadêmicos, trechos como o objetivo da pesquisa e sua justificativa se confundam. Cabe ao redator apontar esses momentos para que a adequação seja realizada.

Gramática e ortografia

Como acontece em qualquer outro trabalho de revisão, o profissional precisa se acostumar a aplicar as regras gramaticais e ortográficas. Ele deve contar com material de apoio, como dicionários e gramáticas para suportar as suas decisões e é sua responsabilidade detectar erros que poderiam comprometer a qualidade do material.

Normas técnicas

A maioria dos trabalhos acadêmicos é apresentada segundo as normas da ABNT. É preciso familiarizar-se com elas e entender quando e como devem ser aplicadas.

Na hora de organizar uma bibliografia um revisor deve saber como distribuir a informação, que detalhes precisam ser informados pelo escritor do texto para que ela seja encontrada e qual é a formatação ideal.

Como me especializar no assunto?

Um revisor de textos acadêmicos pode trabalhar tanto dentro das Universidades, como profissional disponibilizado por instituições privadas para ajudar os alunos a organizarem seus trabalhos quanto como freelancer. Para que isso aconteça, porém, terá de desenvolver qualificação compatível à sua função.

Experiência é importante, mas certificações serão o primeiro passo para ingressar nessa carreira. Abaixo, você confere alguns cursos para revisores literários.

Especialização em Revisão de Textos

O curso da PUC Minas forma profissionais que conseguem atuar em áreas técnicas como a revisão literária. Trata-se de uma pós-graduação lato sensu, então é necessário ter alguma formação em Comunicação ou Letras para dar início às aulas, que são presenciais.

Curso de Extensão em Revisão de Textos

Muitas universidades, como a UFMG, contam com cursos de extensão em revisão de textos. Eles são voltados para a produção acadêmica e, geralmente, acontecem nos departamentos de Letras. A UERJ e a USP também contam com aulas e cursos voltados para a área.

Todas as revisões literárias devem ir ao encontro do tema de um projeto, garantindo que há nele subsídio o suficiente para que seja aprovado. Longe de ser uma mera adequação textual, na qual o revisor avalia a qualidade do material produzido, esse tipo de correção aponta erros formais que podem prejudicar a avaliação do candidato a um diploma de graduação ou pós-graduação.

Não se engane: para fazer uma boa revisão literária você terá que se tornar um especialista também em identificar erros na escrita. Então não deixe de ler o post sobre os vacilos que deve evitar na hora de escrever!

63 erros para evitar na escritaPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *