Por Samanta Jovana

Redatora da Comunidade Rock Content.

Publicado em 26/03/2018. | Atualizado em 06/02/2020


Quer saber se você tem vocação para a carreira de revisor freelancer? Confira aqui como é a rotina desse profissional!

Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

Você tem curiosidade de descobrir como é a rotina de quem trabalha com revisão freelancer? Então esteja pronto para se surpreender. Hoje mostraremos como é o dia a dia do revisor e quais são as atribuições que dominam o seu tempo.

Depois de ler esse artigo você poderá ter certeza se uma carreira em revisão freelancer é a opção ideal para a sua vida. Além de entender o que um revisor faz todos os dias, mostraremos algumas dicas de como executar essas tarefas de maneira mais ágil e eficiente e, ao final do texto, deixaremos claro se a profissão corresponde às suas expectativas.

Pronto? Então vamos lá!

Se você quiser aprender a revisar textos no mesmo padrão dos melhores revisores da Rock Content, assista ao webinar com a Luiza Drubscky! Nele, ela vai te mostrar, na prática, todo o passo a passo que utilizamos para fazer nossas revisões.

E que tal vê-lo até duas vezes mais rápido e aprender melhor? Veja como fazer isso com o hack que ensinamos para aprender rápido e se torne expert em revisão na metade do tempo!

Escolher quando trabalhar

A rotina de um revisor freelancer inclui alguns aspectos que tomamos como garantidos em trabalhos tradicionais. Se em um escritório nunca será a sua responsabilidade definir quando trabalhar, porque isso fica a cargo do seu gerente, na vida de profissional autônomo esse será o primeiro desafio.

Boa parte da rotina de quem faz revisão freelancer é apontar e escolher o momento ideal para começar seus trabalhos.

Caso você tenha alguma outra função e trabalhe apenas parte do seu tempo como revisor não será um grande problema fazê-lo. Basta identificar os momentos mais leves no seu dia a dia e quantificá-los, estabelecendo quanto trabalho pode ser feito naqueles intervalos. Agora se você trabalha exclusivamente como revisor freelancer a coisa pode ser mais complicada.

Deixe para trabalhar nos momentos em que for mais produtivo. Se você se dá bem no período noturno, não há nenhum motivo para trabalhar de dia e vice-versa. Adeque essas escolhas aos prazos que oferecer para seus clientes e use e abuse de ferramentas de organização. Calendários e planners são ótimos para se organizar.

Depois de descobrir quando sãos seus dias e horários mais produtivos você verá benefícios em criar uma rotina em torno deles. Isso garantirá que você sempre trabalhará uma quantidade mínima de horas ao longo de uma semana ou mês.

Obter tarefas

O segundo grande desafio da revisão freelancer é encontrar trabalho. Nessa rotina estabelecida por você, que determina um horário em particular para exercer sua função, será preciso dedicar parte do tempo na prospecção de clientes.

Caso você faça parte de uma plataforma, esse tempo será menor do que se dedicar-se a encontrar todos os seus clientes sozinho.

Separe tempo no seu dia a dia para atualizar seu portfólio sempre que for relevante e marque na agenda prazos para responder clientes, preparar orçamentos e contratos. Funções administrativas como a gestão de quanto você ganha ou trabalha ao longo de um período também se encaixarão aqui.

Organizar os trabalhos

Para que tudo dê certo em sua vida de revisor freelancer a organização será fundamental. Então escolha o método mais adequado para anotar que tarefas você precisa fazer, seus prazos e o tempo que gasta em cada uma delas.

Ter todas essas variáveis resolvidas é o que lhe ajudará, por exemplo, a fazer orçamentos mais precisos no futuro e a conseguir um tempinho de folga todas as semanas.

Um freelancer desorganizado está fadado a encontrar muitos problemas em sua vida profissional. E eles podem ser tão simples quanto um conflito de horários ou tão complexos quanto um overbooking (situação similar a de quando as companhias aéreas vendem mais passagens do que podem acomodar em um avião). A organização será sua parceira se quiser ter uma rotina menos atarefada.

Definir prazos

Outra parte importante do dia a dia do freelancer é a administração dos prazos que deve cumprir. Embora esse aspecto faça, de certa forma, parte do tópico “se organizar” ele é um tema independente porque estabelece as regras do jogo.

Quando falamos em organização anteriormente queríamos nos referir a quais tarefas e quanto tempo você desprenderá nelas, já aqui o tema é manter as entregas em dia.

Jamais dê prazos idênticos para os seus clientes a não ser que tenha certeza absoluta de que fará suas tarefas com antecedência. Como em qualquer outra carreira, deixar para a última hora seus trabalhos de revisão é uma péssima ideia.

Mantenha um ciclo no qual entradas e saídas estão equilibradas o bastante para que você tenha trabalho o mês inteiro e, ao mesmo tempo, não corra o risco de atrasar seus jobs.

Ler e se atualizar

Como em qualquer outra carreira o freelancer de revisão precisa estar sempre atualizado. E a melhor maneira de se fazer isso é estudando e absorvendo conteúdo constantemente. Dessa forma não será preciso aprender uma porção de coisas de uma vez só e você sempre terá tempo livre para se dedicar a outras tarefas que considera relevantes.

Um revisor geralmente se atualiza fazendo cursos, mas a leitura constante de livros (didáticos ou não) e o hábito de acompanhar alguns blogs também são boas formas de se manter no topo do mercado. Sempre que identificar uma deficiência na sua atuação profissional trabalhe para contorná-la o mais rápido possível e inclua na sua rotina um tempo para os estudos.

Oferecer feedback

Parte do seu trabalho como revisor freelancer será oferecer feedback, que é benéfico tanto para os redatores que atende quanto os clientes finais do seu texto. Por causa disso nunca considere que uma tarefa está concluída sem avaliar o desempenho de quem a escreveu e tirar um tempo para citar alguns problemas e soluções que entregou naquele texto.

Essas informações serão usadas pelos seus colegas de trabalho para melhorar suas performances e, no futuro, podem significar menos trabalho para você.

Faça um checklist de revisão e crie algumas perguntas básicas que devem ser respondidas toda vez que oferecer feedback. Dessa forma será mais rápido completar essa etapa do trabalho e dar andamento as suas demais tarefas.

Responder clientes

Todo revisor tem seus próprios clientes e dar atenção a eles é também parte da sua rotina. Por isso, tenha o hábito de responder seus emails e interagir com eles sempre que possível. Deixar um cliente com uma dúvida por muito tempo pode dar a entender que você não leva o seu trabalho tão a sério quanto ele gostaria.

Para ter sucesso, faça como os especialistas em caixas de email zeradas recomendam: separe um intervalo na sua rotina para conferir emails, em vez de respondê-los toda vez que chegarem até você. Essa estratégia ajuda a poupar tempo e garante que todas as mensagens serão retornadas.

Gostou de conhecer melhor como é a rotina de quem trabalha como revisor freelancer? Pensa em trilhar esse caminho? Então comece agora mesmo a se preparar para os desafios que terá pela frente.

Baixe o e-book “Trabalho freelancer: todos os segredos desvendados” e entenda de uma vez por todas se a revisão freelancer é para você!

Trabalho Freelancer

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *