Por Pollyanna Sousa

Publicado em 31/05/2016. | Atualizado em 27/11/2018


Jornalistas, publicitários, graduados em Letras ou até mesmo alunos estudiosos do ensino médio sabem que, para quem gosta de escrever, um bom tema basta. E é assim que surgem os mais diferentes romances, histórias, seriados e também o marketing de conteúdo. Sim, o marketing de conteúdo, produzido por profissionais de marketing, nasce da união de […]

Jornalistas, publicitários, graduados em Letras ou até mesmo alunos estudiosos do ensino médio sabem que, para quem gosta de escrever, um bom tema basta. E é assim que surgem os mais diferentes romances, histórias, seriados e também o marketing de conteúdo.

Sim, o marketing de conteúdo, produzido por profissionais de marketing, nasce da união de um bom produto com o poder do storytelling, ou seja, de contar histórias.

Mas, qual é o papel do marketing de conteúdo nesse contexto? E onde entra o redator? Pois bem, vamos chegar lá. Otimizar um conteúdo que possibilite ao consumidor descobrir uma empresa ou um produto exige que o redator pense como um profissional de marketing.

Isso porque, para criar um conteúdo atrativo e que consiga alcançar seu objetivo de conversão, é preciso que o redator tenha como objetivo encantar seu leitor, entregando-lhe um conteúdo relevante e que, ao mesmo tempo, tenha o poder de construir uma relação de confiança entre a empresa e o cliente.

Dessa maneira, o redator deve perceber que ele precisa do marketing e de suas expertises para criar uma estratégia por meio do texto. O primeiro passo é entender quais são os objetivos daquele conteúdo, que podem ser:

  • Tornar a marca conhecida no mercado;
  • Estabelecer um produto como referência;
  • Criar/estreitar o relacionamento com o cliente, etc.

Entendidos os objetivos do conteúdo, é preciso que o redator compreenda, muito claramente, como a tecnologia mudou a maneira como as pessoas consomem produtos nos dias de hoje. Isso vai ajudá-lo a entender melhor a força potencial do marketing de conteúdo.

Como a tecnologia alterou as formas de consumo?

As novas tecnologias e a democratização de diferentes gadgets, como tablets e smatphones, têm mudado completamente o comportamento dos consumidores. Uma pesquisa recente do Google apontou que mais de 80% das pessoas que têm interesse em comprar algo pesquisam sobre esse produto na internet.

E, muitas vezes, os consumidores sequer vão até a loja, pois a compra acontece na tela dos smartphones mesmo. Através de aplicativos, ou mesmo pelo e-commerce, eles encontram preços atrativos e finalizam a compra.

Esse movimento sinaliza que há algo novo no marketing: as mensagens precisam ser reinventadas para alcançar consumidores que possuem novos comportamentos. Afinal, os volumosos investimentos em campanhas televisivas já não surgem tanto efeito como em anos anteriores, uma vez que a audiência não passa muito de seu tempo em frente à TV.

Além do público não estar mais diante dos tradicionais meios de comunicação de massa, como a TV e o rádio, ele agora detém informação. E essa informação é fundamental para que ele tome suas decisões. Ora, seja sincero, vai dizer que você nunca consultou o grande oráculo do século XXI para saber “como fazer arroz” ou “qual é o melhor celular do momento”? Você já fez isso, seu vizinho já fez e metade do mundo também.

A reincidência, cada vez mais frequente, dessas buscas na internet demonstram que, além de consumir, os clientes estão em busca do melhor produto, ou do menor preço, ou das especificações X ou Y, que fazem a diferença para quem busca por elas.

Pode-se dizer que, para atender a esse tipo de consumidor, que deseja saber tudo em fração de segundos, o marketing se reinventou e surgiu em forma de conteúdo. Temas relevantes para consumidores interessados e curiosos em aprender mais para não gastarem tempo e dinheiro em escolhas erradas.

Mas, como ser um redator de marketing?

Além de saber colocar os pingos nos is, um bom redator de marketing de conteúdo precisa ter conhecimentos de SEO, entender de mídias sociais, saber o que é e como se faz um storytelling memorável, ter habilidades avançadas em pesquisa, ser um bom copywriter e entender de escaneabilidade e usabilidade de um texto para a web.

Parece muita coisa, mas, na verdade, são exigências que se complementam para formar um conteúdo poderoso. Veja só:

Conhecimentos de SEO

Como você já deve ter ouvido falar, SEO (ou Search Engine Optmization) é a técnica pela qual redatores constroem um texto que será melhor “lido” pelos algorítimos do Google. Mas, por que uma máquina precisa entender o texto?

Bom, o sonho, ou melhor, a meta de todo conteúdo produzido para a internet é ser notado, certo? E, para ser visto, é necessário que esse conteúdo ocupe uma ótima posição nas buscas, o que significa figurar entre os primeiros lugares da primeira página.

Você também já deve saber que essa é uma tarefa bem difícil, embora não seja impossível. E é aí que entra o conhecimento em SEO. Através de palavras-chave específicas e de outros recursos de otimização, você é capaz de criar um texto campeão, digno das primeiras colocações nas buscas.

Entender de Mídias Sociais

Para produzir conteúdos para um jornal, por exemplo, algumas informações são fundamentais para a produção, como o formato adequado, a linguagem, o tamanho, a necessidade de uma imagem, etc.

Da mesma forma, se você irá produzir um conteúdo destinado para divulgação em redes sociais, por exemplo, nada mais justo que produzi-lo conforme as boas práticas desse meio. Portanto, atente-se para a linguagem mais adequada, ao principal perfil do público (ou seja, quem é a persona) e até mesmo quais as redes sociais mais adequadas para a veiculação deste conteúdo.

O que é e como se faz storytelling

O storytelling é uma técnica que tem sido muito utilizada, principalmente no marketing de conteúdo. Partindo da premissa de que storytelling significa contar uma história, o marketing adaptou esse conceito para encantar clientes e gerar neles mais engajamento.

A ideia aqui é relacionar uma marca a uma história, tornar as duas coisas uma só, até que a audiência sequer perceba que se trata de uma propaganda ou um anúncio.

Habilidades avançadas em pesquisa

Esse é um dos conhecimentos mais importantes para um redator de marketing de conteúdo. Isso porque, um texto estratégico e encantador deve, necessariamente, começar pela união de boas referências e autores de peso. Para construir um conteúdo notável de autoridade, é preciso estar “sobre os ombros de gigantes”, como dizem por aí.

Disponibilizar um texto ou qualquer outro conteúdo na internet é uma grande responsabilidade, tanto para o redator, quanto para a empresa que está contratando esse serviço. Afinal, uma vez na internet, esse conteúdo estará eternamente ligado ao produto ou à organização que o divulgou. Logo, é preciso muito cuidado e dedicação para fazer sempre o melhor.

Ser um bom copywriter

Também conhecido como web writer, o copywriter é aquele que consegue, através de seu texto, conduzir o leitor a uma ação específica. Ou, seja, um bom copywriter deve, além de escrever bem, saber usar a persuasão a seu favor nas entrelinhas do conteúdo.

Entretanto, isso não quer dizer que, através do texto, o copywriter fará o cliente efetuar a compra já na primeira interação com a empresa. Não é bem por aí. Na verdade, trata-se de uma relação de confiança: na medida em que a empresa fornece informações úteis à audiência, esta se sente confortável para voltar ao site/blog da empresa, até que a compra acontece naturalmente. Dessa forma, ser um bom copywriter equivale a ser um bom formador de opinião, ou influenciador de decisões.

Entender de escaneabilidade e usabilidade de um texto

Escaneabilidade e usabilidade: o que são essas coisas? A escaneabilidade e a usabilidade estão ligadas ao fator estético do texto, ou seja, é importante que o leitor consiga identificar a evolução do seu conteúdo apenas batendo os olhos nele. Isso facilita a interpretação do texto e, inclusive, mantém o leitor por mais tempo na sua página, caso ele se identifique com o conteúdo.

Algumas dicas para ter uma ótima escaneabilidade do conteúdo é não escrever parágrafos muito grandes, dando a ideia de blocos de texto. É mais agradável para os olhos acompanhar textos curtos, parágrafos que sejam bem destacados entre si, evitando um emaranhado de letras. Separar títulos e intertítulos usando um destaque, como negrito ou itálico, assim como fizemos neste texto, também ajudam na leitura, você não acha?

Por que os redatores são cada vez mais importantes para o marketing?

Com todas as mudanças que foram observadas na jornada do consumidor, muitas empresas já se adiantaram e começaram a produzir conteúdo relevante para seus clientes. A ideia é criar um laço, um vínculo, que tende a ser estreitado cada vez mais, entre as organizações e seus consumidores.

Baseadas na questão da confiança e na construção de marcas sólidas no mercado, as empresas têm investido cada vez mais no marketing de conteúdo. Dessa forma, as agências de publicidade, que trabalhavam apenas com o marketing tradicional, passaram a contratar profissionais capacitados em copywriting e inbound marketing.

Da mesma maneira, tanto os pequenos negócios quanto as grandes empresas também têm percebido o valor que um conteúdo relevante tem para a atração de novos clientes. Por esses motivos, o marketing de conteúdo vem crescendo em todo o mundo.

Pegando carona nesse movimento, os redatores que são apaixonados pela escrita e adoram pesquisar e conhecer coisas novas, também têm ganhado destaque no mercado. Por mais que os profissionais de marketing sejam estratégicos e tenham uma visão mais analítica do mercado, ainda falta, a muitos deles, o poder da escrita persuasiva e de qualidade.

Por outro lado, o redator, que por formação já possui familiaridade e habilidade com a escrita, transformou-se em um forte candidato para ocupar as vagas relacionadas ao marketing de conteúdo. Além dos atributos técnicos, que são necessários ao redator de conteúdo, é claro que é preciso ser estratégico em suas escolhas, assim como um profissional de marketing. Reunir essas características é, sem dúvida, o início para uma jornada de \sucesso para os redatores.

E você, está pronto para o futuro? Para saber mais sobre o assunto e se preparar para o mercado, baixe o nosso ebook e saia da inércia agora mesmo!

saia-da-inercia-ebook

Posts populares com esse assunto