Por Juliana Pires

Publicado em 23/07/2018. | Atualizado em 05/09/2018


Já parou para refletir sobre o que realmente significa a realização profissional? Pode ser que você esteja correndo atrás de sonhos que nem sejam seus. Confira esse artigo e tire a prova!

O que é a realização profissional para você? Ao responder a essa pergunta, pode ser que você pense no cargo dos sonhos, no salário perfeito ou nos feedbacks positivos que a empresa te dá sobre seu desempenho.

Mas será que todas essas coisas realmente representam a sua felicidade no ambiente de trabalho?

O conceito de realização profissional pode trazer características similares para algumas pessoas, mas muitas ideias caíram no senso comum. É aí que muita gente acaba correndo atrás de alcançar objetivos que nem mesmo fazem parte de seus desejos pessoais.

Quer refletir um pouco sobre a sua realização profissional? Então, vem ver o que ninguém te conta sobre esse assunto!

A própria ideia de realização profissional é uma ilusão

Você já reparou que, durante nossas vidas, nós definimos quais são os nossos maiores sonhos e, a partir daí, traçamos planos para alcançá-los? E quando esse momento chega, a realização é enorme e nos sentimos mais felizes do que nunca. Mas, o que acontece depois?

Sim, a sensação de realização vai passando e a gente trata de começar a pensar quais serão nossos próximos sonhos e como faremos para chegar até eles novamente. A única diferença entre um momento e outro é que, depois de sentir o gostinho da realização algumas vezes, você fica cada vez mais resistente e não vai se abater por qualquer obstáculo.

E por que na vida profissional seria diferente? Assim como no âmbito pessoal sempre haverá um novo objetivo a ser perseguido, na vida profissional sempre haverá um motivo novo para te manter realizado.

Isso quer dizer que não há necessidade de ficar obcecado por um conceito perfeito do que é a sua realização profissional, porque ela vai mudar — várias e várias vezes — ao longo da sua carreira.

A realização profissional está ligada aos seus princípios

Outra verdade que ninguém te conta sobre a realização profissional, e que a maioria das pessoas só percebe quando conquistam tudo aquilo que idealizaram, é que sua felicidade no trabalho está totalmente ligada aos seus princípios.

Imagine que um dos seus princípios na vida seja valorizar o tempo com família. Provavelmente você não será feliz trabalhando em um lugar que ocupa seus finais de semana, mesmo que ele te pague um ótimo salário.

Ou então, imagine que você é uma pessoa que não se dá bem com rotina, mas ouviu a vida inteira que passar em um concurso público seria sua passagem só de ida para a eterna estabilidade.
Quando você alcançar seu objetivo, vai perceber que a estabilidade não supera o fato de que você terá um dia a dia pouco desafiador e previsível.

Antes de definir quais são os requisitos que farão de você uma pessoa realizada profissionalmente, procure refletir sobre seus valores e princípios. O que é importante para você? O que você não trocaria por dinheiro nenhum? Suas ideias sobre realização profissional tem mais a ver com você ou com o que os outros te disseram?

A realização profissional impacta sua vida pessoal

Todos nós temos necessidades básicas, como nos alimentar, dormir e nos sentirmos seguros. Essas necessidades se tornam cada vez mais complexas, quando começamos a desejar ter um relacionamento saudável, desenvolver nossa capacidade criativa e alcançar algumas conquistas pessoais.

Tudo isso se desenvolve de forma isolada em nossas vidas, mas tudo faz parte de um grande conjunto. Isso significa que a realização profissional vai impactar na sua vida pessoal, mesmo que as duas coisas façam parte de momentos distintos.

É importante saber equilibrar as duas coisas e entender que não existe felicidade plena apenas na vida pessoal ou na profissional. Se você ainda não é uma pessoa realizada profissionalmente, não deixe suas preferências pessoais de lado.

Invista em seus hobbies, dedique seu tempo às coisas que você gosta e desenvolva outras áreas da sua vida. Isso também colabora para que você mantenha a mente saudável a lide melhor com os desafios do dia a dia.

A realização profissional não está no status

É bem comum que nossos pais queiram que nossa vida profissional siga em direção a algo que transmita status, afinal, que família nunca sonhou em ver um filho formado em medicina, direito ou até mesmo dirigindo uma grande empresa?

Em nossa cultura, a felicidade profissional sempre foi atrelada às grandes coisas: grande cargo, grande empresa, grande salário. Isso gera uma enorme expectativa em quem está começando a trilhar seu caminho na carreira e, muitas vezes, acaba em frustração.

Você não precisa amarrar sua felicidade profissional a grandes feitos e nem a grandes coisas. Você não precisa estar em uma grande empresa para ser feliz, você não precisa ocupar um grande cargo para ser bem sucedido e, definitivamente, não precisa ganhar um grande salário para dizer que venceu na vida.

Você pode ser feliz e realizado em um trabalho informal, em seu pequeno — ou grande — negócio. Você pode ser feliz sendo técnico, analista, auxiliar ou assistente. Você pode ser feliz fazendo a mesma coisa todos os dias ou querendo mudar a todo minuto.

Você também não precisa ficar obcecado com grandes conquistas. Para ser realizado no trabalho, você não precisa converter milhares de pessoas em clientes, você não precisa vender milhões todos os meses ou ter uma empresa multimilionária e de sucesso.

A realização profissional também pode morar nas pequenas conquistas. É muito saudável saber comemorar cada pequeno resultado que você atinge com seu trabalho. Cada cliente novo que você conquista, cada pequena meta que você cumpre ou cada coisa nova que você aprende. São pequenos passos que te levarão até os seus maiores sonhos, por isso, eles também são extremamente importantes.

Não há nada de errado em querer ganhar um bom salário, em procurar vagas em grandes empresas ou correr atrás de um cargo mais elevado. Também não há nada de errado em gostar de status ou ter uma profissão mais renomada.

O errado é você correr atrás dos sonhos de outras pessoas, apenas para se encaixar em um padrão que não faz o menor sentido para você. A verdadeira realização profissional está em sentir-se feliz com o que você escolheu fazer todos os dias. Ela chegará quando seus princípios e valores estiverem alinhados com suas atribuições.

E que tal descobrir como anda sua satisfação nas diferentes áreas da sua vida? Vem conhecer a Roda da Vida, uma ferramenta de autoconhecimento que pode te ajudar a conquistar seus objetivos!

roda da vida

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *