Por Lucas Amaral

Publicado em 24/01/2018. | Atualizado em 23/01/2018


Se você trabalha como freelancer, com certeza vai se identificar com esse post. Confira agora as 37 principais reações na rotina de um freela!

Vida de freelancer não é fácil. A gente se desdobra para conseguir clientes, apresentar um trabalho foda e agradar ao máximo a quem paga o nosso salário.

Apesar disso, são muitos os benefícios trazidos por uma rotina de freela. Fazer os próprios horários, evitar horas de trânsito até o trabalho e passar o dia de pantufa e pijama são apenas alguns dos motivos pelos quais nós amamos o que fazemos, não é mesmo?

Não é à toa que esse formato é o futuro da economia mundial. Uma pesquisa da Freelancers Union revela que, até 2020, 50% da força de trabalho norte-americana será freelancer. E como sabemos que é tendência as coisas acontecerem antes na terra do Tio Sam, podemos esperar algo parecido aqui no Brasil.

Outro estudo da Deloitte mostra que, em 2016, 51% dos executivos do mundo planejavam aumentar o uso de freelas em três anos. Super legal para quem deseja navegar por esses mares em um futuro próximo.

No Brasil, esse nicho é dominado pelos Millennials (cerca de 79,3% dos respondentes), segundo a pesquisa Mercado Freelancer 2017. Normal, né? Somos independentes, exigentes e gostamos de tecnologia e liberdade!
Bom, se você já é freela (ou quer saber como funciona o cotidiano de um), certamente já passou por algumas das situações narradas a seguir. Abaixo, você confere algumas reações da rotina freelancer pelas quais todo mundo já passou. Enjoy it!

Infortúnios

Você não tem um chefe gritando no seu ouvido ou um companheiro querendo mostrar aquele meme sem graça recebido no WhatsApp, mas existem diversos outros problemas que acontecem durante a rotina freelancer. Por exemplo:

Quando a internet cai

Ou quando o vizinho decide fazer uma obra em casa

Mas nada é tão frustrante quanto quando o café acaba

Ou quando acaba a luz

E quando uma única (mas importante) tecla decide parar de funcionar?

De repente, alguém decide visitar bem na hora do job

E quanto à sensação de levantar depois de horas sentado no PC?

Também acontece de colocar uma música no YouTube pra aumentar a produtividade e… ta-nã! Começa um anúncio de pasta de dente bem no meio do refrão!

O que você faz quando o ventilador não funciona naquele dia ensolarado?

E quando vai procurar algo, mas alguém “arrumou” a sua mesa?

O post-it é salvador! Mas e quando ele acaba?

Tá gripado? Melhor usar um lenço, ou você pode acabar espirrando na tela do computador

E quando a pilha do mouse acaba durante o trabalho?

Gostamos muito de trabalhar de madrugada no silêncio. Mas e quando surge algum barulho? Um ladrão? Um gato? Alienígenas?

E quando você está trabalhando e escuta a vinheta do seu programa favorito? Covardia, né?

São dezenas de abas abertas. E, certamente, alguma delas vai soltar um pop-up no meio da sua tela! Rá! 

E quando você arrumou uma ferramenta fabulosa pra ajudar e acaba o seu free trial?

Quando você precisa trabalhar, mas seus amigos começam uma discussão no WhatsApp sobre uma festa épica em 2012…

E aquela vontadezinha de ir no banheiro quando você está a todo vapor?

Pernilongos e baratas também dão as caras para atrapalhar o serviço

E quando o seu pet vem pedir carinho enquanto você trabalha?

Sentado na cadeira, enrolado nas cobertas… que sensação, não é mesmo?

E quando você está dando uma última revisada e acha que tudo está errado?

Quando surge aquele job que você vai adorar fazer!

Quando o cliente pede alterações intermináveis e não consegue se decidir…

E, é claro, quando entra o dinheiro na sua conta! 

Frases de clientes

Nós amamos ter mais e mais clientes. Afinal, eles são responsáveis pelo nosso ganha-pão. Mas, muitas vezes, eles têm dificuldades em entender como funciona o trabalho freelancer. E surgem alguns comentários bem característicos.

“Você precisará fazer um pequeno teste, mas se passar a demanda será frequente”

Claro que existem diversas empresas sérias (algumas até remuneram os testes), mas às vezes é difícil dedicar seu tempo por algo que possivelmente não dará em nada.

“Tudo isso? Mas é só um jobzinho”

“Um jobzinho”. Precificar os serviços não é fácil. Mas é meu trabalho, poxa!

“Você consegue me entregar isso hoje?”

Conseguir eu consigo. Mas se vou trabalhar a madrugada toda, teremos que reaver o preço. E tenho dito.

“Pago mês que vem sem falta”

“Ou no próximo após o seguinte”.

“Perfil desejado: profissional experiente em redes sociais, e-mail marketing, blog, site, design e SEO”

Migo, melhor procurar uma agência, né?

“Mas o meu sobrinho faz de graça”

“Ele também sabe mexer no Facebook”. Social medias, sabemos como vocês se sentem.

Frases de amigos e parentes

Nem todo mundo entender que é possível viver de freela ou aumentar a renda com trabalhos esporádicos. E mesmo as pessoas mais próximas podem cometer alguns deslizes.

“Freelancer, é? Então você está desempregado? Posso te indicar na empresa do meu tio”

Obrigado pela sugestão, but no.

“Você trabalha de madrugada? Que vida boa, hein”

Sim, faço meus horários mas trabalho tanto quanto você (ou mais).

“LinkedIn? Que nada, o negócio é Facebook”

Desculpa, primo, mas eu preciso encontrar clientes. Vou ficar no LinkedIn mesmo.

“Sai desse computador, menino!”

Mas vó, eu estou trabalhando!

“Seu primo já trabalha em uma empresa grande há anos e você ainda em casa”

Mas tio, eu já ganho mais que ele!

Como você percebeu, a rotina de um freelancer é repleta de momentos interessantes e muito trabalho. Se você quer se tornar um freela Rock Content, inscreva-se agora. Temos diversas oportunidades esperando por você!

banner levantada de mão redação

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *