Por Bruna Moreira

Analista de Marketing na Rock Content

Publicado em 31/01/2018. | Atualizado em 20/07/2018


Você sabe quanto vale seu tempo e onde investir seus esforços para fazê-lo render mais? Baixe nosso Quadro de Produtividade e descubra!

Com a correria do dia a dia, estamos sempre nos organizando para dar conta de tudo. Usamos aplicativos, cadernetas e post-its das mais variadas cores para garantir que estamos sendo realmente produtivos. Mas será que produtividade é isso mesmo?

Bom, a resposta para essa pergunta vai depender das tarefas que você faz e do tempo que dedica a cada uma.

Por exemplo, você pode fazer um zilhão de atividades ao mesmo tempo mas não se dedicar verdadeiramente a nenhuma, porque está sempre com a cabeça na próxima tarefa…

Nesse caso, infelizmente você está sendo improdutivo! Mas não se preocupe, muita gente confunde ser produtivo com estar sempre ocupado.

O oposto disso são as pessoas que dedicam seu tempo a poucos projetos, mas que têm um impacto enorme no seu trabalho e na sua vida.

Essas pessoas sempre encontram tempo livre para a família e amigos, além de não sentirem culpa por adiar alguns projetos, já que sabem definir prioridades. Ou seja, são pessoas produtivas. E esse é o tipo de produtividade que você quer!

Para te ajudar a consegui-la, lançamos um Quadro de Produtividade em parceria com o Runrun.it, que é especialista em gestão de tarefas e projetos.

Por que usar o Quadro de Produtividade?

Medir sua produtividade por etapas

Alguns projetos parecem relativamente simples, mas podem tomar uma eternidade caso você fique preso em uma etapa. E, para otimizar sua produtividade, você precisa saber quando está despendendo tempo demais em uma tarefa.

Com o nosso Quadro de Produtividade, você vai segmentar seus projetos por etapa e descobrir quais delas estão matando sua produtividade. Confira agora!

Descobrir o valor do seu tempo

O valor da sua hora de trabalho é um dos números mais importantes para organizar sua vida profissional, principalmente se você trabalha como freelancer. No entanto, ele pode ser difícil de calcular quando você trabalha por projetos.

Se você quer aprender qual o valor da sua hora com base nos projetos que você pega, nosso Quadro de Produtividade é a ferramenta ideal! Basta inserir os dados do projeto e ele dirá se você está recebendo um valor justo pelo seu tempo de trabalho.

Definir metas de produtividade

Crescimento profissional exige planejamento. E planejamento exige metas!

É por isso que, na nosso Quadro de Produtividade, você vai poder definir suas metas de produtividade por tempo de trabalho, número de projetos e valor arrecadado.

Ou seja, é muito útil para organizar sua agenda e investir seu tempo apenas no que realmente te trará retorno.

Os benefícios da alta produtividade

Ao usar o quadro enquanto trabalha como freelancer, você vai adquirir benefícios que poderão ser percebidos em diferentes situações, permitindo a realização de um número maior de jobs gastando o mesmo tempo de hoje, ou até mesmo que o serviço seja prestado com maior qualidade, aumentando o preço cobrado pelos trabalhos graças ao valor agregado oferecido ao cliente.

Separamos alguns dos benefícios que serão atingidos ao impulsionar sua produtividade, por meio do quadro produzido pela Comunidade Rock Content e pelo Runrun.it. Confira!

1. Organização das tarefas

A produtividade deveria ser considerada como um sinônimo de organização, afinal, essas duas questões não conseguem se separar, seja por meio do quadro de produtividade indicado neste texto ou por meio de qualquer outra estratégia.

Para realizar suas tarefas com rapidez e sem perder a qualidade do resultado final, é preciso que tudo esteja em seu devido lugar e que tudo seja feito no momento certo. Se você trabalha como revisor de conteúdo, por exemplo, e simplesmente não tem o controle de quais são suas prioridades, quais são os deadlines e o que deve ser entregue para cada cliente, provavelmente vai passar muito tempo procurando essas informações antes de iniciar a revisão de cada texto.

Além disso, se você está trabalhando e não tem todas as ferramentas que precisa de forma fácil e prática, sua produtividade também poderá desandar. Uma pessoa produtiva sabe exatamente o que vai precisar e mantém esses itens por perto. Um revisor, por exemplo, precisa de um bom dicionário de sinônimos, gramática, revisor ortográfico etc.

Por isso, a organização será uma consequência da produtividade — e vice-versa.

2. Valorização do profissional no mercado

Um outro benefício claro obtido por um profissional produtivo é a valorização no mercado.

Uma pessoa que tem capacidade de realizar uma série de tarefas em uma quantidade de tempo mínima, sem dúvidas, traz muitos benefícios para a empresa em que trabalha ou para si mesmo como autônomo.

Imagine a seguinte situação:

Uma empresa está em busca de um profissional que estruture sua estratégia de marketing para atuar como freelancer e, por isso, vai fazer um teste com alguns candidatos durante uma semana, definindo algumas tarefas a serem realizadas em determinado prazo. Aquele que consegue entregar o que foi pedido o mais rápido possível, com certeza, recebe destaque ao longo do processo.

É claro que a qualidade da entrega também influencia na decisão, mas a agilidade traz para o contratante a sensação de que é possível propor novas possibilidades de tarefas a serem realizadas simultaneamente e até mesmo que, em uma situação de emergência, poderá contar com o profissional.

3. Realização de tarefas desafiadoras

Engana-se quem pensa que a produtividade resulta apenas na entrega rápida dos resultados. Muito pelo contrário. Essa habilidade dá a possibilidade de lidar com tarefas simples de forma mais ágil, permitindo que o indivíduo foque em questões mais complexas e estratégicas ao desempenhar uma atividade.

Aqueles que enfrentam a situação de entregar um trabalho completamente diferente de tudo que já fizeram terão muito mais chances de conseguir um bom resultado se forem produtivos. Afinal, os pequenos detalhes e atividades burocráticas serão finalizadas rapidamente, deixando que o profissional gaste maior tempo no que tem maior dificuldade.

Enquanto isso, os improdutivos acabam ficando para trás, podendo não cumprir o prazo estipulado mesmo nas tarefas mais simples, por falta de organização e iniciativa.

4. Aumento do lucro obtido

Existem duas formas de conseguir maior renda ao se tornar produtivo. As duas são extremamente interessantes, tudo vai depender das demandas do profissional e de suas outras habilidades.

A primeira delas é aumentar a quantidade de tarefas realizadas ao longo do dia. Se você trabalha como designer freelancer, por exemplo, e entrega cerca de 10 peças por dia pelo preço de 100 reais, ao aumentar sua produtividade em 30% poderá ganhar 130.

Parece uma diferença mínima a princípio, não é mesmo? Mas imagine essa diferença ao longo de um mês. O lucro do profissional aumentaria 600 reais com 20 dias trabalhados.

Já a outra possibilidade diz respeito ao aumento do valor cobrado pelo serviço. Seguindo o mesmo exemplo, um designer que cobrava 100 reais por cada peça entregue, ao se tornar mais produtivo, é capaz de gastar o mesmo tempo em cada uma delas, tomando mais cuidado e tendo atenção aos detalhes que farão toda diferença ao final da prestação do serviço.

Essa é uma característica que vai gerar valor agregado ao trabalho, permitindo que ele aumente o preço cobrado. A produtividade também define quanto vale sua hora trabalhada e sua forma de cobrar pelo serviço.

Conteúdos recomendados:
3 razões para o dinheiro não ser um obstáculo à sua carreira freelancer!
[Super Guia] Freelancer: TUDO que você precisa saber
A importância da negociação na vida do freelancer
Nômade digital: o que significa e como se tornar um?
[Ebook] Salário extra: 23 maneiras de complementar sua renda

5. Tempo para realizar outras atividades

Nem tudo na vida é trabalho, não é mesmo? Apesar de essa ser uma tarefa muito importante que deve fazer parte do dia a dia, é importante separar um tempo para si mesmo. E esse é um dos vários benefícios que a produtividade traz para uma pessoa.

Quanto mais ágil você for, quanto mais rápido você puder terminar suas responsabilidades ao longo de um dia sem se preocupar com o que está em atraso ou o que deverá ser feito às pressas no dia seguinte, mais fácil será relaxar.

É muito importante saber exatamente quanto tempo você gasta em cada uma de suas atividades e se esforçar para cumpri-las dentro do que foi estimado. Esse é o único caminho para garantir a satisfação com o próprio trabalho e ainda permitir que você se mantenha motivado para desempenhá-lo no dia seguinte, tendo espaço para sua vida pessoal e para realizar projetos paralelos de seu interesse.

Agora que você já sabe a real importância de se tornar produtivo, chegou o momento de dar o primeiro passo para impulsionar sua carreira e se tornar mais valorizado.

Não se esqueça de que a qualidade do serviço não pode ser comprometida pela velocidade da entrega e que tudo tem seu tempo. Estabeleça deadlines desafiadores e alcançáveis, tornando-os mais rígidos ao longo do tempo. Só assim será possível se cobrar de uma forma saudável, garantindo que todos os benefícios mencionados neste texto sejam alcançados com tranquilidade.

Baixe o Quadro de Produtividade da Comunidade Rock Content em parceira com o Runrun.it e otimize sua produtividade já!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *