prospecção de novos clientes

Prospecção de novos clientes na vida de freelancer

Para profissionais independentes, prospectar novos clientes é garantir parte do sucesso. Confira o que você deve fazer para encontrar clientes de forma natural — sem parecer chato!

Uma das maiores diferenças entre a vida de freelancer e de colaborador de uma empresa é a necessidade de sair à “caça de novos clientes”. Enquanto funcionária, dependendo do cargo, uma pessoa pode passar toda uma vida executando serviços sem precisar buscar clientes.

O freela, no entanto, não tem esse “luxo”. Viver do que gosta e fazer sua própria renda tem suas vantagens, mas o preço a se pagar é estar sempre alerta frente a novas oportunidades. E, na maioria das vezes, isso tem um nome. Chama-se prospecção.

Prospectar um cliente significa começar uma comunicação ativa que pode trazer resultados para o negócio. Ter um site bem posicionado, por exemplo, é uma boa maneira de prospectar clientes, mas não é a única – e, muitas vezes, não é nem a mais eficaz.

Para prospectar clientes com excelência é preciso correr atrás, sair da zona de conforto (e do escritório) e fazer as oportunidades acontecerem, ao invés de esperar por elas. Em alguns casos significa até vencer medos da vida moderna, como o de ligar e falar com alguém ao telefone, ao invés de passar um e-mail ou mandar mensagem no WhatsApp.

A prospecção é algo constante na vida de quem não quer viver só de vento e, principalmente, de quem quer construir uma carreira sólida e com um bom portfólio. É, por isso, que separamos abaixo algumas dicas bem boas para que a arte de prospectar fique ainda mais acessível e intuitiva para você.

1. Vá a eventos da sua área

Uma das melhores formas de prospectar clientes sendo freela é participando de eventos dentro da sua área. Você vai notar que, nesses ambientes, existem mais pessoas que trabalham com habilidades similares às suas do que clientes finais interessados nos serviços.

Mas é aí que está a cereja do bolo: se você é desenvolvedor indo a uma palestra sobre programação, pode conhecer outros desenvolvedores por lá que precisam de uma força ou não fazem especificamente aquilo que você faz, mas conhece alguém que precisa desse serviço.

Acredite: estar entre seus pares e ser visto e reconhecido por eles é uma das melhores formas de prospectar clientes, então trate de vencer a timidez e faça acontecer!

2. Seja sua marca

Desnecessário dizer que, para esses eventos e outras ocasiões, um bom cartão de visitas é primordial, né?

O freela é sua própria empresa e, portanto, sua própria marca. Precisa estar sempre em destaque para conseguir chegar perto de potenciais clientes e, eventualmente, convencê-los a te dar uma chance.

E como fazer isso? Você pode seguir algumas das dicas abaixo, mas sugerimos que você troque o “algumas” por “todas”.

  1. Faça um bom portfólio dos seus serviços. Falar é fácil, as pessoas querem ver o que você é capaz de fazer, na prática;
  2. Entregue as encomendas que te pedirem com qualidade e dentro do prazo. Um cliente satisfeito é uma prospecção ambulante;
  3. Tente ser referência para palestras ou workshops dentro da sua área. Para que isso seja possível sem que você seja tomado como impostor, é preciso desempenhar um trabalho estudioso e de qualidade;
  4. Tenha um blog ou um perfil em redes sociais que fale sobre temas interessantes da sua área de atuação;
  5. Desenvolva uma boa reputação nas redes sociais. Ou seja, controle o que você fala em público e capriche no tom cordial e amigável das suas ponderações.

3. Mostre depoimentos

Vivemos em uma sociedade cada vez mais dependente da validação dos outros para inúmeras questões atuais. Por que não usar isso a seu favor?

Se tiver um site, por exemplo, peça a seus clientes que enviem depoimentos sobre o seu trabalho e exponha essas contribuições para todo mundo ver. Cada vez que a gente se auto elogia morre uma fada; mas, se alguém elogia a gente (e se isso é verdade!), nosso marketing pessoal ganha pontos.

4. Não se intimide

Quando você estiver ali no tête-à-tête com seus potenciais clientes, muitos farão perguntas ou insinuações sobre a qualidade do seu trabalho, enquanto outros já dirão “não” de cara.

O importante pra seguir com a vida de cabeça erguida, e sem perder a coragem de abordar mais pessoas, é não se intimidar. Entenda que é ok que algumas pessoas duvidem que você é mesmo essa Brastemp toda, e que é mais ok ainda que elas não queiram o que você tem a oferecer.

Isso não significa, no entanto, que ninguém queira. Pense assim: quanto mais “nãos” você receber, mais significa que está perto do próximo “sim”. Prospectar é vender um produto ou serviço e, para ser um bom vendedor, é preciso ter paciência e inteligência emocional.

5. Tenha uma boa apresentação

Por último, mas não menos importante, lembre-se de ter uma boa apresentação sobre você e aquilo que faz. Às vezes você vai ter apenas alguns minutos para expor suas ideias à alguém, mas ter um documento bacana, organizado e claro sobre suas capacidades e habilidades pode chamar a atenção de quem realmente procura por um serviço focado e cuidadoso.

Sabe o currículo, que a gente vive querendo melhorar e florear? Então: o currículo do freela é uma apresentação de suas melhores intervenções na vida de outras pessoas e empresas. Faça uma boa apresentação e esteja apto a ganhar o mundo.

E você, tem alguma dica boa para prospectar clientes de freelas? Deixe sua contribuição nos comentários e vamos continuar o papo!

relacionamento-com-o-cliente-as-melhores-dicas-de-fidelizacao-para-freelancers