Por Samanta Jovana

Redatora da Comunidade Rock Content.

Publicado em 10/03/2018. | Atualizado em 19/05/2020


Dedicar-se a essa disciplina pode mudar o rumo da sua vida e lhe apresentar uma série de oportunidades até então desconhecidas. Mas o que é preciso fazer para ingressar na profissão de revisor?

Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

A profissão de revisor é uma opção de carreira interessante para as pessoas que gostam da Língua Portuguesa e não têm problemas na hora de se comunicar.

Há cursos específicos que podem colocá-lo em vantagem nessa área. E também uma série de decisões que farão com que você se saia bem nela. Hoje lhe mostraremos o que é preciso para se destacar nessa carreira.

O que faz um revisor?

O revisor é um profissional muito valorizado no mercado editorial. Mas ele também tem seu lugar na produção de conteúdo. É que antes de publicar uma matéria, artigo ou livro esse profissional precisa dar o seu aval para o trabalho ali apresentado.

Revisores, em algumas situações, participam também do processo de edição. Nesse caso eles podem sugerir algo que deva ser adicionado ou removido de um conteúdo.

Porém, o seu papel tradicional é o de garantir a correção gramatical dos textos. Para isso ele lê integralmente o material que deve avaliar e observar, em detalhes, se há nele erros grandes ou pequenos. O que eles fazem é muito importante porque publicar um conteúdo cheio de equívocos pode prejudicar a credibilidade de um veículo ou marca.

O revisor não precisa apenas saber apontar os defeitos de um texto. Ele tem que ter muita habilidade (e em alguns casos criatividade) para removê-los.

Em algumas ocasiões eles precisam revisar o mesmo texto um monte de vezes, caso ele sofra alterações, por exemplo. Nesse caso, e em muitos outros, é importante que revisor e redator trabalhem juntos para chegar ao melhor resultado possível.

Qual é o perfil do profissional revisor?

Há um monte de coisas que podem lhe atrair para uma carreira de revisor. A conveniência de poder trabalhar sem sair de casa é uma delas. Outra é a satisfação de ser o seu próprio patrão e ditar as regras que governam a sua rotina de trabalho.

Na maioria das situações revisores também recebem um bom pagamento pelo seu trabalho. E, quando encontram uma fonte de renda contínua podem prever seus rendimentos. Isso não quer dizer, todavia, que a profissão de  revisor seja a certa para você.

Assim como em qualquer outro campo existe um perfil profissional ideal quando estamos falando de revisores. Eles devem equilibrar profissionalismo e expertise e, ao contrário do que muitos imaginam, para isso não basta ler muito ou ser bom com as palavras.

É claro que essas características vão lhe ajudar. Mas é provável que elas sirvam mais para indicar se você gostará da profissão do que se terá um bom desempenho nela.

Com isso em mente há algumas coisas que se deve observar antes de ingressar nessa área. A revisão, como qualquer outra carreira, é muito competitiva e você deverá se diferenciar dos demais profissionais para se dar bem. Então, a primeira grande habilidade que deve ter um revisor profissional é a resiliência.

Se adaptar as mudanças, aprender novas coisas e estudar constantemente serão uma realidade ao se optar por tal carreira. Outro traço comum no perfil do revisor profissional é um entendimento de como funcionam os negócios.

Na maioria dos casos é ele que vai dirigir a própria carreira, definindo quanto deve cobrar por um trabalho ou fazendo o seu próprio marketing. Ser bom em tudo isso vai ajudá-lo a se destacar.

Experiência e facilidade para fazer networking também ajudam. O revisor ideal é alguém que sabe lidar com as pessoas, consegue administrar bem a própria carreira e, além de tudo, é especializado e educado o suficiente para ter uma boa performance.

Em que setores o revisor pode atuar?

Revisores trabalham por trás das câmeras e raramente obtém reconhecimento pelo papel que desempenham. Isso não significa, entretanto, que não existam várias possibilidades de atuação profissional para eles.

Aqui estão algumas das situações em que um revisor pode ser necessário:

  • na correção de trabalhos acadêmicos;
  • na produção de conteúdo para a web;
  • na publicação de livros, revistas e jornais;
  • nas campanhas publicitárias;
  • na revisão de traduções;
  • no lançamento de novos produtos (corrigindo seus manuais de instrução); e
  • em agências governamentais.

O que devo fazer para me tornar um revisor?

Agora que você já sabe quase tudo sobre a profissão revisor, que tal descobrir o que é necessário para de fato exercê-la? Elencamos as dez coisas mais importantes para que alguém se torne um revisor.

1. Obter a formação certa

O primeiro passo para começar como revisor é obter a formação acadêmica ideal. Mas quais são os cursos que podem fazer de você um especialista na área?

  • Letras
  • Comunicação Social
  • Editoração e Produção Editorial

Mesmo que frequentar a faculdade não seja uma obrigação para começar a atuar como revisor, é uma boa ideia se formar em alguns desses cursos. Eles lhe darão os conhecimentos necessários para dominar o básico da profissão.

Ainda assim é comum vermos revisores com as mais diversas formações acadêmicas. Isso porque a profissão pode ser altamente especializada, dependendo do setor em que você escolha atuar.

Você sabia que papers e livros de medicina precisam de revisão? Provavelmente sim, mas não deve ter imaginado que essa revisão precise ser feita por alguém que entende do assunto. Portanto até alguém graduado em Ciências Biológicas pode ser um profissional de revisão.

2. Ganhar certificações na área

Algo que é muito mais importante do que uma formação acadêmica nisso ou naquilo é a obtenção das certificações certas. Como revisor você precisará apresentar evidências de que é capaz de fazer o seu trabalho bem. E certificações indicam exatamente isso.

A dúvida é uma só: como escolher por qual das milhares de certificações que existem por aí começar? Há algumas instituições que emitem certificados para revisores. Para fazer a revisão de temas de Ciências da Vida, por exemplo, uma boa ideia é adquirir o BELS.

O BELS é um certificado que garante que você tem a qualificação para revisar artigos científicos de áreas como a biologia e a biomedicina. Já se a sua vontade for trabalhar com a revisão de traduções uma boa nota no IELTS ou no TOEFL vai ajudar bastante.

Agora se você quer se dedicar a revisar conteúdos para a internet uma certificação em Produção de Conteúdo é a opção mais adequada. Ali você aprenderá no que consiste um material perfeito para a internet e entenderá as particularidades que deve observar durante a revisão.

3. Aprender a administrar um negócio

A maioria dos revisores trabalhará por conta própria. Talvez você encontre uma colocação em tempo integral, mas ainda assim são grandes as chances de que leve uma vida de freelancer nas horas vagas. Por causa disso será necessário desenvolver as suas habilidades como gestor

Saber como promover e alavancar a sua carreira é o que fará com que ela seja um sucesso. Por isso estude marketing, aprenda um pouco de publicidade e descubra como administrar o aspecto contábil do seu trabalho.

4. Encontrar uma especialização

A melhor maneira de obter sucesso como revisor é encontrando uma área em que você é especialista. Por isso verifique seus interesses e faça uma pesquisa sobre as demandas do mercado. Dessa forma dá para descobrir com o que mais se identifica e se há espaço nesse setor.

Quando definir uma especialização busque oportunidades de comprovar proficiência nela. Se você já for graduado, por exemplo, uma pós na área pode ser uma boa ideia.

5. Diversificar a sua atuação profissional

Não devemos, entretanto, nos limitar a uma única atuação como profissionais. Áreas se tornam obsoletas da noite para o dia e você não vai querer ser o dono de uma locadora na era da Netflix. Esforce-se para se tornar alguém que consegue se desdobrar em mais de uma área e garanta assim um fluxo constante de trabalho.

Aprender a executar outras tarefas, como a edição ou redação, pode fazer uma diferença enorme na sua vida profissional. Seu currículo ficará mais rico, seus clientes terão uma disponibilidade maior de serviços com a qual contar e seus rendimentos serão maiores.

6. Investir em networking

A maneira mais comum de começar a atuar como revisor é executando trabalhos para a sua rede de contatos. Por isso o melhor é que ela seja bastante extensa

Se você ainda não tem um perfil no LinkedIn pode ser a hora de criá-lo. Começar a interagir em grupos de Facebook nos quais são postados trabalhos de revisão também virá a calhar.

Recupere o contato com pessoas que já fizeram parte da sua vida profissional e informe-as de sua nova habilidade. Pode ser que elas tenham uma oportunidade para você.

7. Se acostumar com as ferramentas

Um bom revisor domina as suas ferramentas de trabalho. E, atualmente, elas são os editores de texto (Word, LibreOffice, Google Docs) e os dicionários online. Páginas que podem acelerar a sua rotina de trabalho também devem fazer parte dessa lista.

O VOLP, ou Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa é uma delas. E o Dicionário Criativo é outra. Conheça-as e aprenda a utilizá-las.

8. Descobrir como precificar seus serviços

Como todo freelancer um revisor deve aprender a colocar preços no trabalho que executa. Para isso você pode utilizar algumas ferramentas online, como a Calcularte.

Conhecer os preços praticados no mercado editorial também pode ajudar. Hoje é possível verificar isso com uma busca no Google e descobrir quanto ganham outros profissionais do mercado criativo.

9. Continuar se atualizando sempre

Manter-se constantemente atualizado, todavia, é o que fará de você o revisor ideal. Não estamos falando apenas de coisas como o Novo Acordo Ortográfico. Ler blogs sobre escrita, devorar alguns livros, conversar com profissionais da sua área e frequentar workshops e palestras é tão importante quanto

São nessas situações que você será apresentado a novos conceitos, testará suas habilidades e aprenderá coisas novas. Como revisor o maior pecado que se pode cometer é tornar-se arrogante. Por isso ser introduzido a novas ideias e estar sempre aberto a aprender com os feedbacks dos seus clientes é fundamental.

10. Montar uma biblioteca de suporte

Já que você escolheu trabalhar como revisor profissional será necessário investir em material capaz de ajudá-lo a desempenhar seu papel bem. Uma boa ideia é começar, o quanto antes, uma biblioteca. Ela pode conter gramáticas, dicionários e livros de áreas específicas nas quais você atua.

Quanto mais rica for a sua biblioteca, melhor. Assim você terá o que consultar sempre que tiver uma dúvida e poderá ter uma performance melhor no trabalho.

Encha também a sua biblioteca de livros tradicionais. Afinal, ler bastante é um dos predicados necessários desenvolver para se dar bem na sua nova carreira.

Onde um revisor pode encontrar oportunidades de trabalho?

Embora existam inúmeras situações nas quais um revisor pode ser útil encontrar a sua primeira oportunidade pode ser difícil. Como em qualquer outra profissão, adquirir experiência para conquistar trabalhos de maior responsabilidade pode se tornar uma situação paradoxal.

Muitas pessoas começam com tarefas simples, como a revisão e normatização de trabalhos acadêmicos feitos por amigos ou parentes. Tais oportunidades são ideais porque permitem que você comece a colocar em prática o que aprendeu, mas não poder ser o seu único trabalho para sempre.

Elas podem, no entanto, ajudá-lo a montar um portfólio. Este será imprescindível se você quiser conquistar outras chances de trabalhar na área.

Um portfólio é um conjunto de exemplos daquilo que você faz e pode ser tanto um documento em PDF quanto um website. Em alguns casos portfólios impressos são utilizados, mas eles são mais apropriados para vagas de emprego que exigem uma entrevista.

Quando você estiver seguro das suas habilidades e pronto para começar a pegar projetos maiores sites de trabalho freelance são uma ótima opção. Neles você conseguirá desenvolver seus primeiros relacionamentos profissionais, aprenderá como colocar um preço nos seus serviços e experimentará a realidade do mercado.

Uma ótima alternativa para quem quer começar uma carreira de revisor é se inscrever em uma plataforma, como a da Rock Content. Conheça os pré-requisitos e inscreva-se para participar!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *