Por Redator Rock Content

um dos freelancers da Comunidade. Seja também um redator!

Publicado em 21/08/2015. | Atualizado em 19/05/2020


Dicas essenciais para produzir um artigo!

Um erro bastante comum cometido por redatores freelancers em início de carreira consiste em escrever blog posts numa sentada, sem se ligar na proposta da pauta e orientações fundamentais acerca da linguagem, persona e referências.

No entanto, com o tempo, muita prática e incontáveis puxões de orelha, todas essas regrinhas que, no primeiro momento, parecem bichos de sete cabeças, são interiorizadas.

Mas até que o avanço se concretize e a escrita passe a fluir com mais naturalidade, você pode seguir as dicas desse guia de 10 passos para produzir um artigo perfeito (acredite, funciona mesmo):

1. Só sei que nada sei

Você já tirou 1000 na redação do ENEM, tem um blog pessoal com milhares de inscritos e não resiste em escrever textões nos comentários do Facebook.

Parabéns, mas se quiser iniciar a carreira de redator freelancer é bom saber que nenhum desses atributos é mais importante do que sua pauta ou pitch (para os íntimos). É a partir do pitch que você terá todas as informações necessárias que guiarão a produção do seu texto, como linguagem, persona (público-alvo), referências.

Logo, o linguajar descolado e cheio de gírias dos grupos de Facebook não terá muita valia quando se deparar com um texto a respeito de investimentos de risco na Bolsa de Valores.

2. Você realmente sabe sobre o que está falando?

Embora a escolha de pautas muitas vezes não seja privilégio dos redatores, é preciso ter muita responsabilidade para discorrer sobre assuntos mais complexos.

Ler e reler o pitch é crucial para se evitar cair na famosa cilada de “copiar descopiando” outros textos da internet e entregar um serviço insosso que poderá lhe custar o freela.

Caso tenha sido designado para uma tarefa cujo tema é infinitamente distante do seu grau de conhecimento, você tem duas alternativas: topar o desafio e aprimorar seu repertório ou simplesmente recusar e, educadamente, devolver a tarefa (é uma atitude mais honesta do que arcar com um trabalho porcalhão).

3. Tenha menos pressa

Embora a realidade de ter uma dezena de tarefas a ser entregues em menos de uma semana não colabore em nada com a vida do redator, saiba que o artigo perfeito não nasce em poucos minutos.

Se acha que não terá o tempo suficiente para ler o pitch completo (inclusive o briefing do cliente), pelo menos 3 posts de referência, e, finalmente, dar início à redação, é melhor abrir mão da quantidade e priorizar a qualidade.

Ao investir seu suor em cada uma das tarefas, pode ter certeza que elas jamais faltarão no seu dashboard.

4. Procure sempre uma janela para a criatividade

Não importa qual seja o pitch, o cliente, a persona ou a linguagem. O artigo perfeito será aquele em que você conseguir imprimir um pouco da sua criatividade, como uma marca registrada.

Afinal, não há outro redator que tenha tido as mesmas experiências de vida que você. Em cada tema, busque um ângulo no qual você possa trazer sua visão.

Introduções que começam com exemplos de situações trágicas ou cômicas vividas por você (e provavelmente seus leitores) atraem muito a atenção, pois despertam empatia imediata. Mas lembre-se: há muitos clientes que não aceitam linguagem em primeira pessoa. Portanto fique atento a isso!

5. Agarre-se à fórmula

A estrutura dos posts para blogs – que figuram entre as tarefas mais solicitadas na redação freelancer – segue uma fórmula fácil de decorar:

Com o tempo, você pode até pensar em subverter essa estrutura, mas até que esteja seguro do que está fazendo, o melhor conselho é ser fiel à fórmula, pois ela tem uma razão para ser assim: tornar o conteúdo do texto escaneável para os mecanismos de busca, além de facilitar a leitura dos internautas apressadinhos.

6. Estude Inbound Marketing

CTA’s, SEO, Personas… Que papo ruim é esse, meu camarada? Bem-vindo ao universo do Inbound Marketing, dentro do qual os seus textos serão apenas uma ponta da estratégia de converter visitantes em leads.

Hein? Não vou falar mais nada! Que tal tomar umas aulas e tirar o seu certificado de consultor na HubSpot ou na Rock Content antes de ser atropelado por palavras-chave?

7. Revise por conta própria

Jamais, eu disse, jamais entregue um texto sem revisá-lo. Muitas vezes na ânsia de ficar livre da tarefa deixamos o pobre coitado do artigo à própria sorte, o que fatalmente pode resultar em retrabalho.

Assim que terminar o texto, deixe-o “descansar”. Dê uma volta e tente esquecer sobre aquilo que escreveu.

Quando voltar para a tela do computador, você tenderá a enxergar com mais clareza possíveis erros de digitação, ortografia e coesão que deixou passar por simples cansaço mental.

8. Não teste a paciência do seu revisor

Saiba que o revisor não dispõe do privilégio de revisar apenas seus textos. São dezenas de artigos diários de autores diversos, muitos dos quais repletos de abobrinhas.

Por isso, seja amável e solícito sempre que possível. Adote o tom cordial para lidar com críticas – acredite, elas sempre existirão, ok? – e, principalmente, não desrespeite o prazo de entrega!

Revisores têm demandas fixas de textos para entregarem semanalmente, o que significa que aquela tarefa que anda enrolando para concluir pode deixá-los em maus apuros com os clientes.

9. Seja parceiro do seu revisor

Artigos perfeitos normalmente vêm à luz através de parcerias. Apenas com críticas construtivas você será capaz de chegar lá e, nesse quesito, seus melhores parceiros serão os revisores.

Se você tiver a sorte de encontrar um que admire seu estilo, então, pode-se considerar bem-sucedido.

10. Viva

Pode parecer palhaçada um conselho simplório como “Viva” vir depois de tantas recomendações e fórmulas. Não é a intenção aqui imitar o Tom Zé e explicar para confundir.

A questão é que um artigo perfeito é aquele que surge daquilo que você é. O que você tem a oferecer para os artigos que produz? Suas experiências, seus estudos, seu modo de pensar, sua flexibilidade, suas ideias inovadoras? É a sua vivência, e apenas ela, que vai ditar o grau de perfeição do seu artigo. Já parou para pensar no quão admirável ser humano você é?

Seguir todos esses 10 passos tem tudo para te deixar na linha do pênalti do artigo perfeito. Mas o que vai te fazer marcar um golaço e sair pro abraço dos analistas de qualidade é apenas o seu empenho em melhorar, tarefa após tarefa.

Cultivar a humildade de aprender com os próprios erros, estudar constantemente, buscar novas referências e extrair exemplos do trabalho de outros redatores é essencial para que a sua escrita atinja o padrão de qualidade e os artigos perfeitos se multipliquem dia após dia. Bora praticar?

Agora é a sua vez de avaliar. Esse post foi realmente útil para você conseguir produzir o artigo perfeito? Deixe sua opinião através dos comentários!

 

Planilha de Controle FinanceiroPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *