Por Redator Rock Content

um dos freelancers da Comunidade. Seja também um redator!

Publicado em 15/06/2017. | Atualizado em 15/06/2020


Ser multitarefa ajuda ou atrapalha a produtividade? Como devo organizar meu ambiente de trabalho? Conheça alguns hacks que vão otimizar a sua produtividade como produtor de conteúdo!

Cada minuto é precioso da vida de um escritor freelancer. Afinal, quanto mais produtivo ele for, maior será sua renda. É claro que fatores como a experiência do profissional e as particularidades de cada projeto também contam para definir quanto tempo será gasto em cada tarefa, mas a boa notícia é que é possível aplicar alguns métodos para aumentar sua produtividade.

Ser produtivo é saber aproveitar melhor o dia de trabalho. Em uma escala macro, isso significa trabalhar com mais eficiência, ter mais oportunidade para novos projetos e mais tempo para descansar.

Pensando nisso, separamos dicas valiosas para que você possa melhorar seu desempenho e aumentar consideravelmente sua produtividade. Acompanhe conosco!

Ter organização

A organização deve ser prioridade tanto no seu dia de trabalho como profissional quanto em seu ambiente. Para o primeiro, utilize aplicativos como o Google Calendar para manter sua agenda organizada e prever os compromissos que terá ao longo do dia e da semana. Também crie o hábito de checar sua agenda depois de finalizar suas tarefas diárias, para já começar a se preparar para o dia seguinte.

Outros aplicativos, como o Wunderlist, Trello, Google Keep e Asana, te permitem criar listas de tarefas. Com eles, você consegue concentrar todo o seu trabalho em um local e pode dar prioridades aos mais importantes.

Preparar um ambiente de trabalho adequado

Se você vai passar muitas horas na frente do computador escrevendo, seu ambiente deve ser adequado para suas atividades. Um ambiente de trabalho organizado é muito mais estimulante do que um local sujo e com coisas espalhadas e fora do lugar.

Se você tem objetos ao seu redor que tiram sua atenção constantemente, guarde-os e mantenha em sua mesa apenas o seu material de trabalho. Verifique se sua mesa tem altura adequada (entre 54 cm e 74 cm de altura) e escolha uma cadeira que garanta uma boa postura enquanto trabalha. Jamais trabalhe em sua cama ou no sofá de casa: sua coluna agradece e você evita muitas cãibras dolorosas.

Caso sua casa não tenha um cômodo agradável para trabalhar, considere espaços de coworking, que são preparados para receber profissionais remotos. Uma das vantagens dessa opção é que você vai poder conviver com pessoas de diversas áreas e trocar experiências valiosas para sua carreira. Alguns cafés também disponibilizam espaço e internet para os clientes trabalharem.

Evitar ser multitarefas

Ser multitarefas é realizar várias atividades ao mesmo tempo. Na vida de um redator freelancer, o exemplo mais comum de multitarefas é iniciar um texto, mas fazer pausas para olhar e-mail, redes sociais, voltar a tarefas antigas ou abandonar a que acabou de começar.

Apesar de soar produtivo se propor a fazer muita coisa simultaneamente, isso é um costume prejudicial. Afinal, no fundo o que você está fazendo é alternar entre tarefas e não realizar nenhuma delas direito ou até o fim.

Dispense também o hábito de lanchar enquanto escreve. Se esse tipo de situação acontece com frequência, é um sinal de alerta de que você está sendo menos produtivo do que poderia.

Ainda, coloque o celular em modo avião ou desligue-o e evite todo tipo de distração que pode te desfocar. Concentre-se apenas no conteúdo que está redigindo e só passe para o próximo quando tiver finalizado sua tarefa.

Fazer pausas

Um estudo realizado na Universidade de Illinois em 2008 comprovou que o cérebro sofre um déficit de recursos de atenção depois de longas horas executando uma mesma tarefa. Por isso, evite trabalhar por muito tempo sem se levantar da cadeira. Sempre que finalizar um texto, pause por alguns minutos antes de partir para o próximo.

Faça alongamentos, dê uma volta no quarteirão, vá a uma lanchonete ou mesmo à sua própria cozinha para fazer um lanche e relaxe em sua pausa. Esse hábito reduz a exaustão física e psicológica e garante mais energia para trabalhar. Inclusive, fazer pausas pode ser muito útil para refrescar a mente naqueles dias em que a criatividade te deixa na mão.

Por outro lado, também fique atento a pausas longas demais! Dormir durante 2 horas depois do almoço, por exemplo, vai quebrar o seu dia e atrapalhar seu ritmo de trabalho. O ideal é fazer pequenas pausas de 10 minutos a cada 90 minutos focado em uma tarefa.

Não extrapolar seu limite

O profissional autônomo é responsável por estabelecer a própria rotina. Isso pode ser muito positivo, pois te dá a liberdade de trabalhar de qualquer lugar e nos horários que mais lhe agradam. Há quem seja mais produtivo logo pela manhã e há quem funcione melhor durante a noite; faça o teste para identificar o melhor período para você.

Independentemente do horário que escolher, estabeleça o início e término do seu expediente e evite ultrapassá-lo. Como mencionamos, depois de muitas horas de trabalho o próprio corpo deixa de responder da mesma forma. Sobrecarregar a mente hoje pode prejudicar seu rendimento no amanhã. Se preciso, programe um alarme para lembrá-lo de quando parar.

Utilizar hacks de produtividade para escrever mais e melhor

Existem diversas técnicas que podem ser utilizadas para te manter em foco e aumentar sua produtividade. Nem todas funcionam para todos, e o ideal é testar até encontrar as que são eficientes para você.

A técnica Pomodoro, por exemplo, é mundialmente conhecida e se baseia em pequenos períodos de trabalho e breves intervalos. Cada pomodoro equivale a 25 minutos que não devem ser interrompidos e, após esse tempo, você deve fazer uma pausa de 5 minutos. Quando você completa 4 desses ciclos, faça uma pausa maior — o recomendado são 30 minutos.

Outras técnicas, como GTD (Getting Things Done) e ZTD (Zen To Done), são conhecidas por auxiliarem na gestão de projetos e tarefas.

Alimentar-se bem

Pode não parecer, mas comer bem durante o dia e beber muita água são hábitos que contribuem para o aumento de atenção e produtividade. Alimentando-se bem, você recebe a energia de que precisa para executar todas as suas tarefas durante o dia e ainda ter disposição para fazer outras atividades depois do expediente.

Programe as 3 refeições principais durante o dia — café da manhã, almoço e ceia — e prefira alimentos funcionais em cada uma delas. Arroz integral, aveia, brócolis, iogurte e peixes com alta quantidade de ômega 3 são saudáveis e ótimas fontes de energia.

Agora que você conheceu os métodos que realmente funcionam para aumentar sua produtividade, não deixe de aplicá-los e identificar aqueles que mais trouxerem resultados positivos para você.

E se você gostou deste texto e quer se tornar ainda mais produtivo, confira também nosso curso imperdível de hacks de produtividade!

Até logo! 🙂

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *