Por Natália Fernandes

Redatora freelancer e Analista de Marketing na Começando na Web.

Publicado em 26/04/2019. | Atualizado em 23/04/2019


Toda semana, elegemos um freela para escrever para a gente com pauta livre. Assim, conhecemos melhor a nossa Comunidade e você também. Essa é a história da Natália!

Sou redatora freelancer na Rock Content há pouco mais de 1 ano e meio e a minha maior dificuldade no início foi de me disciplinar. Afinal, eu vinha de mais de 13 anos de trabalho formal e trabalhar em casa nunca foi algo que passou pela minha cabeça.

Por isso, eu precisava da ajuda de ferramentas que tornassem a minha rotina mais simples e fácil. Ao mesmo tempo, eu tinha que medir minha evolução e ter um controle sobre o quanto e quando eu ia receber.

Foi então que eu optei pelas ferramentas do Google Suite (todas gratuitas, é claro!). Foi o que me manteve organizada e me ajudou a superar diversos problemas técnicos, como queda da internet e travamento do notebook.

Quer saber como o Documentos Google conquistou a minha preferência diante de tantas alternativas? Leia o post até o final e descubra!

Computadores travam (principalmente o meu)!

Todo mundo que está no início de uma carreira de freelancer sabe que não podemos nos dar ao luxo de comprar computadores ultra rápidos e potentes. Até porque, eles nem mesmo são necessários no cotidiano simplista de um redator. Assim, estamos mais sujeitos aos travamentos com uma relativa frequência.

Imagine se eu estou chegando ao final de um blogpost de 3 mil palavras e a máquina simplesmente para? Mesmo que eu fosse a frenética do “ctrl + s” (o que eu não sou) alguma parte do texto seria perdida, caso estivesse sendo escrito no Word ou diretamente no Rock Studio.

Por isso, eu preciso de uma ferramenta que tenha o recurso de auto salvamento. Assim, além de não correr o risco de perder todo meu trabalho, eu ganho em produtividade, já que não tenho que ficar interrompendo uma linha de raciocínio para ficar salvando o texto de tempos em tempos.

Confira um compilado de dicas e leituras para melhorar a sua produtividade!
Produtividade: 25 dicas de como ser mais produtivo no trabalho
Técnica Pomodoro: aumente a produtividade com o método do cronômetro
Trello vs. Asana: qual é o melhor aplicativo de organização?
15 exercícios para o cérebro que vão te deixar mais criativo!
Leitura dinâmica: o que é e como aprender a ler mais rápido!
4 dicas para organizar o e-mail e ser mais produtivo
Descubra como usar post-it para melhorar a sua organização
Conheça mais de 100 ferramentas e aplicativos para produtores de conteúdo

ferramentas e aplicativos para produtores de conteúdoPowered by Rock Convert

A internet cai quando mais precisamos dela!

A internet está para o freelancer assim como o transporte público está para o trabalhador formal. Sabe o que acontece quando os motoristas ou maquinistas entram de greve? Os trabalhadores precisam buscar meios alternativos, mais caros e menos eficientes de chegar na empresa. Quem vai trabalhar de carro, apenas sente alguns reflexos no trânsito.

Quando a internet do freela cai, ele perde seu meio de contato com o mundo. Se todo o processo dele depende da internet para andar, ele fica estagnado e perde muito tempo.

A parte da pesquisa do tema não tem jeito, nem que seja usando o 3G do celular, ela precisa da internet para ser feita. Mas a escrita do texto em si, pode ser feita até à mão. Por que não usar uma ferramenta que me permita trabalhar off-line?

Nesse ponto, o Documentos Google é essencial na minha rotina. Até nos dias de maior oscilação de sinal, ele funciona muito bem. Enquanto não tem sinal de internet, ele salva as alterações localmente e, assim que o sinal volta, ele atualiza o documento na nuvem. Simples e prático!

Os ajustes fazem parte da rotina, perder a versão inicial, não!

Conheço alguns freelancers que gostam de escrever o texto diretamente na plataforma. Além dos riscos mencionados até aqui, isso faz com que ele perca a primeira versão do texto, que passa por diversas revisões até chegar ao cliente.

Além disso, quem já atua como freelancer na Rock sabe que as solicitações de ajustes fazem parte da rotina. Elas acontecem por diversos motivos e nos ajudam a aprimorar nossa escrita. Ter um controle de versões é fundamental para acompanhar as correções feitas e aprender com os próprios erros.

Quem usa o Word como ferramenta principal, tem primeira versão do documento consigo em um primeiro momento, mas precisa ter atenção à medida que os ajustes são feitos. É preciso gerar um documento para cada versão e isso pode dar mais trabalho, além de ocupar mais espaço em disco.

O Documentos Google tem um controle bastante detalhado. Nele, é possível ver a versão do documento de acordo com a data e horário. Caso precise, também pode fazer o download do arquivo para ter uma cópia local, mas nunca tive essa necessidade.

Veja outras Colunas Freelas com histórias sensacionais para se inspirar! 🤔💡
O que fazer enquanto espera: um miniguia para o freela ansioso
Meus primeiros passos como Nômade Digital e minhas principais lições!
Como ser freela me fez escrever para 10 mil pessoas em 19 dias
Descobri como vender textos, virei Freelancer e agora escrevo com ciência

A gente nunca sabe quando vai ficar horas esperando um atendimento!

Quem nunca foi ao médico, que está marcado para às 9 da manhã, e foi atendida somente às 14 horas? Para profissionais que trabalham formalmente, a perda dessas horas não influencia no salário no final do mês, até porque ele pode abonar esse tempo por meio de um atestado.

Mas isso não acontece com quem é freelancer. Se trabalhar menos horas, você receberá menos “dinheiros”. E vamos combinar que é tedioso ficar lá aquele tempo todo aguardando, sem fazer nada.

O Documentos Google é multiplataforma e tem armazenamento na nuvem. Em outras palavras, você pode pegar o seu celular e abrir aquele texto que começou a escrever no dia anterior e editá-lo. O salvamento automático sincroniza tudo e, quando voltar para casa, basta dar aquela última revisada.

Além de aproveitar melhor o tempo, isso evita que o prazo fique mais curto e você precise solicitar ao analista um adiamento da entrega. Eles são uns amores, vão entender, mas em alguns casos a tarefa pode ser mais urgente e isso afeta a entrega final e a sua imagem profissional.

Ter o controle da produtividade é tudo!

Para aqueles que entendem de perfil profissional, eu sou planejadora e analista. Em outras palavras, eu gosto de ter minhas tarefas documentadas e bem organizadas, além de analisar minha produtividade e definir metas e provisões.

Para conseguir tudo isso, tenho uma planilha que eu mesma criei e venho aprimorando ao longo dos meses, na qual eu controlo toda a produção. Nela eu coloco informações como:

  • quantidade de tarefas em aberto;
  • valores já produzidos a receber;
  • tempo gasto em cada tarefa;
  • média de produtividade;
  • entre outros.

Tudo isso só é possível porque o Documentos me fornece boa parte das informações, tais como a quantidade de palavras e o tempo gasto na criação do arquivo (por meio do histórico de versões). É uma forma de ter mais previsibilidade de faturamento e me organizar financeiramente. E, também, de visualizar minha capacidade de produção para definir se eu dou conta ou não de pegar determinadas tarefas.

Antes de terminar, quero destacar que cada um se adapta melhor a um tipo de ferramenta, mas é importante conhecer e testar várias opções até achar aquela que melhor se adéqua ao seu perfil. O que eu busquei neste artigo foi mostrar o quanto o uso das ferramentas certas pode agregar valor ao seu trabalho.

Então, seja com o Documentos Google, seja com o Word ou com qualquer outro software, saiba que os desafios estão aí para serem enfrentados. Escolha suas armas e lute pela sua realização profissional!

Se você gostou dessas dicas, mas ainda não faz parte da nossa comunidade, o que está esperando? Dê um up na sua carreira e torne-se um freelancer da Rock Content!

Natália Fernandes

Natália Fernandes

Redatora freelancer e Analista de Planejamento de Marketing na Começando na Web.

Você tem alguma história de vida como freelancer que gostaria de compartilhar com a gente? Confira o form abaixo.
powered by Typeform

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *