Português e Gramática

Gramática, morfologia, sintaxe, ortografia e todos os detalhes que constituem a língua portuguesa são partes fundamentais da produção de conteúdo para web.

Aprenda um pouco mais sobre esses e outros tópicos relacionados à língua portuguesa nessa seção do blog!

substantivo comum
Substantivo Comum: o que você precisa saber para usar corretamente

O processo de criação de um conteúdo envolve pesquisa de referências, planejamento dos intertítulos, cuidados com a escaneabilidade e erros de escrita mais comuns como o uso correto da pontuação, concordância verbal e grafia das palavras. Mas quase ninguém pensa no tal do substantivo comum. E, por que agimos assim? Uma das hipóteses é que […]

Erros de Português e Gramática
Em cima ou encima: junto ou separado? Veja como se escreve!

Em cima é uma locução adverbial de posição com significado de: no topo, no alto ou no cume — oposto de embaixo. Exemplo: “o livro está em cima da mesa”. Enquanto encima é uma conjugação do verbo encimar, com significado de colocar em cima ou elevar. Como: “a funcionária foi encimada gerente do restaurante”.

Erros de Português e Gramática
Puxar ou Puchar: como se escreve? Com X ou CH?

Apesar de ser um termo extremamente comum em nossa língua, a palavra puxar é fonte de dúvidas para muitas pessoas. Ou o correto seria puchar? Quer descobrir? Basta conferir a explicação para não se confundir mais! Puxar ou puchar: conheça a forma correta A forma correta é puxar, com x. A grafia puchar, com ch, […]

Erros de Português e Gramática
De Nada, Denada ou Dinada? Veja como se escreve

Sendo uma expressão mais falada do que usada na forma escrita, o termo de nada gera várias dúvidas quanto a sua grafia. Afinal, o certo é de nada, denada ou dinada? Confira nossa explicação e não cometa mais esse erro! De nada, denada ou dinada: saiba qual é a forma correta A grafia correta dessa […]

Erros de Português e Gramática
Decente ou Descente? Entenda a diferença e a forma certa de usar cada um

Descente ou Decente? As duas palavras estão corretas! Descente, com “sc”, se refere a algo que desce. Por exemplo: “meus avós possuem uma casa na descente do riacho”. Enquanto decente se refere àquilo ou àquele que é advindo da decência, sendo sinônimo de honroso, honesto e decoroso. Por exemplo: “ele pareceu um homem decente nas decisões”.

Erros de Português e Gramática
À Disposição ou A Disposição: tem crase ou não? Veja como se escreve

O uso da crase sempre causa dúvidas na hora de escrever. Por exemplo, o certo é à disposição ou a disposição? Devemos ou não usar crase nesse caso? Se você está com essa dúvida, continue lendo para saber a resposta! Devemos usar à disposição ou a disposição? Se o sentido da frase for dizer que […]

Erros de Português e Gramática
Enfim ou Em Fim: entenda a diferença, como se escreve e quando usar cada um

Enfim, escrito junto, é um advérbio de tempo sinônimo de finalmente, por último, para finalizar e em suma. Por exemplo: “enfim, a sós”. Em fim, escrito separado, é uma locução adverbial de tempo que significa no final de algo, como em: “Beto está em fim de carreira”.

Erros de Português e Gramática
Enquanto ou Em Quanto: qual a diferença e quando usar cada um?

A homofonia, ou seja, a igualdade fonética entre dois vocábulos, é uma das grandes vilãs da língua portuguesa. A confusão ocorre pois, apesar de os termos terem pronúncia semelhante, eles apresentam significados distintos. É o que acontece com as palavras enquanto e em quanto. E aí, quer aprender a usá-las corretamente? Então, confira nossa explicação! […]

Erros de Português e Gramática
Cedo ou Sedo? Veja como se escreve e qual o significado de cada um!

Sedo é a conjugação do verbo sedar na 1ª pessoa do singular no presente do indicativo, como “eu sedo os pacientes antes de fazer operações”. Cedo pode ser um advérbio que se refere à brevidade, ao que acontece antes da hora ou pela manhã, como “eu adoro levantar cedo”. E pode ainda ser uma conjugação do verbo ceder.

Erros de Português e Gramática
À Toa, Atoa ou À-toa: qual a forma certa? Veja como se escreve!

À toa, separado e com crase, pode ser uma locução adverbial com significado de ao acaso, ao léu; ou pode ser também um adjetivo sinônimo de insignificante e desimportante. Exemplo: “Não fique chateado à toa”. Atoa é uma flexão do verbo atoar, sinônimo de rebocar.


TOPO