Por Renato Ribeiro

Nômade digital e produtor de conteúdo online.

Publicado em 20/07/2018. | Atualizado em 09/01/2019


Você já usa alguma plataforma freelancer? Ou pensa em usar? Conheça aqui as principais vantagens e desvantagens delas, além das melhores opções que conhecemos para você.

O mercado para os freelancers nunca esteve tão aquecido como atualmente. Com o avanço da tecnologia e dos meios digitais, as possibilidades de trabalho online são inúmeras, mas nem por isso é tão simples conseguir jobs. Nesse sentido, um dos primeiros passos para o freela é saber por onde começar.Uma solução simples e rápida é realizar um cadastro em plataforma freelancer. Esses sites são ótimos, mas também costumam gerar algumas polêmicas. Por conta disso, antes de o profissional estabelecer quaisquer vínculos, é essencial que fique bem atento a a alguns pontos.Por um lado, são ótimas portas de entrada para construir portfólio, ganhar experiência e entender se esse é o melhor caminho a seguir. Por outro, os valores pagos podem ficar abaixo do esperado. Além disso, também pode ser difícil estabelecer um relacionamento de longo prazo com o cliente, pois as interações acontecem exclusivamente nas plataformas.Para tirar essas e outras dúvidas, escrevemos este artigo no qual vamos destacar por que você deve ou não apostar nesses sites para avançar na carreira de freela. O objetivo é que você tenha uma visão clara do que fazer e, assim, ter maiores chances de conquistar sucesso na carreira. Veja as dicas!Preparado para se iniciar na carreira freelancer e trabalhar por conta própria? Acesse agora o ebook Como se iniciar na carreira freelancer. É só preencher o form abaixo antes de continuar a leitura! 🙂Vantagens e desvantagens Como em qualquer trabalho, todas as plataformas oferecem vantagens e desvantagens. O mais interessante é que você parta do princípio de que pode encontrar clientes em diversas páginas e, com isso, pode diversificar a sua atuação. Para te ajudar a tomar as melhores decisões, vamos começar destacando as vantagens sites de freelas. Vantagens da plataforma freelancer O trabalho vem a você Nesse tipo de plataforma, os clientes estão realmente interessados em buscar profissionais para resolver seus problemas. Dessa forma, teoricamente, as relações são mais objetivas. Uma vez que as páginas oferecem uma boa diversidade de tarefas diárias e para diversos segmentos, os freelas podem escolher projetos com as quais têm mais afinidade, experiência e capacidade de execução. Contato direto com clientes Geralmente, as pessoas e empresas que buscam serviços em plataformas freelancer demandam trabalhos bem pontuais. Com isso, eles buscam que o contato estabelecido seja rápido. Mas, em alguns casos, a relação pode ser duradoura e gerar muitos frutos para ambas as partes. Isso é muito importante porque você realmente se conecta com contratantes efetivamente interessados nos conhecimentos e nas habilidades de um freela. Possibilidade de o freela se destacar Quase todas as plataformas qualificam seus usuários por meio de pontuações ou estrelas. Esse tipo de qualificação, naturalmente, acaba destacando perfis com boas avaliações. Dessa forma, o bom profissional passa a receber mais convites pelo fato de estar bem posicionado no ranking. Isso é excelente para quem é realmente comprometido e que entrega serviços de qualidade. Bom suporte técnico As plataformas costumam oferecer um ótimo suporte técnico em caso de dificuldades, dúvidas ou problemas. Os profissionais dessas empresas estão bem preparados para resolver quaisquer problemas que os freelas possam ter em meio ao desenvolvimento dos seus projetos. Pagamentos com segurança De uma forma geral, as plataformas atuam como mediadoras das questões comerciais entre clientes e profissionais freelancers. Com isso, elas asseguram que os pagamentos sejam feitos de forma efetiva. Por conta dessa situação, o profissional freelancer pode trabalhar de maneira tranquila, com a certeza de que o projeto será devidamente pago.Agora que destacamos algumas vantagens, também é importante que falemos das desvantagens. Acompanhe! Desvantagens da plataforma freelancer Leilões As plataformas, comumente, contam com muita concorrência e isso faz com que muitos profissionais se candidatem aos jobs. A consequência dessa situação acarreta em leilões, que são praticamente inevitáveis. Infelizmente, muitos clientes ficam preocupados somente com a oferta e não com a qualificação dos prestadores de serviço.Nesse contexto, existe a possibilidade de o profissional freelancer se tornar refém de um leilão em que muitas vezes quem ganha não é aquele prestador de serviços com mais qualificação, mas sim quem oferece o menor preço. Trabalhos com valores abaixo do mercado Nesses sites, não é raro encontrar profissionais, que por falta de opção ou bom senso, oferecem seus serviços a valores muito abaixo daqueles praticados no mercado. Isso também contribui para que as plataformas se transformem em um local de leilões.Vale lembrar que esse tipo de prestador de serviço ignora questões como o custo da formação profissional, o tempo investido em um trabalho e o tempo de experiência de um profissional, que podem impactar no preço final de um job. Comissões Algumas plataformas contam com taxas para cada trabalho desenvolvido por um freelancer. Algumas podem cobrar até 20% sobre o valor final do projeto, o que acaba obrigado o freela a aumentar o valor da sua proposta. Vale lembrar ainda que alguns sites cobram uma taxa mensal para planos premium e acabam taxando todos os projetos efetivados na plataforma. Risco de comodismo Esse ponto não é culpa das plataformas ou dos profissionais que vendem seus trabalhos por um valor muito abaixo daquele praticado no mercado. A verdade é que, para alguns freelas, a experiência com as plataformas pode ser tão boa a ponto de eles entrarem em uma zona de conforto.Não é que todo mundo tem ou queira alçar um voo mais alto, mas esse é um risco que se corre, pois as plataformas podem induzir o profissional a pensar que não existem possibilidades além daquelas encontradas nos sites. Falta de comunicação Algumas plataformas podem limitar a comunicação entre clientes e profissionais. Não é raro, inclusive, que haja censura para evitar a troca de dados comerciais.Esse é um ponto bastante polêmico e delicado. Afinal, de um lado a plataforma tem todo direito de estabelecer suas regras. Por outro lado, não parece justo que existam limites na comunicação entre pessoas que queiram firmar uma parceria.Agora que falamos das principais vantagens e desvantagens de fazer parte de uma plataforma freelancer, vamos mostrar alguns sites para trabalhar de forma autônoma. Acompanhe! 99 freelas O 99 freelas é um site bem conhecido na área e conta com oportunidades para profissionais que atuam em diversos segmentos. A maior parte dos trabalhos são para profissionais que atuam como redator, designer, desenhista, editor, tradutor e programador, mas também existem jobs para outros tipos de profissão.Após realizar o cadastro, o profissional precisa ficar atento às vagas que são oferecidas. Quem conta com perfil premium, que é pago, recebe as vagas em primeira mão. Em seguida, as oportunidades são abertas para todos que estão cadastrados na plataforma. Dessa maneira, o freelancer pode mandar uma oferta para o possível contratante.O profissional informa quanto vai cobrar e o seu prazo de entrega. Neste momento, aparece para o candidato um valor médio de quanto os demais concorrentes estão cobrando pela tarefa. Dessa forma, você cobra o valor que achar mais justo. Caso o negócio seja fechado, o site fica com 10% do projeto. Crowd A Crowd é uma plataforma de freelancer que oferece trabalhos em áreas como redação, tradução, planejamento, design, áudio, vídeo, fotografia, conteúdo, performance e tecnologia. No caso desse site, somente empresas com CNPJ podem contratar freelancers e elas pagam para ter um cadastro.Com isso, o sistema ganha credibilidade porque as empresas contratantes realmente querem ter um profissional de qualidade e não apenas alguém que oferece serviços com valor baixo. Dessa maneira, quando uma vaga é aberta, as empresas analisam as habilidades e as experiências dos candidatos e, quando acham o profissional adequado, fazem contato para fazer um orçamento. Upwork Para realizar trabalhos freelancers na Upwork, é imprescindível que o freelancer tenha total domínio inglês. Todos os trabalhos são realizados nesse idioma e o lado bom é que os pagamentos são feitos em dólar. As áreas de atuação oferecidas nesse site, por sua vez, são: desenvolvimento web, mobile, software, suporte administrativo, design, criatividade, produção de conteúdo, vendas, marketing, engenharia, arquitetura, jurídico, tradução, entre outras.Após realizar o cadastro e encontrar um trabalho de seu interesse, o freelancer entra em contato com o contratante e envia sua proposta. Como o Upwork trabalha com sistema de conexões, o trabalhador consegue um número limitado de contatos por mês. É importante destacar que, nos primeiros 500 dólares, o profissional paga para a plataforma uma taxa de 20% em cima do que recebe. Freelancer.com O freelancer.com é uma das plataformas mais conhecidas do mundo. Embora seja internacional, tem uma versão totalmente disponível em português. Trata-se de uma alternativa confiável para quem busca realizar trabalhos online, apesar de a concorrência ser muito alta.Um dos pontos negativos é que, na versão gratuita, os freelancers podem pegar até oito trabalhos por mês. Além disso, o autônomo começa pagando uma taxa de 10% em cima daquilo que faturar. Os tipos de trabalho são bastante variados e é possível pegar jobs em diversas áreas. Workana A Workana é mais uma plataforma que oferece jobs para freelancers em áreas como desenho, multimídia, tradução, conteúdo, criação de vídeo, marketing digital, consultoria de negócios, entre outras. O site tem um sistema que ajuda o freela a registrar suas tarefas e que serve para o cliente acompanhar o tempo de trabalho dedicado aos jobs.Toda comunicação é feita por meio da plataforma e é proibido o fornecimento de contato com o cliente. O site conta com o sistema de avaliação em que os contratantes de determinado serviço podem avaliar e qualificar os melhores profissionais por meio de algumas determinadas categorias.Os pagamentos são depositados pelo cliente após a aprovação da proposta e liberado para o freelancer após a conclusão dos Jobs. A comissão da plataforma varia de 12% a 15%. We Do Logos A plataforma We do Logos é voltada para o universo do design gráfico. Atualmente, mais de 75.000 designers fazem parte do site. Os freelas são contratados para serviços como criação de cartão de visitas, banners, logomarcas e outros tipos de materiais gráficos. É possível que o freela pegue um pacote de serviços ou então ele pode assumir demandas mais pontuais. Rock Content A Rock Content oferece inúmeras oportunidades de trabalho para produtores de conteúdo. O site conta com uma estrutura completa para o autônomo encontrar clientes, gerenciar pagamentos e receber estatísticas minuciosas em relação ao seu desempenho.Os freelas conseguem encontrar trabalhos de forma fácil sem se preocupar em realizar cobrança. Todos os dias, mais de 400 tarefas são criadas na plataforma cujos pagamentos variam de R$ 5 a R$ 700.Entre as atividades desempenhadas pelos freelas, podemos destacar as seguintes funções:redação: o freelancer tem a possibilidade de escrever em mais de 40 categorias, em assuntos como marketing, vendas, atendimento, tecnologia, saúde, esportes, economia e muitas outras áreas; revisão de textos: todos os conteúdos da plataforma passam por uma revisão completa, que inclui particularidade como correção gramatical, escaneabilidade, SEO, meta-descrição, etc; planejador de conteúdo: os freelancers da Rock Content também produzem inúmeras pautas, nas mais diversas áreas, para serem enviadas para os redatores; designer: ainda é possível diagramar e-books para alguns dos milhares de clientes da empresa.Apostar em uma plataforma freelance é, sem dúvidas, um ponto a favor do sucesso da sua carreira. Mesmo com algumas desvantagens, é possível encontrar excelentes oportunidades para se destacar no mercado.Sabemos que nos dias atuais está cada vez mais fácil conseguir jobs para uma renda extra ou até mesmo para viver como freelancer. Mas, como dissemos, não é uma carreira fácil. Exige muita dedicação, disciplina e comprometimento.De qualquer forma, independentemente se você trabalha com produção de conteúdo, tradução, serviços administrativos ou outras áreas, é totalmente possível encontrar serviços para você ganhar experiência, dinheiro e se desenvolver como freela.Com essas dicas, esperamos que você esteja mais preparado para escolher o site que está mais alinhado com seus projetos, as suas habilidades e os seus objetivos. Seja muito criterioso com relação à plataforma escolhida. Não atire para todo lado e opte por uma ou no máximo duas que façam mais sentido para o seu perfil.Você já utilizou algumas dessas plataformas para encontrar trabalho como freelancer? E o que acha de se tornar um freela da Rock? Clique aqui e saiba todos os detalhes para concretizar essa ideia.

Posts populares com esse assunto