Como criar um planejamento de conteúdo em vídeo sem furos

Como criar um planejamento de conteúdo em vídeo sem furos

Aprenda a criar um planejamento de conteúdo em vídeo, com um material bem produzido, que será capaz de engajar seu público e converter novos leads.

O vídeo marketing está com tudo quando o assunto é ferramenta para turbinar suas estratégias digitais. Mas como para qualquer outro formato de conteúdo, para ter sucesso, é preciso planejar.

Por isso, neste artigo, você vai aprender a criar um planejamento de conteúdo em vídeo, com um material bem produzido, que será capaz de engajar seu público e converter novos leads. Vamos lá?

Por que se preocupar em ter um planejamento de conteúdo em vídeo?

Trabalhar com vídeos, ainda que instintivamente, já é uma realidade para a maioria das empresas que apostam no marketing digital. Redes sociais como Snapchat e Instagram facilitaram, e muito, a abertura desse universo.

E o sucesso dessa ferramenta não veio ao acaso. Sua capacidade de atrair e engajar o público é imbatível frente à outros formatos de conteúdo, E se você está se perguntando se todo esse poder pode ir além de diversão, a resposta é sim e os números não negam!

Uma pesquisa divulgada pela Video Brewery mostra que 90% dos usuários disseram que o vídeo é útil para tomar decisões de compra. Já uma pesquisa da Forbes mostrou que 75% dos executivos entrevistados assistem pelo menos uma vez por semana vídeos relacionados ao trabalho.

Com dados tão interessantes para qualquer empresa, já deu para notar que para dar o play nesta estratégia, é preciso de um planejamento minucioso. Afinal, quando o assunto é marketing digital, não queremos (e não podemos) jogar tempo e dinheiro fora, não é mesmo?

Além do mais, sua audiência sempre espera o melhor da sua empresa!

6 passos para um planejamento redondo

Vamos começar a montar seu planejamento de conteúdo em vídeo? Confira abaixo os pontos-chave para um planejamento redondo e completo. Eles te ajudarão não só a programar o calendário dos vídeos, mas também o conteúdo em si.

1. Mapeie seus objetivos de forma clara

Toda estratégia de marketing de conteúdo deve ter objetivos claros, e com vídeos não é diferente. Os objetivos podem ser vários, como atração e conversão de novos leads, por exemplo.

Seja qual for o objetivo dos vídeos dentro da sua estratégia de marketing, eles devem estar bem claros e mapeados para todos os envolvidos. Eles serão como um termômetro para a mensuração de resultados.

Também ajudarão a definir as suas metas. Assim como na organização de um calendário de ações.

Com tudo isto em mãos, será bem mais fácil mensurar os resultados dos vídeos, sejam eles positivos ou negativos.

2. Pense na audiência antes mesmo de pensar no conteúdo

O segredo para os vídeos converterem estará na linguagem empregadas neles. Quanto mais próximo o conteúdo for do seu público, mais assertivo será.

Para seu planejamento de conteúdo em vídeo ter os resultados esperados, é preciso entender a sua audiência, e principalmente, entender a sua persona.

Também é essencial ir além e entender o comportamento da sua persona nos canais que você irá usar para divulgar os conteúdos. Por exemplo: Quais são as plataformas que eles costumam assistir vídeos? Qual a média de tempo dos vídeos mais assistidos por eles?

Para ter estas respostas, pesquise bastante sobre seu público, antes de partir para a gravação do vídeo.

Fique atento também ao que seus concorrentes estão fazendo. Conhecer seu público será a diferença entre um vídeo que converte e um que será facilmente esquecido.

3. Faça um brainstorming com todos os envolvidos

Depois de entender a sua audiência, é hora de buscar ideias para a criação do conteúdo dos vídeos. Reúna seu time criativo e faça um brainstorming com eles, seguindo algumas dicas para o resultado ser o melhor possível, tais quais:

  • Garanta que a reunião seja a mais confortável possível, onde todos os participantes tenham espaço para falar, sentindo-se seguros. E nunca critique as ideias propostas;
  • Defina o tempo de duração do brainstorming;
  • Os tópicos a serem discutidos precisam estar bem claros para todos;
  • Anote todas as ideias da reunião, selecionando as melhores no final.

Para o processo não se tornar difícil e arrastado, inclua um participante com papel de facilitador.. Ele será o responsável por anotar todas as ideias e separar quais podem ser executadas.

Com as ideias no papel, é hora de começar a colocá-las em prática.

4. Defina os tipos de vídeos que você irá criar

Existem diversos tipos de vídeos que podem se encaixar no seu planejamento de conteúdo em vídeo. Estes podem ser vídeos informativos, com resenhas de determinados produtos ou serviços, com cunho humorístico, vídeo aula, entre outros.

Então, como definir os tipos de vídeos que serão criados? Isto depende de dois fatores.

O primeiro é reforçar o objetivo que o vídeo terá. Por exemplo, se o objetivo do vídeo é atrair mais leads, um vídeo tutorial pode ser uma boa pedida. Caso seja para converter leads, webinars e vídeo cases são a escolha certa.

Segundo ponto, é sempre importante frisar que o vídeo deve estar encaixado dentro do funil de vendas da empresa. Você pode criar o vídeo de produto mais bem produzido do mundo, com uma demonstração matadora, mas ele não terá o resultado esperado se a audiência não conheça sua marca.

5. Crie um cronograma de gravação e postagem

Todo planejamento precisa de um cronograma bem feito. Com conteúdo em vídeos, não é diferente. Por isto, antes de partir para a gravação, defina com a equipe quando, onde e como os vídeos serão lançados.

A gravação de vídeos é uma tarefa multidisciplinar e, sem o cronograma, tornará um trabalho mais difícil do que já é. Ter um calendário, com todas as tarefas e prazos é um item obrigatório.

O seu cronograma de gravação deve ter informações como: tema do vídeo, data da entrega do roteiro do vídeo, início e fim da edição, data de entrega e quando será postado. Deve ter o dia, hora e de preferência, a duração de cada etapa.

Algumas informações podem até parecer desnecessárias, mas acredite, este cronograma minucioso dará a noção exata para você e toda equipe sobre o andamento do trabalho. Além disso, será essencial para o processo não se enrole e vá por água abaixo.

6. Acompanhe os números de perto

Após a produção e planejamento de postagem dos vídeos, é hora de acompanhar os números de perto. Estes números irão indicar o que deu certo no planejamento e o que deve ser ajustado.

Alguns exemplos de números  importante acompanhar são:

  • Visualizações;
  • Taxa de play dados no vídeo;
  • Quanto tempo a pessoa permaneceu no vídeo (retenção);
  • Quantas pessoas concluíram a ação proposta no final.

Com estes números e o objetivo bem definido, toda esta estratégia fará ainda mais sentido. Os resultados irão mostrar qual caminho seguir e, mesmo que os resultados sejam inicialmente negativos, não desanime, faça as melhorias necessárias e siga em frente.

2 dicas valiosas na hora de planejar

No seu planejamento de conteúdo em vídeo, as dicas a seguir irão ajudar os resultados a serem os mais positivos.

Mais do que planejar todas as etapas da produção dos vídeos, é necessário fazer que a sua marca seja reconhecida. Para isso, anote os pontos abaixo para não esquecer!

Estude as redes sociais que você irá usar

Atualmente, os principais canais de divulgação de conteúdo são as redes sociais e isto não é mais segredo para ninguém. Mas, para atingir a audiência certa, é necessário estudar quais redes sociais devem ser utilizadas.

Escolhendo as redes certas, você terá mais chance de se aproximar e comunicar-se diretamente com a sua audiência.

Quando se trata de vídeos, logo pensamos no YouTube e no Instagram. Afinal, estas são as plataformas mais utilizadas pelas empresas, em seu planejamento de conteúdo em vídeo. E, claro, elas não devem ser ignoradas.

Mas sua audiência pode estar no Facebook ou no LinkedIn, por exemplo. Por isto, é essencial conhecer seus hábitos, como já explicamos antes.

Cada rede social possui tipos de vídeos que surtem mais efeito. Além disso, as redes sociais dão vários insights interessantes. Para atingir sua audiência, é preciso contar com alguns dados, como o horário onde o seu público é mais ativo.

Esses dados são fornecidos também pelo Google Analytics, que mostra também o comportamento do usuário, como seus interesses.

Conhecer as métricas de análise em redes sociais e do Analytics dará uma visão privilegiada sobre o comportamento da sua audiência.

Transforme os feedbacks da sua audiência em novos conteúdos

Os feedbacks da sua audiência serão essenciais para você saber quais tipos de vídeos deve produzir. A sua empresa deve ter o cuidado de colher todos os comentários dos usuários, dando respostas rápidas e estimulando a participação destes.

Até mesmo os feedbacks negativos devem ser levados em consideração. O usuário pode achar que o conteúdo do vídeo não explicou direito sobre o assunto, e assim, você pode aproveitar e fazer outro vídeo para aprofundar o conteúdo.

Escute seus clientes e os torne ainda mais próximos da sua empresa. Unindo essas duas dicas com o planejamento de conteúdo em vídeo completo, transforme a estratégia de marketing da sua empresa.

Nota do editor:
Para aprender mais sobre planejamento de conteúdo, não apenas em vídeo, confira nosso webinar Planejamento de conteúdo passo a passo e aprenda como planejar todo o seu calendário editorial.

Planejamento de conteúdo passo a passo

Conteúdo produzido em parceria com a VidMonsters.