Por Samanta Jovana

Redatora da Comunidade Rock Content.

Publicado em 26/05/2018. | Atualizado em 09/01/2019


Para fazer um trabalho acadêmico relevante é preciso investir em pesquisa bibliográfica.

Ao contrário do que imaginamos, as referências contidas ao final de um Trabalho de Conclusão de Curso ou artigo científico são, geralmente, o ponto de partida desses materiais. É determinante para o método científico encontrar fontes de conhecimento que sejam, ao mesmo tempo, relevantes para uma pauta e apropriadas para embasar o ineditismo de uma pesquisa.

Entretanto, encontrar referências bibliográficas não é uma tarefa muito fácil. Sem a orientação certa você poderá cair na armadilha de citar em seu trabalho pesquisadores que não contemplam o tema com originalidade ou até matérias de jornal defasadas.

Por isso preparamos um passo a passo para que um estudioso iniciante consiga se orientar pela pesquisa bibliográfica e arrasar na confecção de seu trabalho acadêmico.

Use esse guia tantas vezes quanto for necessário e consulte-o também para entender a notação mais adequada para a pesquisa bibliográfica.

1. Utilize o Google Books

O Google é a principal ferramenta utilizada por nós para pesquisar sobre os mais variados temas, não é mesmo? Mas e se eu lhe dissesse que há um Google específico para quem precisa encontrar trechos de livros e citações precisas?

O Google Books é parte das iniciativas acadêmicas do buscador. Nele você pode consultar trechos literários das mais diversas obras e encontrar, com precisão, as referências para incluir na sua pesquisa bibliográfica.

Com um trecho, o nome de um autor ou de uma obra dá para achar exatamente o que você está procurando e até identificar quais livros precisarão ser adquiridos para concluir sua pesquisa. Entre na página do Google Books e experimente!

2. Busque notícias sobre o assunto

Uma maneira de enriquecer as suas fontes de pesquisa é buscar pelos materiais mais atuais sobre um determinado tema. É comum que durante a composição de um artigo acadêmico precisemos incluir informações factuais sobre um aspecto do trabalho e não há lugar melhor para encontrá-las do que nas páginas de jornal.

Certifique-se, porém, de que tratam-se de veículos de ampla circulação e que as informações contidas ali podem ser verificadas de outra forma. Nesse sentido, buscar dados em agências governamentais e páginas como a do IBGE pode ajudá-lo a validar sua pesquisa.

3. Concentre-se em um autor

É impossível fazer um trabalho acadêmico completamente inédito porque todos eles precisam ser baseados nas descobertas feitas por pesquisadores anteriores a nós. Exatamente por isso firmar o seu trabalho nas conclusões de um outro autor que aborda o mesmo tema pode ser uma boa ideia.

Livros e publicações científicas estão cheios de referências que podem ser fundamentais para expandir o tema da sua pesquisa e tratam-se de ótimos lugares para conhecer outros teóricos importantes.

Em geral, quando um pesquisador se concentra em determinada área do conhecimento ele faz várias publicações dentro dela. Consultar o Currículo Lattes desse profissional ou pesquisar na internet pelo nome dele o ajudará a determinar outros materiais para completar sua pesquisa bibliográfica.

4. Diversifique suas fontes de pesquisa

A pesquisa acadêmica geralmente envolve temas complexos e tentar fazê-la com apenas um tipo de referência bibliográfica é o jeito mais fácil de entrar em uma cilada. No passado tínhamos apenas livros, jornais, revistas e periódicos para consultar ao realizar um TCC ou dissertação. Entretanto, hoje é possível encontrar na internet informações das mais variadas fontes e elas podem enriquecer consideravelmente sua produção acadêmica.

A ABNT define normas para a inclusão de todo tipo de mídia no trabalho de pesquisa. Vídeos no YouTube e páginas da internet são ótimas fontes para quem está pesquisando temas em mídias digitais, por exemplo, e não devem ser preteridas apenas por se tratarem de conteúdo multimídia.

Todavia, é importante aprender a fazer a notação correta desses tipos de materiais. Confira abaixo como incluí-las em sua pesquisa bibliográfica.

Livros:

QUEIRÓZ, E. O Primo Basílio: 25. ed. Rio de Janeiro: Ediouro, 1878

Sites:

10 MÉTODOS PARA UM NETWORKING INCOMPARÁVEL COMO REDATOR. COMUNIDADE ROCK CONTENT. Disponível em: <http://comunidade.rockcontent.com/como-o-networking-vai-te-ajudar-ser-um-redator-de-sucesso/>. Acesso em: 02 mai. 2018.

Revista:

AUTOR DO ARTIGO. Título do artigo. Título da Revista, (abreviado ou não) Local de Publicação, Número do Volume, Número do Fascículo, Páginas inicial-final, mês e ano.

Filme:

TÍTULO do Filme. Indicação de responsabilidade. Outras indicações de responsabilidade. Local: Produtora, ano. Duração em minutos, sistema de reprodução, indicação de som (legenda ou dublagem), indicação de cor, largura em milímetros.

Vídeo:

TÍTULO do vídeo. Indicação de responsabilidade. Outras indicações de responsabilidade. Local: Produtora, ano. Duração em minutos. Disponível em: “link”. Acesso em: fevereiro de 2018.

5. Consulte trabalhos anteriores sobre o tema

Outros trabalhos de conclusão de curso, dissertações e teses são uma excelente oportunidade de encontrar referências. Eles geralmente se baseiam em teóricos com propostas similares aqueles selecionados para a sua pesquisa e podem orientá-lo na direção certa.

Consulte na biblioteca da sua universidade os trabalhos disponíveis sobre a área do conhecimento em que você optou por concentrar-se e verifique o conteúdo deles para achar publicações do seu interesse.

6. Anote todas as referências em um só lugar

Para que corra tudo bem na pesquisa é imprescindível conduzí-la com organização. Por isso, sempre que entrar em contato com um material novo que possa ser útil para a conclusão dela anote essas informações em um só lugar. Você pode utilizar ferramentas como o OneDrive ou o Google Drive para ter acesso a um documento em qualquer um de seus dispositivos móveis e concentrar ali as informações relevantes para a sua pesquisa.

Lembre-se de sempre anotar o nome do autor, da obra, o ano da publicação e a página em que você encontrou uma citação. Identifique-a com as primeiras e as últimas palavras da frase se não puder copiar seu texto integralmente e, caso esteja no celular, tire uma foto do conteúdo que lhe atraiu para aquele material e anexe-a. Tudo isso o ajudará a compilar a pesquisa bibliográfica com facilidade ao final do seu trabalho.

7. Conte com seu orientador

Ainda está perdido e não sabe onde encontrar as referências certas para um determinado trabalho? Conte com o seu orientador. Ele é a pessoa mais recomendada para levantar livros, revistas e páginas que possam ser interessantes para a sua pesquisa.

Por mais que um orientador não possa definir todo o arsenal teórico a ser utilizado em uma pesquisa ele pode, pelo menos, determinar fontes confiáveis para a pesquisa. Isso será o suficiente para que, com auxílio das demais dicas contidas neste guia, você encontre o que procura.

Fazer pesquisa bibliográfica não precisa ser um bicho de sete cabeças. Com este material você conseguirá encontrar as fontes de conhecimento mais adequadas para o seu artigo em todas as ocasiões.

Gostou do que viu por aqui? Confira agora mesmo outras dicas e entenda como é possível conciliar a rotina de trabalho e vida de estudante!

Posts populares com esse assunto