Por Marina Kan Mei

Produtora Editorial.

Publicado em 08/11/2018. | Atualizado em 11/09/2019


Originalidade e relevância são grandes diferenciais do conteúdo com entrevista. Quer saber como elaborar perguntas adequadas para obter informações interessantes e únicas em uma entrevista? Confira!

Com a alta competitividade para ranqueamento nos mecanismos de busca, é essencial que o conteúdo seja relevante e original para conquistar as primeiras posições. Pensando nisso, o conteúdo com entrevista, voltado para atender demandas complexas e específicas, é uma ótima solução.

A partir de uma entrevista com um especialista sobre o assunto, são coletadas informações aprofundadas, baseadas nos próprios conhecimentos e experiências da fonte. Com isso, o texto é dotado de credibilidade, contribuindo com a autoridade do blog.

Mas como é possível garantir a obtenção de dados originais e completos de um entrevistado? Para isso, é imprescindível construir perguntas interessantes e adequadas para a condução da entrevista, que possibilitem extrair insumos que sirvam de base para a produção de um conteúdo de qualidade.

Quer conhecer as principais dicas para preparar questões relevantes para uma entrevista? Continue lendo!

Construindo o questionário

Um questionário bem estruturado é fundamental para conduzir uma entrevista efetiva, capaz de extrair informações que sejam, de fato, relevantes para o leitor. Essa etapa da construção do conteúdo é responsável por entender a dor da persona e buscar as melhores respostas. Por isso, é preciso seguir alguns passos essenciais.

Pesquise bastante sobre o assunto

Antes de tudo, é preciso buscar entender melhor o tema. Procure blog posts, vídeos, notícias, pesquisas e estudos científicos, de modo a compreender o máximo possível sobre o assunto. Essas referências iniciais serão a base para a criação das perguntas.

Se você preparar questões sem conhecer o tema, abordará conceitos muito básicos e superficiais. Tendo uma noção aprofundada da pauta, é possível criar perguntas mais inteligentes para a entrevista.

Também é importante conhecer o negócio da empresa para compreender como a pauta se encaixa na estratégia como um todo. Entre no blog corporativo e leia os artigos anteriores — isso é fundamental para que você enxergue a importância do conteúdo para os objetivos do negócio.

Introduza o contexto do tema

A partir das informações coletadas na etapa de pesquisa, faça uma introdução sobre o assunto de forma breve e didática. Registre os conceitos e dados mais importantes, além de tópicos interessantes de estudos e notícias recentes.

Assim, é feito um panorama do tema, sendo possível identificar os principais pontos que devem ser compreendidos e abordados na entrevista. Esse contexto é útil para que você mantenha em mente os aspectos mais relevantes na hora de preparar o questionário.

Garanta a coerência das questões

As perguntas devem ser construídas levando em consideração o contexto do tema, para garantir a sua relevância. Elas devem fazer sentido tanto para o entrevistado, que é um especialista no assunto; quanto para a persona, que ainda está buscando saber mais sobre o tema.

Além disso, para assegurar a originalidade do conteúdo, é preciso elaborar questões que não sejam respondidas pelo Google. Por isso, crie perguntas inteligentes e aprofundadas, que permitam extrair informações únicas e interessantes na entrevista, indo além do que foi encontrado nas pesquisas iniciais.

Adapte as perguntas à estratégia

Para garantir que o conteúdo final esteja alinhado à estratégia do negócio, é fundamental verificar se as questões estão adequadas à pauta, à persona e ao estágio do funil determinados. As respostas obtidas a partir do questionário devem fazer sentido para o objetivo do conteúdo, sendo úteis para a persona no momento certo.

Independentemente do estágio do funil, as perguntas devem contextualizar o assunto trazendo a dor da persona, direcionando o propósito da estratégia e, por fim, apresentando uma resposta à dúvida que o leitor busca no material.

Adote uma abordagem aprofundada

As questões devem levar o entrevistado a falar o máximo possível sobre o assunto, aprofundando-se na pauta. Para isso, a construção de perguntas abertas, que façam com que a fonte responda além de “sim” ou “não”, é imprescindível.

Leve em consideração que algumas fontes podem ter o costume de explicar certos pontos de forma mais curta e direta. Para contornar essa situação e garantir uma abordagem mais completa, retome as pesquisas e o contexto do tema, identificando os tópicos que podem render mais insumos.

A partir disso, invista em perguntas mais amplas, que abram espaço para a discussão desses diferentes aspectos, de forma a responder as dúvidas da persona. O objetivo é sempre obter informações relevantes e completas, independentemente do perfil do entrevistado.

Para garantir a profundidade das questões e abordar a experiência do especialista, uma boa prática é abordar perguntas que exploram dados e pesquisas. Por isso, entenda quais informações podem ser extraídas a partir da pauta apresentada.

Explore questões práticas

O entrevistado é uma autoridade no assunto. Ao incentivar que ele fale sobre suas próprias experiências com o tema, é oferecida uma visão diferenciada, que pode levar a ótimos insights para o conteúdo final. Por isso, faça perguntas sobre as vivências e percepções da fonte, pedindo exemplos quando necessário.

Um dos grandes diferenciais do conteúdo com entrevista é a sua originalidade, em função das informações únicas providas pelo entrevistado. As perguntas mais práticas são essenciais para garantir a obtenção desses dados, aprofundando-se ainda mais na pauta.

Entendendo na prática

Para exemplificar o processo de construção de um questionário para entrevista, vamos considerar uma fintech de crédito, cuja persona é Fernando, de 35 anos: um funcionário de empresa privada, afundado em dívidas e com difícil acesso a empréstimos. Sem conhecimentos financeiros, seu grande objetivo é se livrar das dívidas e juntar dinheiro para alcançar seu sonho de fazer uma pós-graduação.

A partir das dores da persona, vamos produzir uma pauta de meio de funil, sobre como as fintechs estão revolucionando o mercado financeiro. Após bastante pesquisa sobre o tema, chegamos no contexto do assunto.

Contexto

Fintechs são startups que oferecem serviços financeiros inovadores, por meio do foco na tecnologia para a otimização dos processos. Os serviços mais comuns oferecidos são conta bancária digital, cartão de crédito, empréstimos, investimentos, pagamentos e gestão financeira. Com custos operacionais menores em relação aos bancos tradicionais, as fintechs se destacam pela falta de burocracia e pela agilidade de seus processos.

Anteriormente, só podiam funcionar com a intermediação de um banco ou financeira. Contudo, em abril de 2019, o Banco Central publicou três resoluções que mudaram a regulamentação das fintechs. Segundo relatório do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), de janeiro de 2019, o Brasil tem o maior número de fintechs da América Latina, mostrando o crescimento das empresas no país. Alguns exemplos de fintechs brasileiras de relevância são Nubank, PicPay, Neon e QuintoAndar.

Levando em consideração as pesquisas e o contexto sobre o tema, além da estratégia da empresa, foi elaborado o questionário.

Questionário

  1. O que caracteriza uma fintech?
  2. Como se deu o surgimento das fintechs no mercado brasileiro?
  3. Quais são as vantagens de uma fintech em relação aos bancos tradicionais?
  4. Como é o mercado nacional de fintechs? Na sua percepção, qual é a perspectiva desse mercado para os próximos anos?
  5. Como é a nova regulamentação do Banco Central para fintechs?
  6. Qual tem sido o impacto das fintechs no mercado financeiro?

Perceba que as perguntas exploram bem a pauta, aprofundando-se nos dados iniciais coletados e dando abertura para o entrevistado — que é um especialista da área financeira — trazer dados e percepções próprias acerca do assunto.

Como podemos ver, é fundamental se preparar para construir questões relevantes para uma entrevista. Deve-se pesquisar bastante e se atentar à abordagem, sempre pensando na estratégia do negócio. Essas boas práticas levam a informações interessantes e úteis para a produção de um conteúdo final valioso, com qualidade e credibilidade.

Ficou interessado pelo processo de construção de perguntas para entrevista? Candidate-se para ser freelancer de preparação de questionário da Rock Content!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *