Por Mariana González

redatora e revisora freelancer na Rock Content, crítica de cinema e apaixonada por histórias em todas as suas formas.

Publicado em 19/10/2017. | Atualizado em 25/10/2017


"Olé! Maracujá, caju, caramelo!" essa frase faz sentido para você? Se não, tente lê-la de trás para frente.

Um ovo é sempre um ovo, mesmo que você leia a palavra da direita para a esquerda, e não da esquerda para a direita.

Esse é um dos primeiros palíndromos que descobrimos, muito antes de aprendermos que há um nome para definir essas palavras e frases que se mantêm idênticas mesmo quando lidas na ordem inversa.

O que é palíndromo?

O termo palíndromo vem do grego palin, “de novo”, e dromo, “percurso”, “circuito”, ou seja, um caminho percorrido novamente. Assim como outros elementos da língua portuguesa, os palíndromos podem ser utilizados por escritores e redatores talentosos para causar determinadas sensações no leitor.

Usá-los excessivamente pode ser incômodo, mas se você acertar na dose, conseguirá trazer diversão e irreverência para seu conteúdo. Isso porque eles se tornaram fonte de entretenimento e até mesmo de exercício lógico para quem gosta de brincar com o português e descobrir coisas novas dentro da nossa língua.

O fascínio também vem do fato de que somos atraídos pela simetria — e, nesse sentido, os palíndromos são a máxima perfeição do idioma.

Mas o português tem uma desvantagem: como a maioria de nossas palavras termina em vogais ou com as consonantes L, M, R ou S, o número de palíndromos torna-se reduzido. Em inglês, por exemplo, há termos que terminam com todas as letras do alfabeto.

Mesmo assim, há pessoas que adoram dedicar horas e horas do dia a tentar inventar alguns novos. E você, quantos palíndromos conhece? Acompanhe agora a lista que preparamos com os melhores da língua portuguesa e comece agora mesmo a utilizá-los na sua escrita!

As palavras

Quando elas aparecem no meio de outras palavras comuns, muitas vezes, nem percebemos que estamos diante de um palíndromo. Entretanto, se você empregá-las em série, por exemplo, pode conseguir um resultado bastante divertido.

Confira a seguir alguns dos exemplos mais usados no dia a dia de palavras que são palíndromos!

  • ala;
  • ama;
  • anã;
  • anilina;
  • arara;
  • ata;
  • ele;
  • esse;
  • mamam;
  • matam;
  • metem;
  • mirim;
  • oco;
  • omissíssimo — um palíndromo especial, pois é o mais longo do português;
  • osso;
  • ovo;
  • radar;
  • raiar;
  • ralar;
  • reger;
  • reler;
  • reter;
  • rever;
  • reviver;
  • rir;
  • rodador;
  • sacas;
  • saias;
  • salas;
  • socos;
  • sós.

As frases

As frases que formam palíndromos são a maior fonte de diversão de seus entusiastas. Afinal, tentar inventar algumas é um verdadeiro quebra-cabeça da língua portuguesa. Aqui, o que conta é o palíndromo em si, e não o sentido da frase — que, muitas vezes, pode soar estranha para quem não entende a brincadeira.

Então, conheça agora os mais impressionantes e divertidos palíndromos do nosso idioma! Ao ler as frases em ambos os sentidos, desconsidere acentuação, pontuação e espaçamentos — apenas as letras formam o palíndromo.

  • Roma me tem amor

Esse é o palíndromo mais antigo registrado em língua portuguesa. Ele apareceu em 1789 no primeiro dicionário publicado no Brasil, justamente como exemplo do verbete “palíndromo”.

  • Missa é assim;
  • Socorram-me, subi no ônibus em Marrocos!;
  • A mala nada na lama;
  • A grama é amarga.

Esses dois últimos são do ilustre Millôr Fernandes. Sim, escritores e frasistas famosos também são fascinados pelo palíndromo!

  • Rir, o breve verbo rir;
  • A cara rajada da jararaca;
  • Amar dá drama;
  • A sacada da casa;
  • O céu sueco;
  • Após a sopa;
  • Olé! Maracujá, caju, caramelo!;
  • Anotaram a data da maratona;
  • Lá vou eu em meu eu oval;
  • Ótimo, só eu, que os omito.

Como você talvez tenha percebido, esse é o único palíndromo que traz a palavra “que”, já que a letra Q não é tão utilizada na língua portuguesa. Assim, a frase é resultado de um desafio que nosso grande poeta Paulo Henriques Britto impôs a si mesmo.

  • Eva, asse essa ave!;
  • A torre da derrota;
  • O galo ama o lago;
  • O lobo ama o bolo;
  • A base do teto desaba;
  • O teu dueto;
  • Oh nossas luvas avulsas, sonho… ;
  • A dama admirou o rim da amada;
  • Laço bacana para panaca boçal;
  • Soluço-me sem óculos;
  • Até time demite, tá?;
  • Ajudem Edu já;
  • Até o poeta;
  • Eco: vejo hoje você;
  • Acata o danado… e o danado ataca!;
  • Marujos só juram;
  • Oi, rato otário!;
  • Ódio do doido
  • Arara rara;
  • Rosa esse corpo, processe a dor!.

Agora, vamos a algumas frases mais compridas, que exigiram um trabalho ainda maior para serem descobertos — e, portanto, são ainda mais incríveis. Olha só:

  • Seco de raiva, coloco no colo caviar e doces;
  • Amo Omã. Se Roma me tem amores, amo Omã!;
  • Me vê se a panela da moça é de aço, Madalena Paes, e vem;
  • Luza Rocelina, a namorada do Manuel, leu na moda da Romana: anil é cor azul;
  • O duplo pó do trote torpe de potro meu que morto pede protetor todo polpudo;
  • O romano acata amores a damas amadas e Roma ataca o namoro;
  •  Até Reagan sibarita tira bisnaga ereta.

O bizarro palíndromo envolvendo Ronald Reagan é de autoria de Chico Buarque. Ele foi escrito em 1986 ao lado de um pedido de desculpas pelo atraso de um texto para O Pasquim.

As curiosidades

Para encerrar o texto, trazemos duas curiosidades incríveis sobre o palíndromo.

Primeiro, você sabia que existe um palíndromo considerado perfeito? Isso acontece porque ele não pode ser lido apenas da esquerda para a direita e vice-versa, mas também de cima para baixo e de baixo para cima! Trata-se da frase em latim sator arepo tenet opera rotas, que pode ser traduzida como “o lavrador diligente conhece a rota do arado”. Veja o quadrado mágico formado por ela:

 S A T O R
A R E P O
T E N E T
O P E R A
R O T A S

A outra curiosidade é que números também podem ser palíndromos, mas eles recebem um nome próprio: capicuas. Alguns exemplos são 878, 1221, 15651, 865568 e 6321236.

E então, gostou de conhecer o fascinante mundo do palíndromo? Agora, você pode utilizá-los em seus textos e impressionar seus leitores ou até mesmo se aventurar na criação dos seus!

Como você viu, os palíndromos ignoram acentuação, pontuação e espaçamento, além de muitas vezes resultarem em frases que não fazem muito sentido.

Mas sabe o que não é aceitável em um palíndromo? Erros de português! Então, aproveite para conferir também nosso infográfico com os 102 erros mais comuns na língua portuguesa e aprenda de uma vez por todas a livrar-se deles!

Guia de Português e Gramática para Produção de Conteúdo Web

Posts populares com esse assunto