Por Matheus Pereira

Analista de Planejamento na Rock Content.

Publicado em 28/03/2018. | Atualizado em 05/09/2018


Se você quer convencer os seus leitores a praticar uma ação, é melhor começar a escolher as suas palavras.

Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

Criar empatia com a persona é uma das tarefas mais complicadas no desenvolvimento de um texto. Porém, quando treinamos a escrita com frequência, a situação fica mais fácil.

Mas como, exatamente, fazer isso?

O próprio português está aí para ajudar você! Com o uso de algumas palavras persuasivas, você conseguirá aproximar a relação com o leitor e deixar o texto mais leve, gostoso de ler e criativo.

Além disso, a persuasão é fundamental para que o leitor acredite no que você está falando e coloque suas dicas em prática. Assim, o texto cumpre seus objetivos.

Para ajuda nessa missão, este post traz diversos exemplos para que você aprenda como conquistar o seu público e o seu cliente. Você vai conhecer as palavras certas para convencer seu leitor e, em seguida, maneiras práticas de incluí-las nos seus conteúdos. Preparado? Então, continue a leitura!

As palavras certas para convencer seu leitor

1. Truque

No mundo do marketing digital, essa é uma das palavras mais utilizadas por redatores, revisores e planejadores de conteúdo. Incluir o termo “truque” no título de um post, por exemplo, deixa a persona mais propensa a clicar em seu artigo.

Vale mencionar, porém, que a sua atenção não é fisgada como em um passe de mágica. O poder dessa palavra é justificável porque ela dá a sensação de que uma dica muito importante está prestes a ser revelada.

Então, lembre-se de apresentar no texto o que foi prometido no título. Caso contrário, você perderá credibilidade e, provavelmente, o seu público.

2. Como fazer

Essas palavras indicam-nos uma dor ou um problema. Ao procurar por algo como “como escrever uma introdução” ou “como fazer uma conclusão”, o leitor revela de imediato que está com dificuldades para produzir artigos com qualidade.

Ao incluir as palavras “como fazer” no texto, conquistamos dois benefícios:

  • autoridade, por mostrarmos ao leitor que sabemos tirar as suas dúvidas;
  • audiência, porque temos a solução para os problemas da persona.

Para que o texto seja compreendido da melhor forma, você pode desenvolvê-lo em formato passo a passo, apresentando algumas técnicas e segredos para o seu público. Além de persuasivo, o conteúdo também ficará didático e claro, facilitando ainda mais a compreensão do leitor.

3. Agora

Não é difícil encontrar um Call To Action (CTA) com a palavra “agora”. Quando ela é incluída em uma frase, temos a ideia de temporalidade e urgência. Ou seja, algo está disponível naquele exato momento e, se o leitor não clicar, certamente perderá aquela informação.

Para muitas pessoas, não há palavra melhor para unir sentido de tempo e urgência!

4. Você

Quem não gosta de ser tratado com carinho e atenção? Em alguns momentos durante a nossa produção textual, é complicado mostrar afeto ao leitor. No entanto, com apenas alguns recursos, é possível deixar clara a sua importância para o desenvolvimento do blog.

Uma das formas mais legais de se aproximar do leitor é usando a combinação você/seu. Dessa forma, o seu público perceberá o seu esforço para manter um contato mais direto e pessoal. A persona imagina que recebeu uma mensagem única, pensada exatamente como ele imaginou.

5. Novo

Essa palavra pode ser utilizada para apresentar as últimas notícias do mercado da moda, do marketing, do esporte ou de outras áreas importantes. Ela tem grande repercussão, inclusive, na publicidade, pois remete a algo diferente, inovador e, sobretudo, melhor.

Especialmente em uma era na qual a tecnologia e o mercado evoluem e mudam a cada minuto, é importante para o leitor perceber que está recebendo informações que indicam novidades e tendências.

6. Dicas

Assim como acontece com a palavra “truque”, o vocábulo “dicas” representa uma informação de interesse para a persona. Aqui, o leitor pensa que encontrará uma série de orientações que facilitam suas tarefas diárias. Geralmente, esse tipo de termo é acompanhado por um número para atrair a atenção do leitor.

Quer ver alguns exemplos? Então, é só conferir estes posts do nosso blog:

7. Pare

Segundo Neil Patel, o guru do marketing digital, palavras negativas e quaisquer expressões que tornem o leitor inseguro sobre determinado tema trazem ótimos resultados para o seu conteúdo. Alguns exemplos são:

  • Não se esqueça;
  • Pare agora;
  • Ignore essas dicas.

Isso acontece por criar uma sensação de urgência e, também, por “interromper” o fluxo de leitura — de forma positiva! — e fazer com a persona reflita melhor sobre as informações passadas antes e logo depois desses termos negativos.

8. Grátis

Mesmo que a sua persona não goste da pauta de e-book que você desenvolveu, as chances de ela recusar esse material são mínimas — afinal, quem não gosta de conteúdos, ferramentas, templates e cursos gratuitos?

Quando estamos diante de algo de graça, nos arriscamos mais e nos mostramos mais abertos a experimentar ou consumir o que é sugerido. Essa palavra, portanto, é bastante atraente e promete conversões instantâneas.

9. Comprovado

Os usuários consomem notícias diariamente e não querem perder tempo com boatos ou adivinhações. Portanto, ofereça dados que sejam comprovados por fontes confiáveis.

Deixe esse termo destacado em seu texto ou no título, pois o leitor entenderá o quão valiosa é a informação. Além disso, sempre que possível, faça um hiperlink para o estudo ou fonte original. Dessa forma, caso o leitor deseje, poderá conferir o dado por si mesmo.

10. Segredos

Segredos estimulam um senso de dúvida e fazem com que as pessoas fiquem interessadas. Os mais ansiosos param qualquer atividade para ler o conteúdo que você acabou de divulgar.

Ao contrário do que muita gente imagina, é possível utilizar esse termo não só nos títulos dos seus posts, mas também no corpo do texto e, inclusive, no CTA.

Mas fique atento, pois segredos exigem cuidados semelhantes aos truques. Se você prometê-los ao leitor, não pode basear seu texto em informações que todo mundo minimamente interessado no assunto já conhece, não é mesmo? Certifique-se de que você realmente trouxe algo diferente para a sua persona.

11. Mais

Use essa palavra para mostrar ao leitor que o conteúdo não acabou. Assim, você consegue prender a atenção até o final do texto. Apresente mais ideias, conceitos e novidades.

Por exemplo: que tal conhecer mais palavras persuasivas da língua portuguesa? Então, continue acompanhando este artigo! A tática cria um fluxo contínuo de leitura, deixando o leitor mais engajado e atento mesmo diante de conteúdos mais longos.

12. Sim

O “sim” tem tanto poder diante das pessoas que virou até livro. Ele pode ser utilizado no texto quando você tem certeza da veracidade daquela informação, para proporcionar mais ênfase ao conteúdo e aumentar a confiança do leitor em relação ao material.

13. Nunca

Lembra da força das palavras negativas? Esse é outro ótimo exemplo. Mostre ao leitor quais são os caminhos que ele deve ignorar, por exemplo, em suas estratégias de conteúdo.

14. Imagine

O termo “imagine” leva o leitor de onde ele estiver sentado para um novo mundo, onde todas as coisas parecem possíveis. Invista nessa tática e o convide a participar do seu texto. Dessa forma, você evita que ele feche uma de suas abas.

Aliás: você imagina como seria bom se você guardasse todas as palavras poderosas deste conteúdo?

15. Instantâneos

Os leitores não conseguem mais esperar. Necessitam de novas soluções para os problemas da sua vida e querem que elas, de preferência, cheguem o mais rápido possível. Sendo assim, aplique a palavra “instantânea” logo na primeira frase do seu texto. Provavelmente, a persona ficará empolgada com o seu conteúdo.

16. Converter

Essa é uma das palavras que sempre funcionam. Ela serve como guia, ensinando como você pode ir do ponto X (o foco do problema) ao ponto Y (as estratégias para alcançar os melhores resultados).

17. Se

Indica situações, condições e tem o poder de gerar empatia com o público. Tente colocá-la em seu CTA para ter bons resultados. Uma boa chamada ficaria assim:

Se está difícil aumentar o tráfego do seu blog, baixe este e-book agora e resolva os seus problemas!

18. Fácil

Quem busca conteúdo na internet geralmente seleciona os artigos que oferecem estratégias, linguagens e conceitos mais simples.

Repare nestes exemplos:

  • (x) simples passos para atrair mais consumidores para a sua loja;
  • (x) dicas fáceis para construir um site.

19. Garantido

Quando você usa a palavra “garantido”, os leitores ficam mais à vontade. Por isso, dê a garantia de que ele está lendo um bom conteúdo e que é seguro investir naquelas estratégias apresentadas no texto.

20. Agir

Essa é outra palavra poderosa para usar em seu artigo, pois ela cria um senso de urgência. Quando as pessoas agem para desenvolver demandas, as coisas ocorrem com mais agilidade.

21. Por quê?

Além do apelo de causa e efeito, essa palavra também tem grande poder porque está relacionada às emoções.

Imagine a seguinte situação: alguém na fila do hospital pede para passar à sua frente. Provavelmente, a sua resposta será não. Mas se acrescentar: “porque minha mãe está doente”, há mais tendência de ouvir um “sim”.

No texto, é a mesma coisa. Esclarecer a razão ajuda os leitores a se conectarem com o material de forma lógica e emocional.

Guia de Português e Gramática para Produção de Conteúdo Web

As melhores maneiras de usar palavras persuasivas na prática

Todo texto precisa ser extremamente persuasivo? Qual nível de convencimento preciso atingir no meu leitor? Como e quando aplicar as palavras, que acabamos de ver, na prática? Você descobrirá tudo isso agora mesmo. Acompanhe:

Apresentação de dados

Trazer números, índices, porcentagens, pesquisas e estudos traz uma grande credibilidade ao que você fala. Isso acontece porque o leitor vai entender que o que você está falando não é apenas opinião ou possibilidade, mas uma análise bem embasada ou uma tendência já comprovada, por exemplo.

Mas, para que ele realmente acredite no que você diz e nos dados que traz, as palavras persuasivas da língua portuguesa serão de grande ajuda. Quando o texto é persuasivo, a persona confia nele como um todo, inclusive nos números e demais dados.

Entretanto, para que as palavras persuasivas realmente funcionem, não se esqueça de incluir hiperlinks para a fonte sempre que possível, combinado?

Criação de empatia com o leitor

Cada cliente exige diferentes graus de informalidade e leveza nos conteúdos, mas uma coisa é certa: você precisa criar empatia com o leitor para entregar um texto que realmente vá atingi-lo e fazer a diferença.

Quando escrevemos uma série de conteúdos para inúmeros clientes — e, portanto, personas — diferentes, pode ser difícil lembrar que há uma pessoa de verdade do outro lado da tela, que vai consumir o texto com expectativas, anseios, dúvidas e necessidades particulares.

As palavras persuasivas da língua portuguesa transmitem essa sensação de empatia e de compreensão, justamente por engajarem o leitor e criarem uma relação mais próxima entre você e ele. Com isso, ele se sentirá ouvido e acolhido pelo que você tem a dizer. Dessa maneira, as chances de fidelização também são muito maiores.

Desenvolver o otimismo

Diante de problemas e desafios mais complexos, o leitor pode se sentir perdido, desamparado. Quando ele encontra o seu texto, então, ele enxerga no conteúdo uma oportunidade de finalmente encontrar uma luz para iluminar aquilo que o aflige. Imagine se você o decepciona?

Ao trazer conteúdos persuasivos para o leitor, você consegue apresentar soluções concretas, maneiras de ele colocar a mão na massa e retomar as rédeas para dar conta do problema. Ele vai ler o que você escreveu e compreender que pode, sim, colocar em prática as táticas e ferramentas apresentadas no texto.

Isso é fundamental para que o leitor não apenas continue voltando para o cliente, mas também para desenvolver a autoridade e a reputação da empresa.

Escrever textos práticos e sem enrolação

Não importa quantas palavras persuasivas você use. Se o leitor sentir que você está falando, falando e falando sem chegar a lugar nenhum, ou repetindo argumentos a torto e a direito, ele vai se desconectar do texto e partir para a próxima rapidinho.

Afinal, um texto que engaja a persona é aquele que traz apenas informações relevantes para ela, da forma mais direta e prática possível. Lembre-se do que acabamos de falar sobre a necessidade de trabalhar o otimismo e a possibilidade de ação do leitor — então, por que complicar as coisas?

Enrolar e repetir informações demonstra insegurança em relação ao que está sendo dito e, portanto, afeta a autoridade da empresa dentro do seu campo de atuação. Então, muito cuidado e foco!

Fidelizar o leitor

Quando o leitor termina seu texto e chega no CTA, temos uma grande missão: levá-lo a cumprir aquela determinada ação e permanecer consumindo conteúdo do cliente, seja de imediato ou mais para a frente (por meio de assinatura da newsletter, por exemplo).

O leitor que foi convencido pelas suas informações tem chances muito maiores de querer “obedecê-lo”mais uma vez e fazer o que o CTA pede. Com isso, percebemos que a persuasão nos conteúdos tem efeitos também a longo prazo, já que a fidelização é uma das maiores preocupações de qualquer organização.

Viu só? As palavras persuasivas da língua portuguesa e as nossas dicas práticas de persuasão farão toda a diferença nos conteúdos que você produzir daqui para a frente. Então, não espere mais: mãos à obra e bom trabalho!

Esquecemos de alguma sugestão? Conhece mais palavras persuasivas da língua portuguesa? Então, aproveite a oportunidade e compartilhe conosco nos comentários abaixo. Quem sabe você não ajuda outros membros da nossa comunidade? E para auxiliar você a colocar nossas dicas em prática, baixe agora mesmo nosso Guia de Produção de Conteúdo para Web 2.0!

Guia Completo de Produção de Conteúdo

Posts populares com esse assunto