Por Autor Convidado

pelo blog da Comunidade Rock Content.

Publicado em 19/03/2021. | Atualizado em 16/03/2021


Este artigo foi produzido pela Sabrina Andrade, da equipe da Imaginie, empresa parceira da Comunidade Rock Content e a maior plataforma de correção e ensino de redação do Brasil.

Sempre que vamos escrever um texto surgem algumas dúvidas que envolvem esse processo, mas iniciar os trabalhos sabendo o que não fazer em uma produção escrita já é um ótimo ponto de partida. 

Alguns questionamentos podem acontecer porque sempre buscamos impressionar nossos leitores com nossos textos, o que não está errado. Afinal, buscar as melhores práticas e técnicas de escrita ajudam muito a conseguir o objetivo por trás das palavras. 

Neste artigo, vamos mostrar para você 9 dicas sobre o que não é bom fazer na hora de escrever uma redação. Confira! 

9 dicas sobre o que não fazer em uma produção escrita

Você já deve ter visto e aprendido muitos métodos que ensinam a escrever melhor. Agora, acompanhe algumas ações que, se possível, devem ser evitadas em seu texto, pois podem atrapalhar o objetivo de atrair a atenção do seu leitor.

Vejamos cada uma delas a seguir: 

1. Não fuja ao tema do texto

Deixar de abordar o tema é a primeira dica sobre o que não fazer em uma produção escrita. Seu texto não ficará interessante se você começar a falar sobre determinado assunto e passar para outro sem que isso faça sentido. E existe outra situação ainda pior, que é fugir totalmente dele.

Portanto, produza um texto de acordo com a sua proposta e, para não cair na armadilha de fugir ao tema, uma boa estratégia é planejar bem o que seu texto irá conter.

2. Não deixe seu texto sem parágrafos

Já pensou o quão cansativo e estranho seria uma pessoa ler um texto longo e sem divisões? Pois é! Todo texto precisa ser bem estruturado, com introdução, desenvolvimento e conclusão.

Resumidamente, na introdução, deve-se apresentar o que será abordado; no desenvolvimento, os argumentos e exemplos que sustentem uma ideia; e, por fim, na conclusão, é ideal concluir o seu texto, sem apresentar ideias novas.

Logo, não faz sentido ter essa ordem de apresentação sem contar com uma boa divisão. Sua produção escrita pode contar com um parágrafo para introdução, dois a três para o desenvolvimento e um para a conclusão.

3. Não coloque repetições no seu texto

Ser repetitivo também torna a leitura bem cansativa e é outra dica fundamental sobre o que não fazer em uma produção escrita. 

Além do mais, ao ser redundante, você pode passar a ideia de que não está desenvolvendo bem sua argumentação e está dando voltas e voltas, desorientando ainda mais o leitor.

A dica, então, é: busque informações para o seu texto. Leia mais, tenha referências diversas, pense e planeje o seu texto com calma, buscando aplicar todos os conhecimentos que sustentam a sua proposta.

4. Não deixe frases soltas

Sabe quando você encontra uma frase que não ficou bem colocada no texto ou que ficou um pouco estranha? Quem trabalha com texto sabe o que isso pode ser. A frase solta pode surgir quando ela não conversa com o texto ou simplesmente foi inserida em um lugar que não é o dela. 

Cada frase tem por objetivo fazer uma amarração no texto e, portanto, deve estar conectada às outras com coesão e coerência

Logo, as ideias expostas em uma redação não podem ficar soltas, caso contrário, elas não farão sentido. 

Procure construir a argumentação do seu texto com um encadeamento lógico das partes e atenção para essa diquinha extra: utilize bem os conectivos, pois eles são as peças fundamentais para o encaixe desse quebra-cabeça textual.

5. Não apresente um vocabulário muito rebuscado 

Outra sugestão essencial sobre o que não fazer em uma produção escrita é não usar palavras rebuscadas que podem gerar a falta de entendimento do seu texto, pois isso é o que não queremos, não é mesmo?

Claro que precisamos seguir a norma culta para escrever um texto, mas é um grande engano pensar que tais regras dizem respeito ao uso de palavras e expressões difíceis.

Escrever de forma mais rebuscada pode deixar seu texto inteligível para o seu leitor e ele não compreenderá nada.

Portanto, procure apresentar o seu ponto de vista da maneira mais clara e simples possível.

6. Não faça generalizações

Quando se utiliza a generalização ao escrever sobre determinado assunto no texto, você está aceitando e reproduzindo ideias do senso comum como a única verdade e deixando de construir um argumento original, que faz com que o leitor possa refletir.

A dica é procurar inserir em seus textos informações e afirmações com embasamento teórico e argumentos de autoridade para dar embasamento ao seu ponto de vista.

7. Não expresse sua opinião de forma direta

Mesmo que você traga um argumento original para o seu texto, é muito importante manter a impessoalidade. 

Evite utilizar expressões do tipo “eu acho”, “eu acredito” etc., pois essas são formas de expressar uma opinião direta e isso pode afastar o leitor do seu texto, sendo que, em primeiro lugar, a ideia é convencê-lo a ler. 

Então, novamente, procure defender sua tese com argumentos que podem ser comprovados com dados, análises e resultados. 

8. Não esqueça a gramática

Falamos que o uso rebuscado não fica legal no texto, mas deixar de se expressar adequadamente também não é apropriado. 

O bom uso das suas normas faz com que as pessoas entendam o que está sendo dito. A correta pontuação é um bom exemplo disso. Uma vírgula no lugar errado pode mudar totalmente o significado de uma frase, gerar ambiguidade, etc. 

Portanto, se você não tiver um exemplar físico para estudar a gramática, procure em sites da internet. Alguns deles são muito bons e apresentam bem as regras que podem te ajudar a sanar suas dúvidas em casos específicos.

9. Não deixe de se atualizar

Por fim, a última dica sobre o que não fazer em uma produção escrita é não ficar desatualizado. 

Verdade que hoje as informações são apresentadas tão rapidamente, que se torna quase impossível acompanhar tudo. Porém, ao escrever sobre um determinado tema, é bom verificar se existem dados novos sobre ele ou não. 

E não tem como fugir, a forma mais conhecida de fazer isso é estando atento às notícias em jornais, revistas, sites, blogs, livros e outros. Gostou das nossas dicas sobre o que não fazer em uma produção escrita? Aproveite para colocá-las em prática nos seus próximos textos, mas antes de começar, leia nosso próximo artigo para descobrir como ter inspiração para escrever!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *