Por Matheus Boscariol

Publicado em 23/10/2019. | Atualizado em 15/10/2019


LinkedIn é uma rede social que tem como foco os relacionamentos profissionais. Podemos dizer que é uma grande plataforma que ajuda pessoas e empresas a anunciarem vagas, procurar empregos, alimentar a sua rede de contatos (networking), fazer parcerias, dentre outras atividades relacionadas.

Preparamos esse guia completo sobre LinkedIn para que você possa entender melhor essa rede social, qual é a sua importância, bem como seus principais objetivos. Além disso, vamos falar mais sobre as suas principais funcionalidades e as vantagens de estar presente nesse mundo.

A ideia é que, a partir de agora, você consiga entender como ele pode ser uma excelente ferramenta para fins profissionais. Ficou interessado? Então, continue acompanhando a leitura conosco!

1. O que é LinkedIn?

LinkedIn é uma rede social que tem como foco os relacionamentos profissionais. Podemos dizer que é uma grande plataforma que ajuda pessoas e empresas a anunciarem vagas, procurar empregos, alimentar a sua rede de contatos (networking), fazer parcerias, dentre outras atividades relacionadas.

Se fosse para simplificar o LinkedIn em algo que conhecemos no mundo prático, podemos dizer que é um grande currículo online, com funcionalidades dinâmicas, sendo possível interagir com outras pessoas que estão ali com o mesmo objetivo.

Hoje, é considerada a maior rede social do mundo, contando com a presença de mais de 500 milhões de usuários, que podem interagir com influenciadores do mercado, empresas e outros usuários que estão em um caminho profissional semelhante.

1.1. Freelancers no LinkedIn

Acessar o LinkedIn é bastante fácil e intuitivo, não é difícil preencher o seu perfil completo, muito menos encontrar pessoas e grupos com os mesmos interesses profissionais ou se tornar um membro ativo da rede.

O propósito do LinkedIn alcança qualquer tipo de carreira, por isso, existe também a possibilidade de focar no mercado freelancer, buscando oportunidades de trabalho, mostrando os seus dons e talentos, além de construir uma rede de contatos focada nesse mercado.

1.2. Atuação global e nacional

Hoje, o Brasil conta com pouco mais de 300 milhões de usuários na rede social, ou seja, mais da metade das pessoas que têm um perfil ativo, além de ser considerado um dos países que mais utiliza a plataforma para interações profissionais.

A sua atuação global é muito relevante, tendo suporte em cerca de 200 países, disponibilizando a sua interface em mais de 24 idiomas. Ou seja, é mais do que possível fazer conexões e aproveitar oportunidades profissionais do mundo todo.

Destacamos também que é uma das redes sociais mais “limpas” que existem, visto que o seu foco é realmente o profissional, evitando competições de publicações, conforme ocorrem em outras redes sociais.

2. Para que serve a rede social?

Agora que você já sabe o que é LinkedIn, vamos falar para que serve essa rede social tão querida pelos apaixonados pelo mercado de trabalho. No tópico anterior, você já deve ter notado algumas das suas utilidades, certo?

Para que você possa entender por completo, preparamos uma lista com cada uma delas, com uma explicação detalhada. Veja só!

2.1 Criar networking

Criar e fortalecer uma boa rede de contatos profissionais é uma das melhores utilidades do LinkedIn. Independentemente de qual é o seu mercado de atuação e qual momento na sua carreira, é sempre bom ter boas conexões e contatos.

O LinkedIn é perfeito para isso! É possível trocar informações, recomendar colegas de trabalho, parabenizar amigos que receberam promoções ou estão comemorando aniversário de empresas e conhecer gente nova.

Além disso, o LinkedIn oferece grupos de discussão nos mais diversos temas e áreas de trabalho, oferecendo a possibilidade de o usuário estar sempre atento no que há de novo. Sem contar o fortalecimento de contatos, que pode ser construído com o compartilhamento de conteúdos, discussões, dentre outras ações.

2.2 Apresentar portfólio

Lembra quando falamos que o LinkedIn pode ser considerado um grande currículo online? Pois bem, na mesma linha, é mais do que possível apresentar o seu portfólio de trabalho dentro do seu perfil também.

A interface é bem dinâmica, oferecendo a possibilidade de adicionar toda a sua carreira em uma linha do tempo, além de organizar de maneira eficiente os seus projetos, os seus cursos e qualificações.

Para quem é freelancer, é ideal para apresentar os projetos que trabalhou de forma ordenada e usar o LinkedIn para vender novos projetos.

2.3 Fechar parcerias

Fechar parcerias também é uma das possibilidades que o LinkedIn oferece. Afinal, cada usuário poderá construir uma rede de contatos e participação de grupos que tenham outras pessoas com os mesmos interesses.

Pode não parecer, mas isso fortalece e facilita o caminho de construir projetos e planos profissionais em conjunto com outras pessoas ou com empresas do mesmo ramo de atuação. É uma oportunidade e tanto para olhar para novos horizontes!

2.4 Investir no personal branding

Sem dúvida alguma, o LinkedIn é uma das melhores ferramentas para começar a criar e fortalecer a imagem profissional de cada usuário que utiliza a rede social de forma correta e coerente.

Afinal, há um grande espaço para construir uma reputação. Obviamente que isso não acontece do dia para a noite, porém com bastante foco e determinação é possível desenvolver ações que ajudam a construir esse caminho.

2.5 Contratar profissionais especializados

No caso das empresas, o LinkedIn é o lugar perfeito para contratar profissionais especializados. Muito por ter a disposição uma rede com milhões de pessoas, com diversas habilidades, competências e experiências de mercado.

Hoje, muitas demandas de colaboradores podem ser sanadas com uma boa prospecção pelo LinkedIn.

2.6 Procurar emprego

Se o LinkedIn é muito bom para que as empresas encontrem profissionais para os seus negócios, é também um lugar excelente para procurar emprego, seja em empresas que oferecem vagas em regime CLT ou então para vagas de freelancers.

Hoje, a grande maioria dos recrutadores utilizam o LinkedIn como uma das principais fontes de recursos. Então, é mais do que importante estar dentro dessa rede social, com o perfil atualizado, para quem está procurando um novo emprego.

2.7 Vender jobs

Usar o LinkedIn para vender jobs também é outra possibilidade. A rede social é o ambiente propício para que qualquer profissional possa anunciar os seus serviços para os seus contatos e grupos de interesse.

Fazer isso, ajuda muito a potencializar o alcance da divulgação dos jobs que podem ser realizados, principalmente para quem trabalha como freelancer.

3. Como funciona o LinkedIn?

Chegou o momento de falarmos como funciona o LinkedIn na prática, ou seja, vamos trazer algumas informações importantes para que você entenda alguns dos recursos que são oferecidos pela rede social para que os seus usuários tirem o máximo de proveito do seu potencial.

3.1 Perfil

Assim como toda rede social, o LinkedIn oferece a possibilidade de criar um perfil para que o usuário possa mostrar quem ele é. Aqui, além de colocar informações pessoais como nome, foto, idade, dentre outros, será possível descrever a sua vida profissional, como se fosse um currículo mesmo.

A grande vantagem é que é possível colocar vários itens (antigos empregos, trabalhos realizados, cursos que participou, dentre outras características e habilidades) sem deixá-lo muito “carregado” ou cansativo.

Sabemos que quando o currículo é feito no papel, é preciso selecionar algumas coisas para não ficar extenso. No LinkedIn não é necessário essa preocupação. Além disso, é no perfil que aparecem as recomendações recebidas de colegas de trabalhos, valorizando ainda mais o perfil do usuário.

3.2 Feed

O Feed de notícias é a página que você mais vai ver no LinkedIn. Nele, aparecem as notícias e as atualizações que a rede de contatos do usuários publicam, desde o compartilhamento de artigos ou de chamadas para vagas que estão surgindo, dentre outros assuntos profissionais.

Assim como em outras redes sociais, a possibilidade de interação existe, podendo comentar, compartilhar e até clicar em gostei para uma publicação. O feed é uma ótima maneira de interagir com as conexões, mas é importante sempre avaliar o que postar no LinkedIn, se é adequado para a rede ou não.

3.3 Conexões

As conexões correspondem às “amizades” feitas no LinkedIn, ou seja, a sua rede de contatos. Saiba que é possível encontrar conhecidos, pessoas referências para você ou fazer novos contatos. Para encontrar os conhecidos há várias opções, principalmente escolher fazer conexões baseadas na sua rede de e-mails.

Saiba que as conexões podem ser desde primeiro, segundo e até terceiro grau, depende do quanto é a sua proximidade com aquele contato. Explorar as conexões é uma ótima oportunidade de construir um bom networking. 

3.4 Pulse

Não poderíamos deixar de falar do Pulse, uma das ferramentas mais recentes do LinkedIn. É um recurso que permite que os usuários escrevam os próprios artigos e compartilhem com a sua rede de contatos.

É como se fosse um blog dentro da conta do LinkedIn. Essa ferramenta é muito estratégica, pois permite um compartilhamento de conteúdo que seja certeiro, propondo que os usuários demonstrem o que sabem, estimulando discussões, fortalecendo ainda mais a sua reputação no mercado que trabalha.

Além disso, essa ferramenta posiciona muito bem o LinkedIn como um disseminador de conteúdo a nível e negócios. É ideal para quem sabe como usar o LinkedIn profissionalmente.

3.5 Grupos

Por fim, trazemos aqui os grupos são locais de encontros onde profissionais ou interessados de uma mesma área podem compartilhar conteúdos ou iniciar discussões relacionadas ao seu mercado.

Esse é um tipo de recurso que enriquece muito o contato profissional das pessoas, agrega conhecimento, fortalece o networking, além de trazer muitas oportunidades de trabalho para os usuários que estão ativos.

4. Quais as vantagens em ter uma conta no LinkedIn?

Agora vamos finalizar mostrando algumas das vantagens de fazer parte do LinkedIn. Leia abaixo a lista que preparamos para você refletir o quanto vale a pena estar na rede social profissional mais querida do mundo.

4.1 Colocar seu currículo em uma vitrine

Hoje, o LinkedIn é uma rede social muito relevante a nível mundial, sendo referência nas suas propostas de interação: fazer conexões profissionais. Justamente por isso, é considerada como uma grande vitrine.

Então, quando você cadastra o seu perfil, estará colocando o seu currículo nessa grande vitrine, onde grandes empresas, recrutadores e pessoas referências estarão de olho sempre para trazer novos talentos para a sua realidade.

4.2 Estar acessível às maiores empresas do mundo

Outro ponto importante é a questão de estar acessível para que grandes empresas do mundo possam lhe conhecer. Afinal, a maioria está lá sempre procurando por profissionais que podem ajudá-las a resolver as suas demandas.

Então, é muito bom estar sempre de olho para as oportunidades de trabalho que podem surgir tanto para demandas fixas quanto para oportunidades para freelancers e trabalhos temporários nessas grandes empresas.

4.3 Ter recomendações profissionais

Um recurso muito interessante do LinkedIn é a possibilidade de recomendação. Na prática, é possível que os usuários escrevam como foi a experiência com seus colegas de trabalho ou conexões que já teve a oportunidade de interagir a nível profissional.

Além disso, há a possibilidade de recomendar as pessoas por meio de suas competências. Pode parecer apenas um enfeite, mas isso ajuda a tornar o currículo de cada usuário mais rico e com mais credibilidade. Imagina, você freelancer, receber um feedback positivo de um cliente de forma pública, seria lindo, não?!

4.4 Fazer troca de aprendizado

Pelo que já falamos acima, você já deve ter percebido que o LinkedIn é um ótimo local para trocar aprendizado, seja pelas discussões, compartilhamento de conteúdos e outras interações que a rede social possibilita.

4.5 Gerar oportunidades de trabalho

Por fim, trazemos aqui o quanto que o LinkedIn é uma fonte de oportunidades de trabalho, conectando pessoas do mundo todo, que trabalham em diferentes ramos de negócios, que precisam de ajuda e também que podem oferecer o seu trabalho de diversas maneiras.

Sem dúvida alguma, o LinkedIn é um baú cheio de tesouros em forma de oportunidade de trabalho!

Agora que você sabe o que é LinkedIn, basta começar a utilizar a rede social para fins profissionais. É importante ter em mente que o LinkedIn é diferente de outras redes sociais, por isso, é preciso utilizá-lo de forma correta! Seguir as recomendações que fizemos acima já é um bom começo!

Gostou deste post? Então, dá uma olhada no nosso e-book sobre estratégias de redes sociais para freelancers!

Estratégias de Redes Sociais para FreelancersPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto