Por Fabíola Thibes

Publicado em 19/05/2020. | Atualizado em 30/09/2020


A legendagem é uma oportunidade de trabalho para quem busca fazer home office e aperfeiçoar seus conhecimentos em outros idiomas. Entenda como funciona e como começar.

A legendagem é algo que chama sua atenção? Saiba que você pode trabalhar dessa forma, até mesmo como freelancer! Se você sabe muito de tradução audiovisual, gosta de assistir a conteúdos de plataformas de streaming e quer trabalhar com outro idioma, essa é a sua chance.

Mas é claro que legendar depende de muito estudo, conhecimento e prática. Não achou que seria fácil, né? De toda forma, saiba que é possível. Afinal, como diz o ditado do gif abaixo:

E você, quer saber mais sobre essa carreira? Continue lendo e veja o que a legendagem oferece!

  • O que é legendar?
  • Como legendar? Veja o passo a passo
  • Qual é o padrão internacional para legendar?
  • Como entrar no mercado?
  • O que é legendar?

    Para começar, precisamos primeiro entender o que é tradução. A ideia é transformar o texto de um idioma para outro, inclusive com a ajuda da tecnologia.

    O tradutor pode consultar livros, colegas, dicionários e o que mais desejar no momento de fazer o seu trabalho, o que inclui usar softwares e plataformas. Além disso, é possível trabalhar com:

    • Textos;
    • Televisão, teatro, pintura, fotografia, cinema e outros signos para fazer a chamada tradução intersemiótica.

    Dentro desse escopo está a tradução audiovisual, que consiste em transformar qualquer material em vídeo ou áudio para texto. Aqui está a legendagem, ou seja, o processo que consiste em colocar texto em um produto audiovisual.

    Comum em plataformas de streaming, é útil para garantir que todos que assistem àquele conteúdo entendam o que é dito. Legendar é um processo que faz parte da tradução audiovisual, assim como a dublagem. Sua característica principal é manter o áudio original e apenas adicionar o texto.

    Com isso, todos os detalhes são preservados, como entonação da voz e gestos. Por isso, desde aproximadamente os anos 1980, quando surgiu no Brasil, a legendagem apenas ganhou adeptos.

    Como legendar? Veja o passo a passo

    O profissional que deseja começar sua carreira na tradução audiovisual precisa atentar à prática. Por mais que hoje seja muito mais fácil — a internet e a tecnologia estão aí para facilitar a vida, né? —, é importante ter cuidado com algumas ações muito praticadas pelos iniciantes.

    Por exemplo, é normal indicarem softwares para legendagem automática. Será que eles ajudam mesmo?

    Sim, em partes. Eles podem contribuir para tornar o processo mais rápido, mas são pouco confiáveis. Por isso, se você quer ter precisão no seu trabalho, é mais interessante começar do zero e usar os programas apenas como um estepe, ok?

    Então, o que fazer para começar a traduzir conteúdos audiovisuais? Veja o passo a passo que preparamos!

    Transcreva o texto

    O começo é esse mesmo. Por mais que você queira fazer tudo de modo simultâneo, é mais fácil fazer dessa forma no início.

    Sendo assim, transforme todas as falas do vídeo em texto. Aqui, é válido executar o processo de forma manual, pela digitação, ou usar uma legenda automática. Você decide.

    Tente escrever as palavras corretamente, porque isso ajuda bastante na continuidade do trabalho. Por isso, se necessário, consulte um dicionário ou outras fontes de consulta que façam sentido para o que você está vendo na tela e para o desenvolvimento do conteúdo do vídeo.

    Faça as legendas

    A etapa seguinte é transformar o texto em legenda. Aqui, existem duas possibilidades:

    • Legendar no mesmo idioma, como ocorre em vídeos do YouTube, por exemplo, que têm a escrita e o áudio em português. Isso aumenta o potencial de clientes alcançados, já que ajuda a resolver problemas como a dificuldade de audição. Este processo é parte da audiodescrição;
    • Traduzir para idiomas diferentes. Essa é uma situação mais comum e que exige cuidado extra na escrita das palavras.

    Em ambos os casos, faça a revisão do texto para garantir que a escrita está correta.

    Sincronize com o áudio

    A tradução audiovisual nos leva a esta etapa, em que precisamos sincronizar o que é dito com a legendagem. Marque quando o trecho de legenda começa e termina, sempre de acordo com o vídeo. Cuide para que cada um tenha, no máximo, duas linhas, como indicado em padrões internacionais.

    Caso você crie a legenda por um programa automático, lembre-se de fazer esse processo também. Assim, o tamanho do trecho é ajustado e a sincronização é perfeita.

    Revise a legenda

    A última etapa é a revisão final. Você pode atentar a possíveis erros de digitação, mas o foco deve ser o começo e o fim de cada trecho.

    Assista também ao vídeo sem áudio. Acompanhe a legenda para ver se ela faz sentido e se está clara para todos os tipos de público.

    Qual é o padrão internacional para legendar?

    Existem regras a serem seguidas para que sua legendagem seja aceita por qualquer plataforma de streaming ou empresa internacional. Os parâmetros técnicos são:

    • Número máximo de caracteres por linha — entre 30 e 35, ou 610 pixels. Isso varia conforme o equipamento e o tamanho da fonte;
    • Duração da legenda de duas linhas cheias, ou seja, 60 caracteres no total — o padrão é de 15 caracteres por segundo, com permanência na tela entre 4 e 6 segundos;
    • Duração da legenda de uma única palavra — deve ser de pelo menos 1,5 segundo. Ainda assim, no Brasil, é normal diminuir para 1 segundo;
    • Tempo de entrada da legenda — deve ser de 1/4 de segundo após o início da expressão oral;
    • Tempo de permanência da legenda na tela — precisa ficar entre 0,5 e 1 segundo após o final da fala correspondente;
    • Intervalo entre duas legendas consecutivas — foi definido em 1/4 de segundo, o que equivale a algo entre 6 e 7,5 frames. No entanto, na Europa, são usados apenas 4 frames;
    • Relação das legendas com os cortes de cena — o texto deve desaparecer antes do fim da cena.

    Como entrar no mercado?

    A tradução audiovisual tem um amplo campo para se trabalhar, apesar de não ser uniforme. Aliás, como existem várias subdivisões, pode ser difícil começar a trabalhar.

    Uma vantagem para quem está começando são as agências de tradução e produtoras de vídeo. Elas têm diversos clientes e atendem a grandes demandas., portanto costumam contratar esses profissionais. Lembre que é fundamental que você tenha fluência nos dois idiomas com os quais está trabalhando e conhecer também os padrões internacionais do segmento. Se você for iniciante, ter um portfólio com seus trabalhos e experiência prévia com tradução em geral sempre ajuda.

    Agora você já sabe o que fazer para começar na legendagem, certo? Então é só aproveitar as oportunidades e trabalhar de casa!

    Se você se interessou pela possibilidade de ser freelancer, cadastre-se no nosso banco de talentos e explore a oportunidade de trabalhar com conteúdos multilíngues!

    Comunidade Rock Content - Faça parte da maior base de freelancers do BrasilPowered by Rock Convert

    Posts populares com esse assunto