Por Dimitri Vieira

Editor-chefe do blog Comunidade Rock Content.

Publicado em 15/02/2018. | Atualizado em 25/09/2018


Depois de mudar de carreira em 23 horas e conquistar uma vaga no melhor time de marketing do Brasil, chegou a hora de responder as principais dúvidas de vocês. Leia agora e descubra se é momento de buscar um novo rumo!

Depois que divulgamos o artigo “Como conseguir emprego na melhor equipe de marketing do Brasil em 23 horas”, fomos surpreendidos por uma repercussão muito maior! Muitas pessoas entraram em contato comigo via LinkedIn, ou email, e recebi mensagens muito legais.

Poucos meses atrás, eu estava passando pela terrível fase de indecisão sobre mudar ou não o rumo da minha carreira. Agora, estou recebendo perguntas e mensagens dizendo que ajudei a renovar suas esperanças. Eu acreditava que fazer cursos online estava fazendo um bom papel em me manter motivado, mas não existe motivação maior do que essas mensagens!

Assim, em primeiro lugar, muito obrigado por todos os contatos que recebi! Agora, vou tentar retribuir respondendo as dúvidas e perguntas que me fizeram. Algumas foram tão boas e pertinentes, que resolvi tentar respondê-las no mesmo nível, escrevendo este post.

Antes de começar, quero deixar claro que estou muito, mas muito longe de ser especialista em carreira ou recolocação. Para isso, temos autores convidados como Matheus de Souza, Murillo Leal, Tais Targa e Michel Lent.

Mas prometo que tenho alguns insights que irão te ajudar, caso você esteja na dúvida sobre mudar o rumo de sua carreira.

Então leia até o final, que vou te ajudar a definir se está na hora de buscar novos desafios!

Se você quiser se preparar para uma entrevista de emprego, assista ao nosso webinar sobre o assunto! Unimos forças com o Guilherme Barra, responsável pela Rock University, e convidamos nossas especialistas em recrutamento, Sara Cândido e Natália Dantas, para desvendarmos todos os segredos.

Ele foi ao ar no dia 28/03/2018, mas você ainda consegue acessar o vídeo e assisti-lo na íntegra! É só preencher o formulário abaixo.

E que tal vê-lo até duas vezes mais rápido e aprender melhor? Veja como fazer isso com o hack que ensinamos para aprender rápido e se torne especialista em entrevistas na metade do tempo!


Por que trabalhar numa startup?

Há algum tempo, eu vinha mirando e sonhando com um emprego em uma startup. Inicialmente na área de engenharia ou gestão de projetos e, posteriormente, em marketing. Isso porque a cultura dessas empresas é fascinante e inovadora!

É muito comum vermos diretores ou gestores de estabelecimentos tradicionais utilizarem o discurso de “vestir a camisa da companhia”. Em startups não. Sabe por quê? Porque essa ideia já é inerente à ideologia destas empresas e de seus funcionários. As pessoas se esforçam e se ajudam no dia a dia não para chamar a atenção do chefe e ser promovido, mas para aprender coisas novas, bater metas e evoluir profissionalmente!

Literalmente, você vai aprender algo novo todos os dias e isso não é mito nem exagero. O que é mito é a ideia de que startups são ambientes bagunçados, pouco sérios e instáveis. Muito pelo contrário, você assume muitas responsabilidades e seu trabalho causa impacto direto no desempenho dos seus colegas e da empresa!

Assim, faça seu trabalho bem feito que certamente ele será notado e recompensado. Ou seja, uma startup é o local ideal não apenas para começar uma carreira, mas também para você crescer profissionalmente!

Se você quer aprender a trabalhar em equipe de verdade, aprender e crescer na carreira, já sabe onde trabalhar, não é? Mas como saber se você está trilhando o caminho correto?

Como saber se estou na direção certa?

Essa é facilmente a pergunta mais difícil que já ousei responder.

Muitas vezes nos perguntamos se tomamos a decisão correta e, quando essa decisão pode afetar nossa carreira, o medo, a dúvida e a incerteza se tornam atormentadores! Mas a grande questão é não deixar a indecisão te impedir de agir.

A grande maioria dos especialistas em carreira e empreendedores nos orientam a traçar um grande objetivo e fazer o que for possível para alcançá-lo. Mas e se você não tiver um grande objetivo? O que fazer?

É exatamente nesse ponto que tudo se complica. Mudar o rumo da sua carreira pode representar um passo a frente, mas também pode ser um passo atrás. Como saber?

Para conseguir te responder, vou fazer um insight da melhor resposta que já encontrei sobre isso, que se encontra numa carta escrita por Hunter S. Thompson.

Em algum momento na vida, todos temos que decidir entre nadar rumo a um objetivo ou simplesmente ficar à deriva e ver para onde seremos levados. Conscientemente ou não, todos nós tomamos essa decisão.

E se você não tem um objetivo tangível muito bem traçado, pode ser melhor ficar à deriva e ver até onde o rio te leva. Se não for a direção certa, você ainda poderá apreciar uma jornada interessante e terá tempo de perceber e corrigir seu trajeto. Muito melhor que nadar cegamente rumo a um precipício, não acha?

Atenção! Não estou dizendo para você se acomodar e não fazer absolutamente nada, mas para você seguir o fluxo que lhe parecer mais interessante.

Além disso, você pode se beneficiar muito de seguir mais de uma carreira em aspectos como: desenvolver uma base de conhecimentos variados, ampliar sua rede de contatos e sua capacidade de inovação.

Por outro lado, nada é definitivo. Então, nada te impede de voltar para sua carreira anterior após alguns anos (ou meses). Na pior das hipóteses, você terá uma grande experiência de vida e algumas linhas incomuns em seu currículo. Você acha que um engenheiro especialista em marketing seria um aspecto positivo ou negativo?

Realização pessoal e profissional

Outra pergunta que também fizeram bastante foi: mas você está realizado profissionalmente? E pessoalmente?

Qualidade de vida não tem preço. Por mais óbvio, clichê e repetitivo que possa soar, essa é a mais pura verdade. De que adianta buscar a realização financeira e ser infeliz?

A realização pessoal está muito mais ligada ao estado de espírito e à felicidade. Trabalhe com algo que você goste e esteja cercado por pessoas boas que ela vem instantaneamente.

Já fiz estágio em algumas áreas da engenharia elétrica que me interessam demais, mas nunca havia me sentido tão bem quanto agora na Rock.

Por outro lado, a realização profissional vem com o tempo e, independente da área de formação, acredito que um recém-formado  que se sente realizado profissionalmente deve se preocupar. Pois isso se chama comodismo. Somente com vários anos de experiência e conquistas é que começaria a pensar nesse termo.

Porém, um aspecto válido a se levar em conta é a perspectiva de crescimento de carreira. E nesse ponto, eu não poderia estar mais satisfeito. Sabe por quê? Lembra da cultura das startups que te falei? Pois é, ela garante que você irá aprender algo novo todos os dias. E isso é fenomenal para evolução profissional e motivação.

Mas por que marketing?

O que o marketing tem de tão especial?

Em primeiro lugar, acredito que todas as pessoas deveriam aprender marketingpor ser uma área que estimula demais a criatividade, a capacidade de interação social e de se reinventar, já que é uma indústria em constante mudança.

Se apenas isso não te convenceu: atualmente, eu conheço três maneiras de revolucionar a receita e o desempenho de uma empresa. São eles:

  1. Gerenciamento de projetos (metodologias como Lean Manufacturing e Six Sigma);

  2. Consultoria estratégica;

  3. Marketing!

Todos os três apresentam pontos positivos e negativos, mas não pretendo entrar nesses méritos. Porém, você já tentou aprender sobre métodos de consultoria estratégica e gerenciamento de projetos?

Ok, é possível encontrar muitos materiais interessantes e aprender a partir deles. Mas o ponto crucial é que os maiores especialistas dessas áreas não têm interesse em te ensinar as principais técnicas que eles usam no dia a dia. Isso porque eles não se preocupam em educar a sua audiência, ao contrário do marketing de conteúdo!

Te desafio a encontrar um blog sobre consultoria estratégica tão rico e detalhado quando o Marketing de Conteúdo!

E se você ainda não acredita que o marketing pode transformar uma empresa…

Transformar o impossível em realidade

Não sei se você já conhece o blog Inteligência Rock Content. Ele foi criado em Abril de 2017, com o objetivo de fornecer informações e estatísticas de mercado, para que a Rock Content pudesse se transformar em referência de dados.

Sete meses depois, o blog passou de zero para 58.000 sessões! Agora imagine a autoridade e a divulgação de marca que isso poderia gerar para uma empresa que ainda não investe em marketing.

Espero que esse post tenha ajudado a esclarecer as suas dúvidas. Caso contrário, pode deixar um comentário que responderemos da melhor forma possível! Quem sabe com uma versão 2.0 deste texto.

Mas sem desespero. Buscar novos rumos é sempre um assunto bem difícil de lidar. Pode (ou não) ser uma escolha certa e você somente descobrirá com o tempo. Mas te garanto que vai contribuir demais com sua evolução profissional e sua capacidade de aprender coisas novas. Hoje já me sinto muito bem preparado para trabalhar com engenharia e marketing, mas também disposto a desbravar novas áreas de conhecimento. Por que não?

Mudar de carreira foi a solução ideal para mim e também pode ser para você. Mas caso ainda esteja inseguro para mudar completamente de área, temos um material excelente para te ajudar a se recolocar e avaliar suas opções. É só baixar o nosso ebook Pós-graduação e Recolocação Profissional.

Ebook sobre Recolocação Profissional

Posts populares com esse assunto