Por Redator Rock Content

um dos freelancers da Comunidade. Seja também um redator!

Publicado em 14/11/2016. | Atualizado em 09/01/2019


Powered by Rock ConvertComo você acorda de manhã: com preguiça, enrolando até o último minuto, ou pula da cama feito um gato e já começa seus afazeres? A diferença entre os dois cenários é a motivação pessoal, aquilo que te move rumo aos seus objetivos. Mas quando a falta de motivação chega forte, tudo emperra. […]

Imersão Freelancer - maior curso online gratuito do BrasilPowered by Rock Convert

Como você acorda de manhã: com preguiça, enrolando até o último minuto, ou pula da cama feito um gato e já começa seus afazeres? A diferença entre os dois cenários é a motivação pessoal, aquilo que te move rumo aos seus objetivos.

Mas quando a falta de motivação chega forte, tudo emperra. A cama cria garras, as fotos da avó ficam super interessantes no Facebook, até o passarinho que canta na sua janela todos os dias parece que faz um estrago enorme na sua concentração e poder de organização.

O que fazer para recuperar o fôlego e manter o ritmo acelerado todos os dias? Não perca mais esse episódio do blog da Comunidade Rock Content: 9 dicas de motivação pessoal para produtores de conteúdo.

Motivação, quem és tu?

É bastante comum que as pessoas pensem que motivação é algo externo. Ganhar na loteria é motivante, um computador novo é motivante, um cliente novo, então, nem se fala. Mas o que você talvez não saiba é que a motivação pessoal vem de você mesmo, dos seus objetivos, do seu propósito de vida.

Normalmente, um produtor de conteúdo freelancer tem hábitos um pouco mais relaxados – no bom sentido. Não tem horário fixo, organiza seu dia a dia conforme lhe convém, pode dormir até mais tarde e ficar trabalhando até de madrugada, entre outras coisas. Esses “detalhes” que não estão ao alcance de todos, já podem ser fatores motivantes para que você desenvolva um bom trabalho.

O importante é que você identifique aquilo que te inspira e potencialize isso para que melhore seu desempenho como redator. Quer dicas? Então vamos lá!

1. Trace um objetivo por vez

Você quer ser produtor de conteúdo freelancer por quê? Para ocupar seu tempo, para juntar uma grana, para ganhar experiência? Tenha essa ideia em mente e não disperse com outras coisas. Mantenha-se focado no seu objetivo para que você possa atingi-lo no menor tempo possível.

2. Tenha metas diárias

As metas diárias podem ser um grande fator de motivação pessoal para você. Quando não temos um compromisso, fica fácil achar coisas mais interessantes para fazer, procrastinar o que deveria ser feito hoje, buscar desculpas para não se envolver verdadeiramente com o que se quer.

Coloque na ponta do lápis qual é sua lista de atividades e estipule um prazo, em horas para que elas sejam entregues. Mesmo que seja a você mesmo. Por exemplo: blog post 1: 10:00; blog post 2: 12:00; e assim por diante. Ao final do dia, você terá cumprido sua meta diária.

3. Tenha metas financeiras

Mais do que metas diárias, você pode ter também metas financeiras. Estas costumam estimular bastante a produção. Imagine que você quer fazer R$ 100 por dia. Você pode escrever dois posts de R$ 50, quatro de R$ 25, um e-book de R$ 120.

Cada produtor de conteúdo tem maior facilidade com determinado tipo de texto. Muitas vezes escrever quatro posts de R$ 25 pode ser mais efetivo do que escrever um e-book. Mas o importante mesmo é bater a sua meta financeira, a qual deve estar atrelada a um objetivo maior, como comprar uma moto, um notebook novo, viajar, etc.

4. Entenda qual é o melhor caminho para atingir seus objetivos

Há quem prefira escrever um artigo por dia e quem ache mais eficaz concentrar toda a produção só no final de semana, por exemplo. Cada pessoa tem seu estilo, sua forma de trabalhar e precisa identificar estas questões para se tornar mais motivado no trabalho freelancer.

Se você trabalha o dia todo, vai à faculdade à noite e ainda quer escrever um artigo de 1000 palavras, pode ser que sua motivação pessoal seja impactada pelo cansaço. Mas se esse conteúdo puder ser redigido no sábado pela manhã, mais descansado, você pode produzir conteúdos com muito mais qualidade.

5. Saiba priorizar

Trabalhar como produtor de conteúdo freelancer é uma decisão, e como toda decisão, precisa estar vinculada a uma responsabilidade. Uma situação hipotética: sexta à noite, você com aquele e-book para produzir – que vai fechar sua meta semanal – e vem o convite para aquela saidinha com os amigos.

A tentação de deixar o e-book é enorme, mas você sabe que prometeu entregá-lo no sábado sem falta. Neste caso, é fundamental que você saiba priorizar o que é mais importante para você: sair com os amigos e gastar um dinheiro que poderia ser investido no seu objetivo ou cumprir com o combinado e ainda ganhar a grana que você está esperando.

6. Diversifique os conteúdos

Quando você escreve muito sobre o mesmo assunto acaba perdendo o interesse, deixa de pesquisar tanto para fazer um bom trabalho e ainda vê seu dia passando arrastado. O melhor a fazer é mesclar os conteúdos de uma forma que você consiga sair de um texto de marketing para um de saúde, por exemplo, mudando seu foco.

7. Tenha um encontro marcado consigo mesmo

Vida de produtor de conteúdo freelancer não é nada fácil, viu? O trabalho intelectual exige um esforço que muitas vezes subestimamos. Sendo assim, tire um tempo para você. Faça coisas que você gosta, veja seus amigos, converse com sua família, brinque com o cachorro, leia um livro.

O tempo de descanso é fundamental para que você renove as energias e volte ao trabalho motivado no dia seguinte. Quando o trabalho fica intenso demais, o cansaço acaba atrapalhando seu desempenho.

8. Escreva uma carta de vendas para si mesmo

Sabe aquele dia em que nada está bom? Você não quer ver trabalho pela frente, mas ele está lá te esperando. Uma forma de manter a motivação pessoal é escrever uma carta de vendas para si mesmo, falando dos seus sonhos, dos objetivos a serem conquistados, das metas.

Este é um mecanismo de automotivação fenomenal, pois você estará lendo algo que você mesmo escreveu, só que em momentos distintos: um inspirado e outro menos motivado.

9. Pense nas realizações

Como dissemos lá no início da nossa conversa, um produtor de conteúdo freelancer não precisa estar preso a uma rotina britânica, ou seja, das 8h às 18h, com 1h exata de almoço, etc. Você tem flexibilidade para correr atrás de outros sonhos.

Caso você seja freelancer em tempo integral, pode viajar por aí sem se preocupar em estar dentro de um escritório. Arrume um e-book, saiba quais são os points de internet das localidades onde você vai estar e pronto. Você pode se conectar a outros profissionais freelancers, como web designers, programadores, artistas gráficos e assim ampliar seu roll de ofertas para os clientes. Quanto maior o valor agregado, maiores os seus ganhos.

Ser produtor de conteúdo freelancer pode ser divertido e ainda te ajudar a conquistar seus sonhos! Se ficou interessado em fazer um teste, cadastre-se em nossa plataforma!

banner levantada de mão redação

Posts populares com esse assunto