Por Amanda Gusmão

Amante do homeoffice, geek old school e mãe de dois pequenos padawans.

Publicado em 07/05/2018. | Atualizado em 24/07/2018


Estatísticas e dados podem comprovar argumentos, deixar a leitura do conteúdo mais didática para o leitor e elevar um trabalho ao status de referência para outros tantos. Mas como eles são obtidos?

Imersão Freelancer - maior curso online gratuito do BrasilPowered by Rock Convert

Se estivermos falando de redação para a web então, usar dados obtidos por métodos de pesquisa pode, inclusive, ajudar no rankeamento dos mecanismos de buscas como o amado Google.

Para obter a informação no formato mais adequado porém, é preciso escolher dentre diversos métodos de pesquisa, aquele que produzirá os dados necessários para dar relevância ao texto. Números, gráficos, opiniões, depoimentos, observação da experiência e muitos outros podem compor seu hall de possibilidades.

E você sabe como escolher entre eles? Nunca tinha pensado em produzir pesquisas para turbinar seus conteúdos? Então vamos esmiuçar de uma vez por todas essas ferramentas incríveis e entender como podem ser aplicadas de maneira simples para produzir textos memoráveis. Chega mais!

O que os métodos de pesquisa têm em comum

Seja qual método for escolhido para conduzir uma pesquisa ou até mesmo usar seus resultados já publicados na argumentação de um texto, uma etapa de sua elaboração é extremamente importante para a qualidade dos dados obtidos: o planejamento.

É nele que serão definidos: o objetivo da pesquisa, o número de pessoas a serem entrevistadas ou avaliadas, região ou localidade onde serão aplicados os questionários, as hipóteses, o intervalo de tempo ou período a ser analisado, entre outras informações que farão com que seus resultados sejam relevantes para o que será abordado posteriormente.

Se o objetivo é estimular a venda de produtos patenteados do Star Wars para adolescentes do bairro X de Belo Horizonte, por exemplo, uma pesquisa da preferência do público-alvo em relação aos concorrentes Marvel e DC Comics pode ajudar na qualidade do texto.

Assim, uma pesquisa poderia ser planejada com as seguintes características:

  • Objetivo da pesquisa: demonstrar que produtos patenteados do Star Wars vendem mais e são mais queridos que os demais;
  • Amostragem: o número de pessoas no perfil a serem pesquisadas considerando uma margem de erro. Questionar 90 adolescentes para uma margem de erro de 10%, por exemplo;
  • Região a ser pesquisada: bairro X de Belo Horizonte;
  • Hipótese: os adolescentes preferem Star Wars porque seus personagens são mais icônicos;
  • Período de observação: seis meses antes e depois do lançamento do último filme;

Com base nesses e em outros dados do planejamento, é possível definir qual método e técnicas de pesquisa utilizar. Os principais deles são:

Quantitativo

O método quantitativo tem como foco os números, relações estatísticas de um evento. Relacionando com o impasse dos produtos patenteados Star Wars, dados como a bilheteria desses filmes nos cinemas da região poderiam ser utilizados para a pesquisa.

De forma mais prática, trata-se da realização de perguntas fechadas em um questionário onde os adolescentes responderiam qual franquia preferem entre Star Wars, DC Comics e Marvel que, por consequência, produziria um dado numérico que representaria o resultado para a hipótese levantada.

Exemplo de perguntas que produziriam dados quantitativos

  • Qual franquia de filme você prefere entre Star Wars, DC Comics ou Marvel?
  • Enumere, seguindo sua preferência, qual franquia é a mais querida.

Os resultados serão analisados segundo a estatística aplicada e aferidos numérica ou porcentualmente.

Assim, o resultado de tal pesquisa poderia fundamentar um texto que orientasse pais e outros interessados sobre qual produto teria mais sucesso ao ser presenteado, por exemplo.

Ou ainda comerciantes que estivessem à procura de fornecedores e novidades para oferecer aos consumidores de seus estabelecimentos. Números e porcentagens são convincentes, especialmente para negócios que precisam de uma boa relação matemática entre suas despesas e lucros.

Qualitativo

Dados qualitativos são mais ligados às áreas comportamentais e humanas, onde quem aplica a pesquisa tem um grande papel na análise dos questionários respondidos, buscando relações e significados entre os resultados.

Desta maneira, seus objetivos são de identificar os fatores que levam os indivíduos a tomarem determinada decisão. Poderia, por exemplo, avaliar se a preferência por Star Wars está associada à escolha de uma mulher para o papel principal na última sequência ou porque o filme foi lançado nas semanas anteriores.

Com base em seus dados, é possível construir um texto que esteja mais alinhado com as preferências e motivos da persona. Se o fato de o último Jedi ser, na verdade, uma mulher aumenta o interesse do público, conteúdos com empoderamento feminino podem ser mais atraentes para os leitores, bem como a utilização dos resultados das pesquisas para reforçar o sentimento causado.

Pesquisa exploratória

A pesquisa exploratória, no geral, é muito utilizada por ghostwriters e demais escritores profissionais pois é conduzida principalmente com a busca e exploração por fontes de informações como livros, sites especializados, entrevistas com autoridades do assunto, análise de estudo de casos etc.

A bibliografia encontrada torna-se referência para os conteúdos, podendo ser replicada na elaboração da redação web como também na citação de fontes e dados informados em tais textos e materiais bibliográficos.

Pesquisa experimental

Outra ferramenta de cunho comportamental que usa o observação de um elemento a partir da modificação de suas variáveis. É também um método de pesquisa utilizado para a construção de teses científicas. Ou seja, é extremamente técnico e funcional.

Um grupo de adolescentes do bairro X de Belo Horizonte pode ser convidado, por exemplo, para um teste experimental onde produtos das três franquias seriam apresentados. O condutor da pesquisa então faria uma série de questionamentos e proporia dinâmicas que permitissem que o comportamento e ações dos participantes fossem avaliadas.

Pesquisa social descritiva

Método de pesquisa simples, conduzido por poucas perguntas ao público. São utilizadas para o Censo da população ou para acompanhar a opinião do eleitorado, por exemplo.

Se a intenção é usar uma pesquisa social descritiva, você pode ir até uma região ou local onde encontram-se vários adolescentes e questioná-los sobre o que acham ou porque preferem a franquia Star Wars.

O resultado será numérico e, portanto, pode ser transformado em porcentagens. Mas é possível filtrar ainda mais esse mecanismo e assegurar que os resultados serão mais próximos do grupo alvo das pesquisas ou, melhor dizendo, daquelas pessoas que gostariam de comprar a Rey e o Kylo Ren, ambos Jedis poderosíssimos.

Mas, como exatamente? Usando a Força Jedi? Não, apenas uma pesquisa social explicativa sistemática.

Pesquisa social explicativa sistemática

Neste caso, os questionários são direcionados para pessoas que realmente representarão o público-alvo dos produtos patenteados que estamos usando como referência.

É possível encontrar diversos adolescentes em um cinema da região, mas apenas alguns deles serão do bairro X em questão. Assim, além das perguntas do questionário direcionadas para o assunto central, outras que qualifiquem o participante são colocadas para que suas variáveis possam ajudar na qualidade dos dados.

Essa qualificação também pode ser feita previamente com a escolha do local onde as pesquisas serão aplicadas, por exemplo. Um colégio localizado no bairro X pode ter um volume maior de estudantes moradores das proximidades.

Assim, ao cruzar as informações, os resultados serão muito mas fiéis e úteis para embasar um texto ou trabalho.

Entrevistas

Entrevistas, dirigidas por perguntas ao não, também oferecem grandes possibilidades para a criação de conteúdos e trabalhos de qualidade. Isso porque, quando registradas devidamente, podem render frases e citações úteis para serem mencionadas na validação de um argumento.

Se um dos entrevistados disser algo como “Star Wars é um hino”, por exemplo, tal frase pode ser utilizada para representar a opinião de todos os demais que tiveram reações similares. Esse recurso humanizará o conteúdo ao mesmo tempo em que estiver confirmando a informação.

Métodos de pesquisa produzem resultados muito interessantes, seja para estratégias de mercado, seja para a criação de textos que transmitam credibilidade para o leitor.

E, mesmo que você pegue um estudo já pronto na web em suas referências bibliográficas, é fundamental compreender o planejamento e processo que a pesquisa foi conduzida para utilizar devidamente suas informações.

Aliás, escolher as melhores referências, inclusive, é um cuidado que todo redator deve ter ao iniciar suas pesquisas e escrita. Você tem alguma tática infalível? Nós temos algumas dicas incríveis e compartilhamos aqui neste post sobre como escolher as fontes de informação confiáveis e ricas. Confere lá!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *