Por Bruna Moreira

Analista de Marketing na Rock Content

Publicado em 25/12/2018. | Atualizado em 21/12/2018


Se você tem um objetivo na vida, definir como alcançá-lo faz toda a diferença. Estabelecer metas desafiadoras e ao mesmo tempo alcançáveis é uma arte, e aprendê-la pode mudar a sua vida.

Imersão Freelancer - maior curso online gratuito do BrasilPowered by Rock Convert

Você já teve a sensação de que quando não anotamos uma coisa que temos que fazer, acabamos deixando para depois? Isso é muito comum, especialmente entre profissionais que trabalham por conta própria e, portanto, fazem os próprios horários. 

Mas já parou para pensar por que exatamente isso acontece? A resposta é tão simples quanto óbvia: estabelecer metas é fundamental quando estamos em busca de um objetivo específico, porque são elas que norteiam nossas ações, além de nos manter motivados!

Está trabalhando por conta própria e ainda não sabe como definir suas metas? Fique tranquilo, pois neste texto vamos ensinar o passo a passo para estabelecer metas compatíveis com seus objetivos e expandir seu negócio.

Separe objetivos de metas

Você com certeza tem um ou vários objetivos de curto, médio e longo prazos. O objetivo nada mais é que uma ideia daquilo que queremos conquistar. É o ponto de partida rumo a algo que você gostaria de fazer, ter, viver ou comprar.

Já as metas são ações específicas que te ajudarão a conquistar tudo isso. Por exemplo, se o seu objetivo é ter mais qualidade de vida, sua meta deve ser incluir exercícios na sua rotina, trabalhar menos ou qualquer outra atividade que o ajude a chegar lá.

Entenda por que ter metas é importante

Independentemente de o seu objetivo ser pessoal ou coletivo, o passo primordial para o sucesso de qualquer empreitada é, basicamente, estabelecer metas.

Ter metas bem definidas permite otimizar ações, prever diferentes cenários e, consequentemente, estar mais preparado para imprevistos que podem acontecer ao longo da jornada.

Pense em um exemplo comum, como arrumar um emprego: com o mercado de trabalho do jeito que está, conquistar uma boa colocação profissional exige esforço e planejamento. Você precisará estabelecer algumas metas, como: enviar uma certa quantidade de currículos por semana, marcar x entrevistas por mês, fazer cursos profissionalizantes e demais ações que possam te colocar mais perto do seu objetivo final.

Fuja de metas impossíveis

Em casa, na escola ou no trabalho, não é raro pessoas acabarem se cobrando mais do que realmente podem render. Por isso, é importante ter cuidado para não estabelecer metas impossíveis de serem alcançadas.

Uma boa maneira de identificar se suas metas são consistentes é por meio do método SMART, que diz que uma boa meta deve ser:

  • Specific (específica);
  • Measurable (mensurável);
  • Attainable (alcançável);
  • Relevant (relevante);
  • Time-bound (temporal).

Entenda melhor o que significa cada uma dessas características:

1. Específica

Para ser considerada específica, a meta deve ser objetiva e direta, excluindo qualquer possibilidade de dupla interpretação, para que todos os agentes envolvidos caminhem rumo ao mesmo objetivo.

2. Mensurável

Uma meta que não é mensurável nunca será alcançada, porque é impossível constatar se as ações que você está implementando estão gerando os resultados que você estabeleceu lá no seu planejamento. Um exemplo de meta ruim é: quero guardar dinheiro. Percebe como ela é genérica e até mesmo frágil? Como você saberá se está guardando dinheiro de maneira consistente?

Já um excelente exemplo de meta mensurável é: devo guardar 40% do meu salário. Agora, você já sabe quanto que tem que poupar por mês, quanto dinheiro terá ao final de seis meses e pode, inclusive, fazer planos com esse dinheiro.

3. Alcançável

Estabelecer metas impossíveis pode te desmotivar caso não consiga alcançá-las. Por outro lado, metas muitos fáceis podem te colocar em uma perigosa zona de conforto, que te impedirá de chegar mais longe.

O ideal é encontrar o equilíbrio entre esses dois extremos. É claro que fazer isso logo de cara é uma tarefa mais complicada do que parece. Nesse caso, tente sempre jogar sua meta para cima e, conforme os resultados forem aparecendo, faça os ajustes necessários.

4. Relevante

Uma boa meta é aquela que traz um benefício claro para você. Usando o exemplo da poupança, guardar 40% do seu salário todo mês só fará sentido se você usar esse valor depois para fazer algo positivo.

Na maioria dos casos, só você saberá determinar se a meta é relevante ou não. Ainda assim, é fundamental ouvir as pessoas que podem ser afetadas pelo sucesso ou pelo fracasso da sua empreitada para saber o que elas pensam a respeito e como elas podem ajudá-lo a atingir seus objetivos.

5. Temporal (Time-bound)

Já ouviu aquela famosa expressão: “tempo é dinheiro”? Como as metas são pontes entre nós e nossos objetivos, se você não organizá-las por períodos, com certeza não alcançará os resultados no prazo que deseja e pode acabar perdendo dinheiro e oportunidades de negócios ao longo do caminho.

Saiba onde está e aonde pretende chegar

Para uma meta representar algum avanço, ela deve cumprir todos os requisitos citados no tópico anterior. Vamos ver um exemplo para entender melhor.

Você é um redator freelancer cujo objetivo é juntar R$ 20 mil para fazer um intercâmbio em seis meses e, atualmente, ganha cerca de R$ 2 mil por mês. Portanto, a meta pode ser destrinchada da seguinte maneira:

  • Específica: fazer pelo menos 5 textos por semana, nos próximos seis meses;
  • Mensurável: aumentar o faturamento semanal em 168%;
  • Alcançável: faturar R$ 75 por dia (considerando apenas dias úteis);
  • Relevante: fazer um intercâmbio te ajudará a melhorar seu currículo e conquistar novas oportunidades de trabalho no futuro;
  • Temporal: para alcançar seu objetivo, é preciso aumentar sua renda de maneira sustentável, pelos próximos seis meses.

Acompanhe seus resultados de perto

Não basta fixar metas SMART, você deve acompanhar o resultado de cada ação que implementar. Só dessa forma conseguirá diferenciar os componentes que contribuem daqueles que atrapalham a atingir seus objetivos.

Se você não tiver sucesso logo no início, não se preocupe, pois isso é perfeitamente natural! Lembre-se de que você terá tempo para rever suas estratégias e, quem sabe, descobrir novas direções sem precisar abrir mão completamente do plano original.

Gostou desse conteúdo? Aproveite para ler também o nosso texto sobre como ganhar dinheiro escrevendo e conquiste sua independência financeira. Ah, e não se esqueça de deixar uma sugestão nos nossos comentários com temas que você gostaria de ler por aqui!

Posts populares com esse assunto