Por Redator Rock Content

um dos freelancers da Comunidade. Seja também um redator!

Publicado em 12/06/2017. | Atualizado em 09/01/2020


Metas desafiadoras (mas possíveis) são a melhor forma de prever o crescimento da carreira — e também da própria renda.

Vida de freelancer não é fácil. Nesse meio cada vez mais competitivo, quem quiser se destacar e alavancar a carreira vai precisar de esforço e, sobretudo, organização.

Afinal, os benefícios de ser seu próprio chefe vêm com alguns riscos. Sem um controle rigoroso de agenda, planejamento financeiro e investimento em capacitações, você pode acabar se acomodando e ficar para trás!

É para evitar esse problema que existem as metas. Quando bem definidas, elas servem tanto para tornar o seu trabalho mais administrável quanto para te manter motivado e producente.

Quer ver como elas podem ser aplicadas para otimizar o seu dia a dia profissional? Então vem com a gente:

1. Crie metas para produzir mais

Você sabia que o nosso cérebro transforma pequenos hábitos em uma espécie de programação? Isso acontece graças às funções adaptativas, que estão ali para garantir que nosso corpo se adeque aos mais variados padrões.

Quando dormimos tarde por cinco dias seguidos, por exemplo, o cérebro vai interpretar essa informação como um comando e vai mandar o corpo pegar no sono nesse horário específico. Para reverter o costume, o que fazemos? Treinamos o cérebro para pegar no sono mais cedo, indo para a cama em outro horário.

A mesma ideia se aplica à escrita. Se você escrever um pouco todos os dias, criará um hábito que servirá para manter o seu cérebro sempre producente. Afinal, estará na programação dele que você tem que escrever todos os dias.

Mas o que vai contribuir mesmo para a criação desse hábito e para manter sua mente motivada a segui-lo são as metas. O motivo tem a ver com outra predisposição do cérebro: o sistema de recompensas.

Como funcionam as metas de produção

Toda vez que concluímos uma tarefa, vem aquela sensação maravilhosa de conquista, não é mesmo? Pois essa sensação é a recompensa que o cérebro está buscando.

Portanto, se você estipular uma meta diária de 500 palavras, por exemplo, não só estará treinando-o para produzir pelo menos 500 palavras por dia, como desenvolverá um cenário de pequenas conquistas que te manterão motivado a trabalhar.

O ideal é, como em todo treinamento, começar com valores menores e ir aumentando de acordo com suas capacidades. Também é interessante ser flexível: se você vir que em um dia está disposto a produzir mais, não pare ao chegar em 500 palavras, pois esse extra compensará os dias menos produtivos.

2. Torne-se um profissional mais capacitado

Agora que já sabemos o que está por trás do funcionamento das metas, é hora de deixar você mais eficaz!

Produção constante e em um bom volume é sempre positivo, mas não basta escrever muito se o texto não for de qualidade. Por isso, é imprescindível investir em especializações e estar antenado às novidades da área.

Criar metas de leitura é uma ótima forma de melhorar suas capacitações. Afinal, todo redator é, acima de tudo, um leitor voraz. Um livro por mês já é um bom começo, que tal?

Outra meta interessante é a de tirar pelo menos um certificado por ano, a fim de se manter atualizado em marketing digital. Os cursos para produtores de conteúdo são diversos e engrandecedores, e certamente vão alavancar a sua carreira e te destacar da concorrência!

3. Planeje-se para ter um negócio mais lucrativo

Por não receberem uma quantia mensal fixa, profissionais freelancers precisam fazer um esforço extra na hora de organizar suas finanças. Estabelecendo metas, porém, isso fica mais fácil.

Primeiro, você deve levar em consideração a periodicidade dos pagamentos. Após um tempo trabalhando em plataformas de produção de conteúdo, dá para ter uma ideia de quanto você consegue fazer por mês e quando costuma receber.

Trabalhando diretamente com clientes, por meio de contratos, você estipula datas de pagamento. Em cima desses dados, é possível planejar um lucro mínimo para uma data específica. Produzir o equivalente a R$ 500 até o dia 20 de cada mês, por exemplo, é uma forma de controlar melhor o seu faturamento e te manter focado em um objetivo.

Mas atenção: é fundamental ter expectativas realistas, que estejam de acordo com o seu ritmo. Caso contrário, as metas só servirão para te frustrar. Lembre-se, também, de poupar qualquer graninha extra para eventuais imprevistos.

4. Aprenda a lidar com as metas

Ufa! Agora que já vimos quantas metas você pode traçar para alavancar sua carreira, falta o mais importante: se assegurar de que elas serão cumpridas. Felizmente, nós conhecemos alguns métodos para te ajudar:

SMART

Esse método é fundamental para a criação de metas coerentes. A sigla SMART corresponde a cinco requisitos que uma boa meta deve cumprir:

  • Specific (específica): sua meta tem que ser específica, isto é, mostrar exatamente o que você quer atingir em números e dados;
  • Measurable (mensurável): você tem que ser capaz de medir sua evolução rumo ao alcance dessa meta;
  • Attainable (alcançável): sua meta tem que ser realista e acessível;
  • Relevant (relevante): a meta tem que ser relevante para o seu objetivo e estar de acordo com suas estratégias;
  • Time based (tempo definido): toda meta precisa ter um prazo para ser alcançada.

Perceba que a meta de 500 palavras diárias atende a todos eles, ou seja, é bastante adequada! Usando isso como base, crie quantas julgar necessárias.

Planilhas de produção

Manter planilhas de produção é importante para documentar seu desempenho rumo ao alcance da meta e administrar melhor o trabalho.

Ainda no exemplo das 500 palavras diárias, a planilha de produção te mostrará em quais dias é mais fácil alcançá-las, ultrapassá-las e até mesmo verificar se 500 é muito pouco perto do que você costuma produzir.

Planos semanais, mensais e anuais

Você quer que sua carreira vá muito além da próxima semana, certo? Então, suas metas podem (e devem) ser também de longo prazo.

Criando planos mensais e anuais, você terá mais clareza quanto ao seu futuro profissional. Além disso, poderá definir os melhores caminhos rumo a cada conquista.

Mente e corpo relaxados

Não deixe que as metas se transformem em um estresse a mais. Inclua períodos de descanso e lazer em seu planejamento!

Conservar mente e corpo relaxados te dará mais disposição para ir atrás de seus objetivos. Por isso, lembre-se sempre de tirar um tempinho para meditar, ver um filme e sair com os amigos.

(Mais) Recompensas

O alcance da meta, como vimos, já funciona como uma recompensa. Porém, isso não significa que você não possa turbiná-la e motivar ainda mais o seu cérebro.

Presenteie-se com alguns pequenos luxos quando atingir metas maiores. Pode ser um doce que você está com vontade de comer há muito tempo, um passeio diferente ou um videogame novo! Afinal, todo esse esforço é para curtir o que a vida oferece de melhor, certo?

Agora que você já sabe como as metas vão te ajudar a ser um redator de sucesso, que tal conhecer alguns hacks de produtividade? Faça nosso curso por e-mail e aprofunde ainda mais os seus conhecimentos!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *