mercado freelancer - sinais de que você está bem posicionado

Mercado freelancer: 10 sinais de que você está bem posicionado

Powered by Rock Convert

Independentemente do tipo de atividade freelancer que você desenvolve, seja de redação, revisão, design, tradução, entre outras, é importante saber em qual estágio dessa carreira que você encontra. Afinal, como identificar quando é necessário se posicionar melhor, buscar novos caminhos e traçar metas mais ambiciosas? Qual a melhor forma de alavancar sua carreira no mercado freelancer?

Imersão Freelancer - maior curso online gratuito do BrasilPowered by Rock Convert

Independentemente do tipo de atividade freelancer que você desenvolve, seja de redação, revisão, design, tradução, entre outras, é importante saber em qual estágio dessa carreira que você encontra. Afinal, como identificar quando é necessário se posicionar melhor, buscar novos caminhos e traçar metas mais ambiciosas? Qual a melhor forma de alavancar sua carreira no mercado freelancer?

Confira aqui os principais sinais de que você está bem posicionado nesse mercado, e saiba como medir seu sucesso como freelancer:

1. Você consegue desenvolver tarefas simples rapidamente e sem muito trabalho

Um dos principais sinais de que você está bem posicionado no mercado freelancer é o fato de você dominar as atividades mais rotineiras dessa profissão. Dominar, aqui, é utilizado no sentido de ter facilidade e tranquilidade para executá-las. Ou seja, consegue desenvolver essas tarefas rapidamente, sem necessitar de muita pesquisa ou revisão, nem mesmo acarretar reprovações ou refações.

Ocasionalmente, claro que será preciso pesquisar com maior profundidade um ou outro conceito, assim como buscar novas formas de se atualizar, entre outros aspectos. No entanto, um freelancer com bastante experiência de mercado tem a habilidade de automatizar muitas das suas tarefas cotidianas, até porque as realiza com certa constância há algum tempo.

Isso é um sinal de que você não apenas se acostumou com as atividades de freelancer em seu ramo de atuação, como também tem realizado tarefas que se adequam aos tipos de aptidão que você possui. Caso contrário, se você estivesse em uma área inadequada, teria dificuldades no dia a dia das tarefas e provavelmente não conseguiria realizá-las de forma ágil.

2. É possível aplicar seus conhecimentos pessoais naquilo que você faz

Formações técnica e universitária ajudam muito um profissional a construir uma bagagem de conhecimentos para que seu trabalho seja realizado com mais facilidade. Mas é possível aplicar outros tipos de saberes e experiências em seus trabalhos freelance.

Por exemplo, muitos freelancers part-time (de meio período) realizam atividades em áreas diferentes das suas, como forma justamente de explorar sua curiosidade sobre determinados temas e aplicar esses conhecimentos na geração de rendimentos-extra. Assim, alguém com formação em Direito pode se interessar por tecnologia, e com isso realizar freelas sobre o tema. Da mesma forma, um administrador de empresas pode ser freelancer escrevendo sobre saúde e bem-estar.

O importante é que você aplique seus conhecimentos naquilo que você faz profissionalmente. E o freelancer que é capaz de realizar isso em seu dia a dia de trabalho estará bem posicionado, porque escreve sobre o que gosta, ou sobre o que tem mais apelo para ele. Esse é mais um indicativo de que você se encontra posicionado em um ramo de seu interesse.

3. Você traça suas próprias metas profissionais

Por falar em fazer o que gosta, essa é outra característica do freelancer que está bem posicionado no mercado: fazer o que te dá prazer também te permite traçar suas próprias metas profissionais. Afinal, se você pôde escolher a área em que quer atuar e as tarefas que deseja desenvolver, também poderá direcionar sua carreira em busca da realização de seus objetivos profissionais.

Há freelancers que fazem isso com a finalidade de obter uma complementação de renda, ou então para atingir objetivos financeiros específicos, como a realização de uma viagem, por exemplo. Mas também há quem atue nesse mercado para financiar outras atividades, empreender em novos ramos e até mesmo viver somente de freelas.

Basicamente, se você está em um estágio da carreira como freela em que pode utilizar o trabalho para atingir essas metas, então também pode ter certeza que está bem posicionado. Essa é uma autonomia profissional rara hoje em dia, que até mesmo alguns freelancers têm dificuldade de atingir.

4. Você tem tempo livre e decide a melhor forma de utilizá-lo

Muitos profissionais trabalham tanto, que não têm tempo para a família, os amigos e outras atividades de lazer. Ou então, até conseguem abrir esses intervalos em suas agendas, mas não se planejam com antecedência, não há previsibilidade de quando poderão tirar férias ou folgar no trabalho.

Se você é um freelancer bem-sucedido, provavelmente terá como estabelecer seu próprio tempo livre e determinar a melhor forma de utilizá-lo. Seja viajando, seja praticando esportes todas as manhãs, lendo, ou saindo com os amigos, a autonomia de gerir suas próprias atividades e horários tem esse benefício de garantir também maior independência na escolha de como aproveitar as folgas.

5. Você consegue negociar preços mais justos para atividades mais demandantes

Te propuseram um freela mais complexo? Você sabe que o valor oferecido não é suficiente para realizar aquela tarefa? Tem como escolher outras atividades cuja relação custo-benefício é mais vantajosa?

Nesses casos, muitos freelancers conseguem calcular e negociar valores mais adequados para esses tipos de tarefa. É como se você estivesse efetivamente negociando a venda de um produto usado: sabe que há valor de mercado, tem investido naquele objeto há algum tempo e pode atingir um equilíbrio de preços razoável para ambas as partes.

Não se engane: isso não é algo que qualquer profissional autônomo consegue fazer. Existe aí uma estabilidade delicada entre o valor da experiência de mercado, o sucesso pessoal e a oferta de freelas, todos fatores que você deve considerar antes de negociar valores.

6. Te procuram para realizar trabalhos especializados

Existem freelancers e freelancers. Se você é um profissional autônomo que consegue escrever e desenvolver tarefas sobre temas mais específicos, avançados, complexos e técnicos, provavelmente estará melhor posicionado no mercado do que a maioria.

Isso, porque não é qualquer pessoa que desenvolve trabalhos em um certo estilo, sobre determinados temas e de acordo com alguns parâmetros de qualidade. Caso os clientes mais exigentes comecem a procurar seu trabalho, esse é um forte indicativo de que sua cotação no mercado está valorizada.

Em geral, esse tipo de habilidade te garante tarefas com remuneração melhor, mais tempo para desenvolvimento e também maior reconhecimento profissional entre seus clientes. Se você atingiu esse tipo de patamar de mercado, é um sinal de que está no caminho certo da carreira de freelancer.

7. Freelas inovadores não são um problema para você

Há algumas pautas e tarefas que simplesmente não podem ser delegadas para qualquer profissional. Normalmente, além de serem trabalhos mais técnicos, esse tipo de atividade também exige perspectiva inovadora e criativa na abordagem do tema.

Se você é um freelancer com experiência na elaboração dese tipo de tarefa, provavelmente já foi demandado a elaborar algo mais criativo, que fuja do lugar comum e que seja verdadeiramente original. Isso é cada vez mais importante no marketing de conteúdo, já que a forte concorrência online exige mais qualidade e singularidade nos textos produzidos.

8. Trabalhar é também um prazer

Acredite, não são todos os profissionais que consideram o trabalho algo prazeroso. Na verdade, muitas pessoas estão insatisfeitas nos trabalhos que realizam e desejam mudar de área ou profissão. O trabalho freelancer pode ser uma importante vávula de escape e tem o benefício adicional de complementar sua renda no final do mês.

Afinal, você pode se permitir escolher o que quer escrever, quais textos quer revisar, quais pautas deseja desenvolver, entre outras tarefas. Assim, o trabalho fica menos frustrante e passa ser uma atividade mais prazerosa, que efetivamente condiz com seus interesses e objetivos pessoais.

Aqueles profissionais freelancers que se sentem dessa forma e conseguem encarar o trabalho como algo agradável e instigante são privilegiados. Vale a pena buscar esse tipo de relação com qualquer atividade profissional que você desenvolve ou vem a desenvolver durante a vida.

9. Você compreende e acompanha as principais tendências do mercado freelancer

Um bom freelancer é também aquele que consegue acompanhar as principais tendências do mercado em que atua. Em vez de esperar que o cliente esteja sempre direcionando as pautas dos trabalhos, já oferecer o que há de mais atualizado é uma forma de melhorar sua reputação e também sua cotação nesse nicho.

O aprendizado online é uma ótima forma de você atualizar seus conhecimentos, aprimorar suas habilidades e garantir resultados mais satisfatórios em seu dia a dia profissional. Para isso, vale muito apena frequentar com regularidade plataformas como a Coursera, edX, FGV e até mesmo a Universidade Rock Content, ideal para quem quer dominar marketing digital.

10. Você passou a considerar ser freelancer em tempo integral

Sim, há quem viva somente de freelas. São vários os benefícios dessa profissão, epecialmente para quem procura mais flexibilidade e autonomia profissional. No entanto, são poucos os freelancers que efetivamente conseguem atingir um patamar de demanda por seu trabalho que seja recompensante financeiramente.

Nem sempre a oferta de trabalho é suficiente, há períodos de menor procura, entre outras dificuldades que podem comprometer seu planejamento financeiro ao depender exclusivamente dos trabalhos como freelancer. Mas, se você atinge determinados níveis de desenvolvimento profissional, isso não será um problema para você.

E um dos principais indicativos desse crescimento é o fato de você cogitar viver somente de freelas. Se isso consegue organizar suas finanças, sustentar seu estilo de vida, pagar suas contas e ainda lhe garantir segurança em relação ao futuro, provavelmente você é um freelancer bem posicionado no mercado.

Com essas informações em mãos sobre o mercado freelancer, fica mais fácil verificar se você está no caminho profissional mais adequado. Que tal conferir também nosso post sobre técnicas de negociação para freelancers? Leitura imprescindível para quem atinge sucesso nesse mercado!