Por Samanta Jovana

Redatora da Comunidade Rock Content.

Publicado em 04/10/2018. | Atualizado em 03/10/2018


Sentir-se uma fraude é mais comum do que pensamos. O medo é inevitável, mas podemos desenvolver habilidades para lidarmos com eles da melhor maneira. Confira aqui o que fazer!

Já sentiu medo de fracassar?

Veja se consegue reconhecer os sinais: está sempre preocupado com o que os outros pensam de você, quando enfrenta um problema questiona a sua habilidade de continuar e tem terror de ver suas capacidades questionadas porque não deu conta do recado?

Todos esses sinais são típicos do medo de fracassar, um problema que pode acometer todo mundo, mas que é ainda mais comum entre os profissionais freelancers.

Dentro da psicologia, não é difícil entender esse sentimento. É normal que cada um de nós lide com a possibilidade de falhar de forma diferente, mas a maioria das pessoas se sente incomodada com isso e algumas chegam a se culpar e ter dificuldades mais extremas.

A culpa é um sentimento intimamente atrelado ao “fear of failure”, que é como os americanos se referem a esse medo, e inconscientemente você pode estar sendo vítima dele.

O assunto pode parecer clichê, mas para não deixar que o medo de fracassar atrapalhe a sua carreira, trazemos algumas dicas que podem ajudar. Elas lhe ensinarão como lidar melhor com as adversidades.

O que podemos garantir, todavia, é que isso não acontece só com você e que dá para superar o sentimento com alguns exercícios simples. Veja como!

Entenda que fracassar é inevitável

Sabe o que todas as pessoas no mundo têm em comum? Em um momento, elas se sentiram uma fraude — ou encontraram alguma disciplina/trabalho que era simplesmente difícil demais de superar.

Albert Einstein falhou e Santos Dumont também. Nem por isso essas pessoas deixaram de ser grandes nomes em suas áreas ou desistiram.

É importante acostumar-se com o fato de que fracassar é inevitável e que a grande diferença entre os vencedores é que eles souberam se reerguer a partir disso.

Simplifique a forma como lida com os problemas

Quanto mais camadas adicionamos aos nossos problemas, mais difícil é superá-los. Por isso, tente simplificar os motivos pelos quais você falhou em uma empreitada. Assim, será mais fácil identificar o que fazer para não persistir em um resultado ruim.

A partir do momento em que você se concentra em todas as possibilidades que o fizeram obter um desempenho aquém do esperado, sentir-se sobrecarregado é uma consequência natural. Procure encarar suas tarefas de forma direta, estabelecendo metas e passos a seguir para que elas sejam bem-sucedidas.

Repita: “quem falha mais tem mais sucesso”

Existe uma famosa frase norte-americana que diz que não existe fracasso, apenas feedback. É fato que as pessoas que mais encontraram desafios em suas jornadas são, geralmente, as que mais obtiveram sucesso ao final delas. Quer um exemplo?

Steve Jobs. Por muitos anos, a Apple foi uma empresa jogada para escanteio, devido à popularidade da Microsoft. Steve Jobs foi tirado do comando da empresa porque as suas decisões não pareciam as melhores para que a marca se desenvolvesse. Mas os acionistas estavam errados.

Foi com o retorno de Steve que dispositivos como o iPod e o iPhone foram criados. Eles trouxeram a Apple de volta para a liderança e mudaram a forma como lidamos com tecnologia.

Sempre que se sentir para baixo, lembre-se de que seus heróis provavelmente falharam muitas vezes até chegarem onde estão.

Aceite que o fracasso é temporário

Ninguém é um fracasso. Fracassar é algo que acontece com as pessoas, independentemente do que elas façam ou do quanto se esforcem.

O que queremos dizer é que você não é diferente de ninguém porque falhou. Na maioria das narrativas, o protagonista sempre enfrenta muitos problemas antes de conquistar o que sempre sonhou.

É preciso aceitar que você é o protagonista da sua história.

Procure se distrair um pouco

Ok. Não deu tudo certo dessa vez. Mas ficar pensando nisso pelo resto do dia ou da semana (e em casos mais drásticos, até por meses e anos) vai realmente fazer diferença?

Não estamos dizendo que não é preciso encarar os motivos pelos quais você falhou e aprender com eles. Ficar obcecado com o fracasso é que é o grande problema.

Procure tirar a sua cabeça da situação, fazendo algo de que gosta. Veja um filme ou uma série ou saia com seus amigos. Isso vai ajudá-lo a se sentir melhor.

Sugestões do editor:
Como se tornar o freelancer mais disputado do mercado em 2019
Geração Freelancer: os millennials nasceram realmente para isso?
Por que é tão difícil amar as segundas-feiras?
Eu não sou uma fraude: como lidar com a síndrome do impostor
Como ser melhor que a grande maioria dos freelancers
Cuidado! Muitas vezes, a grama do vizinho é mais verde porque é falsa

Busque crescimento pessoal nas adversidades

Lembra da narrativa que mencionamos acima? Ela só funciona quando o protagonista busca crescimento pessoal em todas as oportunidades que lhe são oferecidas.

Foi assim em Karatê Kid, em Rocky, em boa parte dos livros da saga Harry Potter e em muitos outros filmes e histórias que fizeram parte da sua infância.

Entenda o que está lhe impedindo de ser melhor e aja para mudar isso.

Imagine o futuro

Um exercício que ajuda bastante um freelancer a lidar com os problemas que enfrenta é imaginar seu futuro. Onde você quer estar em cinco, dez, vinte anos?

Criar um plano e ater-se a ele vai ser bom para minimizar os fracassos e entender que eles são parte da sua jornada. Projete seu futuro, determine o que é preciso fazer para chegar lá e, como diria um peixinho muito famoso, “continue a nadar”.

Siga a sua paixão

Se dar bem em uma carreira é menos complicado se ela for a sua paixão. Quem trabalha motivado porque gosta daquilo que faz não tem problemas em sacudir a poeira e dar a volta por cima. Por isso, encontre o seu chamado, a sua voz e aquelas atividades que lhe permitem explorar o seu potencial.

Nem tudo é uma “vocação”. Em boa parte das atividades, será preciso se esforçar e fracassar muitas vezes até se dar bem, e essa tarefa fica muito mais divertida quando se trata da sua paixão.

Pense no presente

A pior maneira de lidar com o fracasso é pensar em como ele impactará o seu futuro. É claro que se você não fizer nada a respeito das suas limitações, um desafio pode se tornar um problemão no longo prazo. Mas é preciso viver sempre no presente.

O que você pode fazer hoje para não obter um resultado ruim? Que ações evitarão que o que aconteceu se repita? A atitude que você tiver agora será determinante para os retornos que conseguirá eventualmente.

O medo de fracassar pode acontecer com qualquer um de nós, mas ele é mais frequente quando não nos conhecemos bem. Por isso, exercícios de autoavaliação podem ser uteis para entender as suas limitações e encontrar formas de superá-las.

A ferramenta Roda da Vida vai ajudá-lo a compreender melhor o que é importante para você. Faça o download dela agora mesmo!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *