Por Redator Rock Content

um dos freelancers da Comunidade. Seja também um redator!

Publicado em 07/03/2017. | Atualizado em 09/01/2019


Você tem um perfil ativo no Linkedin? Completamente focado em negócios e conexões profissionais, o Linkedin se tornou o cartão de visitas online de todo profissional. Além disso, é uma plataforma para encontrar oportunidades e novos desafios na sua carreira. O Linkedin, apesar de ser muito utilizado por empresas formais e seus funcionários, também é uma rede social importantíssima para redatores freelancers. […]

Você tem um perfil ativo no Linkedin?

Completamente focado em negócios e conexões profissionais, o Linkedin se tornou o cartão de visitas online de todo profissional. Além disso, é uma plataforma para encontrar oportunidades e novos desafios na sua carreira.

O Linkedin, apesar de ser muito utilizado por empresas formais e seus funcionários, também é uma rede social importantíssima para redatores freelancers.

Por isso, retomamos a pergunta: você realmente é ativo nessa rede?

Com um pouco de tempo e dedicação, você pode tornar o seu perfil mais atrativo e estar visível para as pessoas certas, seus possíveis clientes.

Nesse artigo, você vai conhecer os 6 segredos por trás de um perfil ideal no Linkedin! Então, para descobrir como otimizar a sua página hoje mesmo, continue a leitura!

Por que devo fazer marketing no Linkedin?

O Linkedin conta com mais de 467 milhões de usuários e está presente em mais de 200 países, de acordo com dados da própria rede social.

A plataforma é utilizada por empresários e recrutadores para encontrar candidatos, e os usuários costumam compartilhar projetos profissionais, metas alcançadas e suas habilidades técnicas.

Diferentemente das demais redes sociais, o foco do Linkedin é a sua vida profissional, inclusive fora do Brasil se você for fluente em outros idiomas. E ter uma rede específica para esse fim faz toda a diferença!

Uma visita a um perfil Linkedin antecipa muitas questões de uma entrevista, por exemplo, respondendo perguntas importantes em alguns cliques: o que você faz atualmente, o que já realizou, onde trabalhou, com quem trabalhou e quais habilidades e atividades desenvolveu.

Porém, um grande diferencial do Linkedin é o seguinte: ao visitar um perfil, o dono da página recebe uma notificação sobre a sua visita.

Ou seja, é possível observar quem está sondando a sua rede social. E o melhor disso tudo é que o Linkedin segmenta essas informações para você.

O que nos leva ao ponto mais importante desse artigo:

Os 6 segredos para fazer marketing no Linkedin

Para obter sucesso como redator freelancer no Linkedin é fundamental que o seu perfil seja muito bem planejado.

Aqui, vamos entender os números dessa rede e mostrar como você pode criar vantagens diante dos seus contorrentes.

Confira, a seguir, os 6 pontos-chave de um perfil ideal no Linkedin!

1. Foto de perfil

Para começar, a sua foto deve ser apresentável – vale uma selfie, claro, desde que mostre bem o seu rosto. Escolha uma foto limpa, em que você apareça bem amigável e acessível.

Você sabia que perfis com foto têm 21 vezes mais chances de receber visualizações? E também recebem 36 vezes mais mensagens do que a média?

Então sorria! Lembre-se que seu futuro cliente vai ter o primeiro contato com você por ali, então é importante que ela reflita os seus objetivos e valores.

2. Cargo atual e descrição

Logo abaixo da foto deve constar a atividade que você exerce no momento, o seu cargo atual em alguma empresa ou redator freelancer.

Se você tiver um link para o seu portfólio, adicione-o na sua descrição, junto de um resumo breve sobre a sua carreira profissional. Fale em poucas palavras sobre o que você faz, o que te motiva ou o que está buscando no momento.

Materiais e leituras recomendados para otimizar o seu LinkedIn:
Guia Completo de Boas Práticas no LinkedIn
11 dicas de SEO para LinkedIn: aprenda a otimizar seu perfil e ganhe autoridade!
Freelancer no LinkedIn: 7 hacks para otimizar o seu perfil
5 motivos pelos quais você PRECISA ter um bom perfil no Linkedin
Como alcançar 500.000 seguidores no Linkedin produzindo conteúdo?

3. Experiência profissional

Ao citar trabalhos já realizados, se lembre que você está vendendo também a sua imagem.

Não seja prolixo, explique os pontos principais da sua experiência, as habilidades que você mais desenvolveu e outras informações que sejam relevantes para o cliente.

Você pode contar sobre desafios que enfrentou e até problemas que solucionou, desde que ajudem o cliente a conhecer melhor as suas qualidades.

4. Habilidades e certificados

Inclua as suas habilidades, e aqui vale citar tudo o que te torna um bom redator freelancer. Cite ao menos cinco delas para receber até 17 vezes mais visualizações de perfil.

Cite o domínio de ferramentas de blogging, conhecimentos em copywriting, SEO e mídias sociais, e seus níveis de fluência em idiomas.

Não se esqueça de listar seus certificados e cursos – eles mostram que você procura se manter atualizado e competitivo no mercado. E, caso tenham prazo de validade, lembre-se de refazê-los a tempo!

Tem poucos ou nenhum certificado na área? Porque você não experimenta os cursos gratuitos da Rock University? Ao ser aprovado em cada avaliação, o seu certificado para Linkedin é gerado automaticamente!

5. Recomendações

Procure amigos e colegas de trabalho e peça para que te deem recomendações nas suas habilidades e depoimentos sobre você.

Isso te dá maior credibilidade com os clientes, pois mostra que outras pessoas confiam em você e comprovam o que está exibido no seu perfil.

Além disso, retribuir as recomendações é uma ótima maneira de manter boas relações com antigos clientes e colegas, mantendo ativas essas conexões.

6. Publicações

O Linkedin tem uma ferramenta incrível para conquistar clientes e conexões importantes como redator freelancer: o Pulse, a sua plataforma de blogging e publicações.

Lá, você pode escrever artigos sobre temas que te interessem, assuntos relacionados à profissão de redator freelancer, dando algumas opiniões e mostrando suas ideias sobre os assuntos.

Documentar as suas ideias em formato de redação web é fundamental para qualquer profissional. Isso permite que os clientes se aproximem, tenham interesse em saber mais sobre você.

Também é uma boa ideia publicar alguns materiais do seu portfólio profissional, mostrando a qualidade do seu trabalho e a sua escrita aplicada.

Além de te ajudar a se promover para novos clientes, ao publicar no Linkedin você pratica sua escrita frequentemente e ainda pode ganhar alguns elogios públicos de amigos e colegas de trabalho — que são uma ótima vitrine para clientes, afinal, público satisfeito também chama atenção!

Não só as suas publicações originais são importantes, mas também o que você compartilha na sua rede, suas curtidas e comentários.

Tudo será visto pelas suas conexões, portanto tenha atenção e cuidado ao interagir pelo Linkedin. Use isso em seu favor!

Como você pode ver, o maior segredo para fazer marketing no Linkedin é fornecer informações sobre você, sempre pensando como conquistar novos clientes e encantar suas conexões.

Entretanto, é importante lembrar que o Linkedin é apenas uma das muitas formas de encontrar novas oportunidades de trabalho na internet!

E, depois que o seu perfil estiver dentro das melhores práticas, investir em um portfólio online vai te deixar ainda mais preparado para fechar negócios quando potenciais clientes fizerem contato com você!

Para ganhar visibilidade e ter sucesso na maior rede profissional do mundo, confira o nosso Kit do Marketing Pessoal no LinkedIn e aprenda as melhores práticas de Produção de Conteúdo e configurações do seu perfil!

Kit do Marketing Pessoal no LinkedIn

Posts populares com esse assunto