Por Dimitri Vieira

Editor-chefe do blog Comunidade Rock Content.

Publicado em 27/03/2018. | Atualizado em 21/03/2019


Quer acabar como bloqueio criativo? Estas dicas rápidas podem salvar a sua vida!


Sem tempo para ler tudo? Clique em ▶ e ouça este artigo na íntegra!

Muita gente pensa que produzir um conteúdo bacana é fácil, basta sentar em frente ao computador que as palavras saem sozinhas, mas somente quem trabalha com redação de textos (web ou não) sabe como às vezes é fácil ficar sem inspiração para escrever.

O impulso criativo não é algo que nos acomete a toda hora, ele vem e vai e, muitas vezes, some na hora errada, quando aquela pauta precisa ser entregue de qualquer jeito. O que fazer nessa situação? Chorar? Escrever qualquer coisa e enviar para o cliente? Não!

Não somos os primeiros e nem os últimos redatores a passar por isso, até mesmo os grandes escritores sofreram desse mal e descobriram seus caminhos e maneiras de desatar o nó criativo. Vamos descobrir quais são os seus?

Mantenha a calma e dê uma olhada no nosso cardápio de inspirações:

1. Relaxe…

Pressão em si mesmo não vai ajudar a extrair nenhuma boa ideia da sua cabeça, portanto, tire alguns minutos para fazer uma meditação, dê uma volta na rua, olhe o movimento pela janela ou cochile. Quinze minutos marotos são suficientes para você desestressar e voltar ao trabalho.

Umberto Eco, escritor italiano com uma lista imensa de outras atribuições certa vez falou:

“Nada é mais nocivo para a criatividade do que o furor da inspiração.”

Trocando em miúdos, relaxa que vem!

…e procure saber o motivo do bloqueio.

Muitos bloqueios criativos acontecem também quando estamos com outras preocupações na cabeça, estressados com alguma coisa e fisicamente cansados.

Aquelas faturas que estão para vencer, noites maldormidas por causa dos gatos da vizinha ou o próprio desconhecimento do assunto podem travar a criatividade.

Quando descobrir, elimine o problema (mas não mate os gatos da vizinha, é crime!). Além de acabar com o motivo do seu bloqueio, você também manterá sua vida mais organizada e se conhecerá melhor.

2. Olhe as revistas por outro ângulo

Conteúdos de revistas são otimizados para serem consumidos no curto prazo, ou seja, ficam obsoletos rapidamente e ainda concorrem com outros mecanismos mais modernos de comunicação, como os portais de notícias.

E você acha que essas adversidades deprimem os profissionais que escrevem as revistas? É claro que não, elas, no máximo, os desafiam a criar os conteúdos mais engajadores possíveis.

Profissionais que criam as manchetes de revistas são os mais bem pagos do mercado. E por que será? Porque eles têm a sacada ideal para chamar a atenção do leitor sintetizando os benefícios ou sensações que eles terão ao lerem o que está escrito.

Tudo isso, é claro, transmitindo as mensagens certas, para o público ideal. Quer uma aula de escrita e criatividade mais intensa que essas super publicações?

3. Ouça a playlist certa

Antes de sentar para escrever de fato, ouça uma música tranquilizadora ou uma que você goste muito, que te deixe motivado. A música tem o poder de desanuviar os pensamentos e, quando você volta ao trabalho, já está mais inspirado.

A música certa pode potencializar a cognição, aumentar a capacidade de aprendizagem e também a memória, basta selecionar a playlist que melhor se adapta a você.

Para isso, primeiramente avalie se as músicas que estão tocando despertam alegria, serenidade, tristeza ou ansiedade.

Uma playlist de carnaval, por exemplo, é bem alegre e algumas pessoas, incrivelmente, conseguem ser mais produtivas e criativas com elas. Por outro lado, dar o play na sofrência pode acabar com toda sua inspiração.

Inclusive, seguindo toda a nossa experiência em trabalho freelancer e com dicas incríveis da nossa equipe, montamos uma playlist para que você tenha mais foco. Para escutar a nossa seleção de música, é só clicar aqui! Então, foca na freela! 🙂

Foca no Freela: a playlist de produtividade da Comunidade Rock ContentPowered by Rock Convert

4. Leia e escreva muito, sempre

Ler é um exercício criativo contínuo, portanto, pode até ser que não resolva seu bloqueio imediato se você estiver começando agora, mas se for algum da sua rotina, com certeza trará muitos insights automaticamente.

Esse hábito ampliará o vocabulário, permitirá que descubra novos estilos, e claro, ajudará — e muito! — a encontrar as palavras certas para criar o seu texto, fazer associações mais facilmente e construir um conteúdo irresistível.

O mesmo acontece com a escrita. O exercício ajuda no desbloqueio criativo, pois seu cérebro estará condicionado a receber aquele estímulo diariamente, ainda que seja apenas para fazer uma lista de compras ou escrever um email para o síndico do prédio.

Escritores como a diva JK Rowling (alerta de fanatismo!) se esforçam para escrever diariamente, como um encontro com seus personagens, locações e temas, que permanecem vivos em sua cabeça o tempo inteiro.

Confira um compilado de conteúdos para te inspirar a produzir textos incríveis! ✍️
Como escrever bem: 39 dicas para começar agora
Inspiração para escrever: 15 dicas de como ter ideias para escrever
Storytelling: tudo sobre a arte de contar histórias inesquecíveis
Copywriting: entenda como dominar a escrita persuasiva

5. Folheie livros quando estiver sem inspiração para escrever

Mesmo que você não tenha o costume de ler, pode buscar inspiração nos livros. Pegue qualquer livro da estante e observe o tom do escritor, como ele começa as frases, como estabelece conexões emocionais com você. Depois de alguns minutos absorvendo essas características, você estará pronto para desenvolver o seu trabalho.

Todo mundo pode desenvolver seu lado criativo e convergir ideias. E, muitas vezes, é por meio da desconstrução, ou pensamentos divergentes que elas afloram.

Use e abuse de qualquer livro, mesmo que você não se sinta conectado com o tema, ele pode transmitir conhecimento e inspiração de qualquer maneira, seja no uso das palavras, seja na forma de conduzir a trama.

Profissional criativo: 8 livros para se destacar no mercadoPowered by Rock Convert

6. Reescreva trechos de livros

Não, não estamos estimulando o plágio! A ideia aqui é ter um ponto de partida. Pegue um trecho de um autor conhecido e reescreva com suas palavras. A partir da temática central, desenvolva seu próprio raciocínio. Quando você reflete sobre o trecho que está reescrevendo, consegue olhar o conteúdo sob uma nova perspectiva, encontrando o tom certo para dar início ao seu texto.

7. Construa um banco de ideias

Outra dica de inspiração para escrever é ter um banco de ideias. Sempre que você pesquisar sobre determinado assunto e encontrar um blog post, um e-book, um vídeo ou qualquer outro material interessante, guarde. Salve o link, faça o download para o seu computador e mantenha conteúdos e as referências armazenadas. Quando tudo mais falhar, elas estarão lá.

O mesmo vale para pensamentos que surgirem no meio da rua, ou durante uma aula da faculdade ou pós-graduação. Se nossos professores soubessem como suas aulas são inspiradoras, não se importariam de nos observar dispersos, ou melhor, dizendo, viajando na maionese.

Essas, inclusive, são duas medidas preventivas contra o bloqueio, mas se você estiver no auge dele, um bom exercício pode ser sentar e começar a descrever um objeto, ação ou pessoa a sua frente.

Se você escreve muitos conteúdos relacionados à tecnologia, por exemplo, o ideal é fazer esse exercício com alguma ferramenta inovadora, como um novo aplicativo do seu smartphone. Agora, se sua linha é mais comportamental, um empresário de sucesso pode ser seu objeto de descrição perfeito.

Até mesmo esses ensaios podem, futuramente, serem aproveitados em algum texto. Nenhum exercício, portanto, será em vão.

Nota do editor:
Quer aprender como produzir materiais incríveis com base em suas experiências cotidianas? Confira nosso ebook sobre Como produzir conteúdos criativos a partir de experiências do dia a dia!

Como produzir conteúdos criativos a partir de experiências do dia a diaPowered by Rock Convert

8. Vá para outro lugar

Você está no escritório? Mude de sala, sente-se no refeitório, vá até o jardim da empresa. Está em casa? Sente-se na sacada, na grama, na churrasqueira. Mudar de ambiente ajuda a relaxar e traz novos ares para que você encontre a inspiração para escrever. Sem falar que um ambiente aberto, como um jardim ou uma sacada, tem maior circulação de ar, ajudando a oxigenar o cérebro.

9. Troque ideias com outras pessoas

Não precisa ser um colega de trabalho, pode ser o pessoal da limpeza, um cliente que está esperando para ser atendido, alguém que está olhando uma vitrine lá no hall do prédio. Quando você troca informações com as pessoas, recebe feedbacks interessantes, visualiza novas perspectivas e extrai bons insights para produzir o seu texto.

Você também pode, discretamente, ouvir o papo de alguém na cafeteria. Pode parecer esquisito e, na verdade, é preciso tomar muito cuidado para que isso realmente não pareça excêntrico demais, mas assuntos aleatórios podem tirar seu raciocínio daqueles loopings de ideias chatas e vazias.

10. Escreva à mão

Se você tem o costume de abrir o notebook ou ligar o PC e ir direto para o Word, mude essa rotina. Escrever à mão estimula o cérebro e melhora muito sua caligrafia, sendo assim, pegue um caderno ou um bloco de anotações e comece a escrever palavras-chave, ideias, pensamentos.

Quando perceber, já terá o texto estruturado, bastando apenas ordenar o conteúdo e dar fluidez ao texto. Executar uma tarefa manual exige muito mais concentração, e ao fazer isso, suas ideias podem fluir naturalmente.

11. Assista entrevistas, filmes e ouça podcasts

Diálogos inteligentes têm tudo para trazer inspiração para escrever. E entrevistas com profissionais do mercado, cineastas, escritores e outras figuras que exalam intelecto por aí são grandes fontes de ideias, temas, assuntos, títulos, argumentos.

Sendo assim, não perca tempo com bobagens, busque conhecimento e inspirações em canais de comunicações relacionadas ao tema, assine podcasts e newsletters que ofereçam bagagem cultural para colocar a escrita para funcionar no trabalho.

Um cineminha também pode ser o remédio perfeito para relaxar e buscar inspiração para escrever. No meio do diálogo entre os personagens pode surgir a frase perfeita para dar início a um blog post ou concluir aquele e-book que estava travado na conclusão.

Dependendo do estilo da escrita, fazer referência ao filme e personagem pode, inclusive, enriquecer o conteúdo. Legal, né?!

Veja uma lista de conteúdos que irão ajudar você a estruturar seus textos! ✍️
Título de texto: aprenda a causar a melhor primeira impressão
Como fazer uma introdução perfeita: o guia definitivo
Como fazer uma conclusão perfeita!
Textos Argumentativos: veja como trabalhar seus argumentos da melhor maneira
O que é resenha e qual é a diferença para o resumo?
Como fazer uma resenha: o passo a passo definitivo para uma resenha perfeita
Descubra como fazer um resumo de qualidade em 7 passos

12. Escreva o que lhe vem à mente

Começar um texto com uma frase de impacto não é fruto de um insight de última hora, é fruto de muito trabalho, de refinamento da sua ideia. Para não perder tempo, escreva aquilo que lhe vem à mente, sem pensar muito se está adequado ou não. Quando terminar, revise o conteúdo, faça os ajustes necessários e então mande para o cliente.

No teatro, os exercícios de criatividade incentivam seus atores a improvisar, jogar o corpo, fala e a mente e deixar rolar. A mesma técnica pode ser utilizada para a escrita, assim como o famoso brainstorming, ou “toró de ideias”.

Os insights poderão ser colocados de maneira estruturada ou não, mas com a profusão de ideias, logo você encontrará a inspiração que precisa.

13. Faça exercícios

Muito tempo parado na mesma posição, dedos cansados, cabeça mais ainda, circulação falhando pela má postura e pelo tempo sentado — tudo isso afeta sua capacidade de escrita.

Uma forma de dar uma chacoalhada nisso tudo é levantar e fazer alguns exercícios: a boa e velha ginástica laboral. Dez minutinhos movimentando-se podem fazer milagres pela sua inspiração para escrever!

Você pode ir mais além, mais especificamente, à sua academia e fazer um aeróbico compatível com seu desempenho. Seu corpo liberará a endorfina que provocará a sensação de bem-estar, relaxamento e alegria.

14. Escreva sobre o que gosta

Você precisa escrever sobre crise econômica, mas o que gosta mesmo é de falar sobre viagens? Dê um tempo na economia e escreva sobre sua última viagem. Sim, um texto sem compromisso pode ajudar a tirar o foco do que está bloqueando sua inspiração para escrever.

Na plataforma da Rock Content, por exemplo, existem diversas áreas de escrita, produção de pauta, revisão e até diagramação que podem compor seu hall de atividades freelancers.

Assim, depois de falar sobre dicas de viagens, você pode voltar para a escrita sobre economia, automobilismo e gestão de projetos com muito mais prazer, inclusive.

15. Converse com sua audiência

Se você tem um blog próprio, não deixe de conversar com sua audiência para saber o que ela espera de conteúdo para as próximas postagens. Isso ajuda a personalizar os posts e aproximar da realidade dos leitores.

Se você está escrevendo para um cliente, dê uma olhada no blog dele, saiba quais são seus diferenciais que precisam ser valorizados, veja os comentários, as dúvidas que seus clientes apresentam e qual tema já está saturado no blog.

Isso será fundamental não somente para superar aqueles momentos difíceis sem inspiração para escrever, mas também para planejar estrategicamente os próximos conteúdos, criar links entre os posts e sugerir novas interações com os leitores.

Outros redatores preferem aquele cafezinho para dar um up nas ideias, passear com os cachorros e até tomar um bom banho. As estratégias vão só aumentando, e o legal mesmo é variar entre elas, afinal de contas, rotinas também podem acabar com nossa capacidade de criar, não é mesmo?

Então, seu bloqueio de inspiração para escrever já desapareceu? Já está pronto para colocar a produção a todo vapor?

Ai vai a dica final para acabar com seus bloqueios de inspiração por causa de estresses desnecessários: baixe agora nosso e-book com o guia de produção de conteúdo para a web e tenha seu processo todo sob controle e inspiração para escrever!

Guia Completo de Produção de ConteúdoPowered by Rock Convert

Posts populares com esse assunto