Por Redator Rock Content

um dos freelancers da Comunidade. Seja também um redator!

Publicado em 28/06/2017. | Atualizado em 28/06/2017


O e-mail é um canal incrível de engajamento, e o momento mais íntimo do copywriter com seu público. Que tal deixar as ideias rolarem para potencializar essa produção de conteúdo? Saiba mais neste artigo!

Torne-se um especialista em produção de conteúdo!Powered by Rock Convert

Escrever uma newsletter pode não ser uma das tarefas mais difíceis na vida de um produtor de conteúdo, mas conseguir aprimorar-se e inovar esse trabalho constantemente é.

Conheça agora algumas dicas para renovar o seu arsenal de ideias para newsletter e obter resultados cada vez melhores nesse canal de comunicação:

Analise a sua caixa de entrada

Qual foi o último e-mail marketing que você abriu? E por quê? Analisar nossos próprios hábitos de consumo de mensagens é um excelente primeiro passo para encontrar novas ideias para newsletters.

Inscreva-se em variadas listas de e-mail para acompanhar de perto a comunicação não só das marcas que são referência nesse tipo de comunicação, mas também dos principais concorrentes e manter-se antenado ao que funciona ou não.

Reveja as métricas das newsletters anteriores

Você provavelmente já sabe da importância de sempre acompanhar as métricas e resultados das newsletters. Contudo, apenas monitorar e registrar as taxas de abertura e cliques não basta. Use essa informação para gerar valor real ao seu trabalho.

Visite constantemente os números dos envios anteriores para descobrir quais formatos e temas obtiveram um melhor desempenho e tente reproduzi-los. A ideia aqui não é que o conteúdo se torne repetitivo e engessado, mas que ele tenha uma linha segura para seguir e tentar extrair resultados cada vez melhores.

Saiba quais são as principais dúvidas do seu público

Entregue ao seu leitor conteúdos pelos quais ele realmente terá interesse. Antes de mais nada, tenha certeza de que conhece bem a persona que deseja impactar e quais são suas principais dores, metas e questionamentos.

Você pode descobrir as principais dúvidas da indústria para a qual precisa escrever ao acompanhar fóruns de discussão como o Quora, por exemplo, e observando também quais são os livros mais procurados sobre o assunto. Essas podem ser fontes valiosas de inspiração.

Reverbere as redes sociais

Um bom produtor conteúdo precisa estar sempre ligado em tudo que acontece e mobiliza as pessoas na internet. E um dos melhores jeitos de acompanhar isso é por meio das redes sociais.

Veja o que está acontecendo em plataformas como o Facebook, Twitter e LinkedIn e use sua comunicação por e-mail para reverberar os assuntos do momento sempre que faltarem boas ideias.

Só tome cuidado, pois muitas vezes a vida útil de uma newsletter é muito maior do que a de um meme ou uma polêmica do momento. O que era para ser uma demonstração de que a marca está antenada pode se tornar uma comunicação que já chega datada ao assinante.

Teste novos formatos

Saia do básico! É importante seguir uma linha coerente, porém, ficar preso somente a ela é um desperdício de potencial e um catalisador para deixar os leitores entediados.

Confira algumas sugestões de formatos que ajudarão a variar a interação entre a marca e os assinantes:

Testimonials

Traga depoimentos e citações de clientes e usuários que tiveram suas vidas impactadas pelo seu produto, serviço ou projeto. Esse formato de conteúdo é perfeito para impulsionar suas vendas e mostrar ao público o que a empresa é capaz de oferecer.

Cursos por e-mail

Sempre estamos procurando aprender coisas novas, então use isso a seu favor. Ofereça cursos online e treinamentos sobre os assuntos que interessam ao seu público e, quem sabe, o torne mais capacitado para extrair os melhores resultados de seu serviço ou produto.

Uma boa dica para manter a taxa de abertura alta é criar cursos por e-mail mesmo. Separe o conteúdo em diferentes envios e ofereça uma verdadeira jornada de aprendizado ao público.

Faça o curso de Hacks de Produtividade da Comunidade Rock Content para entender melhor o que estamos falando e, de quebra, se torne ainda mais produtivo!

FAQs

Se um usuário faz uma pergunta, pode apostar que muitos outros têm a mesma dúvida.

Pense em ideias de newsletter que ajudem a solucionar as questões dos assinantes, de preferência de forma consolidada, como um FAQ (sigla para Frequently Asked Questions, ou as perguntas mais frequentes, em tradução livre).

Além de trazer um bom engajamento, esse tipo de conteúdo também ajuda a reduzir o volume de solicitações de suporte ao cliente. A equipe de atendimento, com certeza, vai te agradecer! 😉

Pesquisas e enquetes

Pergunte aos seus assinantes o que eles querem. Eles não só te dirão, como também ficarão felizes por se sentirem ouvidos. E você terá a chance de conhecer melhor seu público e obter ideias para newsletters mais acertadas.

Entrevistas

Torne a newsletter mais atraente. Convide outros autores e personalidades e faça com que eles compartilhem sua experiência e conhecimento com o público.

Quanto mais relevante a pessoa escolhida for para o seu público-alvo, maiores deverão ser as taxas de abertura.

Anuncie novos produtos ou serviços com exclusividade

Entregue valor para os assinantes e faça com que eles se sintam especiais (e eles realmente são!).

Apresente novidades com exclusividade na newsletter e valorize quem abre um espaço na concorrida caixa de entrada do e-mail para a sua empresa.

O conhecimento em primeira mão ou o acesso exclusivo faz as pessoas se sentirem valorizadas e se tornarem advogados da marca. Além de ajudarem a construir o sempre bem-vindo buzz para o pré-lançamento.

Calendário de eventos

Informe os assinantes sobre eventos futuros promovidos pela empresa, como webinars e demo days, ou do mercado, como conferências e palestras.

Estudos de caso e/ou whitepapers

Mostre sua experiência e explique como seus produtos e serviços ajudam seu público-alvo por meio de conteúdos mais aprofundados, que entreguem conhecimento em alto nível.

Que tal um pouco de storytelling?

Nós não somos tão racionais quanto gostamos de acreditar. Embora trazer dados e notícias técnicas ajudem a chamar a atenção, tendemos a memorizar melhor e nos sentirmos mais envolvidos quando alguma informação é passada no formato de uma boa história.

Não é à toa que o Storytelling é uma das buzzwords do momento no mundo do marketing de conteúdo. A arte de contar histórias é quase tão antiga quanto a própria humanidade, seja no formato de pinturas rupestres nas paredes da caverna, seja em vídeos de 360° nas mídias sociais.

Histórias de sucesso com foco nos clientes ou funcionários da empresa costumam ser fonte de ótimas narrativas que engajam e encantam ao público.

Recicle o conteúdo dos outros canais de comunicação

Use a newsletter como uma forma de reforçar mensagens e conteúdos relevantes para o seu público.

Pesquise as publicações mais populares do blog, mídias sociais e site da empresa e faça a adaptação para o formato de e-mail.

Tenha um backlog de ideias para newsletter

Agora que você já leu essa lista inteira, separe as ideias que melhor se adequem ao seu contexto e coloque a mão na massa!

Claro que você não precisa usar todas de uma vez. Encare essa como uma ótima oportunidade de construir um backlog de sugestões que você poderá consultar sempre que a criatividade não bater à porta.

Agora chegou a sua vez de ajudar a comunidade Rock Content a ter sempre boas ideias para newsletter. Deixe seu comentário aqui no post e conte para nós quais são os tipos de newsletter que você mais curte!

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *