Por Autor Convidado

pelo blog da Comunidade Rock Content.

Publicado em 13/07/2017. | Atualizado em 20/01/2020


Se o seu trabalho não rendendo nada e a sua mente está completamente bloqueada? Pare o que você está fazendo. Talvez você esteja priorizando as tarefas no horário errado, e há uma explicação científica para isso.

Guest post produzido pela equipe da Hotmart

Pode parecer bobagem, mas nossos níveis de criatividade e concentração alternam ao longo do dia. Ou vai dizer que você nunca escutou expressões como: “Fulano rende mais na parte da manhã” ou “Ciclano adora trabalhar de madrugada”?

Uma das maiores dificuldades de quem abandona o emprego convencional para trabalhar como freelancer é planejar o dia de acordo com a própria produtividade.

Esse é o seu caso?

Continue lendo nossas dicas e identifique o horários mais produtivos para você trabalhar!

Ritmo circadiano e a explicação científica para a produtividade

Agora que você entendeu que todo mundo tem um ritmo de trabalho particular, com certeza deve estar curioso para entender porque isso acontece.

Assim como tudo na natureza existe uma explicação científica para isso, que são os ciclos circadianos.

“Os ciclos circadianos são oscilações nas funções fisiológicas humanas com um ciclo aproximado de 24 horas que são notados nas pressões sanguíneas, temperatura corporal e quantidade de hormônios do sangue”  (Trecho extraído do livro Ergonomia: Trabalho Adequado e Eficiente — Francisco Masculo e Mario Cesar Vidal)

Durante o dia, o corpo está preparado para produzir, enquanto à noite nossas funções desaceleram quando nosso organismo entende que está na hora de descansar e reconstituir suas reservas de energia.

Essas oscilações são a razão para nos sentirmos tão dispostos em determinados períodos do dia e tão cansados em outros.

Existem diferenças em relação ao ritmo circadiano de cada indivíduo, em alguns casos essa diferença no relógio biológico pode ser de até 3h, o que nos leva ao próximo tópico.

Matutinos X Vespertinos

Quando falamos em produtividade existem três tipos de pessoas:

  • os matutinos;
  • os vespertinos;
  • e os indiferentes.

Os matutinos são aquelas pessoas que acordam com mais facilidade pela manhã e, geralmente, dormem cedo. Sua temperatura corporal sobe mais rapidamente e atinge o pico por volta das 12h, o que significa que são pessoas mais agitadas e criativas durante o período da manhã.

Os vespertinos são mais ativos à tarde e no início da noite. Quase sempre têm dificuldades para acordar, não gostam de fazer compromissos pela manhã e sua temperatura corporal atinge o pico por volta das 18h, o que significa que são mais produtivos durante a tarde, logo depois do horário do almoço.

Já os indiferentes são pessoas que tem sim uma preferência de horário para realizarem suas atividades, mas ao mesmo tempo tem facilidade de se adaptar à novas rotinas, podendo render bem tanto no período da manhã quanto da tarde.  

Esse último perfil engloba a maioria da população, enquanto os matutinos e vespertinos representam entre 20 e 30%.

Como descobrir em qual desses perfis você se encaixa melhor

É claro que toda essa explicação só faz sentido se você conseguir identificar a qual dessas três categorias você pertence, afinal, esse post tem o objetivo de te ajudar a descobrir o horário melhor para você trabalhar, certo?

Existem duas alternativas para isso: você pode fazer exames clínicos detalhados ou, se preferir, seguir o caminho subjetivo e fazer algumas perguntas sobre o seu desempenho no dia a dia.

Eu sugiro a segunda opção que é tão eficaz quanto a primeira, porém mais simples de ser colocada em prática, pois depende apenas da sua observação.

Comece a observar sua rotina de trabalho todos os dias:

  • Qual é o horário que você rende mais?
  • Qual o horário que você se sente mais cansado?
  • Em que momento do dia você se sente mais criativo?
  • É comum você ficar mal-humorado enquanto está executando alguma atividade? Em quais horários essa situação acontece?

Essas perguntas não só ajudarão a definir se você é uma pessoa do dia ou da noite, como serão úteis para você planejar o seu dia de acordo com sua produtividade.

Sente-se mais produtivo pela manhã? Então, para você, é melhor começar a trabalhar o quanto antes para aproveitar seus picos de foco e criatividade.

Evite distrações nesse período tais como ligações ou até mesmo reuniões. O mesmo vale para quem se sente mais produtivo à noite.

Trata-se de um método simples, mas que, com o tempo, pode trazer benefícios significativos para a sua produtividade.

Como programar seu dia de acordo com seus picos de produtividade?  

Se você tem um prazo para entregar um ebook ou revisar um texto, é natural que se dedique a esse projeto antes de realizar tarefas que não são prioritárias.

Priorizar tarefas de acordo com a importância é uma boa maneira de aproveitar seus picos de produtividade, mas outras dicas também podem te ajudar nessa tarefa, como os exemplos a seguir.

Estabelecer uma rotina

Parece óbvio, mas se você não tiver uma programação diária fica mais fácil distrair-se com coisas cotidianas como televisão, Netflix ou redes sociais. Assim, você pode acabar desperdiçando o período mais produtivo do seu dia com atividades que não geram renda.

Por mais que trabalhando como freelancer você tenha horários mais flexíveis é importante criar hábitos e seguir horários para ser produtivo.

Imagine que você é uma pessoa que rende melhor durante o dia, mas agenda outras atividades durante esse período. Dessa forma, toda hora será preciso parar o que você está fazendo, o que impacta diretamente em seu trabalho.

Dormir todos os dias no mesmo horário

A privação de sono crônica pode aumentar os riscos de você ter uma hipertensão, AVC, diabetes, depressão ou mesmo aumento de peso.

Além dos impactos a longo prazo, dormir mal compromete sua capacidade de resolver problemas. Bastam algumas noites mal dormidas e já começamos a ter dificuldade até para concluir atividades rotineiras. Isso é altamente prejudicial para quem trabalha por conta própria e não pode recorrer à ajuda de outros profissionais.   

Por isso, é muito importante que você durma entre 6 e 8 horas por noite para ter uma boa performance no dia seguinte.

A melhor forma de assegurar que você terá uma boa noite de sono é dormir todos os dias no mesmo horário.

No princípio, pode ser um pouco difícil estabelecer essa mudança. Contudo, com o tempo você verá que o quanto antes você se desconecta do mundo exterior, mais cedo estará  pronto para trabalhar.

É claro que se você for uma pessoa vespertina, não precisará dormir tão cedo quanto quem acorda às seis da manhã, por exemplo.

Mas também não pode se dar ao luxo de passar a madrugada em claro, pois alguém pode marcar um compromisso profissional pela manhã e atrapalhar suas horas de sono.

Ter um horário fixo para dormir e acordar todos os dias facilita o planejamento do seu dia, além de ser mais saudável.   

Exercitar-se

Nem sempre é possível ter uma boa noite de sono e isso não é um problema grave, desde que não seja recorrente.

Algo que ajuda bastante nos dias que você tem que sair da cama mais cedo é se exercitar logo pela manhã, mesmo que seja apenas um alongamento ou passear com o seu animal de estimação.

Ah, e atividades ao ar livre são mais recomendáveis uma vez que a luz do dia também é excelente para despertar o corpo.

Cuidar da alimentação

Independentemente do seu horário mais produtivo, o corpo precisa de energia para render mais, certo?

A boa alimentação é fundamental para garantir que você tenha reservas energéticas suficientes, caso tenha que passar várias horas desempenhando uma tarefa. Pausas para tomar água e café também são super bem-vindas!

Lembre-se que a fome em excesso não só atrapalha sua concentração como causa interrupções constantes no fluxo de trabalho.

Confira outras dicas para ser mais produtivo trabalhando em casa.

Técnicas e ferramentas que ajudam a gerenciar seu tempo

Pomodoro

A técnica de Pomodoro é um método de gerenciamento de tempo no qual você alterna momentos de foco absoluto com períodos de descanso.

Funciona da seguinte forma: durante 25 minutos você fica totalmente concentrado em uma única tarefa, seguido por 5 minutos de descanso.

O descanso é obrigatório ao final dos 25 minutos, não importa se você concluiu ou não a tarefa. Durante a pausa você pode fazer qualquer coisa, de preferência afastado da sua mesa de trabalho. Você pode beber um copo de água, ir ao banheiro ou fazer um lanche rápido.

Após quatro blocos de 25 minutos é permitido fazer uma folga maior, de 30 minutos. Parece estranho? Pois saiba que descansar é extremamente importante para manter seus níveis de produtividade altos.

Durante seu descanso você pode até ter alguns insights sobre algo que deseja melhorar na sua tarefa ou descobrir a solução para um problema que estava te incomodando.  

Para gerenciar o seu tempo e saber a hora de fazer as pausas, você pode usar o cronômetro de celular ou aplicativos próprios para essa finalidade.

Pocket

A internet é uma grande distração quando trabalhamos em frente ao computador. Você está lá trabalhando e de repente percebe que tem múltiplas abas abertas com as notícias do dia, posts de blogs que você acompanha e até mesmo suas redes sociais.

Nem precisa dizer o quanto isso é improdutivo, né?

E se eu te contasse que existe uma forma segura de salvar esse links para ler depois?

Trata-se do Pocket, um aplicativo que salva seus links e os disponibilizam para que você os leia mesmo sem acesso a internet! A boa notícia é que essa ferramenta também pode ser integrada ao seu navegador.

Confira outros aplicativos que você pode utilizar para otimizar sua rotina.

Conclusão

Trabalhar como freelancer é uma tarefa que exige muita disciplina. Porém, a partir do momento que você entende quais são os horários mais produtivos, fica fácil planejar o seu dia, inclusive o seu tempo livre.

O melhor horário para fazer seus trabalhos dependerá sempre de você (e da sua disponibilidade de tempo). Seguindo as nossas dicas será fácil identificar em quais momentos do dia seu desempenho pode ser melhor e, consequentemente, otimizar seu tempo para entregar o trabalho no prazo.

Se você pretende começar a trabalhar por conta própria agora, pode ler também o nosso guia completo com dicas para trabalhar em casa.  

E você tem alguma dica para quem está começando a trabalhar como freelancer? Deixe sua opinião nos comentários!

Posts populares com esse assunto