ganhar dinheiro como nômade digital

Conheça 11 maneiras de ganhar dinheiro como nômade digital

Se você sente que dinheiro é a única coisa que separa você da sua carreira independente, pesquise um pouco mais. Existem diversas oportunidade para ganhar dinheiro online.

Trabalhar de forma remota é uma realidade para muitos profissionais que decidiram ter uma carreira mais flexível. Muitas dessas pessoas colocam o escritório na mala e, enquanto viajam, trabalham. De fato, a vida de um nômade digital é bastante sedutora.

Cidades como Budapeste, Bangkok e Chiang Mai tornaram-se centros mundiais que recebem nômades de todo canto do planeta. Mas essa realidade não está distante dos brasileiros. Por aqui, muita gente aproveita para viajar entre os estados e vivenciar o nomadismo digital.

No entanto, independentemente de estar no Brasil ou fora, um fato é que esses profissionais estão expandindo suas habilidades continuamente. Eles precisam reforçar esse estilo de vida e se profissionalizar como nômades.

Ao mesmo tempo em que esse universo é atraente, é assustador. Afinal, você tem de lidar com incertezas como a renda variada. E se você ficar sem grana no exterior? Ou então, o que vai fazer se tiver o laptop roubado?

A verdade é que sempre haverá riscos associados a ser um nômade. Isso faz parte da trajetória de todo profissional desse universo. Pensando em ajudar as pessoas que querem trabalhar na área, neste texto você confere 11 maneiras para ganhar dinheiro como nômade digital.

É interessante que você tenha mais de uma fonte de renda e, para isso, será preciso encontrar as atividades certas que geram recursos. Confira as dicas!

Descobrimos um freelancer nômade digital em nossa base! E não a toa, foi ele quem escreveu este conteúdo que você está lendo. Ficamos bem curiosos sobre a história do Renato Ribeiro e, então, o convidamos para um webinar exclusivo!
 
Ele contou sobre o início de sua trajetória, os desafios enfrentados, vários fatores que o ajudaram a se motivar, além de dicas e hacks que vão te inspirar a seguir o nomadismo. Para assistir, é só preencher o form abaixo antes de seguir com a leitura! 🙂


1. Crie um blog

Criar um blog pode ser uma ótima ideia de fonte de renda passiva. A partir do momento em que você entende a dinâmica do marketing digital, continuará gerando renda, mesmo que não esteja realizando um trabalho.

Quanto mais específico for seu nicho, melhor. Busque mercados novos, mal ou poucos explorados. Então, trabalhe duro para gerar conteúdo de qualidade, atrair uma grande audiência e monetizar seu trabalho.

2. Publique um e-book

Publicar um e-book é uma ótima ideia para gerar renda passiva. É possível utilizar plataformas como a da Amazon para isso. Uma vez que seu e-book estiver ativo, também será possível convertê-lo em audiobook, otimizando a renda do produto.

3. Desenvolva um aplicativo

O desenvolvimento de aplicativos é um negócio que está em alta. Algumas empresas estão cada vez mais abertas a permitir que seus desenvolvedores trabalhem de forma remota.

Além disso, você encontra diversos sites que oferecem oportunidades por projetos específicos, caso você não queira desenvolver uma estratégia mais direta e ativa de prospecção.

4. Faça consultorias

Uma das melhores formas de ganhar dinheiro na internet é vendendo seu conhecimento. Você poderá dar consultoria e ajudar pessoas que estão vivendo dilemas pelos quais você já passou. Por exemplo, você pode orientar pequenos empreendedores com as suas estratégias de marketing nas redes sociais.

Além do marketing, há diversos outros campos em que você pode atuar, como finanças, relacionamentos e viagens. Após encontrar um tema em que tem conhecimento e experiência, decida como conduzirá a consultoria. Se por hora, sessão ou semana e se quer fazer isso individualmente ou em grupo.

5. Crie cursos online

Outra ótima fonte de renda passiva são os cursos online. Claro que isso requer muito esforço e habilidade, mas é algo totalmente possível. Você pode ensinar praticamente qualquer coisa.

Tudo se resume à maneira como você oferecerá seu conhecimento. Caso não tenha muita experiência, pode fazer testes em sites como Udemy, que dão todo o suporte para você colocar esse projeto em prática.

6. Ofereça serviços de tradução

Se você domina línguas como inglês, espanhol, francês ou outras, pode fornecer serviços de tradução para as empresas. Trata-se de uma ótima oportunidade para aprimorar suas habilidades linguísticas e ainda faturar uma boa grana com isso.

7. Venda suas fotos

Se você ama tirar fotos ou já é um fotógrafo profissional, um bom caminho pode ser a venda dessas imagens. Você pode negociá-las com sites como Getty Images e ShutterStock.

Essas empresas pagam uma comissão quando alguém faz o download da sua foto. Você também pode oferecer esses serviços para resorts, hotéis e outras empresas de turismo que necessitam de imagens profissionais.

8. Ofereça serviços de design

As imagens são essenciais na internet. É um trabalho que sempre tem alta demanda e as empresas precisam muito profissionalizar seus perfis em redes sociais como o Instagram e o Facebook.

Além das mídias sociais, você pode fazer um layout de site, logotipos, banners e muito mais. Tenha um portfólio em mãos e lembre-se de anunciar seus serviços em seu site e em seus perfis nas redes.

9. Faça vídeos

O ramo de produção de vídeos não para de crescer. Se você tem habilidades nessa área, pode produzir conteúdos para canais do YouTube ou se especializar em outras redes.

Facebook e LinkedIn, por exemplo, já contam com a possibilidade de o usuário criar vídeos nativos dessas próprias redes. Você pode elaborar vídeos institucionais ou campanhas de um produto, por exemplo.

10. Escreva para sites e blogs

Outra excelente forma de ganhar um dinheiro é por meio da escrita. Aqui, na Rock, temos uma base de milhares de freelancers que escrevem (eles também planejam pautas, revisam e diagramam) para alguns dos nossos clientes.

O redator freelancer nunca foi tão valorizado como nos dias atuais. Com o marketing de conteúdo em alta, cada vez mais companhias precisam produzir conteúdos valiosos para suas audiências. Isso gera uma enorme demanda por profissionais com conhecimentos e habilidades nas mais diversas áreas.

11. Revise conteúdos

Na mesma linha do produtor de conteúdo, o revisor de texto também é um profissional altamente demandado no mercado. Afinal, é preciso que os artigos, os trabalhos de conclusão de curso e as dissertações passem por um pente fino antes de serem concluídos.

Muitas vezes, como o conteúdo criado tem um volume muito grande, pode ser uma boa especializar-se como revisor de uma determinada área.

Essas são apenas algumas das maneiras para ganhar dinheiro como nômade digital. Evidentemente, existem diversas outras possibilidades. É um mercado pulsante, em que não há histórias iguais. Portanto, um dos primeiros passos é ler sobre o assunto e conhecer pessoas que já vivem essa realidade.

Outros posts que podem te ajudar!
[Super Guia] Freelancer: TUDO que você precisa saber
7 dicas infalíveis para ganhar mais dinheiro escrevendo!
Como construir um Blog Rentável? 5 opções para você criar o seu!
3 razões para o dinheiro não ser um obstáculo à sua carreira freelancer!
Ganhar dinheiro na internet: conheça ideias inovadoras e funcionais!

Além disso, se você está mesmo determinado a se tornar um nômade digital, nada impede que comece a colocar a mão na massa agora mesmo. Aproveite seu tempo livre para trabalhar como freelancer e vivencie pequenas experiências de nomadismo digital.

Abaixo, nos comentários, conte para a gente: você está descobrindo o assunto, é um nômade iniciante ou já se profissionalizou nessa área? Quais dúvidas você tem e gostaria que a gente respondesse?