Por Renato Ribeiro

Nômade digital e produtor de conteúdo online.

Publicado em 12/12/2018. | Atualizado em 09/01/2019


Pensa em atuar fora do país, mas não sabe por onde começar? Separamos as melhores dicas para você internacionalizar sua carreira!

Vivemos em um mundo em que nunca existiram tantas possibilidades de trabalho. A tecnologia derrubou barreiras e permitiu que qualquer pessoa vislumbre uma carreira internacional.

No caso dos freelancers, não é diferente. Se é seu desejo, saiba que é totalmente possível avançar na carreira para atender clientes brasileiros ou estrangeiros, em qualquer lugar do mundo.

Neste texto, vamos mostrar quais podem ser as dificuldades, os benefícios e as dicas para quem quer apostar em uma carreira internacional. Além disso, também vamos abordar algumas particularidades para você se transformar em um nômade digital, mostrando as vantagens e desvantagens de fazer parte desse universo. Confira o que preparamos a seguir!

Freelancer no exterior

Se você tem o desejo de conquistar alguns jobs internacionais, separamos algumas dicas para você ter sucesso nessa carreira.

Incorpore hábitos de freelancers de excelência

Existem alguns hábitos que separam os freelas de alto nível daqueles mais iniciantes. Para se tornar um autônomo com atuação em âmbito mundial, por exemplo, você deve incorporar algumas competências específicas em seu dia a dia.

Essas práticas estão alinhadas a um trabalho no qual o objetivo é ter mais produtividade e ganhos. Para tanto, você deve:

  • se vestir com roupas adequadas para o trabalho. Mesmo que você passe o dia em casa, ficar de pijama o dia inteiro pode ser um grande risco para procrastinar. Com roupas adequadas, você ficará muito mais propenso a entrar em um ritmo ideal de trabalho, pois enviará mensagens à sua mente dizendo que o momento é de foco profissional;
  • estabelecer um horário fixo para trabalhar. Isso ajuda a organizar seu dia e ainda não compromete seu tempo com outros compromissos que poderão ser adiados, como uma ida à academia ou ao médico. Assim, você estará zelando pelas suas entregas e não perderá seus prazos;
  • adotar um escritório. Se você trabalha em casa, pode reservar um cantinho para chamar de escritório. Além disso, você também pode escolher trabalhar em espaços como os coworkings, que contam com uma atmosfera totalmente voltada para o universo profissional. Ao tomar esse cuidado, você se mantém mais organizado e produtivo, de forma que entregue serviços de excelência.

Lembre-se de que, no exterior, pelo fato de você estar longe de casa e do país, pode ser mais difícil incorporar novos hábitos, por isso você deve priorizar a necessidade de impor uma disciplina que esteja totalmente alinhada com as suas pretensões.

Conquiste uma demanda contínua de trabalhos

Uma questão essencial para qualquer freelancer que quer se desenvolver é por meio da fidelização de um determinado número de clientes, para manter uma demanda de jobs relativamente estável. Ter sucesso nessa questão é sinônimo de estabelecer uma previsão de salário, o que é crucial para quem não tem ganhos fixos.

Em relação ao trabalho de freela fora do país, essa situação precisa ser tratada com ainda mais cuidado. Em primeiro lugar, é importante observar que morar fora demanda um esforço muito significativo de planejamento financeiro. Atrasar as contas longe do país de origem pode, por exemplo, gerar desconfortos muito maiores do que no Brasil.

Além disso, vale dizer que uma certa estabilidade financeira é essencial, de forma que você possa se adaptar sem contratempos, podendo se organizar e se estabelecer como freelancer com mais tranquilidade.

Conheça detalhes de possibilidades de jobs no exterior

Para trabalhar como freela fora país é preciso tomar cuidado em relação a diversos detalhes que no Brasil, normalmente, não há muita preocupação. Entre as questões, uma das principais talvez seja em relação à emissão de notas fiscais referentes aos trabalhos realizados.

Dependendo do país, é essencial se organizar nesse sentido. Caso contrário, muitos trabalhos poderão ser perdidos e seus planos de se tornar um freelancer internacional irem por água abaixo.

Aperfeiçoe suas habilidades

Uma das particularidades do trabalho freelancer é a necessidade de estar sempre atualizado. Como muitos trabalhos são bem específicos e as coisas mudam a todo momento, é essencial que o profissional esteja sempre fazendo cursos e se alinhando com as novas demandas do mercado.

No exterior, essa necessidade aumenta ainda mais. Por isso, para que você fique à frente da concorrência, não hesite em investir em cursos, em palestras e em eventos da área, de forma que você desenvolva competências técnicas e amplie sua rede de contatos.

Conheça as particularidades da sua área de atuação no exterior

Ao se mudar para outro país, é preciso contar com um período de adaptação. Em relação às particularidades do trabalho freelancer, não é diferente. As exigências para um profissional da área de desenvolvimento no Brasil, por exemplo, podem ser distintas daquelas que existem nos Estados Unidos.

Portanto, antes que você comece uma trajetória fora do país, esteja totalmente atento a essas questões para não ter problemas na hora de fechar um job.

Desafios do freelancer no exterior

Agora que vimos as dicas para você se tornar um freela internacional conceituado, vamos destacar alguns dos principais desafios para você avançar na carreira. Acompanhe!

Reuniões remotas

Ao realizar trabalhos com clientes fora do país, é bem provável que terá muitas reuniões a distância, por meio de conferências em canais como o Skype. Por isso, você deve se preparar e considerar muitos encontros e reuniões por meios digitais.

Comunicação

Também será crucial estabelecer bons relacionamentos e boas interações interpessoais, de forma que você conquiste um bom fluxo de comunicação em todos os vínculos que estabelecer. Isso é muito importante para você construir confiança e situações que te aproximem do seu interlocutor.

Opiniões distintas

Em alguns casos, principalmente por conta das diferenças e especifidades culturais, existem opiniões distintas ao analisar as mais diversas situações. Por isso, é crucial que você entenda a cultura e o comportamento das outras pessoas, de forma que você não fira os valores dos outros. Sempre converse com as pessoas com a mente aberta e, quando for preciso, seja flexível.

Grande concorrência

É preciso ter em mente que, ao se aventurar em um universo em uma carreira de freelancer internacional, haverá uma concorrência de profissional com experiências diferentes das suas. Por conta disso, é fundamental estar sempre muito bem preparado.

Ausência de profissionalismo

Da mesma forma que você pode conhecer pessoas incríveis, que contribuam com seu desenvolvimento profissional e pessoal, você também pode ter de lidar com gente desonesta, insatisfeita e interesseira. Portanto, fique muito atento a qualquer pessoa que você vai interagir, de forma que selecione bem quem fará parte da sua rede de contatos.

Valorize seu trabalho

Atribuir um valor ao trabalho parece algo simples, mas ao mesmo tempo pode representar um grande desafio. Dessa forma, tenha sempre em mente os valores que são praticados no país do seu cliente. Em seguida, compare com suas expectativas e necessidades em sua moeda local.

Tenha sua opinião

Considere o valor de si próprio e do seu trabalho. Se você é um profissional responsável, comprometido e dedicado, não subestime seus serviços e valorize-se sempre. Pode ser que alguns clientes não o reconheçam como você deve ser. Por isso, lembre-se daquilo que entrega e das suas experiências.

carreira freelancer

Principais erros dos freelancers

Para ser um freela internacional, quanto menos errar é melhor, não é mesmo? Por isso, destacamos abaixo os principais deslizes desses profissionais. Confira!

Não misture as coisas

Se você é um programador e especializado em determinada linguagem, por exemplo, pode não ser capaz de entender outros tipos de códigos. Assim, no caso de um freelancer iniciante, pode acontecer de aceitar um trabalho no qual você não tem condições de entregar a demanda com excelência. Com isso, você pode entrar em maus lençóis por não fazer aquilo que prometeu. Nesse sentido, só aceite trabalhos daquelas áreas que você tem absoluta confiança para fazer com excelência.

Não seja um super-homem

A vida freela é recheada de imprevisibilidades e elas acontecem em uma intensidade maior do que no dia a dia de profissionais que trabalham em um escritório tradicional. Nesse sentido, um dos medos da vida do freela é não saber se receberão no mês seguinte. Por conta dessas incertezas, os freelas podem acabar aceitando mais trabalhos do que aqueles que são capazes de entregar.

Nesse cenário, acumular trabalhos pode se tornar uma grande dor de cabeça. Lembre-se de que, quanto menos tempo você tem para entregar um serviço, menor também será a qualidade dele. Por isso, esteja sempre atento e disposto a dizer não quando necessário. Isso será crucial para a sua saúde mental, física e emocional.

O mundo dá voltas

Um dos sonhos dos freelas é que eles ganhem bem e ainda de forma regular. Por conta disso, quando você encontra uma situação como essa, pode tentar se acomodar, de forma que você passe a recusar trabalhos considerados mais chatos. A realidade é que, da noite para o dia, um cliente pode cancelar seu contrato e deixá-lo na mão.

Portanto, a ideia é que você diversifique seus trabalhos e não se torne freelancer somente de uma empresa. Afinal de contas, essa instituição pode ir mal e não dar conta de arcar com o combinado que fez com você.

Seja um nômade digital

Se você quer se tornar um freela internacional, pode ser que a carreira de nômade digital se encaixe como uma luva para os planos de trabalho no exterior. Abaixo, vamos dar umas dicas para você se tornar um deles.

Antes, porém, é importante falar que nômade digital é um profissional que trabalha online e, assim, não precisa estar necessariamente presente em um espaço físico. Desde que tenha uma boa conexão, pode exercer suas tarefas de qualquer lugar do mundo.

Tentador, não é mesmo? Abaixo, confira algumas dicas para você se transformar em um nômade digital e fazer com que a sua carreira como freela internacional decole.

Saiba tudo sobre esse modelo de trabalho

Para que você se dê bem como nômade digital, é essencial que faça uma profunda pesquisa para obter o máximo de informações a respeito desse estilo de vida. Aqui mesmo, no blog da Comunidade, você tem acesso a alguns textos completos sobre o tema, como “Nômade digital: o que é, como se tornar um e as principais vantagens e desvantagens desse estilo de vida” e os “10 nômades digitais brasileiros”.

É interessante que você conheça como alguns desses profissionais — como o Matheus de Souza, que é nômade digital e colunista do blog — atua e se certifique da área em que está entrando. Pense que, acima de tudo, é crucial estar pronto para superar as adversidades que certamente serão parte do seu caminho.

Pense por que quer se tornar um nômade

Se você quer se tornar um freelancer internacional, por exemplo, esse pode ser um ótimo motivo para você seguir na carreira de nômade digital. Nesse universo, existem inúmeras vantagens e desvantagens e você precisa colocar na balança aquilo que faz mais sentido e aquilo que não faz o menor sentido para você.

Realize pequenas experiências

Definitivamente, você não tem de jogar tudo para o alto para se tornar um nômade digital. Você pode começar devagar, pelo próprio Brasil, e ir realizando experiências internacionais aos poucos. Primeiro, talvez, em países vizinhos como Argentina e Uruguai e, em seguida, você pode viver experiências em países mais distantes, como aqueles da Europa e Ásia.

Conseguindo bons trabalhos como freelancer, você larga na frente e já consegue identificar se é isso que você quer para a sua vida. De qualquer forma, é bom que esteja muito bem preparado porque no início, por exemplo, você terá de abdicar de algumas coisas para investir na sua carreira de nômade e freela internacional.

Ser um freelancer no exterior certamente pode ser uma experiência incrível. Hoje em dia, muitas pessoas conseguem combinar as oportunidades de jobs com uma experiência de viagens que rendem muitas histórias. Em alguns casos, também, muita gente consegue se estabelecer em países que sempre sonharam em viver.

Para conquistar objetivos como esses, você deve aproveitar todas essas dicas que demos aqui e também deve ficar de olho em outras possibilidades de preparação. Uma ótima oportunidade é participar do curso completo em uma imersão freelancer. Totalmente gratuito e online, o evento contará com 11 videoaulas em que você poderá saber tudo a respeito de se tornar um freela ou nômade digital de sucesso!

Imersão Freelancer: 11 videoaulas gratuitas para te ajudar a ter sucesso como freela

Posts populares com esse assunto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *