Por Redator Rock Content

um dos freelancers da Comunidade. Seja também um redator!

Publicado em 13/09/2016. | Atualizado em 16/06/2017


Quem já trabalha como freelancer sabe que existem várias vantagens relacionadas a esse estilo de vida: fazer seus próprios horários, poder trabalhar de qualquer lugar, ter maior liberdade para recusar trabalhos que você não quer fazer, entre outras coisas. Mas e quando você quer tirar uma folga do trabalho? É possível ter férias trabalhando como […]

Quem já trabalha como freelancer sabe que existem várias vantagens relacionadas a esse estilo de vida: fazer seus próprios horários, poder trabalhar de qualquer lugar, ter maior liberdade para recusar trabalhos que você não quer fazer, entre outras coisas.

Mas e quando você quer tirar uma folga do trabalho? É possível ter férias trabalhando como freelancer? Acredite, é sim! E nós vamos te mostrar como colocar isso na prática. Confira:

Regularize seus trabalhos para poder se planejar

O primeiro passo para poder tirar folga de seu trabalho como freelancer, na verdade, acontece muito antes disso. Saiba que um dos principais pontos para que você consiga se planejar bem e evitar qualquer desgaste, seja com seus clientes, seja com a conta bancária, é ter uma regularidade de trabalho boa o suficiente para te permitir um planejamento.

Imagina viajar em um cenário de total incerteza de freelas: há meses em que você fatura x, em outros meses 2x, depois x novamente… assim não é possível se planejar. Você precisa ter uma demanda regular por trabalho para que os momentos de folga não signifiquem um atraso de contas no final do mês.

Caso contrário, é possível que você se planeje completamente para tirar férias e, na véspera, aparece aquele freela irrecusável, que você simplesmente não pode deixar de fazer se quiser pagar todas as contas no final do mês.

Então, a primeira dica é justamente esta: invista em um ritmo regular de trabalhos para conseguir traçar um cenário de trabalhos e finanças mais previsível.

Regularidade de freelas significa maior demanda pelas tarefas que você produz. Ou seja, se você está se preparando para um período de folga sem faturamento, provavelmente poderá adiantar algumas tarefas de forma a compensar esses dias que vai passar offline.

Planeje suas tarefas e entregue antecipadamente os resultados

Entregar tudo no prazo já pode ser um desafio, então como adiantar suas tarefas? Afinal, executá-las em tempo hábil é imprescindível para você manter seu nível de renda, ou até mesmo aumentá-lo (a depender do tipo de férias que você está planejando!).

Já que você consegue ter uma regularidade de demanda por trabalho no dia a dia, que tal aumentar gradualmente esse ritmo nos dias que antecedem sua viagem?

Por exemplo, se você costuma fazer duas tarefas por dia, pode aumentar esse ritmo para três ou quatro textos diários, de forma a compensar os dias que vai passar offline, descansando.

É importante se lembrar que essas tarefas adiantadas devem seguir também uma média de valores, que corresponda ao dinheiro que você vai deixar de ganhar nos dias de férias, não basta se ater ao número de tarefas.

Se matemática não é seu forte, não se preocupe! A tecnologia pode te ajudar nessas horas! Aplicativos como o iTravel Budget ou o Trip Splitter (ideal para quem vai viajar em grupo) te ajudam a colocar na ponta do lápis o orçamento da viagem, lembrar de gastos acessórios que muitas vezes desconsideramos, além de fazer toda a matemática final para que você saiba exatamente o tamanho do rombo na conta bancária depois da viagem.

Outra dica valiosa para planejar essas atividades é utilizar o Trello. Esse é um app normalmente utilizado para o gerenciamento de equipes, mas muitas pessoas criam painéis individuais de atividades.

Você estabelece seus próprios deadlines e ainda inclui, de forma intuitiva, tudo aquilo que ainda está pendente para resolver antes de sua folga, sejam atividades de freelancer, sejam aquelas pendências mais burocráticas, como tirar passaporte e fazer reservas de hotel.

O importante é que você consiga se planejar para fazer uma viagem tranquila e livre de imprevistos, pelo menos no trabalho e nas finanças!

Para mais dicas de aplicativos e outras ferramentas essenciais para o freelancer, clique aqui!

Adiante suas tarefas para compensar a folga

Se você vive de trabalho freelancer, ou se esses rendimentos representam parte significativa de sua fonte de renda, é imprescindível adiantar tarefas para compensar os gastos gerados por uma folga do trabalho.

Já dissemos que planejamento financeiro não é uma opção para o freelancer, é obrigatório! Esse “aperto” orçamentário acontece de duas formas: devido ao dinheiro que você deixa de ganhar por não estar trabalhando e devido aos gastos adicionais com a viagem.

Para compensar isso, está na hora de adiantar suas tarefas. Confira algumas dicas simples e práticas sobre como fazer isso em seu dia a dia:

1. Peça mais freelas para seus clientes

Se você já tem um bom contato e abertura com seus clientes, poderá também explicar sua situação. Acredite, freelancers tiram folga o tempo todo e esses cenários já são esperados. Se possível, escreva para seus principais clientes e verifique se há tarefas que possam ser adiantados.

2. Discipline seus horários de escrita

Para que esse adiantamento de trabalho não fique apenas no campo das ideias, você deve ter ainda mais disciplina na hora de realizar suas tarefas. Torne seus horários de escrita mais rígidos, já que os dias que antecedem a viagem também podem estar recheados de imprevistos: arrumar malas, tempo gasto com o planejamento da viagem, entre outras coisas.

3. Faça sempre além do planejado

Estabeleça como meta pessoal nesses dias de preparo para sua viagem sempre se superar em relação ao planejado. Por exemplo, se você tem como meta fazer ao menos três tarefas por dia, experimente aumentar esse número para quatro ou até mesmo cinco tarefas.

Acredite, sua conta bancária agradece! Além de evitar qualquer descompasso financeiro, essa é uma forma de você planejar uma viagem mais tranquila e até mesmo com algumas extravagâncias inesperadas.

4. Atenção especial às tarefas para evitar rejeições

Outro aspecto importante é realizar suas tarefas com qualidade e muita atenção, para evitar situações de refação. Já imaginou ter que parar tudo nas suas férias para resolver uma demanda do cliente, que não ficou satisfeito com seu trabalho? Evite esse tipo de desgaste redigindo tarefas de ótima qualidade, que dificilmente serão rejeitadas.

5. Escolha tarefas de maior valor

Essa prática ajuda muito se você tiver a opção de escolher tarefas de maior valor. Tudo bem que elas podem apresentar uma complexidade ou extensão maiores, mas essa é uma forma de aumentar seus rendimentos em equilíbrio com o volume de trabalho.

Por exemplo, textos grandes podem valer mais do que uma quantia proporcional de textos menores. Logo, se você substitui a produção de vários textos pequenos por um ou dois proporcionalmente maiores, você pode aumentar sua renda sem trabalho extra.

Em alguns casos, essa prática pode até exigir menos tempo de pesquisa, uma vez que, embora as tarefas sejam prolongadas, a diversidade de temas é menor. Ou seja, vale a pena em termos de relação entre custo e benefício!

Avise a seus principais clientes sobre os seus planos

Por falar em tranquilidade quando você estiver viajando, é essencial que você tenha abertura suficiente para conversar com seus principais clientes e avisar sobre sua folga. Quanto mais transparente e comunicativa for essa relação, melhor.

E eles devem saber que você não estará disponível por alguns dias. Muitas pessoas fazem isso por meio de uma mensagem automática no e-mail, do tipo “não estarei disponível entre os dias X e Y, mas responderei assim que retornar”, mas isso pode não funcionar se você utilizar uma plataforma diferente do e-mail para se comunicar com os clientes, como é o caso da plataforma da Rock Content.

Já imaginou se algum trabalho seu contiver uma referência que precisa ser refeita, ou algum ponto solicitado na pauta que simplesmente não foi abordado no texto? Essa tarefa será rejeitada e irá expirar na plataforma sem seus clientes saberem que você está viajando.

Por essa razão, uma medida de bom senso para essas horas é avisar a seus principais clientes sobre o período que você estará offline. Se eles souberem (com antecedência) dessa viagem programada, poderão resolver eventuais pendências de antemão, ou até mesmo solicitar a ajuda de outros freelancers no período que você não estiver disponível.

Além de ser melhor para o cliente, isso também será melhor para você. Seria péssimo ter que voltar ao computador durante as férias para refazer tarefas, consertar textos escritos, realizar pesquisas, entre outras coisas.

Ou seja, avisar seus clientes sobre seu planejamento de folga é algo que também vai te ajudar a curtir as férias sem preocupações com o trabalho.

Viaje e desligue-se do trabalho!

Sim, desligar-se completamente do trabalho faz bem e é parte essencial da vida de um freelancer. Não é porque você não tem um vínculo formal de trabalho que não poderá tirar férias, descansar e viajar.

Muito pelo contrário, já que um dos motivos pelos quais você trabalha como freelancer é justamente poder fazer seus próprios horários, não é mesmo?

Então está na hora de curtir sua folga e aproveitar os dias de descanso. Evite ao máximo checar e-mails e mensagens de trabalho nesse período. A hora é de descansar! Até porque, se você seguir todos esses passos sugeridos, terá a tranquilidade de saber que as contas vão ficar em ordem depois da viagem.

Além disso, o freelancer que consegue se desligar completamente do trabalho e curtir as férias volta ao trabalho com muito mais energia, inspiração e garra!

Com essas dicas em mãos, fica fácil tirar uma folga do trabalho sem fazer dívidas, estragar sua reputação, ou deixar de aproveitar as férias. Aproveite para deixar aqui nos comentários alguma dica para tirar férias sem prejudicar seu trabalho como freelancer. Participe!

Posts populares com esse assunto